domingo, 5 de dezembro de 2010

Despedida

Nas despedidas do Brasileirão em 2008, contra o Flamengo...
...e em 2009, contra o Botafogo, o Furacão estava com a corda no pescoço.
Hoje, jogamos sossegados.
Meus caros amigos, a partida de logo mais contra o Avaí tem pouca significância em termos de classificação no Campeonato. Quer dizer, se o Atlético vencer pode chegar à 5ª colocação - uma das melhores em toda sua história -, mas com qualquer que seja o resultado o destino já está traçado: a classificação para a Sul-Americana garantida e sem chances de buscar a Libertadores.
E, ainda bem, ao contrário dos últimos anos a torcida não vai ao estádio prestes a ter um ataque cardíaco, com o time precisando desesperadamente da vitória para não cair. A comemoração depois de se safar realmente é semelhante à da conquista de um título, mas quem quer passar por isso novamente?
Assim, o jogo ganha atres de amistoso.
Mas um amistoso imperdível, na verdade, se o cronograma de obras na Arena for mantido e o estádio seja mesmo fechado após o campeonato paranaense. Porque, neste caso, o CAP só volta a jogar no Furacão, num Campeonato Brasileiro, em 2012 (mais provável) ou 2013.
Então vamos lá.
E que seja vitoriosa a despedida de 2010.

9 comentários:

Anônimo disse...

Se você é de açucar fique em casa. Vamos Furacão!

Fran disse...

Se um safado de um juiz não roubasse contra o grêmio... hoje com certeza estaríamos brigando pela 4ª vaga na Competição continental.
SE, se, se, se... ahh se não fosse... Mas enfim independente destes "SES" da vida, vamos pra baixada sim e cantar o tempo todo. Pois só quem ama verdadeiramente o Furacão vai incondicionalmente acompanhá-lo até o fim.

saudações rubro negras
Fran

Anônimo disse...

Estou orgulhoso deste time, que foi roubado conta Vasco, Fluminense, Corinthians e Grêmio (que eu lembro só agora), e ainda chegou em quinto. Parabéns aos jogadores, valeu Atlético!

MIKE

Anônimo disse...

Não chegamos a Libertadores ou títulos por causa de arbitragem. Simplesmente não chegamos pois terminamos com saldo de gols -2 ou seja, sem condições né?
Parabéns Furacão, voltamos com tudo. Novos ares, melhores times, Copa na Arena, bons ventos nos levem.

Anônimo disse...

60 pontos eh deveras um numero bonito, se vcs olharem a classificacao, verao que o Atletico ficou muito bem posicionado, lugar de time grande, mesmo que a midia de Rio/Sao Paulo, procure desconhecer a posicao do Atletico, mas a verdade eh que eles estao engolindo goela abaixo, ficamos na frente de grandes equipes do futebol brasileiro. Parabens! Atletico, Parabens!Atleticanos!!! Esse ano teremos um Feliz Natal e um prospero ano novo, com certeza!
Roberto Takai

Anônimo disse...

E o M.Azevedo chegou na linha de fundo e cruzou!!!!!!!!!!!!!! O tempo parado fez bem a ele....

Geca disse...

E aí, confrades... cabô!
O jogo de ontem teve muito da cara desse time. Jogando no limite da capacidade. Houve momentos em que o Avaí criou jogadas plasticamente muito melhores que as nossas... todavia, protagonizamos raça o campeonato inteiro... e isso nos fez chegar onde chegamos, na 4ª melhor campanha da história furaconense.

O véio Baier é o véio Baier... a bola procura o cara, diferente do Bruno, que devia passar as férias treinando finalização. O Ivan, como sempre, muita correria e pouca efetividade. Boa vontade ele tem, só que passa quando tem que chutar e chuta quando tem que passar. Podia fazer companhia ao Bruno nas férias.

De qualquer forma, phodamente fizemos excelente campeonato. Lógico que não posso esquecer das CHILIQUENTAS, que ficaram pregando A QUEDA do Furacão, que xingaram até não poder mais a diretoria, que tumultuaram, que desaprovaram as contratações, que rezaram para o São Pet, mas que agora, como nós, torcedores comuns, também podem comemorar essa excelente campanha e um final de ano sem sustos.

Valeu, Furacão. Esse ano deu até pra sonhar com Libertadores. Que ano que vem, essa seja a meta mínima. É isso, furaconenses.

Julio disse...

De cabeça erguida. Este campeonato foi muito bom para o Furcaão. Existem vários aspectos que passam desapercebidos no futebol. Uma boa colocação no nacional, por exemplo, ajuda nas negociações com bons jogadores. Como estávamos vindo, nenhum bom jogador facilitava sua vinda para cá. E vejam como foi dificil esta classificação em 5º. Os Bambis vieram aqui e nos tiraram o técnico. Acreditavam que em 11 rodadas chegariam na Libertadores. Mesmo gastando um tubo de dinheiro ficaram em 9º. Com garra, determinação e espírito de grupo chegamos em 5º. Alguns nomes vão pintar esta semana. Três deles são contratações de muito peso e duas promessas. Se tudo der certo nosso time tem tudo para conquistar a Copa do Brasil e o Paranaense e nos dar boas esperanças na Sula e Brasileirão. Tem coisa boa pintando nesta semana!

JMK disse...

"Este time limitadíssimo, franco candidato a rebaixamento com presidente banana e gerente paranista", está aí fechando o ano na 5ª colocação vendo no retrovisor times como São Paulo e Flamengo.
O Avaí até que incomodou, mas a boa fase (para não dizer sorte) estava a nosso favor. Neste jogo ficou demonstrado mais uma vez, que o Furacão dificilmente perde se o juiz não afanar (até houve um penalti não marcado sobre Bruno Mineiro, eu vi).
A minha parte, penso que fiz, procurei valorizar atletas com passe vinculados ao Clube sem enaltecer atletas "emprestados".
Fui a todos os jogos deste ano na Arena e vou continuar indo e pagando as mensalidades de associado.