segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Saudade, Madalena

A Fanáticos lançou nova música durante a partida contra o Grêmio. Já havia lançado algumas no ano passado, como "Rubro-Negro eu lhe digo..." e "Só eu sei porque não fico em casa...", todas com relativo sucesso entre os atleticanos. Particularmente gosto de todas, exceto aquela que fala de Deus & Pátria, algo que soa meio Tradição, Família e Propriedade demais para o meu gosto.
Mas esta última música, após muito tempo, é paródia de uma canção famosa. Remete aos anos 80, no auge do RPM. Lance a primeira pedra aquele que nunca cantarolou ou ao menos assoviou uma música da banda do Paulo Ricardo no auge dos seus 11, 13 anos. Veja como ficou:

Bem, a torcida do Atlético sempre foi a mais criativa por estas bandas. Até pelo exagerado número de figuraças que frequentam e frequentaram as arquibancadas para torcer pelo Rubro-Negro.
Nos tempos de Pinheirão e romarias ao Couto Pereira, então, era uma grandeza.
A começar pelo Pink Floyd The Wall, em versão pornochanchada da mais chula possível, a maior invenção já bolada nos estádios brasileiros, copiada por dez entre dez torcidas do país. Até mesmo, pasmem, pela torcida dos próprios coxas.
Mas, enfim, ao ouvir este novo canto na Baixada recordei-me de tantos outros que ouvi nascer ali, ao vivo, em meio à fanática e ensandecida torcida.
Dois deles surgiram bem nessa época, um pouco após, se não me engano, ao lançamento da Atirei o pau nos coxas, lá pelos idos de 1991, 1992. Me refiro às paródias de Madalena, de Martinho da Vila, e Asa-Branca, de Luiz Gonzaga. Que há coisa de uns dois anos até começarama a ser copiadas por outras torcidinhas por aí.
Lembro-me bem da primeira vez que a "Madalena anticoxa" foi entoada num Atletiba, no Couto Pereira. Como eu disse, por volta de 1992.
Intervalo de partida e a galera começou a cantar a música, sem instrumento qualquer, só na garganta. Justo naquele momento de silêncio no estádio, enquanto alguns iam mijar nas paredes do pinga-mijo e outros se dirigiam àqueles "bares" para comprar uma Brahma quente. Os versos eram puxados pelo "Pedro Raspinha", também autor da letra, um camarada da Fanáticos que tinha esse apelido porque trabalhava no Serlopar, o serviço de loterias do estado. E enquanto a massa rubro-negra se contagiava e cantava mais alto a cada verso, a coxarada olhava, ouvia e xingava, boquiaberta e irritada.
Taí, seria uma boa a torcida atleticana começar a cantar novamente estas músicas.
Pra quem não conhece ou não se lembra, seguem os vídeos com as versões originais e as letras das versões atleticanas:
Madalena

Rubro-negro, rubro-negro

Você é meu bem-querer
Eu vou falar pra todo mundo,
Vou falar pra todo mundo
Que eu amo você
Eu vou falar pra todo mundo,
Vou falar pra todo mundo
Que eu amo você
Ô Coxarada!

Coooxarada, coxarada
Vôce vai tomar no **
Eu vou falar pra todo mundo,
Vou falar pra todo mundo
Que eu comi o teu **
Eu vou falar pra todo mundo,
Vou falar pra todo mundo
Que eu comi o teu **
Asa-Branca

O meu sangue é rubro-negro

Atleticano de paixão
Mesmo ganhando, mesmo perdendo
Sou rubro-negro, de coração!
Eu vi o Caldeirão fervendo

E quase morri de tesão!
Eu eu falei, viva a Baixada,
E que se foda o Pinheirão!
(bis)

31 comentários:

Oliver disse...

Asa Branca foi cantada no começo desse ano, em vários jogos. Mas acho que só no Paranaense...

Anônimo disse...

Ótima lembrança, Guerrilha! Bons tempos em que as músicas nos estádiose baseavam na sacanagem. Hoje em dia as torcidas, especialmente a nossa, acabou contaminada por esse papo estranho de "honra", "pátria" etc.

Raul disse...

Concordo com o anônimo, que tinhamos mais criatividade nas músicas. Musiquinha mixuruca essa da fanáticos, estão perdendo a mão em cançoes de incentivo, uma pena...

Outra questão é não usarem a bandeira do estado do Paraná, falam que os paranaenses não torcem para os times da capital. Como iriam de torcer se nossa torcida sequer tem orgulho de mostrar a bandeira do estado, só pq é verde e branca?

Sejamos mais bairristas e mais criativos com as músicas.

R. Muller disse...

Ja ouvi o Asa-Branca em varios jogos do Furacão, agora a Madalena eu não conhecia, felomenal!

Corneta centauro 1 disse...

* O Atletico domingo me lembrou uma coisa: que disputamos o campeonato para não cair pra segunda e não pra ficar entre os primeiros.

* Que maldito esse horário das 6:30 da tarde de domingo!! Vê lá se isso é horario pra jogo de futebol.

* Alex Mineiro tá fazendo falta! melhor que o Bruno Mineiro seria. Bruno não conseguiu dominar um passe açucarado do Maikon Leite. Tá atrapalhando o time. Precisamos de um centroavante de oficio.

* Chico volta. Sei lá se isso vai fazer diferença. espero que sim.

* A Fanaticos dispensa comentários. É a melhor torcida do Brasil .

Srn

Gustavo GR disse...

Realmente Guerrilha, as musicas da TOF antigamente, principalmente nos anos 90, eram malária pura. E foram os anos mais massa mesmo. Isso nao tem volta. Eu tenho 32 anos e nessa epoca estava na adolescencia. Era foda, pois nao tinhamos estadio, todo classico no Pinheirao era ''fecha'' garantido, mas a torcida era uma uniao fudida e todos ali, estavam torcendo pelo CAP. Nao tinha esse negocio de ''Comando Nao Sei O que'', ''Comando Nao sei o que lá'', ''Comando da puta queo pariu'', enfim, todos eram pelo CAP. Hoje em dia, ve-se uns manés na TOF que nao sabem nem o que estao fazendo ali. Nao conhecem porra nenhuma do time. Nao conhecem a historia da torcida. Eu acho que a TOF perdeu muito da magia que tinha nos anos 90. Mas continuo apoiando a TOF, conheço o Suk, o Juliao, vou sempre na sede antes dos jogos e tamo junto.

Valeu por relembrar essas duas pérolas.

Lembra do:

VAMO COME COXA, OoOoO
VAMO COME COXA, OoOoO
VAMO COME COXA, OoOoO

hahahahaha... esses anos 90 foram muito massa...

SDS RN
GUSTAVO

Marcus Vinicius disse...

Me lembro quando começaram a cantar Madalena naquele atletiba... na verdade eu achava que havia sido em 1990, mas aí lembrei que o atletiba do Berg já havia realmente passado (tbém estava lá)... foi entre 1991 e 92 mesmo.

Lembro que o pessoal começou a cantar aquela música e eu não estava entendendo no começo... pensava eu: "que merda que esses caras estão cantando", mas logo logo pegou... caraca todos pulando, cantando a Madalena sem parar... por muito tempo... foi muito bom (me lembro de decorar a letra olhando e prestando atenção em um careca que estava alucinado cantando a música, o cara suava de tanto pular e gritar). Tenho muitas saudades daquela época... quando eu tinha meus 13 anos e ia andando sozinho pelo centro, cruzando o calçadão da rua XV, para o pinga mijo, vestido com a camisa do furacão, comprada na Janjão da rua XV, quase em frente ao bondinho, sem medo de ser feliz! Bons tempos aqueles... bons tempos...

Anônimo disse...

Infelizmente essa nova geração não tem a mínima noção de ritmo, atropelam todas as músicas, o resultado é uma maçaroca sonora totalmente incompreensível, conseguiram estragar até os clássicos como coxarada fdp e "vai ter festa na Baixada", é só pegar os vídeos antigos no youtube e ver a diferença na cadência das canções. TOF anos 90 >>>>>>>>>>>>>>abismo>>>>>>>>>>>>>>>>TOF jardim da infância atual.

Diogo

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

PARA NÃO DIZEREM QUE SÓ DESÇO A RIPA:

CONCURSO 136 TIMEMANIA:

17º ATLETICO PR 16.003 1,46%

18º CEARA CE 15.434 1,41%

19º AVAI SC 14.077 1,28%

20º CORITIBA PR 13.479 1,23%

AÍ SIM!!

DA OUTRA VEZ FICAMOS ATRÁS ATÉ DO JUVENTUDE. AÍ NÃO DAVA.

TEMOS QUE CONTINUAR NESTE RITMO POIS NO FIM DO ANO PODE UM TIME PASSAR O OUTRO COMO FIZERAM OS PORCOS VERDES NO ÚLTIMO CONCURSO DO ANO PASSADO.

Anônimo disse...

Muito bem lembradas essas musiquinhas. Cantei muito no Pinga-mijo e no Pinheirão. Todos que frequentavam o pinga-mijo nos anos 80 e 90, mijaram naquelas paredes fétidas, bem como chutaram os portões daquela m...

IOB disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduardo Caballero disse...

Caro Guerrilheiro, sinceramente vou na contramão de sua opinião e não gostei nenhum um pouco da música. Na verdade, não da letra e ritmo, pois é bacana. Mas essa música é uma cópia da torcida do fluminense, time que tenho desprezo. Sou contra essa cópia, somos criativos sim e há tantos ritmos para embalar o furacão, pq justo uma música do flor?

Sem falar de outra, aquela "OOooooooooo...pracimatléticooooo". Música de CORINTHIANO! Porra....somos melhores que isso.

Uma pena.

Abs.

Flávio Jacobsen disse...

Eu gostava mesmo era no "Não vou Ligar", que ficou famosa na voz de Beth Carvalho, e nao era paródia, era a música mesmo... "chora... não vou ligar, chegou a hora, vais me pagar..." 30 mil cantando isso na curva de entrada do Couto era demais... e tb uma versão de uma cover que os Stones tocavam... "Going to a Go Go" (dá-lhe dá-lhe gol gol... )... era mais criativo...

Anônimo disse...

Blz!
E aquela que dizia assim:
Nós temos uma musica massa!
A música de cima que o camarada citou da Beth Carvalho ainda cantamos.
Passou o tempo, mas quém é nunca desiste!
Um Ultra abraço!
Garga.

KAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

O hospedeiro macarrão caveirahhh é aquele FDP assumidohhh, encostado por tinha que expele vermes da maldição pelos berros de mulahhh. Quem está falando de timemania, IMBECIL? hhhhh!!!

KAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

No mínimohhh, quer estragar a nossa festa de amanhãhhh contra o Ceará!!!

Anônimo disse...

Porra em todo tópico esses caveirinhas ficam batendo boca pqp, dá um jeito de bloquear esses merdas Guerrilheiro, sério mesmo já encheu o saco !

Vinicius disse...

Não gostei dessa nova aí. Nem da Daniela Mercury. São músicas sem criatividade. Nas antigas éramos a torcida mais rock n'roll do Brasil. Agora nem a nossa principal está no tom certo. Era muito mais legal cantar no ritmo da música do Floyd...

Anônimo disse...

temos que saber diferenciar...
o Caveira é chato, e o Kaveira é um imbecil, daqueles...

Anônimo disse...

Chamar o Kaveira de imbecil é a realização deste corno.

Anônimo disse...

É foda mesmo...

Todo post esses retardados (nem sei quantos são) aparecem pra falar merda.

Porra, Guerrilha... arruma um jeito de bloquear o IP dessa turma!

Anônimo disse...

Mas... video de 2009...

http://www.youtube.com/watch?v=FJlTCL-F19g

HENRIQUE disse...

Guerrilha, no começo dos anos 80 quando os estádios eram frequentados pela maioria de marmanjos,onde levar a namorada era insano ou puro ato de coragem,tinha uma rima das mais pesadas pra cima dos coxas,... OH COXARADA OH COXARADA A TUA MÃE TA DANDO A B. NA BAIXADA.ATLÉTIBA no couto naquela época era show garantido da torcida rubro-negra pelo fato das torcidas organizadas cantarem em uníssono, não havendo interesse nenhum de sobrepujar uma à outra,tendo como finalidade o incentivo ao nosso FURACÃO.

Anônimo disse...

Tinha um ôôôôô ao ritmo de Black Night do Deep Purple que era de matar também...
Sem falar aquele esquenta no ritmo de Saxon: "Run for your lives", sugestivo até em inglês, hehe
Titio Enéas

Anônimo disse...

Faço coro com Eduardo Caballero,pra q plágiar outras torcidas?

Anônimo disse...

domingo passei de carro com uma colega coxa branca ao lado do pinga mijo, e ela disse assim: sinta o cheiro, esse estádio é lindo. e eu disse para ela: pois é , o cheiro é muito conhecido, fede a mijo mesmo...
rsrsrsrsrsr , ela ficou de cara comigo.

Anônimo disse...

Não sei oque é mais irritante se é os comentarios do Kaveira ou saber que o Bruno Mineiro será titular contra o Ceará.

Mãe Dinah disse...

O Kaveira infeliz não muda nunca. Vive querendo ser o outro. O Bruno vai acabar com a má-fase amanhã.

Anônimo disse...

imitar é vergonhoso, ainda mais essa nova que há anos cantam os torcedores do time mais escroto do Brasil Flormerdense! Inaceitável, to fora, não canto essa merda de Radio Pirata!

Anônimo disse...

Copiar, plagiar sem fins lucrativos é lícito em qualquer país democrático. O que importa é a animação que se dá numa torcida; e na minha opinião, a Fanáticos tem tido muita competência e evolui em função da Era. Lógicamente poderia ter músicos e vocalistas próprios, mas é uma TO exemplar em todos os bons sentidos.

Barros disse...

Ridícula, imitação barata da torcida do Flumerdense.
Imitação barata!
Que vergonha fanáticos.
Me recuso a cantar essa imitação.