quinta-feira, 17 de junho de 2010

Ministro cobra atitude para Copa na Arena

Da Furacao.com:
O ministro do esporte, Orlando Silva, cobrou mais atitude das autoridades para a manutenção da Arena da Baixada como sub-sede da Copa do Mundo de 2014. A entrevista foi dada após a confirmação da exclusão do estádio do Morumbi.

"A diferença do Paraná para o Morumbi é que o projeto continua valendo. O problema lá é de viabilidade econômica. O prefeito e o governador me garantiram que há uma ideia de fazer naming rights (venda do nome do estádio para um patrocinador), mas o Atlético não gostou. Quem pagar para ver, pode ver demais. Curitiba precisa prestar atenção, tomar cuidado e encaminhar uma solução", declarou Silva.

Com a exclusão do estádio do São Paulo, apenas dois estádios particulares serão sub-sedes da Copa em 2014: a Arena da Baixada e o Beira-Rio, do Internacional.

O Atlético ainda busca uma solução para viabilizar economicamente a obra. Na semana passada, o conselho deliberativo do clube rejeitou de forma unânime proposta de utilização de potencial construtivo feito pela prefeitura de Curitiba. Nos bastidores, comenta-se sobre a possibilidade de uma empresa pública - como a Copel - investir na construção do estádio em troca do naming rights.

2 comentários:

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

ATITUDE DO ESTADO.

PQ SE DEPENDER DA DIRETORIA...

Anônimo disse...

Vira o disco xarope. O que seus asseclas de toledo pdem fazer para ajudar?
Se não sabe, vários destes políticos que buscam uma solução são conselheiros e váriso participaram de gestões anteriores do clube.
Então cale-se ó besta infernal toledana.
Enéas