terça-feira, 18 de maio de 2010

A frase

Clube grande não é tubo de ensaio. Clube grande pensa grande. O segredo é esse. Custe o que custar.
Do jornalista Lédio Carmona, em seu blog.

26 comentários:

Anônimo disse...

Só que o nosso presidente pensa pequininho, pequininho, pequininho.... ele está transformando o nosso furacão em time de terceira divisão!!

Anônimo disse...

Traduzindo: clube grande tem a Globo, STJD e a juizada nas costas, verba vários milhões acima dos "emergentes" e aí a festa está feita, nem administrar precisa saber.
Enéas

Anônimo disse...

Presidente trouxe o Wagner Diniz, parece ter acertado.
Trouxe o Branquinho, parece ter acertado de novo.
Precisa fechar mais uns dois logo.
Deixa o homi trabaiá!
Enéas, sem xilique cornetarada!

Antonio disse...

Sabe do que mais? Concordo com o anônimo aqui de cima e com o Enéas.

Wagner Diniz e Branquinho foram, a meu ver, ótimas contratações (apesar de estarmos precisando de muitas outras). Além disso, a juizada que apita os jogos do Atlético está cada vez pior e descaradamente bandida! Fora que no último jogo contra o Corinthians a Globo não mostrou nada...

Só reafirmo o que comentei nos posts anteriores: o Niehues não pode treinar um clube que nem o Atlético. Ele que volte pro cargo de auxiliar técnico e que a diretoria contrate alguém experiente. Como disse Lédio Carmona, clube grande não é tubo de ensaio.

Saudações.

Anônimo disse...

Se vc pensar pequeno, jamais será grande, só que o Malucelli pensa pequeno demais!!!

Anônimo disse...

E tem o Manel voltando daqui a pouco, Clayton, tem nada perdido não.
Enéas, de cara com a morte do Dio, isso sim algo lamentável

Anônimo disse...

Pensar pequeno é ser pessimista, derrotista. É ficar falando aos 4 ventos que a segundona nos espera, temos futuro sombrio.
Em suma cantar a morte antes de anontecer.

Geca disse...

Já falei outras vezes aqui... não concordo que somos time grande no cenário nacional. Não estamos no patamar dos ditos "grandes". Time grande acumula títulos grandes, expressivos... não estamos nem perto disso. Já fomos aspirantes a grande... 2004, 2005... e depois sucumbimos a nós mesmos e a pressão do eixo. O Atlético precisa se fazer grande, aí torna-se desnecessário ficar gritando "somos grandes", como muitos insistem em fazer. Certo de que serei ripado por isso, mas convicto de minha concepção, digo: independente do tamanho de um time, pensar grande, agir com denodo, perspicácia, ousadia são características de quem quer ser grande... isso está em falta na nossa diretoria, que se encolhe. Temos tudo que os times "grandes" do Brasil não têm: a maior e melhor estrutura, o melhor estádio e uma torcida fanática, apaixonada e presente... das mais vibrantes do país. Só nos faltam os títulos e dirigentes que compreendam que futebol é nossa prioridade, porque no resto, somos imensos.

Concordo contigo Enéas, além do CAP na draga que está, a morte do DIO é de se lamentar. O "roquenrou" perdeu mais um... e os pagodeiros tão por aí se proliferando... rs.

E como disse o furaconense anônimo aí acima, apesar de nossas limitações dá pra ser um pouco otimismo. Quando conseguirmos meter os 11 titulares em campo, temos um bom escrete. Tomara que os caras vistam junto com a "peita" rubro negra a tal da raça também, lá "em galo". Longe da paixão, analisando os 2 jogos do brasileiro, arbitragem e falhas imbecis de nossa zaga, além de jogadores de peso ausentes, não fomos tão mal. O que pesa é que já estamos na expectativa de contratações e vitórias há algum tempo. Aí a galera mistura tudo, frustração com derrota e dá nesse desespero todo.

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

TEM QUE MUDAR AS PESSOAS. NÃO AS REGRAS. LEIS JÁ HÁ BASTANTE. BASTA CUMPRI-LAS.

ANÔNIMO DAS 08:48 ATÉ NOSSO QUERIDO DIRETOR DE FUTEBOL FICA FALANDO QUE O FUTURO É SOMBRIO. IMAGINA SE OS TORCEDORES, QUE SÃO APAIXONADOS, NÃO VÃO FALAR. A SEGUNDONA ME ASSUSTA, POIS SERIA UM ENORME RETROCESSO. MAS É LÓGICO QUE NOSSA TORCIDA NÃO IMPORTARIA A DIVISÃO.

TEMOS QUE TORCER PARA QUE O CLAYTON VOLTE BEM. E SE DEDIQUE COMO SE DEDICAVA ANTES. HONRANDO ASSIM, O ALTO SALÁRIO DE TODO O TEMPO QUE FICOU PARADO.

KLEBER, O INCEDIÁRIO, FOI PARA O GÓIÁS, COM O INTER PAGANDO PARTE DE SEUS SALÁRIOS... UM BOM NEGÓCIO PARA O GOIÁS E NÃO TÃO CARO DEVIDO A AJUDA DO INTER.

APESAR DE ALGUNS SEREM CONTRA, ACHO QUE DEVERÍAMOS INVESTIR NO CORAÇÃO VALENTE.

A DIRETORIA PODERIA LANÇAR UM DESAFIO TIPO 1000 SÓCIOS A MAIS E CONTRATAMOS O WASHINGTON.

LI ESTES DIAS NÃO LEMBRO AONDE... "QUE BRANQUINHO ILUMINE ESTA GRANDE ESCURIDÃO"...

TORCER. SEMPRE. É O QUE NOS RESTA.

ADELANTE HURACÁN!

Daniel Klein disse...

Se trouxer o Washington, dispensa o Alex Mineiro. Com o salário do Alex dava pra trazer mais um Branquinho.

Luiz Andrade disse...

Concordo com o Enéas. Como só para a morte não há jeito, muito triste (para quem fica) a morte do Dio. Foi Fazer um dueto com o Bon Scott.

sandro_santi disse...

“Clube grande não é tubo de ensaio. Clube grande pensa grande. O segredo é esse. Custe o que custar.”
cada um interpreta da maneira q lhe convem ... eu acho q está frase deveria estar num outdoor na frente da baixada ....

Anônimo disse...

o inter, gremio, cruzeiro, atletico mg, não tinham tanto prestigio quanto aos clubes do eixo do rio e sp, hoje eles são grandes, porque sempre pensaram grande, com esta nossa diretoria até o avaí vai nos ultrapassar.

Anônimo disse...

Estamos experimentando com um presidente sem Know How, começa por ai o tubo de ensaio.

O mesmo para nivelar o futebol ao plano do administrativo contrata o tecnico do Jota malucelli e banca o cara.

se ele está contratando agora (maio de 2010), pra mim tarde.

Pois votei em dezembro de 2008, ele tomou posse em janeiro de 2009, foi campeão com o time de 2008. desmanchou a base e fez 2 contratações boas em 2009, quase caiu, não classificou para a sula, insistiu no erro, perdeu o paranaense, não venceu o cocha, nem o iraty, já está a 6 jogos sem vencer e insiste no tecnico tão amador como ele.

Vou concordar com o unico profissional da gestão, o não atleticano porém incompetente Ocimar Bolicenho.

"Vejo um futuro Sombrio para 2010!" no laboratorio do professor pardal amador Marcos malucelli.

E vamos assistir a tudo isso calados.

o Eneas vaia apoiar.

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

HOJE NÃO SOU EU CRITICANDO...

MAS TEM MUITA GENTE INSTISFEITA COM O MM, ISTO TEM...

CONFESSO QUE SONHEI SER O MILAN BRASILEIRO. HOJE TORÇO PARA NÃO REGRESSARMOS AO TEMPO DE MIJAR COM UMA MÃO NA PAREDE DO PINHEIRÃO E NA OUTRA SEGURAR UM PÃO-COM-BIFE.

Anônimo disse...

Os eneas da vida acham que tudo vai bem com a péssima administração do amador MM (olha o futuro sombrio!!!!)

Anônimo disse...

Sem comentários, querido anônimo da vida.
Enéas

Anônimo disse...

Sem comentários, querido anônimo da vida.
Enéas

Anônimo disse...

isso eneas, não comente.

varios aqui já notaram que você é um paga pau dessa diretoria ridicula.

um anti progresso, com seu discurso vazio dos 30% a favor dessa mediocridade instalada na Buenos Aires em frente a praça afonso botelho.


Vai ouvir seu dio ou use um diu e pare com essa TPM.

se tirar uma radiografia do saco do MM encontraremos o Maxilar do eneas, nem a esposa aguentou o MM e pediu o divorcio, largou o cabeça branca por ter um caso com o Eneas.

Anônimo disse...

Sabe eneas da vida , se vc fosse um cara um pouquinho inteligente deixaria de defender esta diretoria medíocre ou vc é parte desta mediocridade!!!

Gustavo GR disse...

Realmente, o pior fato do ano, foi a morte da Voz do Metal, Ronnie James DIO. O Guerrilha poderia por um Holy Diver ou um Rainbow in the Dark na Jukebox.

Agora, quanto ao time, a Diretoria parece que começou a acordar. Logico que eu acho dificil, mas se confirmar a vinda do Washington e de mais uns 2 reforços (como os citados Madson e Carlinhos Paraiba), começasse a ter de dar credito a MM. Vieram Wagner Diniz, que me parece um bom jogador, e Branquinho, que era uma unanimidade, pois depois da final do paulista, diriamos que ele jogaria em qualquer time do Brasil. Se essa Diretoria conseguir trazer esses reforços e conseguir fazer com que o CAP faça um campeonato digno, já merece um voto de confiança. Acho MUITO dificil a vinda de um Madson, por exemplo. Seria um belo reforço, pois nao temos um jogador rompedor como ele. Que vai para dentro de uma defesa, por exemplo. O Washington, na minha opiniao, é muito melhor que um Toledo, por exemplo. E o Carlinhos Paraiba é melhor que qualquer volante que nós temos. Seriam reforços que tornariam o elenco competitivo. Restaria apenas saber se o Leandro Nihues saberia como comandar esse elenco. Na minha opiniao, ele ainda esta muito cru para ser tecnico de 1ª Divisao.

Corneta centauro 1 disse...

Realmente não somos grandes no cenário nacional mas poderiamos ser no minimo eficientes. Acontece que nosso presidente é de uma familia que costuma dirigir clubes de futebol apenas por hobby pessoal e indiferente aos torcedores, chama amigos pra ajudar mesmo que esses venham de times pequenos e falidos tipo Paraná clube por exemplo e claro, sem compromisso com a vitoria. Time grande pra mim não existe. Existem
sim times de massa, cujos torcedores compram seus produtos e dão retorno a investidores e patrocinadores. A equação é simples; Quanto mais torcida, mais jogos transmitidos, maior exposição e bla bla bla... Esses clubes não alcançaram isso numa reunião a portas fechadas e sim sendo eficientes e vencendo campeonatos ao longo dos anos. A eficiência gera exposição. O menino que ainda não tem time pra torcer quer vibrar com um time vencedor e isso o Atletico não faz mais. Nem mesmo Atletiba nós vencemos. Por isso pouco importa se somos grandes mas poderiamos ser eficientes mas ai resta uma questão. Qual intenção do nosso Presidente ? Que ele pensa pequeno, é medroso e apenas pulou e freiou uma carroça que já andava devagar, não tenho duvidas mas podia pelo menos contrar alguém com vontade de vencer, eficiente e capaz de tornar o CAP grande pelo menos pra nós atleticanos.

Ps: Me coloca de presidente, o Geca para diretor de futebol e o caveirinha de Toledo como acessor de imprensa pra ver se não vai a coisa rs...rs...rs

Geca disse...

Furaconenses confrades...
parece que o Manoel foi liberado... efeito suspensivo conseguido pelo Moro. Vide blog da Nadja.

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

Corneta centauro 1 ... VC ESTAVA INDO BEM, MAS NO FINAL...

NÃO SOU MARKETEIRO COMO UNS ERRADAMENTE ME CHAMARAM. NÃO TENHO CONDIÇÕES NENHUMA DE ASSUMIR QUALQUER COISA NO ATLÉTICO (TÔ QUE NEM O MM!!). AGORA QUE EU IA DESCER O SARRAFO COMO ACESSOR DE IMPRENSA EU IA... PRINCIPALMENTE EM UMA REDE DE RÁDIO QUE É MELHOR NEM FALAR E EM UNS COMENTARISTAS GAYÚCHOS E LOBOS EM PELE DE CORDEIROS, QUE TORCEM CONTRA O FURACÃO DESCARADAMENTE, EU IRIA...

SOU APENAS UM LUNÁTICO TORCEDOR QUE AMA MUITO O FURACÃO MESMO DE LONGE.

PREFIRO CONTINUAR INCOMODANDO ALGUNS DAQUI DE LONGE...

AGORA QUEM TIVER CONDIÇÕES E DISPONIBILIDADE DEVE SE CANDIDATAR POIS PRECISAMOS DE GENTE NOVA. E MAIS DO QUE ISTO, GENTE QUE REALMENTE AME O CLUBE E NÃO PARANISTAS E GENTE INTERESSADA EM + EM DINHEIRO DO QUE NO CLUBE.

Anônimo disse...

Este Centauro... hahaha!
Para mim o Time Grande é time que tem "poder" sobre grande massa, portanto time de massa.
CAP é apena time de massa em Curitiba, logo é Grande aqui, somente aqui.
Querer comparar CAP com um Flamengo, um Corinthians de SP é covardia. Temos que nos comparar com clubes tirando os 4: SP,RJ, MG e RS.
Aí somos Grandes...

Fernanda disse...

O Atlético é campeão brasileiro, o título de 2001, nos colocou entre os grandes; É pouco se nos comparamos aos times de massa, campeões mais vezes, mas bem sabemos o que representou para nós a conquista deste título. Passamos a aspirar grandes conquistas, e em 2004, fomos vice-campeões, em 2005 lutamos pela Libertadores e foi sensacional. E aí passamos a viver neste tubo de ensaio, abusando das experiências, o que não tem trazido bons resultados.
Acho que todo clube que se consagrou campeão brasileiro tem que dar um jeito de manter um bom time, e competir com dignidade, pois certamente tem uma grande torcida para honrar...
Falando do Atlético, estamos cientes que ninguém além de nós, quer nos ver campeão, mas não por isso devemos nos colocar como coitados desprestigiados, e nos contentarmos em escapar do rebaixamento todo ano, precisamos incomodar e buscar melhores colocações, tentar nos manter no ponto mais alto para não acabar em escala descendente. Vejam a situação do coxa, coisa horrível que é, campeão lá atrás e atualmente, numa decadência total, crescemos o suficiente para fazer mais!

Sds