terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

No fim das contas, Rhodolfo vai pro São Paulo

Tanto se especulou sobre uma possível venda do zagueiro Rhodolfo para o exterior e ele acabou sendo negociado justamente com o São Paulo.
Como num conto de fadas, num passe de mágica Rhodolfo virou bambi.
O defensor foi liberado para fazer exames médicos na Bambilândia. Se aprovado, será vendido e 50% dos direitos econômicos do jogador permanecerá vinculado ao Rubro-Negro.
Segundo a jornalista Nadja Mauad, os valores envolvidos sao de € 2 milhões.
Negociar com o exterior um dos melhores jogadores da posição atuando no futebol brasileiro é uma coisa.
Mas para um rival de campeonato nacional, assim passivamente, é outra.
Já tivemos casos de outros atletas que tiveram como destino o Morumbicha.
Mas não sem uma boa briga.
Por outro lado, pelo que andei sondando, o passe do jogador está fixado em € 4 milhões. Portanto, a venda por metade deste valor, mantendo 50% dos direiotos, pode significar um lucro bem maior no caso de uma futura venda ao exterior.
Fosse eu diretor, arriscaria deixá-lo por aqui por mais algum tempo.
Duvido que até a janela do meio do ano algum europeu não pagasse o que o CAP está pedindo, talvez até mais.
  • E aí? O que acha da ida de Rhodolfo para os bambis? Opine!

48 comentários:

Diego Jorge disse...

Palhaçada!

unpartigiano disse...

Sou palmeirense e sempre pensei que Rhodolfo jogasse muito mais que o chico. Afinal, quem é melhor?! Sei que a posição é distinta, mas acho que a pergunta ainda cabe...
Abraço!

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Rhodolfo é mais jogador, sem dúvida. O Chico é mais, digamos, "normal". Joga com muita raça, mas não tem tanta técnica.

Tony disse...

Ônus e Bonus. Agora ele vai ser convocado, e no final do ano vai sair valendo 3x mais. Antes o caixa pra contratar mais gente decente e manter as contas em dia do que ficar com mais um de má vontade no elenco.

O resto é a já classica má vontade que a nossa torcida têm pego com o clube, indepenendo direção. Cada vez mais parece que há um prazer em torcer contra o Atlético... só negativismo, mimimi, fim dos tempos. Haja saco.

M.JUNIOR disse...

Palhaçada desta diretoria incompetente, mais uma vez somos motivo de chacota a nível nacional!!!

Luiz Andrade disse...

Infelizmente, sabemos que se fosse vendido diretamente pelo Atlético para o exterior, o valor seria menor. Lá na bambilândia vai valorizar, ganhar mais mídia, ser convocado.

Segurar não adianta. Vide "Manél", todo o time de 2001 e outros casos.

Alan Bike disse...

Manoel tinha oferta de salário bem maior do que ganha aqui, mas o ofertante não queria pagar os diretos atleticanos; deve ser a causa do seu mau desempenho este ano no Furacão.
Para que isto não ocorra é até bom que o Rhodolfo vá ao time do "eixo", pois se valorizar receberemos a diferença ou até mais, mesmo se não o nosso prejuízo não será financeira. Pois, se não se valorizar como "bambi" não iria se valorizar aqui.
É minha opinião.

Johnnie disse...

Esse era o "exterior" que iriam Chico e o Rhodolfo que tanto Falava o MM? Francamente, me envergonha ter no comando de futebol um diretor paranista e um presidente com sobrenome de coxa.

Sincero disse...

Como já disse no post anterior.. fiquei muito triste com esta notícia..

PORRA MANO, PROS BAMBIS È FODA!

...

Mas.. como sou otimista, estou procurando ver o lado "bom". A @Juabdul, falou algo interessante no twitter dela agora pouco.. que não deixa de ser positivo:

"A diferença entre Genoa e São Paulo é a porcentagem que fica com o Atlético... passou de 20% para 50%. Não é melhor?"

È claro que como torcedor, eu não queria ele jogando em outro clube do Brasil, sem ser o Atlético.. mas também não é motivo de chacota a nível nacional como disse nosso amigo M.JUNIOR.. calma amigão!

(Ps: È tão bom não ter mais anônimos, pois se tivesse.. esse post estaria um inferno! hahahahaha Agora todos deram nome aos bois, e podemos debater melhor)

Hélio Rubens Godoy disse...

O que é isso?!? Rodolfo no São Paulo, Chico no Palmeiras, é pracabá. A diretoria do Furacão precisa se mexer, deixar que as transações fiquem por conta de procuradores, empresários e agentes, geralmente resulta em um prejuízo para o clube. Não basta acompanhar, tem de ser atuante no processo.

Se times da Europa, mesmo que medianos, não tinham condições de levar o Rodolfo, o São Paulo têm? Acho que não. O que os bambis vão pagar para ele não poderíamos oferecer? Creio que sim. Desmantelar o setor mais ajustado do time não é planejamento, é suicídio. A transação do Neto, seria suficiente, mas o que nossa diretoria fez no caso da saída do Rodolfo e Chico é uma irresponsabilidade com o elenco do time e com a nossa torcida.

Qual é a perspectiva que Boliceno, Malucelli e companhia possuem para permitir que isto ocorra? Em que bases está sendo feito o planejamento para o futebol do Furacão?? Precisamos de respostas, não dá para ser conivente com o que ocorreu, a torcida que sempre apóia, também é aquela que precisa ser esclarecida sobre o que ocorre nos bastidores do clube.

Nós torcedores não somos otários, e nosso amor pelo atlético precisa ser respeitado dentro e fora de campo, por todos aqueles que se propõe a atuar no Furacão, sejam eles funcionários, jogadores ou diretoria. Tem que agir em prol do atlético sempre, e em conjunto com aqueles que fazem a grandeza do clube, ou seja, sua torcida.

Precisamos saber o que pretendem para o clube, com a palavra a diretoria.

SRN

MIke disse...

Só quero saber quanto o São Paulo pagou 50% dos direitos do Rhodolfo. Se foi menos que reza no contrato, devemos de uma vez por todas iniciar um movimento para derrubada deste projeto de presidentezinho chamado Malucelli.
Eu o vi ontem no centro (o MM) e confesso que tive que me segurar para não enchê-lo de pancadas.

Bruno disse...

Porra, Rodolféra no morumbi é de trincar os bagos, mas fazer o que??Jogador de futebol quer dinheiro e quer seleção brasileira, e convenhamos que aki no furacão é difícil conseguir pelo menos umas das coisas, quanto mais as duas. Faz uma cara que ele merece uma convocação, agora com certeza ela vai acontecer.

Torçamos para que lá ele valorize, tal e qual o Neto na Itália, para que pelo menos faturemos uns milhões a mais. E que, quando jogar contra a gente, não jogue nada do que sabe hehehehe...

Essa é a nossa sina galera, desde que o mundo é mundo. Eu, vocês, o guerrilha, tá td mundo de cara com essa notícia, mas e aí?Não é a primeira vez que isso acontece e também não será a última.

Vida que segue, torcer pra time fora do eixo dá nisso...

Bruno disse...

Quero saber quem vem pra repor a vaga do Rodolpho....Já temos a grana da venda do Marcio Azevedo, do Neto, do Chico e agora do Rodolpho, não há desculpas pra não trazer pelo menos 1 zagueiro bão, 1 meia articulador e mais 1 atacante.

COM A PALAVRA A DIRETORIA!!

Rogerio Otto disse...

Pra quem se elegeu prometendo chuteiras, o caminho me parece contrário ! Foi Neto, Chico e agora Rodolpho. Ficam Alê, Marcos Pimentel, Henan e sei mais o quê ?

A conclusão que chego é que nossa diretoria quer se livrar de qualquer jogador cujos digitos passem de 3. Mesmo que pra isso não ganhemos nada, nem paranaense, copa do brasil, atletiba ou vaga na libertadores.

Manoel é o proximo da lista e tenham certeza amigos, que ele só joga o paranaense e olha lá !

Essa diretoria tá com cara de fim de feira.

SRn

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Todos sabem que acho esta diretoria meio mole.

Apesar de achar o Rhodolfo o melhor zagueiro do Brasil atualmente, deixá-lo no furacão a contra gosto é pior.

A diretoria foi ética, pois prometeu vender o jogador se aparecesse uma proposta que eles considerassem boa.

O duro pé perder “pé-de-obra” para o clube mais antiético e gay do brasil.

Segundo o blog da Nadja "A primeira proposta era de 1 milhão e 500 mil euros, por 50% do atleta. Nos últimos dias a proposta chegou a 2 milhões e o Atlético fechou o negócio.

Não há como negar que é um bom dinheiro. Isto sem falar que o clube permanece com 50% dele.

Além disso, temos 6 zagueiros no elenco.

Agora o que me preocupa é as últimas atuações do Rafael Santos. Precisamos testar o Flávio que chegou agora. E gostaria de ver o Bruno Costa em uma partida ao lado do Manoel.

Tiago CAP disse...

Não achei legal esta negociação por parte da diretoria. Acredito que a diretoria poderia melhorar um pouco o salário do jogador e vendê-lo por um valor melhor no final do ano para a Europa. Agora, com certeza, ele vai se destacar nos bambis, e o SP, que não teve participação nenhuma na formação do atleta, vai ganhar 50% em uma venda futura. Parece-me que o CAP ficará com os outros 50% no caso de uma venda futura do Rhodolfo.
Ainda são necessárias algumas contratações, principalmente para os campeonatos nacionais. Acredito que mais um zagueiro, volante( pois parece que o Claiton tá fora dos planos do técnico), um meia e mais um atacante. A interrogação ainda é o JC. Espero que o piá se firme no time, assim como o Neto.

El Sayed disse...

tem tudo para NÃO dar certo também !

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Se o Braquinho começar de cai cai em Cascavel, coloca o Pimba para jogar o segundo tempo.

"Tô co" sorriso chegando na "oreia" de ver o furacão pertinho de casa.

Mais feliz que criança ganhando um video-game.

Espero que joguem bem e ganhem do vice lanterna.

paulo disse...

pelo que eu me lembro, o pimba é bom, vcs se lembram daquele jogo no mineirão contra o cruzeiro que deu 2x0 pra gente? ele jogou bem pacas

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Eu lembro do cruzamento que ele deu na cabeça do Baier para manter a supremacia contra os bambis na Arena

Geca disse...

Conspícuos, ínclitos, probos (e agora SEM ANôNIMOS) confrades...

Fiquei emputecido quando li a notícia. Roguei uma praga pérfida e viperina para que MM tivesse uma dejeção daquelas de cair o anel...

Retomando um pouco a compostura, essa negociação precisa ser vista de duas formas.

1ª(e passional) - Negociar com os Bambis é sacanagem. Devia estar no estatuto do CAP "NÃO NEGOCIAMOS COM OS CERVÍDEOS MORUMBAMBISTAS". Eles foram extremamente deletérios a nós durante os últimos anos, inclusive com negociações sujas. Além de virarmos prateleiras pras gazelas, ainda somos vítimas de seus assédios modafãquers a todo momento. Também fiquei emputecido com a história.

2ª(e racional) - Como bem disse um camarada acima, sem a afetação da paixão clubística, o que convenhamos é difícil numa hora dessas, ainda que eu tenha vontade de xingar o MM e seus asseclas, serão 2 milhões de Euros por 50% dos direitos (que deve ser pago pelo BMG, pois duvido que os bambilescos paguem). Do ponto de vista comercial, sem dúvida o CAP ganhará muito mais numa futura transação do que se vendesse diretamente ao exterior agora. Todos nós sabemos. Um jogador desfilando na "vitrine RJ - SP" vale 3X o valor daqui. Isso é um fato.

De toda forma, desejaria com todas as forças que essa negociação não fosse com o São Paulo Fiuk Club. Que phezes!

(Tá bonito o blog. A essas horas, antes do filtro, seria um festival de Anônimos desazados falando bosta sem nexo e sem dar a cara a tapa)

Flávio Jacobsen disse...

Incompetência total. Porra, tem que vender pro exterior. Cadê os caras que s eproclamam tão competentes? Foi Chico, Márcio Azevedo, Rhodolfo, todos pra adversários diretos. Burrice, burrice, estupidez.

Andre disse...

E fazendo mais uma 3a análise, podemos ter a certeza de que Neto, Rhodolfo, Chico e Manoel, juntos, valem pelo menos uns €30 milhões. É só lembrar por quanto Lucas e Adriano foram vendidos à 10, 12 anos atrás. Se o CAP naquela época conseguia vender bem, porque não consegue mais? Só o maldito do MCP sabia vender?

MIke disse...

O pior é que é verdade Andre. O MCP sabia vender muito bem os jogadores, tanto é que conseguiu pagar um estádio como o nosso com recursos próprios, coisa que dificilmente vai acontecer de novo no futebol brasileiro.

O Palmeiras vai jogar de graça por décadas para quem construir o novo estádio deles, o Corinthians vai roubar dos cofres públicos...

Tony disse...

Nenhum clube vende mais jogadores como se vendia há 10, 12 anos atrás. Isso é sonho... É só ver quanto pagaram por Jadson e Fernandinho, que jogavam tanto ou mais quanto Lucas e Adriano... a forma de fazer o negócio foi a correta, é a mania de não gostar de nada que acontece no/pro CAP que empata a vida...

Não esqueçam que pra um jogador sair, antes de mais nada, ele precisa querer. Pra jogar num outro clube, também. Simples assim.

Andre disse...

Muito pelo contrário Toni. Hoje, o mercado do futebol está inflacionado. É só ver quanto pagaram pelo Torres. E pelo Carroll? E dentro do mercado nacional, veja os valores dos salários de qualquer técnico meia boca. Ou ainda um júnior. A diferença é muito grande. Veja ainda o que TODOS os clubes do Brasil falam: o mercado tá difícil, caro. E não estamos aproveitando. Nossa melhor safra está indo por moedas!

Tiago CAP disse...

Pronto. Voltaram as inócuas comparações entre os gestores do CAP. Por favor, vamos falar do time. Deixemos a política pro final do ano ( eleições do clube ).
Agora a bola da vez é o Branquinho. Parece que a Portuguesa quer emprestá-lo.

Andre disse...

O tópico é sobre a venda do Rhodolfo. Eu nem ninguém estamos comparando nada. Só estamos constatando algo concreto. Simples. Não sou Petragliete nem Malucellete, mas que o ex presidente vendia melhor (mesmo que agora saibamos que rolava umas porcentagens do tal CAPA), isso não tem como negar.

mune disse...

Os tempos são outros...
Hoje o atleta que ganha R$ 20.000,00 recebe uma proposta de R$ 100.000,00 o que acontece? Se tem multa rescisória basta pagar e sair, não é? O lícito seria o interessado pagar, mas a malandragem impera neste mundo; falam primeiro com o atleta e faz a sua cabeça - "converse aí com o teu "patrão", se não te liberar ameace ir aos tribunais denunciando o não depósito de fundo de garantia, nenhum clube paga, sabia?".
Aí o veneno já fica lançado e os diabinhos começam a martelar a cabeça do jogador e também do seu procurador.
Gente, já tocaram no assunto aí em cima, o Manoel já fez 2 gols contra, aí já basta, né?! Alguém tem que conversar com os atletas que ficarem no CAP depois da tentação e "reprogramar a sua mente", senão...
Diante disto sou a favor de terem vendido, Márcio, Chico, Rhodolfo, Neto... e seria até do Manoel.
Não gostaria de ver atletas descontentes no meu time.

Tiago CAP disse...

Não compactuo com dirigentes que, ao realizar negociações para o clube, obtenha vantagens pessoais. Seja ele quem for.
Quanto ao Branquinho, creio que ele seria muito burro trocar o CAP( 1ª divisão ), pela Portuguesa ( 2ª divisão ). Seria um retrocesso na carreira dele.

Luiz Andrade disse...

André,os salários estão inflacionados. Mas por favor cite jogadores de fora do eixo, que nas 2 últimas janelas, tenham alcaçado, os valores com que se negociavam na era pré-crise?

Rogerio Otto disse...

Todos os envolvidos levam algum em caso de venda.Felipão já disse dias atrás que o futebol está a maior sem-vergonhice. Por isso galera, não acreditem mais nos boleiros e nem do que eles dizem, juras de amor etc. Boleiro é mercadoria.Vejam o Washington e outros. Baier se tivesse 5 anos a menos já tinha pegado o bonde.

Manoel é um que tem que se fuder. Ta de cabeça feita esperando pra sair e duvido que essa diretoria aguente a pressão.

Tenho saudades do Petraglia porque era um presidente mais presente e mais dedicado na hora de defender nossos interesses. Cometeu lá seus erros mas que dá saudade isso dá. Peitou as organizadas que hoje na falta de inimigos,brigam entre si. Acho que esse foi um fator importante pra alimentar tanta raiva contra um ex presidente a ponto de ser chamado de "maldito" mesmo nos dando uma das maiores estruturas da america latina.

SRn

Andre disse...

Luiz...se você for analisar assim, nenhum clube de futebol fora do eixo venderia seus jogadores pra fora. Todos fariam o mesmo que a gente. Retrocedemos depois do vice campeonato nacional de 2004. O vice da libertadores, com aquele time, na boa, foi pura cagada! Times como Inter (não existe exemplo melhor) que de lixo à campeão mundial, celeiro de talentos e ÓTIMO vendedor desses jogadores. Cruzeiro faz o mesmo. Grêmio tá conseguindo também. Estamos nos preocupando muito com o Top of Mind do que com o futebol.

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

André, essas vendas multimilionárias, nas quais o clube ficava com toda a grana, sem intermediários, aconteceram antes da Lei Pelé. O próprio Petraglia já falou isso. Agora, com prazos de contrato vencendo e a liberdade de pré-contratos, é impossível negociar algum jogador pelo valor que negociamos o Lucas. Abs!

Tony disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tony disse...

André, apenas acompanhamos o futebol de maneiras distintas. É só ver por quanto o Elias e o Miranda [e pra ir um pouco atrás: o Cristian e o Douglas, todos jogando lá no eixo] foram vendidos. Comparar com Europa é piada de mal gosto, me desculpe.

Os clubes brasileiros tem perdido jogadores pros clubes médios e pequenos do leste europeu, pq nos grandes centros a "teta" pros gringos sem cidadania secou. Só transações internas. Um centavo a mais fora do lugar, e clube fora das competições [lá a brincadeira funciona de outro jeito]. A turma brazuca, velha ou não, está voltando. Nossa safra está indo por quanto o mercado pode pagar. E tem gente voltando pra receber só um pouquinho a menos do que lá.

O problema é conseguir enxergar além do jogo do proximo mês. Isso a torcida dificilmente saberá fazer, por isso o viuvismo gratis e o mimimi inútil a cada venda de jogador de "destaque"... Ninguém ainda leu que não foi o SPFW que pagou, mas um grupo de empresarios que alugou a camisa do SFPW, tal qual outros tantos jogadores [turma do santos, só pra exemplificar, fora os dois exemplos na nossa cidade, um na Vila, outro no Couto...]. Os tempos são outros. Parem de viver do passado.

Se precisar desenhar, lembrem de uma só sigla: BMG. Marquinha na camisa, jogador no seu fundo de investimento jogando no clube = camisa alugada. O resto é lenda...

[excelente sem fakes por aqui (2)!]

tavicomota disse...

É triste ver nossos jogadores saírem e depois jogar contra nós defendendo os rivais.
Por então não contratar jogadores bons de bola que resolvam deficiências evidentes a anos como no ataque.
Pelo jeito não vamos ganhar nada outra vez. O paranaense é obrigação!

Gustavo GR disse...

Quando eu li no Lancenet que o Rogerio Ceni havia comentado que o UNICO zagueiro do Brasil que poderia substituir o Miranda à altura era o Rodolfo, ja imaginei essa merda. A negociaçao foi boa. Isso nao se nega. Uma pena que ele fique nos bambis. Mas jogador que fica aqui, sem vontade, dá no que está dando o Manoel. Faz cagada por querer. Lembro do Kleberson depois da Copa de 2002, quando tinha um monte de proposta. Errava passes por querer. Dava nos nervos. Isso sem citar o mal-carater do Dagoberto. Mas esse tem desvio de carater mesmo e vai ser uma eterna moeda de troca para os bambis. Vamos ver se agora os bambis oferecem alguns jogadores que nao estao sendo utilizados lá, mas que sao bons de bola. Quem sabe no Brasileiro venham alguns de lá.

Mas olhando pelo lado bom, um dos clubes que melhor sabe vender jogadores quem é ? Os proprios bambis. Esses 50%, podem render e render muito bem. Por outro lado, essa sindrome de virar ''prateleira'' de clubes do eixo é foda. Vejam se os bambis tiram jogador dessa forma do Gremio ou do Cruzeiro, por exemplo ? Isso é algo a se pensar.

Quanto ao Branquinho, eu DUVIDO MUITO que ele queira ir para a Portuguesa... se ele quiser, ele que vá e nao volte nunca mais.

Julio disse...

Considerei boa. O próprio zagueiro revelou que havia negociado com o presidente sua venda na metade do ano passado. A diretoria foi ética e o jogador também. Dois milhões de euros é uma boa grana e no final do ano quando for vendido por outros milhões, metade é nosso. O que precisa ser analisado é o seguinte; o jogador vem humilde ao clube, joga, se valoriza, gospe no no prato que comeu e tenta de todas as forma sair só olhando para si. Esta é a realidade de todos os times, vejam o caso do Jonas do Grêmio, do Juan do Flamengo, do Adriano na Internazionale, etc.

Rogerio Otto disse...

Meu ultimo pitaco nessa história é dizer que a venda de um zagueiro não é tão impactante quanto a de um atacante por exemplo. Talvez a reapresentação forçada de Rodolpho não o fizesse render e seu passe desvalorizasse. Talvez seja mesmo a hora de negociar o descontente Manoel. Mas precisamos de reposição a altura. O problema é que o CAP nos ultimos tempos, contrata com amadorismo. Essas recentes indicaçõs do SS por exemplo são a prova de que não existe um critério para escolha de jogadores. Se é barato, que venha.

Talvez quando tivermos o estadio terminado, mais sócios e melhores patrocínios, consigamos manter nossas revelações por mais tempo, equiparando seus salários aos dos times do eixo. Até lá, manter um bom jogador com contrato vencendo é utopia.

SRn

Geca disse...

Conspícuos confrades, antes de tudo, é bom ver que o nível da discussão agora é outra.

Essa comparação esdrúxula de venda do Adriano e do Lucas não cabe, hodiernamente. Não tem o menor cabimento. Bem dito pelo Guerrilha, o próprio MCP disse que a revolução feita no Atlético (envolvendo a negociação de atletas muito bem vendidos) hoje não seria mais possível.

MCP sem dúvida é um excelente negociador, talvez o melhor, mas não esqueçam, que ainda assim, Dagoberto saiu dando tchauzinho, e não houve nada que fosse possível fazer além de protestar. É o caso do Chico. Não tinha o que fazer. O cara não quer renovar e o contrato tá vencendo. Antes ganhar merreca que nada. Veja o caso do Jonas do Grêmio. Simplesmente meteu no rabo dos caras. Então, nada de "partidarismo" agora.

Achei uma bosta vendermos pro São Paulo Fashion Cervídeos, entretanto, do ponto de vista comercial, foi um bom negócio sim.
Seria imbecilidade o jogador querendo sair, nós querendo vender e recusarmos a melhor proposta recebida com vistas a rendimento futuro ainda.

Geca disse...

Ah... pra completar. A única merda dessa história, é que MM e seus asseclas podiam ter vinculado a essa negociação a vinda do Mazola (que nos enrolaram). Se não ele, um outro piá que venha pra meter a peita e ser boa opção de ataque. Isso foi uma patacoada, na minha visão.

De outra forma, a passagem do Carpa por aqui não para de nos pherrar até hoje. Maldito!

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

O Mafuz ficava falando de jogador do chefe, jogador de confiança etc... e nem dei bola.

Mas agora com a entrada do Gabriel no lugar do Manoel, não há dúvidas.

Porra, Manel mesmo mal é mais jogador que Gabriel com folga.

Agora o cara preferir o Gabriel comprova isto.

Sincero disse...

Esse ano as eleições prometem meus amigos!

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Vamos se preocupar com o time e depois com as eleições.

Volto, mais uma vez a dizer, temos que entrar bem definidos no Brasileirão, pois não jogaremos na Arena.

SS, infelizmente, tem dado provas que não tem bala na agulha para treinar nosso clube.

Acho que a contratação de um outro treineiro agora para entrar tinindo no Brasileirão era melhor.

Mas estarei em Cvel hoje mesmo embaixo de forte chuva hoje.

Campo molhado (e talvez encharcado) com Mádson e Branquinho, que são jogadores leves é ruim para nós. E sem baier para as bolas aéreas. Mesmo assim tem que vencer o vice-lanterna.

Quem seria o lanterna? Melhor nem provocar morto...

Tiago CAP disse...

O Manoel está, visivelmente, atuando com má vontade. Forçando uma barra pra ser negociado o mais breve possível. Acho justo que ele esquente um banco neste momento.
O que não dá pra entender é a ausência do Claiton nos jogos. Nem para o banco ele vem sendo escalado.

Besteirol S/A disse...

o Geca é curioso!

o dago sai dando tchauzinho, mas o Chico não teve como segurar?

o dago tem uma multa depositada em juizo de quase 6 milhões e estamos brigando por 18 milhões!

O GRANDE FATO É QUE O OCIMAR E O MM CONSEGUIRAM VENDER TODO ESTOQUE DE ATLETAS QUE TINHAMOS, NÃO REVELARAM NADA, NENHUM ATLETA, NO CAMPO PERDEMOS TUDO QUE PUDEMOS PARA OS RIVAIS VERDES, NO PROFISSIONAL E BASE (VIDE TAÇA BH E COPA SP).

Sem contar que o time vencedor do RURALZÃO de 2009, exceto wesley e marcinho era o mesmo que encerrou o ano 2008.


ou seja, o melhor de 2011 está por vir!!

MARCOS MALUCELLI, O CARA QUE PEGOU UM CLUBE PRONTO E ESTRUTURADO E NADA FEZ, VAI SAIR DE CENA!

GRAÇAS A DEUS!

Geca disse...

Infelizmente, nobre Guerrilheiro, as chiliquentas viuvetes adoram entrar em cena com seus coraçõezinhos machucados, com seu festival de incoerências e interpretações equivocadas. Acabou que burlaram o filtro pra continuar com o festival de histeria.

O cara se deu o trabalho de entrar no email e alterar o nome de exibição. Isso sim é covardia.

Vou manter o nível, moçada. Pois melhorou "bacarai" isso aqui.

Com chuva ou sem chuva temos que vencer. Nada justifica sequer um empate. Bora Furacão!