sexta-feira, 28 de maio de 2010

Paulo Goulart, um atleticano

Paulo Goulart, à esquerda, entrega prêmio a sócio do CAP: ator foi supervisor
da revista Cartola e trabalhou no projeto de reforma do Joaquim Américo.
Hoje, quase 50 anos depois, confessa: "sou atleticano de coração".

Dando uma olhada na revista Cartola, publicada em 1963, deparei-me com um nome conhecido no expediente. Lá está escrito: "Órgão oficial do Clube Atlético Paranaense. Supervisão: Paulo Goulart".
Logo achei que se tratava de um homônimo do famoso ator.
Mas quando vi a foto ao lado não tive dúvidas: era ele mesmo, o Paulo Goulart das quarenta e tantas novelas na TV, das dezenas de filmes no cinema, aquele que empresta o vozeirão ao leão de Crônicas de Nárnia. Na imagem ele aparece, ao lado do presidente do clube à época, Pacheco Neto, cumprimentando um sócio quer havia sido "o feliz vencedor de uma geladeira GE 12 pés, superluxo" num sorteio.
Daí pensei: mas que raios de relação o grande Paulo Goulart tem com o Atlético, afinal de contas?
Fui pesquisar e acabei descobrindo que ele e sua esposa Nicette Bruno moraram em Curitiba por alguns anos na década de 60, onde tiveram seu segundo filho. Por aqui, Paulo trabalhou na empresa de seu pai. E um dos projetos que ficou sob sua responsabilidade foi a remodelação do estádio Joaquim Américo. Quase quatro décadas antes do sonho de Mário Celso Petraglia virar realidade.
Além disso, Paulo ficou também responsável pela comercialização publicitária da revista Cartola.
Claro, para ter certeza de que a história era mesmo essa precisava ouvir a versão do próprio Paulo Goulart. E ele contou ao Blog da Baixada, por e-mail, como foi essa passagem por Curitiba e a ligação com o Furacão:
"Oh, Guerrilheiro!
Eu também sou curitibano e atleticano de coração.
Aliás, curitibano é meu filho que nasceu ali na Vicente Machado.
Realmente vivemos em Curitiba uma fase de vida muito significativa.
Nossa relação com o Atlético nasceu em virtude da remodelação do estádio, que acabou não acontecendo. "Coisas do futebol": mudanças de diretoria, etc.
Tenho o privilégio em torcer pelo Atlético no Paraná, Fluminense no Rio e São Paulo em São Paulo.
Nas cidades onde "se vive", como eu, temos um clube. E o futebol fica acima de qualquer paixão clubística.
Um abraço,
Paulo Goulart."
Taí. Mais uma história curiosa sobre o passado do Atlético e mais uma personalidade que nutre um carinho especial pelo Furacão.

10 comentários:

Anônimo disse...

Sensacional, Guerrilha! Por esse tipo de coisa que o blog segue como leitura absolutamente indispensável para qualquer atleticano. E, arrisco dizer, como melhor site rubro-negro na atualidade.

Grande Paulo Goulart!

Anônimo disse...

Grande Paulo Goulart! Reze "seo" Paulo. O LN vai dirigir o time! Contra o Inter! No Beira Rio! PQP! O "cara" sabe menos que qqer técnico de arquibancada! "tamo" ferrados! E ainda é prepotente! "Sou funcionário e vou cumprir meu dever!" Aiiiiiii! Essa pegou pesado! Galera: vamos pelar os joelhos de tanto rezar! Vai PB, Branquinho, Bruno mineiro, Neto...etc! Quem sabe? Vcs tem que decidir! Porque o LN vai tentar estragar tudo!

Fernanda disse...

Jóia de post, Guerrilha!

Andre disse...

Muito bom! Legal é saber que o CAP, já naquela época tentava fazer ações de marketing para se levantar e sair do buraco...me impressionou isso...semprei achei que durante todo esse tempo, éramos "conformados" e nada era feito para estimular a nação rubro-negra a ajudar o clube. Parabéns Guerrilha...essa aí tirou do fundo do baú mesmo!!!

Paulo Goulart, Santos Dumont, Paulo Leminski...esse é o tipo de torcedor atleticano minha gente!

Flávio Jacobsen disse...

E o Dalton Trevisan e o Cristóvão Tezza, nas letras... ;)

Felipe José Pacheco disse...

Ola Guerrilheiro
Tenho com certeza mais uma revista do cartola e outros materiais referentes ao nosso Atlético, posso escanear e mandar pra voce, como eu faço? Caso tenha interesse! Meu pai é o presidente José Pacheco Netto que aparece junto ao Paulo Goulart na foto, que na verdade chama-se Afonso. Agradeço a atenção dispensada.
Felipe José Pacheco

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Olá Felipe, que maravilha! Entra em contato comigo pelo e-mail guerrilheiros.da.baixada@hotmail.com

Abraços!

jorge disse...

Parabéns pelo post,muito boa a história!

Paty disse...

muito bacana =)

Anônimo disse...

oi teste