domingo, 17 de julho de 2011

Feio na fita

Da Furacao.com:
Não foi desta vez que o Atlético conseguiu a primeira vitória no Campeonato Brasileiro. A derrota deste sábado foi em São Januário, diante do Vasco da Gama. Kleberson fez o gol Rubro-Negro e Alecsandro fez os dois gols do Vasco.

Após o jogo começar com 15 minutos de atraso por causa do apagão em São Januário, Vasco e Atlético fizeram um jogo burocrático em boa parte do primeiro tempo. Aos 10 minutos, quando o Furacão saiu em contra ataque, Madson passou para Paulinho dentro da área, ele rolou a bola para trás e Kleberson só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo do gol do Vasco.

O lance mais curioso da primeira etapa aconteceu aos 32 minutos quando Dedé e Manoel disputaram a bola em escanteio batido por Bernardo. O zagueiro cruz maltino cabeceou e os caíram na área atleticana. Manoel logo se levantou, mas Dedé chegou a ser retirado de campo e voltou logo em seguida, porém, no apito final do primeiro tempo Dedé foi novamente atendido pelo departamento médico vascaíno.

O gol de empate do Vasco saiu aos 47 minutos, quando o lateral Allan disputou a bola com Madson e cruzou. Eder Luis chutou e o goleiro Renan Rocha rebateu a bola nos pés de Alecsandro, que bateu seco no canto direito do gol atleticano.

Virada vascaína

O Vasco voltou mais agudo no segundo tempo e antes dos cinco minutos chegou com perigo duas vezes ao gol do Atlético, uma com Juninho Pernambucano e a outra com Eder Luis. O Furacão não demorou a responder e, aos 10 minutos, Cleber Santana cruzou na área, Santiago Garcia disputou a bola e na sobra Madson errou o chute, resultando em tiro de meta ao Vasco.

Aos 12 minutos, o técnico Renato Gaúcho fez a primeira substituição do Furacão trocando “El Morro” Garcia por Marcinho, que voltou da Arábia Saudita. Após escanteio batido, Renan Rocha fez uma grande defesa em cabeceada do zagueiro Anderson Martins. O jogo ficou aberto e, na volta do escanteio, Madson entrou na área e bateu cruzado, mas a bola saiu à esquerda de Fernando Prass.

Em troca de passes de Marcinho e Madson, aos 21 minutos, o baixinho entrou na área e bateu para uma defesa à queima roupa do goleiro vascaíno. No contra veneno, Juninho Pernambucano bateu uma falta, Alecsandro chutou sozinho e perdeu um gol incrível na cara de Renan Rocha.

O Vasco virou o jogo aos 25 minutos, após cruzamento de Eder Luís. Alecsandro subiu com Manoel e cabeceou para o fundo das redes de Renan Rocha.

Após tomar o gol, Renato Gaúcho colocou Branquinho no lugar de Róbston e, aos 37 minutos, tirou Madson para colocar o equatoriano Guerrón, para tentar mudar o panorama do jogo. Aos 42 minutos, Guerrón cruzou na área e o goleiro Fernando Prass saiu mal na bola, mas se recuperou e tirou-a na área.

O Atlético volta a campo no próximo sábado (23/07) contra o Botafogo, onde tentará a primeira vitória no campeonato brasileiro.
•••
Trocando em miúdos, o Atlético tá assim: FEIO NA FITA!

19 comentários:

Paulo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rodrigo disse...

falou o crianção abobado...
não sai do blog esta bosta.

Ricardo disse...

Deve estar procurando namorado...

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Além da nova falha por cima do bom Manoel, o time está morrendo no segundo tempo (saudades do Riva).

O Vaiscú soube marcar facilmente o Atlético após o segundo gol.

Pressionamos no fim com um monte de toquinho de lado e nenhuma jogada mais veloz.

Acho que valia uma campanha em todos os sites para lotar a Arena no sábado para impressionar os jogadores e quem sabe assim o motivem e corram.

MIke disse...

FINALMENTE CONSEGUI LOCALIZAR O PAULO

Depois de muito tempo tentando, finalmente quebrei o código de segurança do blog e localizei quem é de verdade o paulo.

Coloquei no youtube para todo mundo ver:

http://www.youtube.com/watch?v=yZzD_14fAXo&feature=related

NetSauro disse...

auauahshaaaaaassssaaaa

Aparecido José disse...

Não adianta o Renato falar de um matador se não temos um bom armador.

Com a grana investida nesse gringo poderiamos e muito bem comprar um bom atacante que já esteja no ritimo do futebol brasileiro. Compra um jogador caro e leva um tempão pra entrosar, aí fica dificil.

Nossa maior dificuldade é no individual. Sempre tem um idiota que falha e põe tudo a perder.

Paulinho, Gerron, Branquinho, W. Diniz, Robston não tem condições nenhuma de jogarem, nem no banco pode, porque quando precisa deles não dizem porque veio.

Temos que ter no minimo tres bons reforços pra mudar a cara desse time, só com garra e o grito da torcida não vamos a lugar nenhum.

Luiz Andrade disse...

Não serve de consolo, mas ao menos na soma de incompetência com azar estamos parecidos com a seleção brasileira.

Beto bc disse...

Pode chamar o matdor que for, meio de campo com david (bom, mas só pra marcar, cleber santana (fraco e durão), robstão (fraco e durão) e kleberson (meia boca, grande passado)é impossível de vencer, no máximo empatar. Depois dessa escalação a la adilson batista eu larguei os bets, prefiro leandro nieuehs do que pagar 350 mil mes pro cara me escalar esta aberração.

Aparecido José disse...

Tambem não gostei da escalação com quatro volantes. Deveria ter entrado com outro atacante no lugar de um deles.

sergio disse...

fora malluceli, pois esse ano ja era pra gente, serie b já é fato vamos planejar o proximo ano para q possamos subir com dignidade.

Ciro disse...

O Renato ainda não conhece o elenco, e não tem culpa de ser contratado na nona rodada. A culpa é da desorganização da infeliz administração MM.

Para mim é preciso um volante de força, que fecha a frente da zaga na base do jogo duro. O Deivid pode até ficar, mas ele é baixinho e inexperiente para ser responsável pela marcação do meio campo.

Do meio para frente tem que ser com Marcinho. A qualidade é outra, ele entrou e melhorou o time todo. Só falta gente para fazer o gol.

Eu colocaria o time

1. Renan Rocha
2. Heracles
3. Manoel
4. Fabricio
5. Lat. Dir. que não seja o W. Diniz
6. Volante de marcação que não tem no time.
7. Deivid
8. Marcinho
9. Branquinho (Baier)
10. Madson
11. Santiago
12. Nieto (Guerron)

Uma dupla de centroavantes de frente seria uma boa tentativa. O Nieto joga bem de costas para o gol.

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Acho que o Heracles já foi dispensado... ou ainda está no CAP?

Ricardo disse...

Sergio, você ou é cocoxa ou é idiota. Ou os dois, mais provavelmente.

Vá jogar a toalha na puta que te pariu.

Ciro disse...

Acabei de percer que coloquei a escalação com 12 kkkkk

Renan Rocha
2. Heracles (foi embora? que m...)
3. Manoel
4. Fabricio
5. Lat. Dir. que não seja o W. Diniz
6. Volante de marcação que não tem no time.
7. Deivid
8. Marcinho
9. Madson (Baier)
10. Santiago
11. Nieto (Guerron/Branquinho)

Aparecido José disse...

Ciro a coisa ta tão feia que com doze em campo não resolveria a situação. rsrsrsrs. O Renato tem que encontrar um time e logo, senão a vaca vai de de vez...

Tiago CAP disse...

O DEIVID não é jogador de marcação???? Brincadeira tem hora.

Ciro disse...

É sim Tiago. Mas precisamos de dois volantes, porque sozinho ele não dá conta. Que saudades do COCITO!

sergio disse...

ricardo não é jogar a toalha, dá sim pra reagir, mas não tem time morto esse ano, avaí, america mg , atlético go, vão cair na minha opinião , temos que reagir agora, pois deixar pro segundo turno não dá, tem 9 partidas pra fechar 1° turno, temos que vencer pelo menos 5 delas, e dar akele pique no segundo turno, mas as brigas internas e os baladeiros estão afundando o time.