domingo, 25 de setembro de 2011

Árbitro erra, gera revolta da torcida e desperta PM despreparada

Do blog do Mauro Cezar Pereira, comentarista da ESPN Brasil:

O Atlético Paranaense vencia o Fluminense por 1 a 0 na Arena da Baixada, quando o árbitro Wagner Reway marcou pênalti de Manoel em Lanzini, aos 46 minutos da etapa final. Segundos antes, o argentino havia se atirado na área. Uma nova tentativa instantes depois bastou para que conseguisse seu claro objetivo,
cavar uma penalidade máxima para salvar seu time da derrota.

Algo que se repete com apavorante frequência no futebol brasileiro. Reflexo evidente das péssimas arbgitragens, da moda do cai-cai apoiado por setores da mídia e do corporativismo daqueles que apitavam e agora "analisam" a atuação dos colegas. E entre os modismos há o do politicamente correto, que condena o torcedor que não se comporta no estádio como se fosse beata na missa.

A revolta dos atleticanos foi mais do que compreensível. O time luta contra o rebaixamento e os três pontos eram de enorme importância. Dois deles foram retirados da conta do Furacão após a terrível intervenção do apito no andamento da partida com a equivocadíssima marcação do pênalti. Foi daqueles resultados difíceis de engolir, ainda mais nas circunstâncias.

Exigir que aquelas pessoas apaixonadas pelo seu time enfiem o rabo entre as pernas e voltem para casa sem qualquer manifestação é pedir demais. Torcedor não tem o direito de bater em ninguém, de invadir treinos, de depredar o clube, o estádio, mas ainda pode protestar, seja contra dirigentes, jogadores, técnicos, adversários e arbitragem, ora. Cabe a quem faz a segurança impedir excessos.

Mas não é assim que costuma agir a polícia. Já disse e escrevi antes que acho a presença de policiais fazendo a segurança dentro dos estádios muito questionável. Se o espetáculo e privado, lá dentro a segurança também deveria ser particular, como nos shows que acontecem nos mesmos locais das pelejas. Mas a partir do momento que a PM se dispõe a fazer tal trabalho, que o faça direito.

Torcedor com raiva do juiz, na maioria dos casos, não vai além dos palavrões, do desabafo revoltado e, no caso de sábado, a meu ver com inteira razão. Os que fazem a segurança estão ali para não permitir que passem dos limites e prender quem for além atirando algo, tentando agredir ou mesmo atacando alguém. E o cidadão que paga ingresso não é bandido, até que se prove o contrário.

A polícia se posicionou no campo de jogo, voltada para a arquibancada. Do outro lado da grade os atleticanos xingavam a arbitragem. Impossível entender a postura de policiais que exibiram armas pesadas para a torcida, provocando correria em meio às cadeiras. Qual a necessidade daquilo? Por que mandar as pessoas embora aos empurrões? Com quem eles acham que estão lidando?

A televisão exibiu tudo. Um show de excessos, demonstrações de força desproporcional, desnecessária, como se torcedores fossem bandidos num motim, presos numa rebelião, elementos de alta periculosidade. Isso quando na verdade eram apenas rubro-negros querendo mostrar sua revolta ao responsável por começar tudo aquilo. Cenas muito piores do que os palavrões dirigidos ao árbitro.

E em meio às imagens da TV, uma cena que praticamente encerrou o pífio espetáculo militar. Dois policiais olham em tom desafiador para torcedores. A câmera está fechada neles, E daí? Isso não os inibe, nem impede um deles de disparar palavrões. Olham para quem está na arquibancada em postura que vai além da arrogância. Me senti vendo um daqueles filmes da Segunda Guerra.

O futebol não precisa disso, não precisa dessa gente que apita mal e muito menos dos que são valentes diante de torcedores que só querem desabafar após um erro que estragou o fim de semana deles. Por favor, guardem toda essa valentia para os marginais. Torcedor de futebol é apenas o cara mais importante desse negócio todo. Os bandidos são outros.

PS: se você acha que foi pênalti, que o árbitro acertou, ok. Mas entenda que isso é o menos importante e não é a discussão que o post acima propõe. O debate aqui é outro, interessa a todas a torcidas, a todos que vão aos estádios. Basta ler e entender, não é tão difícil.

37 comentários:

Alan Bike disse...

Infelizmente, a torcida é vista como marginais quando em grupo. Até aqui no Blog, vemos "textos", que fazem apologia à violência "convocando seguidores" para à "ignorância".
A Lei é igual para todos em qualquer lugar, mas há os que se julgam no direito de extravasarem a sua parca educação em se tratando de futebol.
A competição é (deveria ser) disputa pacífica, com regulamento próprio e nunca uma Guerra.
As irregularidades se resolvem nos bastidores.

Marcelo disse...

Vai toma no teu cú tal de alambike. Vc é coxa cara. Defendo o juiz. Vai lá beijar ele seu imbecil.

Alan Bike disse...

Está se vendo, Marcelo?
Pessoas como você é que marginalizam o futebol. Sou associado e eleitor no Atlético e você? Falou anteriormente como se pudesse vender a "cadeira da Arena"... Se você defende o juiz, o problema é seu, não tenho nada com isso!

Luiz Andrade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Andrade disse...

Esta lá no perfil do jornalista:Mauro Cezar Pereira é de NITERÓI (RJ).

Por que eu não me surpreendo que seja alguém de fora, para escrever um texto desses, enquanto a imprensa local "exige" e trabalha para que o Atlético pegue uma punição maior que a dos porcos verdes ?

Por que a imprensa local afirma que os protestos são motivados apenas pelo desespero, pois as arbitragens estão sempre corretas contra o Atlético assim como sempre erradas contra os porcos verdes?

Até quando deveremos tolerar o baixo nível de nosso jornalismo esportivo provinciano?

Por que eles nos odeiam tanto?

Rudolf disse...

Sei não Luiz ! não sei se é má fase nossa, ou o tal complexo de viralatas mas concordo com vc. Não vejo uma radio sequer, uma comentarista de emissora sequer dar uma palavrinha a nosso favor.

Curioso é que as transmissões PFC locais são ainda piores que as de fora. Edson Militão não faz questão de esconder que odeia o CAP, sempre enaltecendo nossos adversários e diminuindo nosso estádio e nosso time.

Até a Nadja mauad está moldando seu blog de numa especie de agenda positiva coxa e muro das lamentações rubro negras.

Mas sempre fomos contra tudo e contra todos mas não é facil lutar também contra um Presidente omisso, escondido que trabalha contra o proprio patrimonio.

Luiz Andrade disse...

O que mais se lê e houve falar hoje em nossa imprensa é o termo "reincidência".

Como assim? Houve invasão? Apareceu algum objeto que tenha sido atirado no gramado?

Ou agora, como diz o artigo, é proibido xingar o juiz em estádio de futebol?

Por falar em omissão, alguém assumiu (mesmo que interinamente) o lugar do Ibiapinga durante a suspensão dele, ou ficaremos sem diretor até lá? Ou ele vai ignorar a suspensão e continuar exercendo as atividades que não poderia e acabar arrumando mais uma punição para o clube?

duune disse...

E tem jornalista irresponsável falando em objetos atirados no gramado: http://blogs.lancenet.com.br/blogdojanca/2011/09/25/ladainha-na-arena/

Vamos XINGAR ele também, mas cuidado com a PM... pq agora, nos estádios brasileiros, jogador não pode aplaudir, e torcedor não pode xingar!

Alan Bike disse...

É bom que se esclareça, a revolta da torcida se deu pelo conjunto de erros cometidos pela arbitragem. A imprensa se atém à causa do "tumulto" como sendo o penal (convertido pelo Flu); fez parte, contudo não foi tão somente. O irritante foi que, os 90% dos erros se deu contra nós, inversão de faltas, excesso de cartões amarelos, talvez merecidos, mas por que só para nós, se em lances parecidos muitas vezes nem falta marcou contra antagonista; até penalty semelhante não foi marcado para nós, para adversário sim...
O que não compactuo com os manifestantes são as atitudes ameaçadores de "violência" como se viu. Somos Atleticanos, "barulhentos" sim, mas não somos adeptos à ignorância como é comum se ver nas outras torcidas.

Rudolf disse...

Galera, acho que tudo vai depender da súmula do senhor juiz. Se ele colocar que objetos foram atirados ao gramado mesmo assim não será reicidência pois o artigo não é o mesmo. Não houve invasão de campo portanto, não houve reincidência bosta nenhuma. Nossa imprensa que chupe.

Depois de assistir ao Atletico mineiro ontem comecei a novamente acreditar que a gente sai dessa. Os caras tão pedindo pra cair e o bahia também. lembrando que temos confronto direto com o ceará na arena.

Só que esse time precisa jogar.

Luiz Andrade disse...

Pois é Rudolf, aí é que está o "pobrema".

Perdemos as duas para Galo e Bahia.

O campeonato não tá difícil, mas nosso time insiste em não fazer o mínimo do que lhe cabe.

MIke disse...

Contra a burrice nem porrada resolve. Só uma vala aberta e uma bala de 38.

Aparecido José disse...

De nada adianta ficarmos xingando os juizes que por sinal são ruins mesmo. Não adianta colocarmos a culpa somente neles. Todos sabemos que eles vão nos sacanear, mas o bem da verdade não estamos fazendo o dever de casa. O Cleber Santana foi expulso infantilmente e nos deixou na mão em dois jogos e no jogo de sabado bateu bisonho o penalti. Nem sempre estamos entrando em campo com o melhor time. Muda-se mal, teima em manter certos jogadores no time como é o caso do Rafael Santos, tanto já sofremos com suas lambanças mas continua no time. Tudo isso é sofrivel. Acho que o Kleberson e Edgar Junior deveria entrar nos jogos, coisa que não está acontecendo. Eles são rápidos e dá maior movimentação no time.

ftmaestrelli disse...

Essa Policia Militar sempre foi guardição despreparada, basta observar o seu comportamento no dia dia, são pessoas completamente sem o preparo para atender qualquer cidadão, pessoas no geral. Causa a impressão que são pessoas sem treinamento, sem perfil para assumir a responsabildiade de autoridade. Ao ir ao Estadio observa se o comportamento bizonho, é vergonho e ao mesmo tempo preocupanete, pois dependemos da segurança e esta ai o resultado, policiais batendo em pessoas sem qualquer direção, sem objetividade, como fosse um cego perdido no deserto...decepção total!!

Bernardo Wolf disse...

Pessoal, deixando a paixão de lado, convenhamos, o Manoel realmente cometeu o penalti.

Penalti desnecessário diga-se de passagem, pois o Fabrício estava na cobertura do atacante do Flu.

Longe de mim querer defender o árbitro, todavia, esperar que resultado de um time que abdica totalmente do ataque para ficarem os 11 (ou 10) jogadores debaixo do gol, como um time medíocre, com medo de atacar, sem gana pela vitória, que apenas espera o time adversário atacar?

Ademais, o CAP não demonstrou sequer 1lampejo de bom futebol, nada que nos desse a mínima esperança. A ordem do dia era a do "chutão pra frente".

Me lembrou muito o jogo contra o Flamengo, onde tivemos mais sorte.

O CAP hoje é uma colcha de retalhos.

Nos faltam atacantes, laterais, meias, zagueiros e um técnico, ou seja, nos falta simplesmente um time inteiro.

Agora estamos a 5 pontos do 1º time fora da Z4, o que fazer? Com a resposta o Sr. MM.......? Cadê? Ah, ele sumiu né. Cade Paulo Rink?

Temos um "Diretor de Futebol" amador!!

Pelo amor de Deus!! A que ponto chegamos...

O que nos resta é rezar.

Att.,

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

MM assumiu o futebol.

Ah, agora vai!!!

Rudolf disse...

Vai pra segunda divisão!!!

MIke disse...

O Manoel nem encostou no jogador do flumerda. Foi penalty porra nenhuma. Roubalheira absurda.

Bernardo Wolf disse...

Acabo de ler a notícia que o MM. assumiu o futebol!!

Hahahaha, só rindo mesmo!

Boatos que na próxima partida do Furacão na Arena os torcedores irão receber - totalmente grátis - um nariz de palhaço para usar durante o jogo!

Ridículo, simplesmente ridículo!!

Mais uma vez eu pergunto: A que ponto chegamos?!

Rudolf disse...

E vejam o golpe;
Segundo noticias Enio F Jr, Iara e Alexandre Cury se canditarão em oposição a Petraglia. Ou seja, se demitiram deixando o clube não mão mas convencidos por MM vão fazer frente ao tio Pet.
Não basta querer rebaixar o clube pessoalmente sendo presidente, diretor e sei mais o quê, MM quer se certificar de mandar o clube também pra terceira elegendo seu sucessor.

Aparecido José disse...

É Bernardo, essa pergunta faço todos os dias " A que ponto chegamos"!!!! Fico pensando, a estrutura que temos, nossa torcida e esse time. Tudo isso é reflexo dessa diretoria "medonha". Acho que nunca tivemos tantas humilhações, tantas raivas num mesmo ano. PQP, a que ponto chegamos!?!?

Luiz Andrade disse...

Posem preparar seus espíritos para mais roubalheira contra nós, Domingo.

Paulo César de Oliveira, na área.

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Acabo de ler que "Número de doações para Bolinha já é quatro vezes maior que o necessário".

Essa torcida não merece o presidente que tem.

Luiz Andrade disse...

O novo (e risível) mantra da imprensa esportiva local é transformar Petraglia em um aventureiro que bravateou e não tem a menor ideia de como terminar a Arena.

Quem não conhece a história do homem, seu poder de fazer acontecer, o fato de ter antevisto a Copa muito antes de todos e ser um dos maiores especialistas no assunto no Brasil, ao acompanhar certos noticiários esportivos ficará muito preocupado.

"Não respondeu", "não detalhou", "não explicou", "dúvidas", "preocupação", são expressões que dominam a pauta.

Até parece que se ele chegasse hoje e abrisse o "passo à passo" amanhã mesmo não estariam dando destaque ao "Virsão" ameaçando entrar com processos e ações legais exigindo reciprocidade...

Rudolf disse...

Falando nisso o histerismo com relação a um possivel panetonão no lugar do pinheirão e um CT novo está levando a guerrilheira do pinga mijo nadja mauad a quase praticamente "gozar" no blog dela.. Seus multiplos orgasmos se devem as promessas de Virsão Ribeiro em ofuscar a nossa Arena padrão Fifa apresentando ainda esse mês o parceiro para um possivel novo chiqueiro. e a imprensa Bunda do paraná adora !!!

PETRAGLIA NELES RAPAZIADA

Rubro-negro Bocaiuva disse...

Vi o video da piazada campeã sub-17 em pleno pinga-mijo e no final eles comemorando, em frente os leitões que estavam na arquibancada, isso é ter tesão de ganhar ATLEtiba, mas é perigoso o MM não ter gostado e chamar a atenção da gurizada.

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Esta molecada já está de castigo...

Eloi disse...

O Nei Franco deve ter saído muito puto da vida com o CAP, o cara só convoca jogadores das paquitas!!!!

Luiz Andrade disse...

Rudolf, e o pior de tudo, que espero, seja mentira, é que tais notícias seriam alimentadas por setores da Diretoria e do Conselho do Atlético.

Aí seria traição ao clube no mais alto grau.

A proposta do Petráglia foi vencedora. Não há mais o que se discutir. E ademais no que tange a construir o homem têm um currículo inquestionável. Eu, que crítico os 3 últimos anos da gestão de futebol dele, sou o 1º a reconhecer que nenhum outo clube do Brasil possui alguém tão capaz e qualificado para liderar a construção um estádio padrão Copa.

Rudolf disse...

Falando em futeba, bateu o cagaço no pato véio e ele tirou o o Homem de 6 milhões, o cachaceiro urugauio pra instaurar novamente na arena a famosa avenida paulinho.

A melhor defesa seria o ataque mas entraremos retrancados e será pressão (deles) o jogo todo.

Na situação que estamos acho que é matar ou morrer e passou da hora de mostrarmos serviço no ataque mas sem atacantes fica dificil né ?

Haja coração e paciência.

Rudolf disse...

Ainda sobre petraglia Luiz, fui um dos que pediu a cabeça dele na época. Achava que ele estava ultrapassado, um ditador cujo poder e subiu a cabeça. Prepotência, socos na mesa tal irritam pricipalmente porque o futebol ia mal. Mas aconteceu que em um segundo de humildade ele cedeu o departamento de futebol para o malfadado Malucelli.

Quero acreditar que o velho Tio pet mudou, não na sua forma de mandar mas de reconhecer que futebol é coisa pra profissionais e é nisso que acredito. Que ele após se tornar nosso presidente faça a arena padrão fifa e entregue o futebol a pessoas que entendem.

Acho isso perfeitamente possivel. Não precisamos morrer de amores pelo cara ´so precisamos confiar que o que ele diz será feito. Mas que a midia fica louca sabendo que ele vai voltar ahhh!!! caras, até torcedores coxas ficam incomodados. Sendo assim já valeu o ingresso não acha ?

Aparecido José disse...

Com essa escalação do Lopes é mais sofrimento pela frente. PQP porque não entrar com umtime ofensivo? De que adianta o time na retranca, precisamos de ganhar.

Cadê o Pedro Oldoni? Não aparece no elenco, nos emprestados e nem no pra onda anda. Pra mim o Oldoni joga melhor do que todos esses ai. Não entendo é o Edgar Junio fora do time, nem no banco fica.

Rodrigo disse...

Mauro Cezar Pereira é um cara sério e que respeita nosso clube, um jornalista digno de admiração e reconhecimento. Coisa essa que muitos porcos da nossa imprensa não tem por nós torcedores do Clube Atlético Paranaense.

Vou pro jogo e quero ver o time jogar bola e ganhar. Se C.Santana e P.Baier tiverem vergonha na cara tiram a gente dessa situação, assim como Marcinho. Do contrário, que se coloque a piazada do juvenil, júnior, que pelo menos vão correr atrás da bola....que é o mínimo de um time.

Julio disse...

Hei, Petraglistas, vão tomar no cú! Este foi o recado do Lopes. Como considero todo Petraglista um Coxa, o xingamento que é típico para os Coxas deve ser repetido sempre a estas coisas. Lopes, cada vez te admiro mais!

Rodrigo disse...

Dá-lhe Furacão....precisamos engatar umas 4 vitórias seguidas...dá-lhe...manter a pegada e o poder ofensivo.

Rodrigo disse...

É pra acabar...os caras do pfc e sportv achando que o gol do inter foi mal anulado...vão tomar no cú seus fdp...o cara tinha a ponta do ombro na frente...é só ver o vídeo na globo.com.

Rodrigo disse...

Mas é fraco esse Sicupira pra comentar...até ele falando que o gol do Jô valeu...botando fogo no chiclete que jogaram e uma revista amassada...esse cara não é Atleticano...o porco que apresenta também faz fogo e diz que o árbitro e tal. Prenderam e repreenderam o desgraçado que jogou e foi preso...isso eles não falam....imprensa vagabunda...medíocre.Porcos.