terça-feira, 9 de novembro de 2010

A força da Baixada

Da Furacao.com:
Elogiar a torcida atleticana e falar da força da equipe na Arena da Baixada é "chover no molhado". Então vamos direto aos números. 17 jogos: dez vitórias, seis empates e apenas uma derrota como mandante. 70,5% de aproveitamento. Este é o Rubro-Negro no Campeonato Brasileiro de 2010.

O desempenho do Furacão em casa só é inferior ao do líder Corinthians (41 pontos) e ao do vice-líder Fluminense (37). Dos 53 pontos que tem, o Atlético conquistou 36 no Caldeirão - onde fez 24 e sofreu 15 gols.

Para se ter uma ideia, no Brasileirão de 2009, o Rubro-Negro teve 57,8% de aproveitamento como mandante. Foram nove vitórias, seis empates e quatro derrotas. No ano anterior, foi 63,1%. O time venceu dez, empatou seis e perdeu três partidas.

Em 2004, na melhor campanha do Furacão na era dos pontos corridos, o time teve 75,7% de aproveitamento na Arena: 15 vitórias, cinco empates e só duas derrotas. Portanto, no atual campeonato, o Atlético pode ficar bem próximo à campanha de 2004 como mandante. Se vencer o Grêmio Prudente e o Avaí, o clube terminará com 73,6% na Baixada.

Confira a pontuação de cada time como mandante após 17 jogos:

41 - Corinthians
37 - Fluminense
36 - Atlético
34 - Ceará
33 - Santos
33 - Internacional
32 - Cruzeiro
32 - Vasco
31 - Grêmio
31 - Botafogo
30 - São Paulo
29 - Palmeiras
29 - Guarani
27 - Vitória
26 - Avaí
24 - Flamengo
23 - Atlético-GO
22 - Atlético-MG
19 - Prudente
19 - Goiás

9 comentários:

Peterson disse...

Seria melhor se não tivesse tantos cornetas de plantão, que no primeiro passe errado o camarada já dá chilique. O neto errou um tiro de meta e já tha nego ripando ele. É de foder mesmo.

Anônimo disse...

Essa palavra "chilique" ! parem com isso. Que viadagem. Qualquer coisa é "chilique". Isso é termo usado por travesti. Sejam homens por favor.

Peterson disse...

e vc anônimo, o que vem a ser, um traveco escondido atrás do anonimato???
pede para cagar e saia daqui seu borra bosta do caralho.

Anônimo disse...

viuva = xiliquenta , hehehehe... chupa viuvarada!

Anônimo disse...

Engano seu 22:26, chilique é manifestação característico dos "gays", portanto cabe direitinho ao sujeitinho como você.
Caveira de Cascudo

Anônimo disse...

Xilique é o termo perfeito para retratar o ato praticado por um sujeito que diz ir a campo para torcer pelo seu time de coração e com 2 minutos de jogo está xingando e vaiando determinados jogadores, geralmente aqueles que as rádios dizem serem ruins.
Essa atitude desvairada é sim um ataque de xilique, cujo xiiliquento deve ter seu anus devidamente comido durante o dia pelo seu chefe e vai a campo para estravasar suas emoções, xilique, ora pois
Xilique realmente é viadagem, coisa de quem não sabe o que representa torcer pelo CAP e sofrer com ele, consequentemente vibrando muito nos bons momentos, coisa que esta turma não consegue perceber, como se existisse futebol a 100%.
Titio Enéas

Gustavo GR disse...

Realmente a campanha na Baixada tem feito a diferença. Se nao tivessemos perdido 4 pontos idiotas para Vasco e Guarani, que foram 2 empates mediocres, por ineficiencia do nosso ataque, poderiamos estar com 57 pontos, praticamente com a vaga da Libertadores garantida e ainda lutando pelo titulo. Uma pena. Logico que acredito na vaga para a Liberta, mas ela poderia estar bem mais na mao. Foram 2 empates amargos e dificeis de engolir.

Quanto ao xilique e caraleo a 4, acho que cada um é livre para expressar o que quiser no campo. Eu as vezes fico puto, mas é porque eu quero ver o CAP sempre bem, por ama-lo muito. As vezes as coisas nao andam como queremos e é logico que isso causa indignaçao. Agora, existem modos e modos de ficar puto. Uma é xingar na hora do lance e no momento depois ja começar apoiar de novo e a outra é o que aquele gordo idiota da Madre Maria faz, que é ficar xingando o jogador o tempo TODO (é impressionante...). No fim, o cara acabou tomando um esculacho do Nieto e foi bem merecido hahahaha. Quero ver se ele continua assim nesse proximo jogo.

SDS RN
GUSTAVO

Anônimo disse...

Com toda a certeza o gordo estava enchendo o saco do Nieto toda vez que ele estava no aquecimento, e o Nieto deu o troco e foi mandar ele tomar no cu, e reparem que o Gonzales foi junto, aposto que esse gordo filho da puta deve reclamar até do Claitom.

Geca disse...

Chilique é algo que ofende o anônimo 22:26... que aparece por aqui todo dia e faz de tudo pra tumultuar o ambiente. Não vai conseguir eliminar o vocábulo CHILIQUE, amigo... que tanto ofende o clã corneteiro. Já pegou.

Pra afirmar reincidentemente que "chilique é coisa de viado", o estafermo deve estar bem por dentro do mundo gay.

Xingar num estádio de futebol é normal, o que não é normal é o que o clã da cornetaria da Baixada tem feito nos últimos tempos, como representante mor... o gordo que Nieto deu de dedo.

Quem frequenta a Baixada sabe, impressionante como tem torcedor modafaquermente mala... que vai pra pegar no pé de jogador e torrar o saco de quem está em volta. Não é normal um cara xingar o jogo inteiro... isso é coisa de rabugento... de corneteiro histérico... de CHILIQUENTA.

A força da torcida nós conhecemos... todavia, praqueles que idolatram algumas pessoas a ponto de achar que elas não são passíveis de críticas... que estão acima do bem e do mal, aí vai, direto do twitter (recebi de um confrade):

"petragliamc MCP -
Parabéns Adm coxa, mesmo jogando 28 partidas fora do CP subiram e podem ser campeões, prova maior que torcida não ganha jogo!"

Que a deles não ganha eu já sabia... mas a nossa... esse senhor está muito enganado. Provas não faltam. Lamentável.