quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Furacão quase lá

Da Furacao.com:
O G4 encolheu e agora é G3. Mas o Furacão provou, na noite desta quarta-feira, que a classificação para a Taça Libertadores de 2011 é possível. Na Arena da Baixada, o Atlético fez 1 a 0 no Internacional, atual campeão da competição continental e que disputará o Mundial de Clubes em dezembro.

O meia Paulo Baier cobrou falta com perfeição e garantiu os três pontos para o Rubro-Negro, que sobe na tabela. Agora é o sexto colocado com 37 pontos em 24 jogos.

O técnico Paulo César Carpegiani, que teve todos os jogadores titulares à disposição, armou a equipe no tradicional 4-4-2 com Branquinho e Paulo Baier no meio. E foi deste a primeira chance do Rubro-Negro no jogo. Ele cobrou falta para a área e o goleiro Pato Abbondanzieri fez a defesa.

No primeiro tempo, prevaleceu a disputa no meio-campo, com pouco trabalho para os goleiros. A partir dos 38 minutos, porém, o jogo pegou fogo. Primeiro o Inter assustou com Tinga. Após cruzamento de Kléber, o volante bateu com categoria e acertou a trave de Neto, que só ficou olhando a zaga afastar.

A resposta veio em grande estilo. Falta para Paulo Baier na entrada da área é sinônimo de gol. Aos 43, ele cobrou com categoria, por cima da barreira colorada, e a bola entrou, sem chance para Pato Abbondanzieri - 1 a 0 para o Furacão na etapa inicial.

Esquentou

O segundo tempo começou com tudo. E o Internacional teve duas chances com D'Alessandro. Logo com um minuto, o argentino cobrou falta e obrigou o Neto a fazer bela defesa. Aos nove, em outra bola parada, ele jogou direto pela linha de fundo.

Aos 13, o Rubro-Negro quase ampliou. Maikon Leite recebeu do lateral-esquerda Paulinho, driblou o adversário e chutou para a defesa de Abbondanzieri. Na sequência, Baier bateu falta e o goleiro fez outra defesa. O técnico Celso Roth sentiu o bom momento atleticano e trocou o meia Giuliano pelo atacante Ilan, que defendeu o Rubro-Negro entre 2001 e 2004.

A substituição surtiu efeito e, aos 20 minutos, o Colorado obrigou Neto a trabalhar. Leandro Damião chutou no canto e o goleiro teve de pular para evitar o gol de empate.

Os dois treinadores mudaram duas vezes cada, mas o panorama do jogo não se alterou. O Inter pressionava; e o Atlético buscava o segundo gol nos contra-ataques. Em um deles, o equatoriano Guerrón cruzou para Maikon Leite, que se adiantou ao adversário, mas bateu por cima do gol. Foi a última chance clara de gol. E depois de cinco minutos de acréscimos, a torcida atleticana soltou o grito de "Libertadores".

Na próxima rodada, o Furacão enfrenta o Botafogo no estádio do Engenhão. A partida está marcada para 16h de domingo.

18 comentários:

thyago disse...

Essa foi a semana dos tiozões. Na terça tiozão Klaus Meine e sua trupe chutaram bundas em Pinhais, já ontem foi a vez do tiozão Paulo Baier e seus sobrinhos, nem adiantou colocar dois jogadores embaixo do gol dos morangos, o velho coloca a bola onde quer.


CAP like a Hurricane.

Geca disse...

Furacão na veia!
Confrades furaconenses, foi na raça! Esse suprasúmico escrete tem jogado phodasticamente com garra, superando as próprias limitações. Totalmente "roquenrou"!

Vencemos, a meu ver, o melhor time do Brasil, o campeão da Libertadores. Superar a qualidade de um time desses, por si só, já é o suficiente pra justificar o alarde da vitória. Então, que não me venham os cocozões com a teoria “não jogamos bem”... afinal, se jogando mal estamos vencendo tudo, imagine quando resolvermos jogar bem. E ontem, conspícuos confrades, não era dia de jogar bem, era dia de vencer.

Baier não esteve nem perto de seu melhor desempenho, mas o véio é o véio. Se ele não faz, ele põe na cabeça de alguém pra fazer. O véio Baier, mesmo não jogando bem, organiza o escrete no gramado e comanda. O gol do véio foi uma pintura, parecia que tava brincando.

O 1º tempo foi "maisomelho", o 2º melhoramos bastante, compactamos.
Achei que Vitor foi o ponto fraco do time ontem, impreciso e nervoso; Leite e Bruno não foram brilhantes, mas os 2 lutaram muito; Manoel precisa de auxílio técnico, perdeu quase todas de cabeça, disperso, quase entregou um gol, e não é de hoje que tá marcando a bola e perdendo o desarme. Lógico que é excelente jogador, mas precisa de uma juntada; Rhodolfo, nosso Cristiano Rhodolfo... só dá show. Deu uma comida de rabo no Tinga (se não me engano) que tá procurando a bola até agora, foi de ficar com vergonha alheia.

Carpa... bom, podemos criticar, contestar as escalações, todavia, contra fatos... é melhor aceitar os fatos. Carpa é o responsável por esse crescimento. Calou minha phétida boca.

O módafãquer árbitro... fraquíssimo, tendencioso, tão sem vergonha, quanto sem autoridade, um bolo fecal. A mala do Tinga praticamente apitou o jogo. A expulsão do González foi putaquepariumente “REdícula”. Tomara que ao defecar, caia a rodela do orifício desse apitador maldito!

A GV ainda tá de phoder... bando de piá de prédio chiliquento...
A vaia destinada ao Ilan foi deveras imbecil, um chute na bola esquerda. Pra que isso? Um cara que já ostentou nossa rubronegra peita... tomem vergonha na cara, molecada de merda.

Vencemos mais uma... tá difícil segurar os pés no chão. Vai lá, Furacão!

Anônimo disse...

CARPA DIEM!!!!!

Guisyes disse...

Realmente devemosumpouco deste crescimento ao Carpegiani por mais que as vezes ele assuste com suas escalações...
Um lindo jogo aonde os jogadores honrraram a garra e a raça que é tipica rubro negra sem tirar ninguem que esteve em campoisto é aitude de guerreiro de campeão que queremos ver..
Um fato estupido é essa de tirarem uma vaga do Brasil nalibertadores uma palhaçada agora me pergunto poq que não tiram as vagas do mexicanos que já disputam a CONCAF mesmo assim acredito e vejo FURAÇÂO libertadores 2011

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

FOI DE ARREPIAR ONTEM.

CONCORDO MUITO COM O TEXTO DO GECA.

É ATÉ DIFÍCIL CRITICAR (COMO EU GOSTO DISSO!) APÓS UMA VITÓRIA COMO ESSA. FOI A VITÓRIA DA RAÇA CONTRA A TÉCNICA. DO JEITO QUE O POVÃO RUBRO-NEGRO GOSTA!

SE EU FOSSE TÉCNICO PASSARIA FOME, MAS ONTEM O QUE VI NO PRIMEIRO TEMPO FOI UMA GRANDE QUALIDADE DO INTER NO MEIO. COM MUITO TOQUE DE BOLA. ROTH A MEU VER DEIXOU DE GANHAR OU EMPATAR A TIRAR O GIULIANO E COLOCAR O ILAN. NESTE MOMENTO (SEGUNDO TEMPO) SE IGUALAMOS A ELES NO MEIO. MAS ISTO É PROBLEMA DELES!!

ACHEI QUE CARPA VOLTARIA NO SEGUNDO TEMPO COM OLBERDAN NO LUGAR DO VÍTOR (QUE ALÉM DE MAL, TINHA AMARELO) E COM "GUERRÃO" NO LUGAR DO ESFORÇADO (E SÓ) BRUNO MINEIRO, PARA EXPLORAR OS CONTRA-ATAQUES. FEZ ISSO APENAS AOS 30 MINUTOS DO SEGUNDO TEMPO COM O GUERRÃO, QUE ENTROU LIGADÃO, MAS DEU CERTO E ELE SABE O QUE TEM NAS MÃOS.

A ARBITRAGEM FOI RUIM. O NÍVEL É HORRÍVEL. MAS NÃO PODEMOS DIZER QUE ELE É MAL-INTENCIONADO. E SIM RUIM MESMO. PODERIA TER DADO UM PENALTI A NOSSO FAVOR E PODERIA TER DADO UM PENALTI PARA ELES (OS 2 LANCES FORAM O SELECIONÁVEL RODOLFO!).

É INCRÍVEL A PRESSÃO QUE OS GAYÚCHOS FAZEM NA ARBITRATEM. CLAYTON FAZIA MUITO ISTO. ISTO É IMPORTANTE QUANDO PEGA ÁRBITRO FRAC QUE NEM ONTEM. BAIER É UM DOS POUCOS QUE FAZ ISTO.

ESTE TINGA É CHATO MAS JOGA MUITO. AGORA A MINHA RAIVA FICA PARA ESTE LATERAL KLÉBER. QUE SUJEITO ASQUEIROSO. ACHA QUE É O MELHOR LATERAL ESQUERDA DO PLANETA. E DE TODOS OS TEMPOS AINDA POR CIMA. TOCA NA BOLA COM UM NOJO E É METIDINHO A VALENTÃO. COISA NOJENTA.

MESMO NÃO SENDO UMA PARTIDA TÉCNICA DE NOSSA PARTE A RAÇA PREVALESCEU. ESTAMOS JOGANDO COM RAÇA (SEM TÉCNICA É BOM FRISAR E NÃO SE ILUDIR DEMAIS) E LEVANDO SORTE TAMBÉM (GOIANIENSE COM UM A MENOS, BOLA NA TRAVE DO INTER, ETC). MAS AINDA BEM. O IMPORTANTE É GANHAR.

PAULINHO PODE NÃO IR MUITO A LINHA DE FUNDO, MAS É INDUSCUTÍVEL SEU PODER DE MARCAÇÃO E SEU PREPARO FÍSICO. EU ESTAVA CANSADO SEM FAZER NADA E O CARA CORRENDO AOS 46 DO SEGUNDO TEMPO, COMO SE A PARTIDA TIIVESSE COMEÇADO POUCO. GOSTEI SE VER SUA VIBRAÇÃO APÓS O JOGO.

MANEL REALEMENTE PRECISA POR A CABECINHA NO LUGAR. CHEGA A SER DISPLICENTE EM ALGUNS MOMENTOS. É UMA BAITA ZAGUEIRO POR BAIXO. MAS POR CIMA FALTA SE POSICIONAR MELHOR. ISTO É FÁCIL DE SE APRENDER. FALTA CONSELHOS...

A PAZ PREDOMINOU E O FURACÃO GANHOU. NÃO HÁ MAIS O QUE SE FALAR. EMOCIONANTE.

AGORA É COZINHAR NO FOGÃO DOMINGO. O TIME DELES PELO QUE LI NÃO JOGARÁ LOCO ABREU, HERRERA, DANNY MORAIS, ANTÔNIO CARLOS E MAICOSSUEL. OU SEJA, QUASE MEIO TIME.

NETO NA SELEÇÃO. MERECIDO. TEM IDADE OLÍMPICA. PARABÉNS. COMO É BOM VER A MOLECADA DA BASE INDO BEM!

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

AH E QUE MOLE-CELLI BRIGUE COM VICE NO CLUBE DOS 13 REIVINDICANDO A QUARTA VAGA NA LIBERTADORES A OS TIMES BRASILEIROS.

SE A "CLASSE" FOSSE UNIDAM, DEVERIAM AMEAÇAR OS TIMES BRASILEIROS NÃO JOGAR A COMPETIÇÃO ANOS QUE VEM.

ESTE FATO COMPROVA A PODRIDÃO ADMINISTRATIVA DA CBF. O BRASIL TINHA ERA QUE MANDAR E DESMANDAR NA COMMEBOL.

Geca disse...

Caraleo...

"CONCORDO MUITO COM O TEXTO DO GECA" (by Caveira)

... depois dessa é capaz de vencermos até o Brasileirão 2010... rs.

Valeu, antagônico confrade.

Saudações rubronegrenses!

Anônimo disse...

com uma vitória dessa e temos até o momento somente 8 comentários, se o time tivesse perdido o jogo, já teria por baixo uns 50.
isso ocorre por que os pragmáticos de plantão não estão encontrando motivos para falar mal de mm, bolicenho, carpa, jogadores .
mas é isso aí, para falar bem são poucos, para meter o pau , vixe, tem de penca.
AGITA POVÃO, AQUI É O FURACÃO.

Anônimo Revoltado disse...

Cuidado! O caveirahhh está preparando o terreno "antevendo", agourando, o próximo jogo.

Anônimo disse...

Anônimo Revoltado vai ser feliz piá.

Anônimo disse...

geca vai chupar o pau de cada filha da puta que ja jogou aki. deve ser por isso que alex mineiro atrazou no treino. deveria estar comendo seu cú

Flávio Jacobsen disse...

Cadê o macalé e o ziquita?

Tiago disse...

É impressionante como certos ¨elementos¨ não conseguem opinar sem a utilização de xingamentos (palavrões). Deve ser o baixo nível intelectual, somado a uma boa dose de frustração pessoal e emocional ( não é mesmo anônimo das 15h50 ????). No mais, depois de uma ótima vitória em cima de um excelente time, não me surpreende o baixo número de opiniões aqui, visto que a grande maioria dos ¨comentaristas ¨, do tempo das vacas magras, ou eram espiões coxas, ou ainda, os mesmos cornetas que não não param de cornetar o time em alguns setores do estádio. Saudações ¨furaconenses¨. Pra cima do time carioca e piromaníaco.

Anônimo disse...

Desculpe Tiago, mas o que fazem não é opinar sobre nada, se é que seriam capazes disto.
Titio Enéas, felizão - Scorpions e Furacão smpre tiveram tudo a ver, hehe

Anônimo disse...

e tiago dá para o geca ?

Julio disse...

O Caldeirão do Diabo ontem ferveu como nos velhos tempos. Demorei muito para pegar no sono, parecia que meu corpo vibrava. O time foi guerreiro, jogou com raça e mostrou que mesmo sem ser brilhante é um time encardido. Granja vai virar titular. É mais seguro que o Diniz na defesa e o Vitor precisa grudar mais no adversário e ser mais rápido. O que destoou no 1º tempo foi a liberdade do Tinga que jogou como quis. O Bota está com 7 desfalques. A vitória passa ser obrigação.

Geca disse...

Esquenta não moçada (Tiago, Tio Enéas e camaradas) piá de prédio é piá de prédio... deve ter quebrado o playstation e acabado o yakult... aí tá tentando chamar a atenção.

Devo ter magoado a criança com algum comentário mais contundente.

Se pedir pro cara "compor" uma frase... os neurônios se chocam.

Fê Ferraz disse...

Estou feliz pelo jogo, pela vitória, com a certeza de resultados futuros... Na expectativa!
Pela raça, pela postura da equipe, a marcação forte, o Furacão volta a ser um time respeitado, temido pelo adversário, e segue na luta!
Importante é que a torcida voltou a sorrir e mais que isso, sonha...

Saudações Rubro-negras!