segunda-feira, 29 de março de 2010

Palavras de um mestre

Texto de Armando Nogueira para o Jornal do Brasil, publicado em 26 de dezembro de 2001, e reproduzido hoje pelo site oficial do CAP:
Espelho pra seleção

Futebol assim lava a alma. Duas equipes empolgantes. Duas torcidas solidárias e, sobretudo, civilizadas. Ninguém morreu, ninguém matou. O jogo final até que ficou devendo em beleza técnica. Cumpriu-se a intenção do Atlético Paranaense. O time não quis correr maiores riscos. Como sabia que seria atacada inapelavelmente, tirou partido de uma arma que sempre manejou muito bem, que é o contra-ataque.

O desfecho da partida já era esperado. O placar de 4 a 2, da Arena, como que selara a sorte do título. Os jogadores do São Cateano confessavam, à saída do vestiário: nós perdemos o campeonato em Curitiba. Palavras do lateral Mancini. Verdade pura. A charada da partida era facilmente decifrável. O Atlético Paranaense, pra sair campeão, não precisava nem de um gol e, no entanto, tinha, em campo, uma dupla de artilheiros dos mais temíveis da temporada: Kleber e Alex Mineiro. A qualquer momento, um deles daria o ar de sua graça. Já o São Caetano, que necessitava ao menos de dois gols, não dispunha sequer de um goleador. Afinal, Magrão não é do ramo. Ele é apenas um discreto cabeceador, extremamente limitado com a bola nos pés. Deu no que tinha que dar: Alex Mineiro, um a zero, crismaria o campeão.

Pela trajetória ascendente, fenomenal da equipe. Pelo esplendor da torcida, ruidosa e pacífica, retocada de rostos bonitos e saudáveis ("Ah, como as mulheres são lindas/ Inútil pensar que é do vestido", como diz Bandeira). Pela alma vertiginosa da camisa atleticana. Pela cara fechada do implacável Alessandro. Pelo elã de Adriano. Pela tormenta que desaba no campo, ora, com Kleber, ora, com Alex.

Enfim, pela dimensão festiva que os dois finalistas devolveram ao futebol, só me cabe pedir, de Natal, que a seleção dispute o mundial 2002, com uma equipe exatamente assim. Nada menos, nada mais que assim. Do princípio ao fim.

•••

Saudades de 2001. E do Armando Nogueira.

29 comentários:

esou disse...

Armando Nogueira foi O Comentarista, retratava com rara perfeição as glórias de um Time Campeão.

Isento de maldade em seu coração, nunca o vi ou ouvi tecendo críticas destrutivas de alguma entidade ou de atletas.
E,
Alguém lá em Cima não quis esperar mais e o chamou para perto de si.

Vá com Deus, "irmão", você deixou aqui para nós o seu legado: Exemplo de como devemos olhar o esporte Futebol.

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

ARMANDO DIZIA QUE MAIS IMPORTANTE QUE A NOTÍCIA É A OPINIÃO.

NUNCA TENTO IMPOR A MINHA OPINIÃO E RESPEITO A DE TODOS. MAS CADA UM PODE PENSAR DE UM JEITO, ISTO É DEMOCRACIA! NINGUÉM É MAIS ATLETICANO QUE NINGUÉM.

HUMILDADE JÚLIO, É P/ POUCOS...

AS CRÍTICAS E OPINIÕES (AINDA QUE ERRADAS COMO NO CASO DO BRUNO MINEIRO QUE RECONHECI) SÃO PARA QUEM SABE UM DIA VIVER DE NOVO O QUE VIVEMOS EM 2001.

NAQUELE DIA APESAR DE NOVO PODERIA MORRER EM PAZ. A INFÂNCIA INTEIRA TIVE QUE ATURAR AQUELA ESTRELINHA NA CAMISA DOS PORCOS VERDES EM QUALQUER DISCUSSÃO.

Anônimo disse...

Caveirahhh não sou o Júlio, mas que tal largar mão de caixa-alta? Na Internet é tido como falar gritando e quem é que gosta disto fora do campo? "Reconheça" isto, mostre mais educação usando caixa-baixa, sei que você pode.
Outra coisa que irrita a gente é este tipo de fala que tenta dar educação:"HUMILDADE JÚLIO, É P/ POUCOS..." que dá de entender que ele não a tem.

Anônimo disse...

mas em 2004 o Armando Nogueira não poupou sua torcida contra o clube da arena da baixada, 2004 que nos daria um Bi Campeonato brasileiro, para Armando na época só existia o Santos do Wanderlei robinho e cia.

Torceu contra... desceu a lenha na gente!

João disse...

Post para ser guardado.

Tiago disse...

Caveira, o anônimo das 21:59 está correto, a caixa alta, na internet, é como você gritar no mundo real. Vc fala em humildade, sendo assim seja humilde e comece a escrever com a grande maioria aqui ( em letras minúsculas ). Vc não precisa gritar p ser ouvido. Falou???

CAVEIRAHHH DE TOLEDO-PR disse...

CADA UM ESCREVE DA FORMA QUE QUISER E FALA O QUE QUISER. É SÓ NÃO LER OS TESTOS EM CAIXA ALTA E PRONTO!

Tiago disse...

Caveira, agora realmente você mostrou sua verdadeira cara: PREPOTENTE , tal qual o ex presidente que vc tanto ama. Cade a tal humildade que vc falou para o Julio, meu caro. E vc está totalmente enganado meu caro, pois o teu direito acaba quando começa o direito do outro. Dei um toque p vc com educação, mas vc está demonstrando a sua verdadeira cara e intenções aqui no blog: TUMULTUAR O AMBIENTE ( assim... gritando como vc gosta ). Outra coisa, TEXTO se escreve com X.Vou seguir teu conselho: não vou ler mais nenhum de seus TEXTOS.

Junior zona sul disse...

KKKKKKKKKKK... Caveirahh esta totalmente queimado entre a massa. Acho q se ele virasse torcedor verde e branco se daria bem. Afinal de contas sao os porcos la do esgotao que gostam de se aparecer e se achar o maioral.

Anônimo disse...

Caveirahhhh... Sem educação, arrogante, desavergonhado, amaldiçoado, ignorante, não sabe quem é a mãe e o pai é desconhecido, nasceu da mistura entre mijo e merda.
Sabem aonde?
No Esgoto Pereira.

Anônimo disse...

Ei caveirahhh, já mandei você tomarno cú hoje???

SRN

Diego disse...

Querido colega Caveirahhh (como diria o Gil Brother): Você não aguenta 10 minutos de porrada comigo.

Abraços.

Julio disse...

Será que Pepe e Bruno também transformarão nosso ataque em poesia? Espero que sim!

lUIZ aLVES disse...

ARMANDO NOGUEIRA ETERNO

Anônimo disse...

Mauro Bettimg, Ze Beto, Armando Nogueira, Mafuz e o eterno "Caveirinho de Toledo", este blogg é o mais eclético

Aparecido jose disse...

Prefiro ler os "testos" do Caveira doque ficar lendo os "textos" xaropes que o criticam. Se é caixa alta ou baixa tem ali uma opinião que nem sempre concordo, mas é uma opinião, bem melhor do que as xaropadas...

Anônimo disse...

Aparecido Jose, o xaropão aqui é você. Dê as mãos para o Caveira, e volte p tumba com ele. Vc é outro corneteiro xarope. Deve ser primo do caveira.

Anônimo disse...

Aparecido Jose
Concordaria contigo se o que aquela besta de Toledo expressasse aqui fossem opiniões.
Te digo, não são opiniões, mas a simples vontade de criticar.
Jogar pedras não significa colocar argumentos na mesa e discutí-los.
Titio Enéas, que sabr que "a unanimidade é burra", mas "a voz do povo é a voz de Deus"? Então esse tal caveira gritão é um babaca "ignóbel" paspalho mesmo.

Anônimo disse...

Matou a pau...

Anônimo disse...

O melhor meio é ignorar os comentários e não fomentá-los com críticas ácidas. Ao invés de um espaço para comentários só vejo uma guerra contra o Caveira de Toledo.
Não parto em sua defesa, pelo contrário, muitas vezes não gosto dos seus comentários, mas essa repulsa é deveras exagerada e pode ferir o princípio inicial de democracia e respeito desse blog.

aeseixas disse...

Ao imortal Armando Nogueira, as condolências de todos os atleticanos.

Anônimo disse...

ARMANDO ETERNO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Caveiraaaaa Otario, Caveira Otario!

Anônimo disse...

sai fora caveirinha paquita, vai torcer na série B pro teru timinho, seu coxa viado

Anônimo disse...

Armando o que?

o mesmo Armando que armou contra o CAP em 2004 e 2005?


torcida desunida e com memoria curta é o ó do borogodó...


Menos, não pago pau pra quem só se lembrou da gente uma unica vez (não poderia ser de outra forma, vencemos o campeonato) em mais de 65 anos de carreira.

ele cagou na cabeça dos atleticanos em 2004 e 2005

Anônimo disse...

Caveirahhh eterno...otário!

Anônimo disse...

Falou o titio enéas exemplo de jogar as coisas na mesa para debate...

affff!


sujeitinho pretencioso, que não faz nada além de babar ovo para o dono do blog e criticar sim o comentario ou opinião de outros (e fala dos outros)

titio eneas um poço de humildade
(um engodo metido a sabichão)

Anônimo disse...

Realmente esse negócio de Caveira x Outros está muito chato. Vc entra nos comentários para ler alguma coisa sobre o tema - no caso, o texto do Armando Nogueira - e a maioria das mensagens trata de uma rivalidade que o tal Caveira fomenta, e todo mundo cai, resultando em agressões verbais, sem sentido. Deixem o Caveira falar sozinho, que é a melhor resposta. Vamos nos concentrar no Atlético, e nos textos, e não perder tempo com bobagens. Saudações rubro-negras.

Anônimo disse...

Exemplos manézão das 23:32????