quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Quem quer foder com o Atlético: auditor do TC é ex-diretor do Coxa e membro de torcida organizada


Quem ainda levar a sério qualquer denúncia ou relatório sobre a construção da Baixada após esta é mesmo um panaca.

Basta saber quem está por trás da situação, metendo lenha na fogueira apenas pera ferrar com o Atlético por um ´punico fato: são TODOS ligados ao Coritiba Foot Balls, aquele do anel aberto.

Senão, vejamos.

O "auditor" do Tribunal de Contas responsável pela análise da situação das obras na Arena para a copa é ninguém menos do que um Zé Roela chamado ESPETO, vulgo Luiz Henrique Barbosa Jorge, integrante das torcidas organizadas dos coxas Mancha Verde e Império Alviverde - aquela da quebradeira do Pinga-Mijo. Ele também foi DIRETOR do Coritiba na gestão Gionédis e é conselheiro vitalício do club.


Espeto: da torcida organizada para o TC. 
Esse tem que ser corrido do mapa!


Situação bizarra, que coloca em jogo qualquer traço de seriedade que deminonado Tribunal de Contas possa ter para analisar qualquer fato relacionado ao Clube Atlético Paranaense.

Outro envolvido que apareceu em destaque no noticiário esta semana é o tal do vereador Braga Cortês. Este, senhores e senhoras, tem interesse total em levar investidores para um projeto bizarro no Pinheirão, estádio que ele predentia - ou ainda pretende, pelo jeito - dar de mão beijada  para o Coritiba foot Balls. Uma, digamos, CORTESIA a seu time de coração.

Por mais de uma vez ele tentou, via Câmara de Vereadores, tirar o terreno do Pinheirão das mãos da Federação Paranaense de Futebol e devol vê-lo à Prefeitura para, neste caso, oferecer aos Foot Balls a preço de banana, já que o Pinga Mijo está caindo aos pedaços e os coxas não tem mais como salvar aquela merda. Tá tudo registrado, basta clicar aqui ou aqui e em tantos outros links.

Além de seu trabalho "oficial" na Câmara Municipal, o cortês edil ainda trabalha sorrateiramente nos bastidores, mantendo reuniões com grupos de investidores para tentar levantar este devaneio que ele chama de projeto: o Pinheirão Coxa.

 O vereador Braga, bastante Cortês com os coxas.O senhor 
não fai fazer cortesia com chapéu alheio não, seu otário!

Por aí, meus amigos, a gente começa a entender o que se passa na realidade.

É duro de engolir, e é duro de acreditar que órgãos oficiais e imprensa caia na conversa dessa gentalha.

A Copa em Curitiba não é brincadeira.

E estão querendo utilizar o termo "INTERESSE PÚBLICO" para travestir a única INTENÇÃO REAL, que é foder com todos nós, atleticanos.

Olha, isso tá surreal. Vamos botar a boca no trombone, minha gente! Dar um basta nessapalhaçada e botar essa gentalha no seu devido lugar!

Protestem!

96 comentários:

Anônimo disse...

Posta aí sobre a vitória do atlético, esse assunto já tá chato porra, ninguém viu o golaço

Anônimo disse...

Ninguém vai tirar a obra da baixada, isso aí é só fervo do guerrilha.
Esse mané da foto não tem como decidir nada.
Eu como atleticano quero transparência nas obras.

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

A seriedade do TC: http://www.fabiocampana.com.br/2011/03/casa-de-ferreiro-espeto-de-pau/

Anônimo disse...

Aliás quero transparência e que meu clube seja respeitado, principalmente pelos dirigentes, o estatuto do Clube é para ser cumprido

Anônimo disse...

Transparência no TC e no Atlético

Anônimo disse...

Basta de malandros

Anônimo disse...

Não esqueçamos que Antonio Carlos de Pauli Bettega, vulgo Tataio é servidor do Tribunal de Contas e parece estar assistindo o rolo apenas de camarote. Tá na hora dele se mexer.

Anônimo disse...

O Petraglia é o maior bandido e querem colocar a culpa nos outros.

Ot@arios burro-negros.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Alguém viu o golaço?

Anônimo disse...

Tá cherando matéria plantada, de quem será?

Anônimo disse...

O nome começa com P e termina com Tralha

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Plantaram foi um nabo no teu rabo, analfabeto!

Luiz Andrade disse...

Basta pesquisar quem quiser.

Existe um chamado "Princípio Orçamentário da Universalidade" que em resumo significa que "o orçamento deve agregar todas as receitas e 
despesas de toda a administração direta e indireta dos Poderes, fundos e órgãos".


Desafio qualquer um a encontrar em um orçamento público as "receitas de potencial construtivo" exceto é claro que este potencial tenha sido autorizado para um imóvel de propriedade do órgão, pois o potencial pertence ao imóvel e por extensão ao seu proprietário, com a restrição que é autorizado para um uso específico pré-definido.

Luiz Andrade disse...

E mesmo que o Atlético houvesse recebido dinheiro público a fundo perdido, sua utilização não seria regida pelas regras aplicáveis a ADMINISTRAÇÃO DIRETA. Mesmo empresas de economia mista onde o estado detém o controle do capital tem um regime menos burocrático do que esse que querem impôr ao Atlético. Taí a URBS que não me deixa mentir.

Anônimo disse...

plantaram a noticia no rabo do anonimo filho de uma grande puta cega

ass: quem comeu tua mae seu coxa mequetrefe do carailou

Anônimo disse...

Q dózinho, querem ferrar com os gigolos do dinheiro público. Querem ferrar com o dono do time que vai ficar bilionário com o dinheiro público. Oh, vida cruel hehe

Se esse bandido está fazendo isso agora, imaginem o que ele não fez na decada de 90.

Ah, a meia-água foi levantada com a venda dos super-craques "Ozeia" e "Paulo Roink"

Tem que levar esses caras algemados pra pqp. Depois querem reclamar dos politicos corruptos (como faz o falaio Campana)

Anônimo disse...

O que é imoral?
Alguém ainda tinha dúvidas que são os coxas, que viraram inimigos declarados da Copa em Curitiba que vêm atentando contra a realização da Copa em Curitiba ditando moral (sic) tentando fazer o nosso estado perder investimento federal nunca dantes visto na região. Por aí se vê porque escoou pelo ralo do esgoto o projeto estádio feito nas coxas do 100 tenário.

Anônimo disse...

Algúem viu o golaço?

Anônimo disse...

A notícia do link é de 10 de março de 2011, tá de brincadeira

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Os principio da administração pública (legalidade, impessoalidade, moralidade, etc.) se aplicam a administração pública direta e indireta.
Algumas regras de contratação não se aplicam a Adiministração indireta, ou seja, somente a empresas que exploram atividade econômica. O Atlético é uma associação e não explora atividade econômica seu fim não é o lucro, entretanto, como usa dinheiro público os principios acima referidos devem ser aplicados, pois como dito, o Atlético não explora atividade economica é uma associação recreativa, vai estudar Luis Andrade imbecil, fica se pagando aí.

Anônimo disse...

E sou atleticano e não to concordando com essa palhaçada.

Anônimo disse...

Alguém viu o golaço?

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Sou Atleticano mas pelo amor de Deus conselheiros, tirem esse mala da presidência.

Anônimo disse...

Esse Luis Andrade acha que sabe tudo e que todo mundo é burro

Anônimo disse...

Luis Andrade vai dar a bunda para o petraglia

Anônimo disse...

Alguém aí viu o golaço do João Paulo, não canso de ver esse gol.

Anônimo disse...

Luis Andrade isso não tem nada a ver com orçamento seu prego

Anônimo disse...

Alguém aí viu o golaço do João Paulo

Anônimo disse...

Foda-se se é dinheiro público ou não, o fato é, que me parece que o Estatuto tá sendo infringido

Vanguarda Atleticana disse...

Tem mais coxa-bicha aqui do que nos jogos do timeco ervilha, obrigado pelo Ibope seus merdinhas de plantão.

Enquanto vocês ficam falando nada com nada, os rubro-negros estão garantindo que o maior evento do mundo tenha como uma das sedes a cidade de curitiba, e que por isso, bilhões e bilhões serão investidos na cidade, como no metrô, hotéis, aeroporto, rodoferroviária, etc., etc.,.

É isso que dói no cú de vocês, todo dia, sem parar, por isso estão tão ressentidas as meninas do esgotão pereira.

SRN

Vanguarda Atleticana

Luiz Andrade disse...

13:01

TODO E QUALQUER RECURSO PÚBLICO TEM QUE ESTAR ELENCADO NO ORÇAMENTO.

Se recursos de Potencial Construtivo não estão ali previstos, logo não podem ser considerados recursos PÚBLICOS.

O CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE É UMA INSTITUIÇÃO PRIVADA, REGIDA PELO DIREITO PRIVADO, logo não pode ser submetida as normas do direito público (o que aliás lhe conferiria algumas vantagens).

Anônimo disse...

E com que finalidade fizeram o "projeto" que mais parecia tenda de faquir senão o de tirar o mérito Atleticano?

Luiz Andrade disse...

O CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE NÃO FOI ESTATIZADO ele pertence aos atleticanos.

Quando por exemplo uma ONG como aquela tal de INSTITUTO PRATIQUE ESPORTE que o coxinha se utilizou para burlar a Lei de Incentivo ao Esporte e as restrições de firmar convênios com o poder público por causa do seu nome sujo na praça, recebe dinheiro público, deve prestar contas ao poder público de que o dinehiro foi gasto nos fins a que se destinava. Entretanto não fica sujeita aos procedimentos e ritos próprios do direito público como licitação, proibição de contratar com parentes, proibiação de contratar com empresas nas quais os agentes públicos sejam sócios, etc...

Anônimo disse...

Rastreei,
Os verminhos verdolengos estão escrevendo (?) do reformatório Queirós Filho.

Anônimo disse...

Acho que a maioria da turma do império são de lá. Esses anel abertos!

Anônimo disse...

A mídia local (leia-se Gazeta do Povo) é contra a Copa do Mundo em Curitiba desde que a Arena da Baixada foi indicada como o estádio de Curitiba para a Copa.

Sempre fazendo reportagens tendenciosas, desde apoiar um ridículo Pinheirão para sediar os jogos até os últimos e cada vez mais frequentes ataques à engenharia financeira da obra.

Por isso, sugiro que todos os atleticanos boicotem esse jornal, parando de assinar, comprar ou acessar o site.

Saudações Rubro-Negras.

Anônimo disse...

Papagaio, Macarrão, Cachoeira, Espeto...
Fazem-me rir.

Anônimo disse...

E o golaço do João Paulo

Anônimo disse...

Luis Andrade só fala merda

já que o artigo 3º da Lei n. 8.429/1992 é claro ao estender a sua aplicação aos particulares que se beneficiem do ato de improbidade.

Citando precedentes da Corte, ele reiterou que os artigos 1º e 3º da referida lei são expressos ao prever a responsabilização de todos, agentes públicos ou não, que induzam ou concorram para a prática do ato de improbidade ou dele se beneficiem sob qualquer forma, direta ou indireta.

Também destacou que a expressão "no que couber" prevista no artigo 3º deve ser entendida apenas como forma de restringir as sanções aplicáveis, que devem ser compatíveis com as condições pessoais do agente. Assim, o sujeito particular submetido à lei que tutela a probidade administrativa pode ser pessoa física ou jurídica, sendo incompatíveis à pessoa jurídica apenas as sanções de perda da função pública e suspensão dos direitos políticos.

Portanto, em tese, a eventual condenação por improbidade administrativa sujeita as pessoas jurídicas ao ressarcimento integral do dano, à perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, ao pagamento de multa civil e à proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, ressaltou o ministro em seu voto.

A Turma também rejeitou os argumentos da defesa de que pessoa jurídica de direito privado não se submete à regra do artigo 23 da Lei n. 8.429, por ser restrita aos agentes públicos e de que a ação estaria prescrita pelo lapso temporal entre a ocorrência dos supostos fatos lesivos e o ajuizamento da ação.

Para o relator, os argumentos contrariam jurisprudência pacífica do STJ por dois motivos. Primeiro, porque o particular se submete ao mesmo prazo prescricional aplicado ao agente público envolvido na conduta ímproba, e segundo, porque a pretensão de ressarcimento do erário é imprescritível.

Ao negar provimento ao recurso da construtora, o relator ainda afirmou que a aplicação das sanções por improbidade independe da aprovação ou rejeição das contas pelo órgão de controle interno ou pelo Tribunal ou Conselho de Contas, nos termos do artigo 21, II, da Lei n. 8.429.

Anônimo disse...

Hahaha! Agora o Estado do Paraná será processado pelo CAP se houver dano que meramente lhe serviu para o governo federal investir em cidade sede denunciado por um devedor público milionário; quanto mesmo, 110 milhões?

Anônimo disse...

Essa corja de vagabundos e inúteis não sabem o que falam. Estão tentando impedir que hajam, melhorias viárias, mais comodidades, incremento de transporte e segurança urbanas; querem barrar que indústrias, comércio se proliferem e gerem mais impostos que podem ser aplicados na saúde e educação.
O tiro com certeza sairá pela culatra se vingarem. Mas o povo não é burro como pensam os minúsculos torcedores daquele clube que só tem 16% de preferência e que devem importância astronômica como dito acima.

Luiz Andrade disse...

O artigo que o 16:31 colou se refere a uma condenação sofrida pela empreiteira Baiana, a qual O COXINHA COMO PROSTITUTA VIVE SE OFERENCENDO.

A referida condenação se deu em virtude a OAS ter recebido bufunfa da prefeitura de Magé-RJ POR OBRAS PÚBLICAS QUE JAMAIS REALIZOU.

O link que o caro anônimo não postou está aqui: http://www.stj.gov.br/portal_stj/publicacao/engine.wsp?tmp.area=398&tmp.texto=93560

Anônimo disse...

É lamentável como existe autofagia neste Estado do Paraná. Uma vergonha. Interesses clubísticos travestidos de supostos interesses públicos. Uma vergonha! E os coxinhas comemorando o Remendão com o terceiro anel!! O Coxa é o "senhor dos anéis"!!! Parem de brincar com a Copa do Mundo. Um compromisso internacional foi firmado e deve ser respeitado.

Luiz Andrade disse...

Naquele caso realmente entra no espírito da Lei, embora a empreiteira baiana não seja agente público, deu um KO em EM UMA PREFEITURA. A obra era contratada pela prefeitura.

A Arena é uma OBRA PRIVADA.

A LEI EXPLICA QUE: ART 1º) Os atos de improbidade praticados por qualquer agente público, servidor ou não, CONTRA A ADMINISTRAÇÃO DIRETA, INDIRETA OU FUNDACIONAL DE QUALQUER DOS PODERES DA UNIÃO, DOS ESTADOS, DO DISTRITO FEDERAL DOS MUNICÍPIOS DE TERRITÓRIO DE EMPRESA INCORPORADA AO PATRIMÔNIO PÚBLICO OU DE ENTIDADE PARA CUJA CRIAÇÃO OU CUSTEIO O ERÁRIO HAJA CONCORRIDO OU CONCORRA COM MAIS DE 50% DO PATRIMÔNIO OU RECEITA ANUAL, serão punidos na forma desta lei.

Anônimo disse...

o teu argumento que empresa particular não se sujeita a regime de direito público, cai por terra,
A prefeitura e o governo são autores A CAP/SA é coautora e o Atletico é participe ou beneficiário.

Luiz Andrade disse...

A Lei pune o particular que tenha atuado nos casos acima elencados, não o particular agindo como tal.

O poder público é SÓCIO FURACÃO?

O poder público subsidia o Atlético em suas despesas administrativas com regularidade?

O estádio será estatal?

Por que estão sendo exigidas garantias? Não é por que se trata de um empréstimo?

Anônimo disse...

Leia o contrato, créditos repassados a terceiro, se o terceiro usa mal estes créditos, se fode

Anônimo disse...

Esqueceu de postar o resto do artigo

Anônimo disse...

Esse cara das 19:05 é "imbecilóide" mesmo! Está alegando que o dinheiro não está sendo utilizado para a conclusão do Estádio Atleticano aos termos da Copa. Está verde de inveja. Pensa que nós ATLETICANOS vamos deixar que isto ocorra!? Está nos confundindo com Virso?

Anônimo disse...

Só não venha com aquele papinho aranha que ninguém é burro

Anônimo disse...

Crédito repassado a terceiro? Que crédito? É PAGAMENTO para a conclusão do Estádio para Copa. Como é feita, de quem compra é problema da CAP S/A, cara. A única responsabilidade é concluir o estádio nos moldes da FIFA. É cego?

Anônimo disse...

Hihi tiraram meus cometários vão dar o cu pro petraglia

Anônimo disse...

A VERDADE VIRÁ TONA, AGUARDE E VERÁS

Anônimo disse...

Na hora de darem o cú pro governo em troca da verba ninguém reclamou dos conselheiros do Incaivel estarem diretamente envilvidos na maracuitaia.

anónimo muito louco disse...

Chega a ser engraçado se não desse tanta pena dos verdes imbecis vindo aqui se humilhar querendo falar algo. Querem usar o potencial construtivo para tentar fechar o anel, mas tá difícil de esconder. No mínimo querem um "cala boca" do Atlético no valor do remendo que querem fazer.

Anônimo disse...

Deveria haver obrigatoriedade do Mijadão pagar potencial construtivo pois, aumenta em extensão a poluição visual.

Alan Bike disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

A manchete do Gazeta do Povo:

"TC decide hoje se vai fiscalizar obras da Arena".

Se aprovarem é porque querem ganhar extra do evento Copa, se não se contentam com ganho da sessão extraordinária. Eita, corrupção rondando a vida Curitibana.
Vão trabalhar, seus inúteis, para melhorar o sistema de ensino, de saúde, de segurança! Não souberam do acidente causado por ônibus urbano no centro da Capital? São coisas que os "metidos" a mandarem poderiam evitar criando dispositivos. Estamos na Era do mano, a Era do micro já foi. Parecemm coxas, seu!

Anônimo disse...

Cadê o Tiago Cap?

Anônimo disse...

Este Espeto e Braga sim comentem improbidade parlamentar.Vamos atrás dos seus históricos.

Anônimo disse...

gigolo do dinheiro público são eles... os verdes. Devem as calças ao erário e arrotam caviar.

Bando de xiliquentos racistas!

Luiz Andrade disse...

Talvez alguns se lembrem que a alguns anos a Gazeta do Povo liderou uma cruzada em defesa da instalação do sistema ILS2 no aeroporto Afonso Pena, que segundo o jornal resolveria o problema do cancelamento de voôs em dias de nevoeiro.

A cruzada foi vitoriosa o tal sistema foi instalado e os cancelamentos continuam até hoje.

Me lembro de ler em algum lugar que O TAL SISTEMA ERA INCOMPATÍVEL COM A MAIORIA DAS AERONAVES QUE AQUI POUSAVAM E O REPRESENTANTE DELE NO BRASIL ERA UM DOS FILHOS DE UM TAL FRANCISCO CUNHA PEREIRA.

Quer dizer o filho do MCP vender um produto certificado para uma OBRA PRIVADA é crime. Já o outro caso...

Anônimo disse...

Gazeta e verdinhos me dão nojo, é pensar em passado, coisa atrasada, maracutais do evangebosta e estas coisas.
Bola pra frente e vamos ganhar do Vitória que precisamos.
Enéas

Vanguarda Atleticana disse...

No site oficial do CAP há uma nota bem enfática sobre a transparência dos negócio do Clube em relação às obras de adequação da Baixada para a Copa. Chamando os órgãos competentes a fiscalizar para verificarem a lisura de tudo. Então é hora desse povo fechar a boca e começar a trabalhar para ver se tem algo de ilícito aí. E chega de churumelas.

A gazeta só abriu uma notinha sobre isso.

Vanguarda Atleticana

Anônimo disse...

gazeta e tribuna só servem pr limpar o rabo !

Anônimo disse...

parabens luiz andrade... cv eh atleticano de verdade ! guerrilha pau no cu dos coxas !

JJ

Anônimo disse...

Gazeta e tribuna sujam o rabo...

Herança Maldita disse...

Depois da nota oficial da Diretoria Atleticana ficou sem Propósito a reunião no TCPr. Pensaram que o Maior Clube do Estado iria se michar com um acontecimento minúsculo de um membro (será que merece ser assim chamado?).
A torcidinha dos 16% nesta Capital, não na totalidade pois incrivelmente exitem aindaalguns verdadeiros esportistas, puseram a barba de molho e falam no veteraníssimo paranaense Alex (Mauad) e deixaram sozinhos o Breno e Espetinho de gambá.

Anônimo disse...

Aproxima-se o 2º turno da eleição e não poderia deixar passar em branco.

O Ratinho Junior

fala em aplicar MELHOR o dinheiro público. Percebem a insinuação, não é?

Anônimo disse...

Antes associava a coxarada apenas ao racismo... vou ter que acrescentar a palavra xiliquento.

Anônimo disse...

União total galera, pra subir e pra terminar o nosso caldeirão.

O resto é resto, e o troco nos verdes está guardado.

Anônimo disse...

Covardes

Anônimo disse...

Aguardem o show vai começar, todos os petraglistas vão cair junto

Anônimo disse...

Furacao.com independente e democática?

Herói disse...

Os coxas, diga-se os maus esportistas anti Copa, chegados à autofagia, anti Terra que os alimenta, sonhavam com um acontecimento "bombástico" como a denúncia, digo desabafo, do Dr(?) Campelo.
Qual não foi a decepção quando veio ao público a declaração do Cid?! Pensavam (se é que esses caras pensam) que finalmente iriam conseguir arrasar o "PET-SHOP". Ledo engano, escoaram-se pelo esCouto ladeira abaixo.
TC tem é que fiscalizar, não, dar o parecer nos atos do governo e nos dos órgãos públicos e não da Entidade Particular, o CFC negou o MIJADÃO ao Furacão, com que direito? Quem fiscaliza particulares, cada um no seu setor é INSS, IBAMA, PF, Receita, Federações, CBF. Mesmo assim a diretoria colocou à disposição da entidade pública todos os contratos e atos referentes as obras para a Copa do Mundo. Não devemos obrigação nenhuma de informar ao jornal, repórteres ou mídia assuntos internos da Instituição.
Foi mal Dr José Cid Campelo!

Herói disse...

Reitero aqui, ao sr Petráglia que envide todos os esforços na conclusão do Estádio para que no ano de 2013 possamos jogar todos os jogos, não o regional, do Furacão na Arena da Baixada.

Anônimo disse...

Meu herói

Anônimo disse...

Hummm que viado

Anônimo disse...

e q porra é essa de no torcidometro facebookson do globo.com a torcindinha de pia de apt dos verdes estar na frente da do furacão, ou mesmo a do ceará... vamo la galera dar um força ao furaca, e passar os xiliquentos lá tb!

Vanguarda Atleticana disse...

Ontem no Globo Esporte (também do grupo da Gazeta), o presidente do Tribunal de contas, o Sr. conselheiro Fernando Guimarães, já antecipou seu voto, dizendo que considera o potencial construtivo dinheiro público. Faço então as seguintes considerações:

Desde quando um juíz (se vai julgar algo, o termo é adequado) faz um juízo a priori sobre o que vai julgar, e apresenta isto publicamente por meio da televisão? Este cara deveria ser impedido de julgar, pois antes da apresentação do caso, da análise jurídica que deverá ser feita na sessão sobre o assunto, ele já tomou sua decisão, baseado no quê? Em uma convicção pessoal?

Outra coisa, o títulos de potencial construtivo já existem há mais de 10 anos na capital, e em outros momentos já foi destinado a entidades privadas como o CAP. Só agora decidem verificar se o potencial é dinheiro público ou não? Que marmelada é essa??

Mas vamos ver o que vão julgar esses "conselheiros" do TCE, preto no branco, vão ter de demonstrar por que o potencial construtivo é dinheiro público, e qual serão as ações a serem adotadas neste caso, não apenas para o CAP, mas pela Arquidiocese, pelas Construturas, pelos donos e inquilinos de imóveis históricos, por aqueles que tem imóveis com algum tipo de proteção ambiental, etc. etc.

É isso, esses vagabundos desses conselheiros, que só sabem fazer política e curtindo as benesses do poder, terão de por a mão na massa e tirar a bunda da manteiga, para provar onde está a legalidade do que afirmam, apontando onde na legislação está escrito que potencial construtivo é dinheiro público.

Vanguarda Atleticana

Anônimo disse...

Vamos lá todo mundo abaixando a cabeça pro tio pet, agora pra direita, agora pra esquerda

Anônimo disse...

sai fora verde, vai rebocar o teu anel aberto! O puxadinho HSBC dos xiliquentos

Luiz Andrade disse...

Quem obedece cegamente ao seu amo são as chiliquentas do vição. Ele chama de imbecil, dá de dedo na cara e os caras ainda aplaudem.

Anônimo disse...

E o Petraia vai ficar bilionario com o dinheiro público.

Depois tem gente (se é que podem ser chamados de gente) que fala mal de politico.

A VERDADE É QUE AQUELA BOSTA JAMAIS SERIA TERMINADA SEM DINHEIRO PUBLICO (DINHEIRO FACIL).

O PETRAIA DEU O GOLPE. PRIMEIRO FOI A INDENIZAÇÃO DO BANHADÃO DO PAVOC. INDENIZAÇÃO ASSINADA PELO EX-PRESIDENTE DO INCAIVEL, ANIBAL KHURY. COM A BOLADA NO BOLSO, DISSE QUE CONSTRUIRIA O SALÃO DE FESTAS COM A VENDA DOS PACOTES DE MERDA COM OS RESTOS DO FARINHACÃO E PASMEM VCS, COM A GRANA DA VENDA DO JOGADOR DE POKER E DO OSEIA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

SEM DINHEIRO PÚBLICO, ESSA MERDA DE BAIXADA NUNCA EXISTIRIA.

É A FALACIA FREGUESA INCAIVEL. SEMPRE GOZANDO COM O PAU DOS OUTROS.

Luiz Andrade disse...

Pois é você já imaginbou se o Tesouro Nacional não fosse obrigado a cobrir o déficit previdenciário alimentado por caloteiros como o cocÔritiba fuckball club? Imagine tueus pais tendo que esperar 50 anos de parcelamento do REFIS para receberem os atrasados? Toma vergonha na cara rapá! Aprende a raciocinar e deixe de ser papagaio de pirata repetindo palavras de ordem sem sentido.

Anônimo disse...

Vá aprender a escrever por gentileza.
Tá duro de ler essa matéria...tudo que escreveu nao tem nexo nenhum...coitadinho dos poodles...conspiração contra eles hahahaha vá se tratar ...só falam dessa merda de baixada...e do time nada...nao tem time...segunda divisao...

Anônimo disse...

KKKKKKKK Só os FREGUESES INCAIVEIS pra querer comparar dívidas com o que eles estão fazendo com o dinheiro público.

Anônimo disse...

Falando em dívidas, como foi que o INCAIVEL pagou suas contas com a União ??

Jogava no Pinheirão
Públicos pifios
Patrocinador pifio
Despesas com o futebol
Despesas com os funcionarios

Gralham aos quatro cantos que não tem dívidas de onde surgiu o dinheiro pra construir metade de estadio, ct e pagar as contas ??


O que o Petraia tinha antes de assumir o INCAIVEL ?? Uma casa, um carro e uma casa na praia ??

E qual é o patrimonio dele hoje ??

Anônimo disse...

Esse coxinha não tem nada para fazer numa sexta feira?
Deve ser triste a vida deles...´
Sai fora bixarada.

Luiz Andrade disse...

O que o Petraglia tinha antes de assumir o Atlético?

Só a INEPAR, mas acho que vc nunca ouviu falar. Aliás enquanto ele se dedicava ao clube a empresa encolheu. Não é igual a outros presidentes que se aproveitaram que eram genros do dono para malversar seguradoras...

anónimo muito louco disse...

É o desespero batendo a porta dos suínos verdes. Eles estão a flor da pele ofendendo e agredindo a todos. Se rode aí nerdao!

Vanguarda Atleticana disse...

Pela posição dos comentários dos suínos verdes que vem aqui no blog dar ibope para nós, já dá para ver quem é que está fazendo a oposição à Copa na Baixada, são so 16% de ervilhas que torcem pelo time falido do chiqueirão.

Veredador Felipe Braga Cortes (oligarca), Auditor Luiz Henrique Barbosa (ESPETO)responsável pelo relatório do TCE (que marmelada), incluídos nos 16% de xiliquentos.

Bando de paquitas desvairadas...

Vanguarda Atleticana