terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Lucas está de volta

Da Furacao.com:
Ele está de volta! Dezenove dias após ter declarado à Furacao.com que pretendia voltar a atuar no futebol brasileiro a partir de 2011, o atacante Lucas acertou sua volta ao Rubro-Negro, onde jogou nos anos de 1998, 1999 e 2000. Um dos maiores ídolos do Clube Atlético Paranaense, o jogador esteve durante mais de 10 anos atuando no exterior e agora voltará a vestir a camisa rubro-negra na próxima temporada.

O retorno foi confirmado pelo próprio atacante na comunidade do Atlético no Orkut nesta terça-feira. “Tenho que admitir que a torcida, Cocito, Dr. Edilson Thiele, Sr. Valmor, Enio Fornea e Ademir Adur tiveram um papel fundamental nessa negociação. Respeito essas pessoas e foi um convite especial. Estou dentro dos padrões do clube, não vou quebrar nenhum orçamento, mas não volto para encerrar minha carreira. Não vou assinar meu atestado de fracasso pedindo para não me compararem com o Lucas de 11 anos atrás, pelo contrário. Quero que me cobrem para render mais se possível. O meu sucesso individual só vira se o time for bom e a diretoria está se esforçando diante das limitações do clube para fazer um ótimo time em 2011”, garantiu.

Lucas, cujo retorno foi intermediado por seu amigo Cocito, disse que ainda não assinou contrato, mas que está tudo certo com o diretor de futebol do Atlético, Valmor Zimermann. Por fim, o atacante deixou um recado à torcida atleticana. “Vou fazer de tudo para não decepcionar as pessoas que estão torcendo tanto por mim. Me surpreendi pela aceitação que tive, mesmo diante de um boato e agora que existe algo. Sei que a rejeição será pequena e farei de tudo para que seja menor ainda em 2011. Força, Atlético”.

Lucas

Natural de Ribeirão Preto, Lucas chegou ao Atlético, no ano de 1998, acompanhado por Gustavo e Cocito, todos oriundos do Botafogo de Ribeirão Preto, equipe tradicional do interior paulista. Durante os primeiros meses no Furacão, o atacante passou por um período de adaptação, participando esporadicamente de algumas partidas. Já no início de 1999, Lucas ganhou a chance que tanto esperava. Com a negociação dos atacantes Warley e Tuta, titulares da equipe campeã paranaense de 1998, Lucas assumiu a camisa 9 e não saiu mais da equipe rubro-negra. Jogando ao lado de Kelly, Adriano e Kléber, formando o badalado quadrado mágico, o atleta viveu o auge de sua carreira, levando o Furacão para a primeira Libertadores da América de sua história, no ano de 2000, e ao título paranaense daquela mesma temporada.

Mesmo antes destas importantes conquistas, Lucas já havia registrado o nome na história do rubro-negro e, principalmente, da Arena da Baixada. Na noite do dia 24 de junho de 1999, dois anos após ser demolido para uma reconstrução completa, o Estádio Joaquim Américo recebeu mais de 30 mil pessoas para a partida amistosa do Furacão contra os paraguaios do Cerro Porteño, na inauguração do estádio mais moderno da América Latina. De acordo com Lucas, o estado de espírito dos jogadores alternava entre a descontração e a ansiedade para ver como tinha ficado a nova Baixada e reencontrar a fanática torcida rubro-negra. “Aquela noite foi maravilhosa, eu nunca tinha visto um estádio como aquele. Tinha só 20 anos e fiquei impressionado com a estrutura do estádio e com a força da torcida. Nunca tinha presenciado nada parecido, foi um momento mágico, de arrepiar”, conta o atacante em entrevista exclusiva à Furacao.com.

Como se não bastasse a felicidade por participar daquela grande festa, o destino guardou uma bela surpresa para o jovem destaque do time atleticano. Aos 14 minutos do primeiro tempo, o lateral-direita Luisinho Netto cruzou a bola e encontrou Lucas, que, de cabeça, marcou o primeiro gol da nova Baixada e da vitória do rubro-negro por 2x1 sobre os paraguaios.
“Nunca vou esquecer esse gol. O Luisinho Netto fez um excelente cruzamento e eu consegui me antecipar ao zagueiro e cabeceei firme no canto direito do goleiro. Lembro que todos os jogadores vieram me abraçar perto da torcida Os Fanáticos. Fiquei tão emocionado que nem consegui comemorar direito o gol. Acho que sou predestinado, qualquer jogador gostaria de fazer parte da história de um clube como o Atlético. E eu sou um privilegiado”, comemora.

Trajetória de sucesso

Depois da bela atuação na histórica partida de inauguração da nova Arena da Baixada, Lucas caiu de vez nas graças da torcida atleticana. Durante pouco mais de um ano jogando pelo Atlético dentro do Caldeirão, o jogador disputou 27 jogos, marcou 16 gols, participou de 19 vitórias e de apenas três derrotas. “Jogar na Arena era maravilhoso. Aquele time traz boas lembranças para todos atleticanos, era um time muito ofensivo. Lógico que nem sempre fazíamos grandes jogos, mas sempre jogávamos pra frente. Esta maneira de jogar contagiava a torcida e, consequentemente, a energia das arquibancadas chegava ao gramado e o time se empolgava ainda mais”. Para o atleta, o grande diferencial do estádio atleticano sempre esteve nas arquibancadas: “Não tenho dúvida nenhuma que a força da Baixada está na torcida, uma das mais vibrantes que já vi”.

"Eu sou o Lucas"

Lucas fez o Caldeirão ferver e foi o responsável pela torcida soltar o primeiro grito de gol na casa nova. Logo depois, o atacante deixou novamente a sua marca também no primeiro jogo do Campeonato Brasileiro daquele ano, contra o Flamengo, partida onde acabou ficando conhecido nacionalmente.

"Eu havia feito seis gols na Copa do Brasil, ficando atrás apenas do Romário. Perguntaram aos jogadores do Flamengo se temiam o garoto Lucas e o (goleiro) Clemer falou: "Que Lucas? Não conheço nenhum Lucas". Depois, ele até disse ao Kelly (ex-jogador rubro-negro) que não quis me menosprezar. Hoje acho que tenho de agradecer a ele, pois me motivou muito. Eu queria marcar de qualquer jeito e dar uma resposta depois do jogo. Só que na hora do gol eu vi uma câmera e, sem pensar, eu fui lá e gritei: "Eu sou o Lucas!" Até hoje lembram muito daquele jogo. Alguns fazem piada até. Acabei me apresentando para o Brasil inteiro sem querer", disse o atacante em entrevista ao jornal Gazeta do Povo no ano passado.

Despedida

O futebol alegre e refinado, que os torcedores atleticanos não cansavam de elogiar, abreviou a passagem de Lucas pelo Estado do Paraná. Logo após o título estadual de 2000, o atacante, que já havia defendido a seleção brasileira, foi vendido para o Rennes, da França, em uma negociação que atingiu o valor de 21 milhões de dólares, a segunda maior da história do futebol brasileiro até aquele momento.

Ainda passou por Corinthians e Cruzeiro e foi ganhar o mundo no futebol japonês. Jogou pelo FC Tokyo, onde marcou 48 gols em quatro temporadas, e defendeu o Gamba Osaka, seu último clube.

30 comentários:

Anônimo disse...

Seja BEM VINDO goleador!

M.JUNIOR disse...

Excelente contratação, acho que 2011 será muito promissor!! grande abraço a todos e Boas Festas a toda a nação rubro-negra!!! Que 2011 seja de muitos títulos do nosso Furacão.

Bruno disse...

Esse sim, REFORÇO!

Tb to botando fé que em 2011 é nóixx!

Anônimo disse...

Cade o CAVEIRAHHHH daqui???

Seja bem vindo Lucas!!! Podiam trazer o Kléber Pereira também, tá encostado no Vitória!!!

Boas Festas Nação Rubro-Negra.

edi disse...

cara, onde acha o vídeo do lucas dizendo EU SOU O LUCAS??? já revirei a interwebs e não acho =/

Tiago disse...

Guerron, Branquinho, Lucas, Mazola,Paulo Baier, Madson...acho que este ano, do meio pra frente, estaremos muito mais qualificados, apesar dos insistentes cornetas não concordarem. Este Alê( volante ) é bom jogador, mais técnico que o Chico, que na minha opinião, é apenas um jogador esforçado e bom marcador.

Forever disse...

Ou muito me engano,
Eu sou o Lucas foi no jogo contra o Cruzeiro. O Lucas meteu 3 golaços, foi à câmera de campo da Globo e soltou o verbo. Foi aí que despertou a cobiça do Mundo pelos atletas do Furacão.

Anônimo disse...

Foi no jogo contra o flamengo, o goleiro que falou que não conhecia o Lucas menosprezando, hoje está no internacional como treinador de goleiros, não lembro o nome do cara.

Vovô Loi

COMEDOR DE PORCO NO ROLETE disse...

CADÊ O PESCADOR DE CORVINA DE ÁGUA DOCE???
BELA CONTRATAÇÃO, O MALUCELLI, O WALMOR E O BOLICENHO ESTÃO FODENDO COM OS CORNETAS.
KKKKKKKK
SRN A TODOS.

Comedor de caveirahh toledano disse...

Já está se encaixando um bom time para ao que vem: 4-3-3 ofensivo

1-NETO
2-WAGNER DINIZ
3-MANOEL
4-RAFAEL SANTOS
6-PAULINHO
5-ALÊ
10-MAESTRO
8-BRANQUINHO
7-GUERRÓN
9-LUCAS
11-MADSON

É um bom time para começar o ano. Vamos esperar para ver.

SRN A TODOS...

Julio disse...

O goleiro era o Klemer. Ótima contratação. O elenco de 2011 está muito bom. Bem equilibrado, vc consegue ver vários jogadores de bom potencial e uma distribuição harmonizada em cada posição. Quem acompanha o Jr conhece estes nomes. Eu subiria este ano o Guilherme, o Esquerdinha (anotem o nome deste cara) e o Harrison. Jogadores muito talentosos que no meio destas feras poderão mostrar todo seu talento.

Anônimo disse...

Com Nieto e Bruno, até o Macalé joga nesse ataque.
O Lucas então, joga frouxo.

Anônimo disse...

Que repita o que já fez aqui...
Lembram daquele golzinho chorado nos porquinhos? Meio que errou o chute a acabou matando o goleirinho deles, hahaha.
E os centroavantes em geral parece que ficam melhores com a idade, engraçado isto. Exemplos temos vários: Fred, Ricaro Oliveira, Washington FDP, entre outros.
SRN
Titio Enéas

Anônimo disse...

FELIZ 2011!!!!

Julio disse...

Só para complementar... O Sérgio Soares poderia montar um esquema de jogo com Diniz, Manoel, Rafael Santos, Paulinho e Alê na defensiva e na ofensiva Baier comandando tudo com Branquinho, Madson, Guerrón e Lucas. Nesta formação até o Lucas precisaria marcar lá na frente, com os 3 meias mais o Guerrón ajudando a fechar o meio. Seria um time extremamente ofensivo. O Santos jogou assim no primeiro semestre deste ano e se deu bem.

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

O time pelo jeito está montado.

Mádson e Lucas foram contratações excelentes. Se vai dar certo ou não o tempo vai dizer. Mas isto sim é uma tentativa grande. Parabéns para a diretoria.

Acho ainda que precisamos de um atacante veloz e um zagueiro reserva (que pelo jeito deve ser o Gabriel).

1-NETO
2-WAGNER DINIZ
3-MANOEL
4-RAFAEL SANTOS
6-PAULINHO
5-ALÊ
10-BAIER
8-BRANQUINHO
7-GUERRÃO
9-LUCAS
11-MADSON

Tem ainda o Clayton para colocar neste time se fizer uma boa pré-temporada.

Se o Branquinho jogar o mesmo das últimas partidas do brasileirão, onde tava com um estrelismo gigante, vira banco neste time.

Temos ainda o seguinte time reserva:
1-JOÃO CARLOS
2-MARCOS PIMENTEL
3- GABRIEL??
4- BRUNO COSTA
6- HERÁCLES
5- DEIVID / VÍTOR
8- CLAYTON SE FOR RESERVA.
10- IVAN GONZÁLEZ
7- MAZOLA?
9- NIETO / BRUNO MINEIRO
11- MARCELO / TIAGO SANTOS

O elenco é bom. Vai depender muito se vai dar liga de novo.

Acho ainda que precisamos de mais 2 jogadores de peso para aguentarmos as competições durante o ano.

Mais um atacante veloz (além do tal do mazola se vir) e mais um voltante/meia.

Paranaense é obrigação!

Anônimo disse...

Então vai um recado para quem está comemorando nosso elenco estelar. Na surdina, vejam os jogadores que a diretoria está negociando:

1-NETO (tem gente especulando a venda)
2-WAGNER DINIZ
3-MANOEL (pode ir para o Corinthians - globo.com)
4-RAFAEL SANTOS
6-PAULINHO
5-ALÊ
10-MAESTRO
8-BRANQUINHO (pode ir para o Bambi FC)
7-GUERRÓN (deve ir para o México)
9-LUCAS
11-MADSON

Ou seja: o CAP 2011 poderá estar sem Neto, Rodolfo, Chico (estes dois já foram), Manoel, Branquinho e Guerron.

Me preocupa mais a questão do Neto, Branquinho e Manoel. Não há jogadores à altura no mercado.

Farpa

Anônimo disse...

FARPA, os jogadores citados por vc, nenhum deles será negociado. Apenas Rodolfo e Chico serão negociados a princípio. Cara, a diretoria está se esforçando na montagem do time e vc só vem aqui descarregar negatividade. Porra, mas vc é chato demais.

Geca disse...

Puta que pariu, de onde tiraram esse Farpa agora? Caiu do caminhão do capforévis também?

Cara, com todo respeito, se são suposições, por que considerar isso? Estranho seria se ninguém quisesse jogadores como Branquinho, Manoel, etc...

Se os jogadores saírem, aí você vem aqui e ripa, certo? No futebol, você devia saber disso, boatos são que nem pêlo em Tony Ramos. Não vi um post teu que não seja de futuro negro. Justo agora que até o Caveira escreveu bonito logo acima, elogiando e adminitindo o esforço da diretoria.

Creio que nunca tivemos um time tão pronto pro ano seguinte. Isso é sensacional (e tem nego que ainda não reconhece isso). Espero que a tigrada da diretoria tenha aprendido. Vender é coisa normal. Precisamos fazer caixa. Até São Paulo Fashion Club (com 5x nosso orçamento) precisa fazer isso todo ano.

A impressão que fica (pra mim) é que a diretoria tá fazendo esforços pra trazer gente boa. Isso é algo inédito, principalmente pra começo de temporada. Ao contrário dos chiliquentos, dos cornetas e das viúvas, faço coro com os confrades que estão vendo um bom ano de 2011 pra nós.

Adriel Borges Simoni disse...

Teremos um órimo elenco. Lutaremos forte pela Copa do Brasil e Sul-Americana.

Só não consigo entender o pq da galera estar escalando nosso time com apenas um volante. hehehe.

Defender é essencial também rapaziada.

Anônimo disse...

OK, vamos aguardar a virada do ano para ver se essa diretoria merece um pouco de crédito. Caso mantenham Neto, Manoel, Branquinho, Guerron e substituam à altura o Rodolfo e o Chico, dou a mão à palmatória.

Digo mais: divulgo a minha cadeira na Arena e deixou cada um dar um peteleco na minhas "oreias". Como eu duvido dessa corja, estou tranquilo e vocês vão ver que minhas farpas não são à toa.

Farpa

Tiago disse...

De que corja você está falando, FARPA? Se tem algo de mais concreto a dizer, então diga. Se são apenas achismos inconsequentes, daí é melhor mesmo ficar quieto pra não perturbar o ambiente do blog. Já disse várias vezes aqui que não sou fã de carteirinha do MM, mas tenho que admitir que o trabalho desta diretoria está sendo feito com prudência e competência. Não vejo o porque não continuar dando crédito a esta diretoria. Farpa, não existe clube no Brasil que não venda, ao menos, um atleta por ano.Ainda mais o CAP, que não tem o mesmo poderio de patrocinadores dos clubes do eixo Rio /SP.

Julio disse...

É isso ai Caveira, ano novo, pensamento positivo!

Geca disse...

O Farpa já melhorou o humor. Ponto pra ele!

Pra mim, Rafael vai substituir bem o Rodolpho (não que tenha a mesma qualidade). Quanto a Chico, estamos bem de volantes. Assim, essas 2 posições (que são os únicos que realmente devem ser negociados) estão supridas.

A diretoria tá sendo pontual. Isso é de se comemorar. Há muito não temos contratações que cheguem antes de começar o ano. Ponto pra diretoria.

Li em alguns lugares que não haverá negociação de Manuel, por ser muito novo, ter contrato longo... e por valer muito. Neto, só se a oferta for irrecusável, o que eu duvido, nesse momento. Mais um ano e a quotação desse piá sobe.

Não creio na saída dessas peças. E assim deve ser.

Não sei o que esperar de Lucas, mas esse nome tem peso, por isso, prefiro torcer e esperar ele mostrar serviço. Pisar na Arena deve encher o cara de futebol.

Não vindo o Mazola, temos que buscar outro avante.

E o Marcinho, alguém sabe se volta já ou o que rola?

É isso, confrades. 2011 roquenrou para o Furacão. Até o Caveira tá acreditando. Agora vai! Fraterno amplexo!

Anônimo disse...

Neto tem proposta da fiorentina, por 3 milhoes e meio de euros, por 100% do seu passe, parece se eles oferecerem por 50% do seu passe a mesma quantia o CAP libera ele!


Farpa esta certo.

Anônimo disse...

Farpa é um corneta, isto sim.

Forever disse...

Que me conste sobre Marcinho os árabes o querem definitivamente. Ou me enganei de novo?

comedor de caveirahh de toledo disse...

farpa é um cuzão, xarope e pentelho, um piá de prédio do caralho.

Anônimo disse...

Ter proposta não significa que o cara vá sair. É cada um que me aparece.

Metade do time tem proposta.

Se pagarem 4 milhões de Euros por 50% do passe, já é um bom negócio. O que eu duvido.

Anônimo disse...

eu concordo em tudo....Farpa é realmente um cuzâo otário e anzol, que nâo sabe de bosta nenhuma!

Titio Enéas