quinta-feira, 21 de abril de 2011

O Time D'Alma BUNDEIRA

Aproveitando o Atletiba de domingo, vamos relembrar alguns fatos históricos envolvendo o clássico. Como este texto abaixo, postado originalmente aqui no Blog da Baixada em 2007, e que relembra como surgiu o estigma do "Time D'Alma Bundeira", no dia em que os coxas bundearam geral e promoveram um vergonhoso cai-cai. Confira:

Puta que pariu! A coxarada é a vergonha do Brasil e não é de hoje!
"Existem fatos que ficam para sempre na história e que deixam para a posteridade traços do caráter de pessoas ou instituições.
Há exatos pouco mais de 25 anos, no dia 27 de novembro de 1985, os coxas deram uma mostra definitiva de sua pequenez. Mostraram ser um time que, literalmente, foge da raia.

Naquele ano, os verdes haviam conquistado o título nacional. Sim, aquele contra o Bangu, que a revista VIP considerou como
o mais bizarro da história do Campeonato Brasileiro. Mas, vá lá, com seus méritos, afinal foi um título nacional – o primeiro de um time paranaense. O Atlético, por sua vez, havia sido campeão estadual.
No final da temporada, os clubes combinaram de disputar um amistoso para a entrega das faixas – uma bela atitude dos dirigentes da época, diga-se de passagem.

O problema é que os coxinhas estavam crentes que passariam por cima do Furacão. Ledo engano. No final do primeiro tempo, Nivaldo fez 1 a 0 para o rubro-negro - após um drible desconcertante de Déti, que deixou toda a zaga verde a ver navios. Os coxas não se conformaram e partiram desvairadamente para cima do bandeirinha. Dois foram expulsos por agressão.

Após 40 e poucos minutos de paralisação, a partida pôde recomeçar.
Mas então os verdes mostraram a sua verdadeira face: não tiveram culhões, tremeram de medo, correram da raia e promoveram um vergonhoso “cai-cai” em campo. Foram, um a um, os coxinhas, simulando contusões e se atirando no gramado, até o árbitro dar a partida por encerrada.
Foi assim que o Furacão "carimbou" as faixas do rival.

E assim, também, surgiu o Time D'alma Bundeira.
"

5 comentários:

Rodrigo disse...

É a vergonha do estado e não é de hoje, lamentável...

Rodrigo disse...

CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE, este sim um clube sério e digno de respeito e consideração sempre. Um clube do povo e com uma massa torcedora fantástica...dá-lhe FURACÃO.

Ricardo disse...

Chega de não ganhar deste timeco vergonhoso que dos últimos 6 anos passou 3 na segunda divisão do nacional.

Só a vitória interessa contra este time que, NO ANO DO CENTENÁRIO, caiu para a segunda divisão e ainda demonstrou para o mundo a ignorância de sua violenta torcida. Tinha até diretor com cracha dentro de campo batendo no adversário. É o corolário de uma história de vergonhas, como esta lembrada no post pelo grande Guerrilha.

Domingo temos que ganhar, e bem. O grupo de jogadores está focado. VAMOS GANHAR ESTE JOGO. E vamos com tudo pra copa do brasil e brasileirão.

E o xoxa que fique com o paranaense. Se ganhar do cianorte. E no fim do ano, como sempre, por certo eles nos darão mais motivos para festa, voltando pra segundona que é o lugar deles.

Tudo começará com nossa vitória no domingão de páscoa. Não vejo a hora.

SRN

Alan Bike disse...

Este ano não teremos ATLETIBA e sim ATLAS (Atlético X LA Sports).

Guilherme disse...

sensacional! é bom saber dessas histórias, principalmente os mais novos que nao puderam ver esses jogos.