domingo, 3 de abril de 2011

A vingança do F...


Virada com dois golaços. Um de Mádson, outro de Adaílton.

26 de março de 1995, um domingo, estádio Couto Pereira. Bola pererecando na área rubro-negra, Mirandinha (aquele do "se correr não penso, se pensar não corro") solta um coice que supreende Gilmar, marcando de calcanhar na vitória do Paraná por 2 a 0 sobre o Furacão.

3 de abril de 2011, um domingo, Vila Capanema. Mádson recebe na área, chargeado pelo zagueirão e, sem outra alternativa, aplica um golpe DISCOSTA, encaminhando a pelota rasteira para o fundo das redes, no primeiro gol do triunfo atleticano por 3 a 2.

Precisar, nem precisava -- afinal, já estamos cansados de humilhar o Paranito, como é possível relembrar AQUI. Em todo o caso... ESTAMOS VINGADOS!

De quebra, empurramos ainda mais o time com o maior número de cabelinhos de Neymar do Brasil para o fundo do buraco, mantivemos o tabu de não perder para eles desde 2008 e reforçamos o excelente retrospecto no campo da Rede Ferroviária Federal, nossa segunda casa (atenção diretoria: vamos jogar lá caso seja necessário sair da Arena para as obras da Copa!).

Boa parte disso tudo graças ao...

O nanico Rei da Night curitibana (com toda a justiça) foi bem além do histórico gol de empate. Fez também o segundo, num chute certeiro de fora da área. E certamente faria o da virada, estufando de vez a tanga dos tricolores, não fosse uma dessas imbelicidades do dito "futebol moderno".

Só porque o baixinho fez GLU-GLU pra torcida adversária ao comemorar o tento, o juizão resolveu aplicar um cartão amarelo e, consequentemente, subiu também o vermelho, visto que Mádson já havia sido advertido. Não por acaso o futebol está cada vez mais chato.

Mas beleza, nós tínhamos ainda Adauto no banco. Ou melhor, Adaílton. Depois do golaço contra o Cascavel, o negão deixou a condição de bancário para decidir o confronto. E o fez com categoria idêntica, ao receber em profundidade, degustar o calvo defensor paranista e tocar de canhota para o fundo do barbante.

Imagem retirada do Fórum Furacão.com

Virada categórica que, pelo menos para o momento, nos faz deixar de lado a série de problemas que o nosso time ainda apresenta. Uma semana inteira se passou e não vimos nenhuma evolução no trabalho de Geninho. O primeiro tempo foi horroroso e, com menos sorte, poderíamos ter sofrido uma derrota.

A defesa permanece insegura, embora Renan venha mostrando mais frieza na meta. Eu disse antes aqui que Diniz foi mal, no entanto, revendo os lances, ele cruzou no gol de calcanhar do Mádson e lançou o Adaílton no terceiro. Ou seja, não dá para criticar o cara. Alê não foi mal, ao contrário de Róbston, Lucas e Guerrón. E, pelas barbas do profeta, o que acontece com o Claiton?

O Rasta Vesgo não é nenhuma maravilha, mas uma nota 6,5 ele sempre garante. Hoje foi novamente bem, dando mais mobilidade ao meio-de-campo e, como de costume, empurrando o time para frente com o seu gogó afiado. Já demorou para o Geninho acordar pra vida...

•••

Troféu
ZIQUITA
Mádson e Adaílton.

Troféu
TIÃO MACALÉ
Róbston, Lucas e Guerrón.

21 comentários:

Antonio Eduardo disse...

A "equipe" atleticana não vai bem, mas protagoniza momentos de emoção no futebol paranaense. São muito poucas as vezes em que viramos fora de casa... ainda mais com 3 golaços.

Bom, após os confetes jogados pro alto, vemos a dura realidade: o time não mudou NADA. E não acredito que vá mudar. Esse tal de Rômulo, segundo um amigo meu cruzeirense, "é igual ou pior que o Wagner Diniz", tanto é que veio de graça (esmola demais até santo desconfia!).
Espero que ele esteja errado... porque essa lateral-direita atleticana está cada vez mais vergonhosa...

Agora, o alento é que, segundo esse mesmo amigo meu, os outros dois atletas pretendidos pelo Trétis são bons (Naldo e Reis). É esperar pra ver.

Saudações!

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Perfeita a análise de tudo hoje. Lembrar do pagamento do gol do Mirandinha acho que na hora todo mundo lembrou. Agora lembrar do surgimento do novo Adauto foi boa mesmo.

O Guerrón fica fazendo biquinho ao ser substituído mas anda mal.

Clayton não é uma Brastemp, mas é carimbador de bola. A bola passa pelo seus pés sempre. Nào foge do jogo nunca.

O primeito tempo foi assustador novamente. E no segundo viramos mais pela categoria dos jogadores. Alê fez a melhor partida dele no Atlético e Diniz a pior. Nos dois gols Diniz falhou. Obrigado pelo que fez ano passado mas com a vinda do Rômulo e com Edgar e Raúl, não há necessidade de 4 para a mesma posição.

Nosso ataque anda meio morto.

Como Guerrón anda matando todos os ataques acho que tinha que ir para o Banco.

Gostaria de ver o time com 3 volantes. Acho que seria uma tentativa de melhorar, pois Baier teria mais liberdade e não precisaria marcar.

Faria uma experiência.

1- Renan Rocha
2- Rômulo
3- Manoel
4- Dalton
6- Paulinho (sem dar carrinho!)
5- Alê
7- Róbston
8- Clayton
10- Baier
9- Lucas / Nieto (um tempo cada)
11- Mádson no ataque

E claro com Adauto, ou melhor Adaílton, no segundo tempo.

Rogerio Otto disse...

Feliz pela vitória. Concordo que estamos ainda com um futebol sofrível. Lucas é banco com certeza. Diniz muito mal e Guerron incrivelmente previsivel. Nieto não fez mas o gringo incomoda e tem que ser titular, Paulinho é de doer os bagos e como se diz se "se em terra de cego quem tem um olho é Rei" então Claiton vesgo é titular.

Mas valeu pela superação, pela torcida que mexeu com os brios e tomou conta do audio da narração do PFC e por essa surpresa chamado Adailton.

Uma semana de paz

Srn

Aparecido José disse...

Pelo amor de Deus, Lucas, Ale, Robston e Diniz não tem como serem titulares, só o Geninho que não ve que esses jogadores são ruins. Pior é que não muda. Achei que de hoje ele não passava, mas toda vitoria será bem vinda.

Geca disse...

Caraleo, Caveira. Análises como essa tua, vindo de vossa caveirística boca, são batutas. Parabéns. Tá um saco falar de política o tempo todo.

Guerrilha... no alvo. Concordo com 93% de vossas superlativas palavras.

Talvez tenha sido exagerado o 2º amarelo do Madson. Entretanto, vamos convir, confrades furaconenses, ele não sabe que tirar a camisa dá amarelo? Pior! Ele jogou a camisa. Uma punição no bolso do rapaz é o mínimo.

Particularmente acho Madson excelente contratação. Qdo o nanico não vai bem, pelo menos mostra vontade, correria. Hoje ele salvou o jogo, mas manchou sua participação com atitudes abobadas. Se ele toma cachaça à noite, a mim pouco importa. Todo mundo tem direito de tomar a sua. Só quero que o cara jogue, corra. E na minha opinião, ele tem feito sua parte, ainda que dê pra mostrar bem mais. Precisa cuidar da cabeça.

Aquela brincadeirinha com o poodle foi ridícula. 1º que não reconhecemos tal apelido, 2º que provocaram e tomaram na tóba. O time do Bozo é mesmo uma piada.

Geninho tem mais sorte que juízo. Quando tirou Alê ele abriu completamente o time. Não precisava. Bastava tirar a nulidade Lucas que tava tudo resolvido. Só acertou ao tirar o "grande" Robostão. Mas errou ao colocá-lo como titular. Todavia, como o time venceu, calarei minha phétida boca.

Alguém consegue me explicar porque Lucas, Guerron e Robston são titulares? Nieto "Oldoni" tem muito mais presença que Lucas. Lucas tem se resumido a vontade. Mais nada. Adailton tem muito mais vontade que o atual Guerron, além de conseguir driblar zagueiros e ser objetivo. Guerron só sabe atropelar. Não entendo as preferências de Geninho. Assim como (conforme Guerrilheiro) não dá pra entender porque Clayton não joga como 2º volante. Qualquer volante do elenco é melhor que essa bósnia do RoBostão. Contrataram por DVD editado esse ser abominável. Só pode. Ele é péssimo. Clayton erra poucos passes e participa proficuamente da armação do jogo. Mete o Deivid de 1º volante e tá tudo resolvido.

Nosso goleiro tem ido deveras bem. Renan tá segurando a vaga. Personalidade e empenho. Grande cara. Tomara que vingue.

Dalton também tá tomando conta da posição.

É isso, confrades. Prefiro elogiar o brio do time em virar, do que criticar as falhas que sabemos que temos. O 2º gol que tomamos foi cretino.

Pra fechar... a Furacão.com anda fraquinha, hem?!? Saíram os bons colunistas e entraram umas nabas. Meo Deos. Muito fraco, infelizmente.

O paranaense já era, precisamos pensar na sequência. Que MM se mexa!

Eloi disse...

Tem jogadores que estão pedindo para para o banco (Robston, Lucas e Guerron) e tem alguns que estão pedindo passagem para serem titulares (Claiton, Adailton e Nieto), mas só o genio Geninho não vê!

MIke disse...

No fundo, sei que este time é uma merda.

Não faz frente a nenhum time forte do futebol nacional neste ano (Cruzeiro, São Paulo, Santos, Palmeiras, etc.).

Mas como bom atleticano, gritei de emoção quando o Adailton fez aquele gol.


E torço para que metade deste time seja mandado embora, assim como essa diretoria de merda, e que alguém competente monte um time bom e que a nossa base e formação de jogadores seja formada por gente que realmente entenda de futebol, não este monte de analfabetos funcionais.

bruno disse...

Guerrilha, pode escrever...o nosso Bob marley vesgo sai do furaca antes do brasileiro.
Uma pena, porque dentro de campo o cara é o único que cobra o time e participa das jogadas com vontade.

Lucas um belo banco, Guerrão um baita chorão, Paulinho um saci, Diniz um coitado....assim fica difícil minha gente.

A massa rubro-negra realmente é Foda!

Dalhe Furacão!

Vamos Atlético!

Rodrigo disse...

Precisamos de velocidade pessoal, já falei que infelizmente nosso meio campo fica travado pela lerdeza do Paulo Baier(ele é ótimo com a bola nas pés, mas só, a idade pesa, pois um meia tem que sempre buscar os espaços sem parar.)No jogo de hoje ele foi marcado implacavelmente pelo paranista, Robston ainda não se entrosou no time(já tá devendo), Claiton mesmo mais lento tem mais visão e qualidade. Madson parte com a bola e ninguém lhe auxilia, Alê faz bem o papel de marcador, mas é prejudicado pela lerdeza do nosso veterano meia que atrapalha Robston e Madson não funcionando a engrenagem. Nossa zaga não se acertou ainda, Wagner Diniz não pode ser responsável por marcar por cima, pois ele é baixo(onde estavam os zagueirões?)Paulinho não foi bem, chegando atrasado nas jogadas. No ataque Lucas é inferior a Nieto que tem mais corpo, incomodando mais a defesa. Guerrón continua se atrapalhando com a bola e não usa o cérebro pra fazer as jogadas. Adaílton é a grata surpresa pra todos nós, que qualidade desse jogador, habilidoso e inteligente com a ginga brasileira, excelente contratação.
Vamos ter mais uma semana para treinar, mas não adianta manter o time travado como está. Futebol é juventude, velocidade, movimentação e é isso que nos falta. O que fazem Branquinho, Jenison e Pimba no elenco Geninho? Teste outras peças e que essas peças aproveitem a chance.

diogo disse...

1º - justiça seja feita, o gol do mirandinha foi muito mais plástico do que o do Madson, mas tá valendo
2º - fez GLU GLU KKKKK, muito boa
3º - imbecilidades do dito "futebol moderno" - concordo em gênero, número e grau, estão acabando com qualquer resquício de emoção e espontaneidade do futebol, daqui a algum tempo vai ser tão emocionante quanto assistir uma ópera
4º - o time continua a mesma merda de sempre, e o eugenio demorando uma eternidade pra mecher
5º - FORA GENINHO
6º - chupa paranada freguês

RodrigoM disse...

caraio Geninho ha era meu chapa

Alan Bike disse...

O Furacão tem bons atletas sim e não se pode dizer que Lucas, Guerrón, Kleberson não “prestam. O que ocorre é que todos inclusive os torcedores enaltecem a individualidade; habilidade de Ronaldinho Gaúcho, dribles de Garrincha, passes precisos de Coutinho, chutes potentes de Rivelino e finalizações de Pelé.
Há tempo que o Furacão vive de individualismo, diria desde 2005, e o futebol é equipe, é jogo de todos jogando por todos. “LA foot ball club” vive disto e já sugeriu o “gaguinho” para a seleção... E por falar nisto, qual é o objetivo de indicar um atleta para a seleção se não o de “valorizar”, na acepção da palavra, o jogador?
Mas, voltando ao Furacão, precisamos apenas “formar” um grupo com senso de equipe nem que seja copiado de LA. Lucas não tem habilidade? Mas, sabe fazer gols só a bola precisa chegar a ele e não o contrário; Guerrón é limitado e previsível? Mas, é um tanque de guerra, é útil e necessário para romper a defensiva, precisa de alguém como o Mádson próximo para ajudá-lo nas eventualidades. É deixar o Baier de comandante em campo, mas não ficar “todo momento” procurando por ele.
E, fundamental, a melhor “preparação física é dar alto astral”! O desânimo cansa!

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Este Alan Bike fala fala fala e não diz nada. Inutilidade é isto e perdi meu tempo lendo. Quanta bobagem.

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

E Geninho caiu.

O mesmo que fizeram com Lopes.

Geninho é ultrapassado? Então pq o chhamaram?

Cai o treineiro, mas e o Ocimar e o MM?

É muita podridão e ingratidão.

Geninho, assim como Alex Mineiro, serão eternos.

Eloi disse...

Enquanto esta diretoria só ficar contratando jogadores que são reservas em outros clubes, não haverá técnico que consiga montar um time, e Geninho foi mais um!

Julio disse...

O Adailton será o novo Adauto Rubro Negro. Adailton e Nieto detonarão no Atlequita, dois gols pra cada um!

Rudolf disse...

Guerron é um tanque ?
Até o saci perere perneta consegue marcar este cabra que só joga no mesmo lugar do campo. Guerron é trombador e ultrapassado. Jogador de banco de reseva pra entrar aos 45 e ooolha lá.
Geninho "vaia com Dios"
Ocimar vá toma no c*

Rudolf disse...

Ahhhh vc´s sabem me dizer one é o velorio do futebol do lucas ?

Alan Bike disse...

Caveirahhh e cia de um cara só é lixo-coxa. O palhaço, alegria dos coxotinhas.

Gustavo GR disse...

Sim. Ganhamos. Mas sim, continua o mesmo futebol desorganizado, confuso, sem criatividade, no chutão, sem jogadas pelas laterais, sem tabela, com uma defesa fraquissima e com um ataque inofensivo, enfim, continua a mesma coisa. Nao adianta o Geninho querer dizer que houve evoluçao, pois claramente nao houve. Alias, Geninho foi embora em boa hora. Cá entre nós, sua vinda foi a ultima das opçoes e na boa, nao atravessa um bom momento na carreira. Nao tem mais senso tatico, nao conseguiu organizar o time, a defesa, escala mal, substitui mal, enfim. O que valeu ontem foram algumas atuaçoes individuais no 2º tempo especialmente.

Quanto ao jogo. Fraquissimo no 1º tempo e emocionante no 2º tempo.

Alias, nao podemos tirar esse tipo de jogo como parametro, uma vez que o Parana esta para cair para a Segunda Divisao nesse campeonato fraquissimo. A vitoria foi boa, valeu pela raça, mas vamos lembrar que ganhamos de um time fraquissimo.

Gustavo GR disse...

RENAN ROCHA: Nao teve culpa em nenhum dos gols e conseuguiu fazer boas intervençoes.

WAGNER DINIZ: Nao acho que foi 100% mal. O futebol dele é isso. Correr, correr, correr e as vezes cruzar ou fazer um passe. Como nao tem banco, joga ele.

DALTON: É o tipico zagueiro zagueiro. Nao brinca, nao faz firula. Só achei que estava mal posicionado no 2º gol do Parana.

RAFAEL SANTOS: Esse virou um peladeiro depois que voltou da Europa. Mal colocado no 1º gol do Parana, só da chutao, nao da um passe certo.

PAULINHO: Até se joga as vezes para o ataque, mas nao sabe driblar, nao tem velocidade o suficiente e cruza muito mal. Alem de abusar dos carrinhos.

ALE / ADAILTON: Ontem até nao foi mal. Alias, marcou bem até. Só que é um volante brucutu. Nao sabe fazer nada alem de marcar. Muito limitado. Entrou Adailton e, novamente, foi decisivo. Garoto tem habilidade, tem velocidade, dribla bem e finaliza bem. Nao sei nao, mas acho que o Guerron agora tem sombra e se nao começar a mostrar futebol, tome banco. Alias, eu questiono se, nas mesmas condiçoes, o Guerron faria o gol que o Adailton fez ontem. Eu acho que nao.

ROBSTON / CLAITON: Sem duvida, foi um dos piores em campo, se nao, o pior. Muito lento, errando TODOS os passes, nao se apresenta ao ataque, enfim, já está devendo. Quanto ao Claiton, na minha opiniao, nao é a soluçao para essa posiçao (PENSANDO EM CAMPEONATO BRASILEIRO), pois na minha otica, está com um futebol ultrapassado, pois nao tem mais velocidade e nao marca ninguem. Porem, ainda mostra que, sabe passar e sabe orientar os jogadores em campo, uma vez que Paulo Baier estava marcadissimo. Ontem entrou bem e po, foi muito melhor que o Robston.

PAULO BAIER: Muito marcado, sem ter com quem jogar ao lado, enfim, Paulo Baier está sendo sacrificado e está dando mostras de que está de saco cheio dessa situaçao. Está se irritando com os erros dos companheiros, errando faltas, errando passes. É preciso que venha um tecnico para fazer um esquema que gire em torno dele, assim como, é preciso ter jogadores que joguem ao lado dele, pois, claramente, ele está sozinho naquela faixa de campo, uma vez que é o unico meia de criaçao e que os volantes do CAP sao horroros.

MADSON: Esse foi um capitulo a parte ontem. Jogou o que vem jogando, ou seja, correria, tentativas frustradas de dribles, sofreu faltas, mas ontem fez um algo a mais. 2 belos gols. Mas foi BURRO. Viu que o juiz nao estava tolerando que saisse do campo para comemorar e teimosamente, já com um cartao amarelo, resolveu sair. O juiz apenas usou o criterio que estava usando, ou seja, saiu para comemorar, é amarelo. É chato isso ? Sim, é ridiculo, mas está na Lei. Eu quero o Madson assim. Fazendo gols, sendo decisivo. Nao me importo se ele é cachaceiro. Me importo sim com a entrega dele dentro de campo. Agora todos sabem que AMIGDALITE, da parte dele, vai ser dificil acreditar, portanto, ele vai ter de mostrar FUTEBOL.

GUERRON / NIETO: Limitado, marrento, mediocre, sem movimentaçao nenhuma, sem vontade, merece ser banco. Nieto tambem nao é nossa soluçao no ataque. Nao vi ele chutar uma bola no gol ou ganhar uma de cabeça. Tudo bem que carrega a marcaçao, é importante taticamente, mas nao é regular.

LUCAS: O erro de ontem do Geninho. Manter o Lucas 90 minutos e colocar o Nieto jogando junto com ele. Ou um, ou outro. Na boa, está jogando mais no nome que tem dentro do CAP, do que sendo efetivo. Ontem parecia um peladeiro. Sem posiçao fixa, nao chutou uma bola no gol, nao ganhou uma jogada da zaga do Parana, enfim, foi uma nulidade e merece o banco. Agora, torno a dizer, o Nieto nao é 100% melhor que ele. Sao 2 centroavantes fraquissimos para o Campeonato Brasileiro.

GENINHO: De fato nao conseguiu montar um esquema tatico para o time e nao conseguiu fazer com que o time conseguisse ter uma cara. Suas modificaçoes criavam verdadeiros amontoados, verdadeiros buracos no meio de campo, defesa completamente perdida e ataque completamente inofensivo. Ganhou ontem mais na individualidade dos jogadores do que qualquer outra coisa.