sexta-feira, 16 de julho de 2010

Solução para a Arena pode sair hoje

Da Gazeta do Povo:

O estado e a prefeitura esperam fe­­char hoje o pacote de garantias para que Curitiba seja subsede da Copa de 2014. Uma reunião, que começou na noite de ontem e terá sequência nesta manhã, entre o governador Orlando Pessuti, o prefeito Luciano Ducci, o Atlético e demais membros do comitê paranaense para o Mundial, busca soluções de viabilidade para a conclusão da Arena.

Elas devem ser apresentadas na segunda-feira, em Brasília, em um encontro com o presidente da CBF e do COL (Comitê Or­­ganizador Local), Ricardo Teixeira.

É o prazo final.

Na pauta da reunião (que acontece a portas fechadas), estão a possibilidade de a Copel patrocinar a obra, com a aquisição do na­­ming rights do estádio, e também soluções para que o BNDES financie o restante dos R$ 135 milhões necessários – o Atlético diz ter 1/3 disso.

Pessuti pode se antecipar à decisão dos deputados, prevista para o próximo dia 3 de agosto, e decidir que a companhia estatal faça o contrato de patrocínio com o clube. Nos corredores do Palácio das Araucárias, ele teria dito que não gostou das declarações do presidente da Copel, Ronald Ravedutti, à Gazeta do Povo, de que a companhia não deveria investir em marketing nesse segmento.

Paralelo a isso, o comitê busca uma solução conjunta com o Atlé­­tico para a questão do potencial construtivo – permuta na qual se recebe aval para construir acima dos padrões urbanos estabelecidos em uma determinada área da cidade. O BNDES não pode conversar diretamente com o clube. É necessário que um parceiro – no caso, uma construtora – faça o fi­­nan­­ciamento, respaldada pelos papéis.

O clube já teria o nome do parceiro, que não foi revelado. Essa empresa construiria o restante do estádio. Atualmente, a construtora Arce é quem conduz as obras. Os valores a serem repassados via potencial construtivo também estão em estudo. Estima-se algo em torno de R$ 80 milhões. Outro problema a ser resolvido é que a prefeitura não pode emitir tal volume de uma só vez, sob pena de banalizar o papel.

Com a urgência, estima-se que no começo da tarde um pronunciamento oficial conjunto entre o governador e o prefeito defina de vez a questão.

6 comentários:

Anônimo disse...

Até que enfim atitude e dignidade (aparente) por partes de alguns políticos do Paraná, especialmente o Pessuti.

Partidarismos e ideologias à parte, uma coisa é certa e há que se fazer justiça: o Pessuti é o cara que desde o começo está na linha de frente, na briga pela Copa aqui no Paraná.

Ao contrário de Requiões, Betos Richas, Osmares e Glesis da vida, o Pessuti é o cara que desde o começo abraçou a causa.

Agora é a hora da coragem!!

Vamos colocar esses candidatos ao governo do Estados e deputados na parede. Quero ver eles explicarem que a sua inércia pode causar perda financeira incomensurável para o Paraná!

Geca disse...

Com todo respeito a tua opinião, anônimo, ainda que eu concorde com a relevância do Pessutti no assunto Copa por aqui e também o ache uma boa figura política, a imagem dele, por questões de benefício político, foi efusivamente divulgada em "outdoors" e outras mídias, quando confirmaram a Copa por aqui. Entretanto, acho que demoraram demais pra agir efetivamente.

A injustiça ficou por conta do fato de que o MCP, que foi sim o grande idealizador da Copa em Curitiba, não foi lembrado em momento algum, na hora da comemoração. Falo isso sem medo porque todos sabem que não morro de amores pelas idéias de MCP, mas fato é que muito neguinho mamou nas tetas dessa quase Copa em Ctba. Só não achamos um cara que bata na mesa e resolva de uma vez por todas isso.

Vamos torcer pra que as coisas se encaminhem e que os hipócritas, apedeutas e autofagistas invejosos tenham que engolir sua ignorância com a realização da Copa na Arena.

A única coisa que não entendo é a decisão final do investimento da COPEL pra 3 de agosto... Nosso prazo não é até o final de julho?
Muita enrolação pro meu gosto... demais. E em ano eleitoral ainda ... com a atitude medrosa dos políticos se esquivando nas decisões temendo a opinião popular... vai ser pedreira a solução desse pepino.

Anônimo disse...

Não fála da Gleisi que pe mulher do Paulo Bernardo, dá azar...
Enéas

Anônimo disse...

Digo, "é esposa"

Luiz Andrade disse...

Exemplo de como polítiqueiros demagogos pegam carona no trabalh alheio.
Houve um deputado federal que espalhou outdoors pela cidade com os dizeres "camundonguinho JR trouxe o Metrô para Curitiba. E o Metrô trouxe a Copa" (ou era o contrário?).
Onde anda esse cara? O que ele anda fazendo em prol da solução? Ou só está esperando que outros a encontrem para espalhar novos cartazes pela cidade?

Anônimo disse...

To achando que essa confusão toda vai dar merda. O Atlético que não se meta a besta de se enfiar em dívidas com o BNDS. Nâo podemos comprometer nosso clube por 3 jogos de copa.
Eu duvido que o governo e patrocinadores mantenham a palavra. Vai sobrar pro Furacão. Melhor vazar.