domingo, 6 de fevereiro de 2011

Uma surra

Baier comandou o time e guardou três.
Madson foi um capetinha em campo, e tmabém marcou o seu gol.
(Fotos Franklin de Freitas/Bem Paraná)

O Furacão finalmente estreou no Campeonato Paranaense. E a goleada por 5 a 1 sobre o Paraná Clube deixou ainda mais evidente o quanto perdemos tempo sob o comando de Sérgio Soares.
Os jogadores entraram em campo com uma vontade jamais vista este ano.
E as mudanças promovidas por Leandro Niehues deram certo, principalmente a entrada de Claiton no meio campo.
Resultado: uma surra histórica no time do viaduto, fechando o placar em 5 a 1.
Por outro lado, há que se dar um desconto pela fragilidade do adversário. Os parasitas são um arremedo de time.
A vitória veio em boa hora, mas os resultados da rodada não ajudaram muito. Agora, estamos a 5 pontos dos coxas e a 4 do Cianorte, faltando apenas quatro rodadas para o final do turno.
Na quinta-feira, podemos dimiuir a diferença para o vice-líder: o adversário é justamente o Cianorte, novamente na Baixada.
Troféu
ZIQUITA
Baier foi o maetro de sempre e marcou três; Madson infernizou a zaga inimiga e também marcou o seu; Claiton foi um motorzinho no meio de campo.
Troféu
MACALÉ
Paulinho, que teve alguns momentos de bobeira e tomou o terceiro cartão amarelo.

14 comentários:

RodrigoM disse...

Salve Salve Guerrilha! Apesar de eu não considerar mais esse confronto como um clássico, vale surrar as gralhas pra vingar o passado e ganhar moral na competição. Que o time entre com o espirito de ontem contra os porcoxas! o primeiro turno ta complicado, mas uma vitoria sobre as paquitas nos leva pro segundo com moral mais elevada.
Saudações RN!

caveiradedurepoxi disse...

Mais uma vez, obrigado Mestre Baier. E o Claiton voltou em grande estilo, deitando nos paranistas.

bruno disse...

O time é esse! Com a garra e a vontade de todos!

Claiton é um mestre, Baier um ícone no nosso furacão!

com esses 2 capitões em campo vamos faturar esse campeonato e buscar mais títulos esse ano!

Dalhe Atlético!!!
Dalhe!

Tiago CAP disse...

O Chapéu do Claiton valeu o ingresso, além do bom futebol que ele apresentou no jogo. E olha que o cara tá parado há muito tempo.

El Paranaense disse...

Deixa o LN como auxiliar tecnico do Paulo Baier e o time vai alavancar!

Geca disse...

Confrades furaconenses, ontem foi divertido. É bem verdade que o time gralhista é demasiadamente fraco, mas também é verdade que o time jogou certinho e 5 bagos num “ex rival” é sempre gostoso.

Taticamente o time melhorou muito, o contestado Niehues fez o fácil, não complicou na escalação e foi prático nas substituições. A entrada do Claiton (The iT) deu ânimo ao time, vibração, coisa que não havia antes, mas que faz muita diferença. Lucas foi guerreiro bacarai, Baier “o MPB” foi phodástico novamente e Madson tá voando (e teve gente daqui dizendo que o cara era jogador comum... refugo do Santos).

Pimentel e Fransérgio destoaram. Pimentel teve a avenida aberta pra jogar, sem Guerron, mas pouco fez. Fransérgio é muito lento e não serve pra posição. Acho que o Deivid ali seria mais profícuo. A entrada do Héracles no meio deu mais consistência ao time, ainda que não seja a dele. Esse piá precisa ser aproveitado no time. É muito combativo.

O time apresentou muitas trocas de passes na frente, coisa de quem tá se entendendo, coisa que antes não passava de 2 toques e... bola perdida.

Agora, quinta, contra o bom Cianorte é que vamos ter uma prova boa. A defesa ainda tá exposta. A entrada de um volante marcador (já que Claiton "The iT" fica) faria muita diferença. A maestria do Baier e a vibração do Predador vão ser fundamentais pra uma mudança de postura.

Quanto a técnico. Reitero. Leão Não. É fraco, é chiliquento, é mala, é prepotente, é cabeça dura, é egocêntrico. Contratar esse cara em nome do “pulso forte” é putaquepariumente patacoada. PC e Silas não me convencem. Mansini quem sabe, mas sei lá. Levir seria jóia (apesar dos que acreditam na lenda urbana de que ele entregou um título porque abraçou os jogadores do Botafogo... essa é de doer), mas creio que ficaremos com mais um técnico meia bomba, que pode ou não dar certo. Porque dificilmente a diretoria vai ousar. O que é uma pena. Deviam pensar que é o último ano de seu comando e sonhar em fazer história. Jesuis nos ajude!

* e Branquinho "Caio"... que coloque o saco pra cozinhar... porque não fez a menor falta ontem.

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Cabia até mais ontem.

E a diretoria caindo na do SS e tentando trazer um segundo volante que já tinha no elenco.

Isto que o Clayton estava sem ritmo de jogo.

Paulinho relamente foi mal e as principais jogadas do time que está acabando, foi pela direita deles.

Agora na minha opinião, os piores em campo foram o Fransérgio e o Rafael Santos.

Franségio não desarmou um lance sequer e apanhou da bola tentando armar o time. O Vítor e o Alê jogam mais que ele.

Rafael Santos deu uma pixotada que se pega um árbitro mais rigoroso poderia ser até expulso e acho que o jogo estava 0x0 ou 1x0 somente. Queria ver este Flávio Boaventura estrear e jogar ao lado do Manel ou então colocar o Bruno Costa ao lado do Manel, pois o Rafael Santos está muito lento.

Acho que daria para fazer estes testes e quem sabe melhorar o time. Mas é inegável que é bom ganhar e depois de mais de um ano de goleada é melhor ainda.

Quando alguém souber onde será a missa de sétimo dia do Paranazinho me avisa que quero mandar flores ao morto.

Alan Bike disse...

Depois de “tirar” a Cobra da lanterna, destroçamos e confirmamos a lanterna do Favela (detesto times que usam nomes de Estado e Cidade como se fossem os “donos” – Paraná, Coritiba, insinuando Curitiba... Paranaense, Curitibano, são outra história). A equipe se portou bem e, na minha, opinião ninguém mereceu Macalé; o Paulinho jogou na posição definido por SS, mas cruzou bastante, o Rafael Santos precisa calibrar as suas cabeçadas, mandou por sobre a meta duas bolas fáceis de cabecear. Bacana foi ver o Claiton (um tanto “adiposo”) jogando uma bola estadual (vai chegar à federal). Macalé, para mim, vai para o setor defensivo, o conjunto, que mostrou muita fragilidade. Mas, pelo que se viu, basta dar “consistência” a esta equipe para voltarmos a ser vencedores. Agora, vamos ver diante do vice-líder Cianorte (argh, outro com nome de cidade).
O jogo tem que ser visto de "corpo presente", pois pela TV só vê o que a emissora quer mostrar.

Alan Bike disse...

E sobre o treinador, talvez o destino esteja ajudando o CAP, pois o Geninho está livre, acho que em vez de apostas, com PC ou Anjos, podíamos entregar este nosso time ao Geninho que "nunca" teve um escrete tão "renomado" para treinar no Atlético.

Luiz Andrade disse...

O Mentruz se superou em bobagem. Escreveu em sua coluna de que o Marco Orelha é o melhor jogador do campeonato.

Será que o Baier negou um autógrafo ou foto para algum bisneto dele?

Tiago CAP disse...

¨ Com a dificuldade de fechar com Nelsinho, Hélio dos Anjos aparece como nome favorito. Dentro da cúpula do clube, há informações que a negociação estaria bem avançada e o anuncio pode ser feito nos próximos dias ¨.

Esta notícia não é referente ao CAP, não. É notícia do Sport. Desta maneira, acho que o Hélio dos Anjos tá fora de qualquer lista para técnico do CAP.

Lue polako disse...

De longe Fransergio foi o pior em campo, paulinho não foi tão bem, mas o franguinho não acertou uma saída de bola, marca com o olho e NOVAMENTE foi o culpado pelo gol adversário, é um jogador digno de vestir a camisa tricolor e não a do Furacão !

Tiago CAP disse...

Culpado do gol? Tá de brincadeira, hein !!! O culpado do gol foi o sistema de marcação do meio campo do time que deixou o cara chutar sem receber nenhuma pressão. Pensar ao contrário disto é ter muita má vontade com o JC ou não conhecer nada de futebol.

Lue polako disse...

Quem está frente a frente com o camisa 7 do Paraná é o Franserio, e fica 2 metros do jogador, falha do meio campo também foi, mas nosso volante não marca nada, não marcou nada no jogo e errou no gol.
E como é bom ver Claiton jogando seu futebol novamente, com "tapas" de trivela e tudo mais !