quinta-feira, 17 de junho de 2010

Deputados defendem investimento da Copel em naming rights

Da Gazeta do Povo:
A ameaça de Curitiba não receber a Copa-2014 preocupa os deputados estaduais. Na sessão de ontem, vários parlamentares des­­tacaram que o Paraná não pode abrir mão dos benefícios que o estado terá por sediar o Mundial. Luiz Claudio Romanelli (PMDB) defendeu o projeto de lei de sua autoria que estabelece que a Copel disponibilize R$ 40 milhões para obras na Arena por um contrato de concessão de direito de nome – o estádio se chamaria Copel Arena.
“Trata-se de um investimento em publicidade. Portanto, não é uso de dinheiro público em algo privado”, defende. Apoiado pe­los colegas, Romanelli fez um apelo ao presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, deputado Durval Amaral (DEM), para que nomeie o relator do projeto para que a proposta tramite.

3 comentários:

esou disse...

40 milhões de reais já é considerável, mas faltam muito para fechar a conta. Tem que haver mais um deste quilate.

Talvez a isto juntando o proposto potencial construtivo do município consiga completar a verba.

Vamos ver a idéia do sr Petráglia!

Luiz Andrade disse...

Em tempo, eu também descondio que se trate de um blefe, mas aí seria mais mesmo assim seria mais um motivo para aceitar a oferta.
Não esqueçam o fator Ricardo Teixeira, ele simplesmente limou o SPFC (Morumbi) da Copa por causa da eleição do Clube dos 13 e nós votmaos do mesmo modo que os são-paulinos. Se derem motivbo ele passará a canetas com alegria.

Anônimo disse...

Ridículo o posicionamento da Gazeta do Povo verde, diria moleque mesmo. Ontem chegaram a postar após o meio dia que as 14hs teria um pronunciamento do Ricardo Teixeira sobre a retirada da Arena. Hoje com o rabinho entre as pernas sumiram com a "notícia" do ar... devem ter sentado em cima, CHUPA!!!
Eu não compro esta merda de jornal nem para casos de falta de papel higiênico.
Titio Enéas, que para JUVENIL não serve...