terça-feira, 18 de setembro de 2012

A história de um guerreiro

Cocito se ajoelha para comemorar a vitória contra o Santos, pela 
Libertadores de 2005: volante incorporou a raça rubro-negra.


O brilhante Círculo de História Atleticana terá mais uma edição, e o convidado da vez é o ex-volante Cocito - campeão paranaense, da Seletiva e Brasileiro, vice da Libertadores e único jogador que participou das três edições da Copa Libertadores da América pelo Atlético.

Segue o serviço: 


Data: 25/09/2012 (terça-feira)

Horário: das 19h às 22h

Local: Alta Voltagem Café – R. Silveira Peixoto, 777 – Água Verde

Tema:
A história do volante Thiago Cocito

Convidados:
Thiago Cocito
Prof. Heriberto Ivan Machado  (historiador do Atlético)

Organização:
Milene Szaikowski

Confirmação de presença:
Para participar do encontro é indispensável a confirmação de presença por e-mail (circuloatleticano@yahoo.com.br) até 24/09/12, véspera do encontro. Somente será permitida a entrada das pessoas que tiverem confirmado a presença por e-mail.
As vagas são limitadas. Não há custo para participação.

3 comentários:

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Neste primeiro jogo contra o Santos de Ricardinho e Robinho, Cocito fez de tudo.

Tínhamos um a menos em campo. Mas Cocito jogou por 2 ou 3.

Ganhamos de 3 a 2 graças a ele. E tudo ficou mais mais fácil no jogo de volta.

Se não era um primor técnico, foi o jogador mais raçudo que vi jogar (pelo menos desde 82 para cá) com a camisa rubro-negra.

A bola era um prato de comida para ele. E ele tinha muita fome...

Anônimo disse...

Já pensou numa meiúca com Cocito e Valdir?
Não entrava ninguém...
Enéas

jmcc84 disse...

Foi o jogador mais raçudo que vi jogar com a camisa do CAP.