segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Lembranças da infância de um atleticano






Futebol Cards Ping-Pong. Sucesso entre a piazada no fim dos 70s e começo dos 80s.
Alguém aí se lembra?

34 comentários:

Anônimo disse...

Lembro-me de todos, pois frequentava a antiga baixada nos jogos, os jogadores de hoje talvez nenhum seria titular naquela época!!!


Vovô Loi

Dindo disse...

Também lembro de todos, pois eu já era grande, hehehe.
Roberto Costa, Didi e Nivaldo, são os destaques destas fotos.

roderley disse...

Tbém lembro muito bem, inclusive tinha essa coleção que infelizmente perdi com o tempo, feliz aquele que ainda possui essas reliquías de nosso passado que na época era sofrido mas ali que se formou a torcida mais fanática do Brasil.

roderley disse...

A coleção é sua guerrilheiro?

roderley disse...

Aproveitando a ocasião desse nosso passado nem tanto vitorioso mas onde o orgulho de ser atleticano sempre prevaleceu, quem puder dar uma olhada no site da Fanáticos e ver o texto "palavra do presidente" onde o Julião relata sua viagem para Vilhena e ali podemos ver um pouco no que está se transformando o mercenário mercado do futebol onde jogadores jogam pelo seu salário em dia e esquecem do porque que estão ali.
Velhos tempos onde os jogadores e torcedores tinham um objetivo em comum.
O futebol só existe até hoje por nós torcedores que somos a razão de tudo isso, mas independente de qualquer coisa não abandonamos o barco nunca.

saimon_megamass disse...

Caracas
preciosidade!!

Eh sua Guerrilheiro!!!??

Luiz Andrade disse...

Que bom. Talvez ensine a alguns que já eramos um grande clube,mesmo antes de 1995.

Julio disse...

Estas fotos me remeteram a época que eu era riança e brincava nos tratores e no castelinho da praça em frente a Baixada...

Anônimo disse...

O Luiz Andrade é um brincalhão! Grande clube? Olha a Baixada lá atrás: linda, nostálgica, honesta, histórica, mas era quase o que hoje é o Campo do Capão Raso!

E o time? Uns pangarés, com todo o respeito, exceções feitas ao Roberto Costa, ao Augusto e ao Nivaldo.

Algum de vcs poria em campo esse time??? É preciso respeitar o passado, mas não sermos cegos!

Guilherme disse...

Como disse o Julio... me lembrei da época que brincava na praça da baixada naquela patrola(trator)que ficava lá!

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Saimon e Roderley

A coleção não é minha não.

achei aqui nesse site:

http://www.cardspingpong.com.br/

Foi ali que descobri também que o jogador de futebol mais feio do mundo em todos os tempos jogou nos coxas - só podia! Chamava-se Chico Paulino.

RAFAEL LEMOS disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rafael Lemos disse...

Guerrilha,

Fabulosa esta postagem dos cards, como de resto é fabuloso, sempre, o seu blog. Mas peço que retire o comentário aí de cima, pois a opinião do meu "homônimo" não condiz com a minha opinião, até porque muito mal educada a mensagem dele.

Forte abraço

Rafael Lemos

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Opa, já retirei o comentário do seu "clone".

Abs!

Rafael Lemos disse...

Obrigado, Guerrilha!

Aquele abraço e, mais uma vez, parabéns pelo Blog!

Rafael Lemos

Anônimo disse...

Olha eh o seguinte lembro-me muito bem deste time, era muito bom, Nivaldo, Didi, Rotta, Gerson Andreotti, Augusto Boiadeiro lateral esquerdo, Oliveira Zagueirão junto com Silveira..pô este time eh bem melhor do q temos hoje, pelo menos do que estão jogando.

RaPHael Lemos disse...

Guerrilha, escrevi meu nome errado.
Sou RaPHael com PH e não RaFael.

Então, reitero a mensagem excluida, agora de forma mais adequada. Espero que V. Sa. libere o texto abaixo:

"Manda esses cards pro Petraglia. Acho que ele vai higienizar a própria cavidade pós-intestinal com esses belos cards."

Abraços ao grande Rafael Lemos, aquele "das antigas..." e nao ao clone que anda escrevendo dislates ultimamente...

Anônimo disse...

Este time ganhou reforços no final de 1981, sagrou-se campeão paranaense em 1982. Os reforços foram Lino (ex-Palmeiras) Jair Gonçalves (ex-Palmeiras) Sotter (ex-Palmeiras) Bianchi (Ex-Santos) mais um tal de Washington (ex-Corinthians) e Assis (ex-S.Paulo) alem de Capitão (Ex-Guarani) A UNICA COISA RUIM ERA O PRESIDENTE que não vou citar o nome. Mas tinha um Diretor de Futebol muito bom um tal Helio Alves, que assumiu depois as funções de tecnico.

Walduga Navarro

Anônimo disse...

Eram jogadores que suavam a camisa e ganhavam uma mereca, hoje paga-se muito bem para um cabeça de bagre (raul, gerônimo, walison, tarta, patrick, chico, rodolfo e muito mais para o chinelinhos) e os caras não ganham um jogo no interior.

Vovô Loi

Anônimo disse...

Observação ao Anonimo acima que diz que esse time era de Pangarés, esse time terminou o Campeonato Nacional (ex-Brasileirão) em 8º lugar e tá faltando o Joel centroavante revelação da época.

walduga navarro

Anônimo disse...

Vovô Loi,
A tesão de jogar o Paranaense era outra, hoje parece um torneião com estadios vazios e times de empresarios e fizer um amistoso com Vila Fany é melhor que jogar no interior.

Anônimo disse...

Vai um comentário
Oliveira gostava da Shibaba, e vivia fora de forma, era um baita zagueiro, revelação nacional etc até que:
Em um treinamento no antigo ginasio......
Helio Alves fez ele comer umas 500 gramas do Produto, falando que a PM tava esperando ele do lado de fora, como o menino melhorou falava o bruxo.

Anônimo disse...

O galera tenho um poster do bicampeão 82 83. Se quiserem publicar me avisem para onde mando.
eh so publicar o endereço

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

^
^
Manda pro guerrilheiros.da.baixada@hotmail.com que publicamos.

Anônimo disse...

Manda pra minha casa que penduro na parede, hehe
Enéas

Bruno disse...

Frase dita pelo Malucelli
"Esse ano faremos um campeonato brasileiro como há muito não fazemos!"
aiaiaiaiai, Presidente...a língua é o chicote da bunda hein...

Anônimo disse...

Lembro de tudo isso, também tive tudo isso, era muito bom. O Rotta era um ídolo e as lembraças da velha baixada estarão sempre vivas na minha memória. Legal puxar da nossa memória esses momentos. Abraço.

Rafael Lemos disse...

Raphael Lemos,(belo nome, aliás)...

Receba o abraço do velho Rafael Lemos, que nunca foi grande ao contrário do que vc gentilmente disse.

E receba o abraço do novo Rafael Lemos, que APENAS foi escrever noutro canal sob pena de ter de ficar calado para sempre.

Abraços

Rafael =D

Anônimo disse...

Caro Bruno
O MM tinha dito também que carimbaríamos o centenários dos ervilhas... até rebaixados os diabos foram, hahahaha.
Já o critiquei muito aqui mesmo, mas uma coisa tenho que reconhecer: ô língua afiada!!!
Enéas, lembrando do Augusto boiadeiro, será que o GUERRRILHA não consegue um vídeo do gol do meio campo que ele fez?

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Nessa época nem devia haver câmeras, Enéas...

Anônimo disse...

ROBERTO COSTA: Jogava muito e sempre foi muito regular. Quando foi para o Fiasco da Grama acabou na Seleção;
VALDIR: Lateral de muita força e muita porrada nos adversários;
Gilberto: Grande zagueiro, mas dava muitos sustos também;
PAÚRA: Era muito fraquinho. Que eu me lembre, nem jogou muito;
NIVALDO: Veio do Maringá um pouco tempo depois de ter se envolvido no acidente que acabou ocasionando a morte do zagueiro Valtencir do Colorado. Matei aula no CEFET para ir até a Baixada para recebê-lo junto com o Didi. Que festa!!!
PAULINHO CARIOCA: Ponta direita, era bem driblador e preparava muitos gols para os centroavantes;
ZIQUITA: Lenda viva. Jogou poucos jogos mas ficou na história. Sou um dos 50.000 torcedores que estavam na Baixada naquele 4 a 4 (tanta gente diz que estava lá que o público deve ter sido de 50.000...);
LOTTI: Foi a primeira vez que percebi que um jogador do Atlético poderia ir para a seleção. Lotti foi da seleção de juvenis do Brasil;
GERSON ANDRIOTII: Volantão, mas era bom de bola;
ROTTA: Foi meu ídolo. Até há pouco tempo atrás eu tinha o autógrafo dele. O baixinho veio do Iguaçu e era o motorzinho do time. Era um craque;
LULA: Ponta-esquerda que também veio do Maringá. Chutou um penalti na arquibancada na decisão de 78 contra os porcos. Depois mergulhou na piscina do PAVOC sem olhar e ela estava sem água. Ficou um tempão se recuperando e nunca mais soube dele.
DIDI: Veio com mais fama do que o Nivaldo mas não deu muito certo aqui. Lembro-me de poucas boas partidas dele;
ADEMIR: Não me lembro dele.
AUGUSTO: O fazendeiro. Tinha uma porrada que derrubava os zagueiros nas barreiras. A melhor coisa que me lembro dele é que foi trocado por Washington & Assis com o Inter.
OLIVEIRA: Era muito técnico e jogava muita bola. Mas o "fora-de-campo" impediu seu sucesso.
SILVEIRA: Não me lembro dele.
CADÊ O FLÁVIO PESCOÇO?

Obrigado por trazer de volta boas memórias com estes cartões, Guerrilheiro.

Quanto aos otários de plantão que ousam comparar com o time de hoje, se liguem.
Cada tempo é diferente, cada época tem seu próprio charme.
Memórias ficam para cada um diferentemente. Não esqueço os uniformes secando num varal perto da antiga entrada da Buenos Aires, da gente jogando clips com elástico na bunda dos bandeirinhas, das laranjas da curva do pinheiro.
Bons tempos...

Abraços saudosistas.

Charlie

Sandro Michailev disse...

E aí meu caro guerrilheiro, tudo tranquilo? Precisamos tomar mais algumas cervejas lá perto da Baixada... Eu, junto com meu irmão Rogério colecionamos tudo sobre futebol e principalmente sobre o Atlético. Há pouco tempo, porém com trinta anos de atraso conseguimos completar essa grande coleção... Vou te enviar a página com as figurinhas do Brasileirão de 1977 do nosso Furacão... Nela figuram Altevir, Alfredo e Catinha, dentre outros. Grande abraço e parabéns pelo blog.

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Dae Sandro. Maravilha, manda isso pra mim sim. Escaneia e manda pro e-mail guerrilheiros.da.baixada@hotmail.com

abs!

Anônimo disse...

è mesmo Guerrilha, hehehe
Quanto mais site do clube, hehe
Enéas