sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Novos patrocínios à vista

Da Gazeta do Povo:


Otimismo. Embora trabalhando em sigilo, a diretoria do Atlético Paranaense tem plena confiança de que a temporada 2010 será muito positiva dentro e fora de campo. As declarações agora vindas do departamento comercial e de marketing do Furacão corroboram esta postura, a qual deverá ser oficialmente definida em uma coletiva do presidente Marcos Malucelli, ainda sem data confirmada, mas provavelmente na próxima semana.

Principal dificuldade do Rubro-Negro nos últimos anos, as finanças do clube sofreram um ano de adequação em 2009. O momento de colher os louros pode ter início com a chegada de novos patrocinadores. Para os uniformes, depois da parceria com a Ambev para a Copa São Paulo de Futebol Júnior, a cúpula atleticana trabalha com quatro empresas, dentre elas a Philco, que patrocinou a equipe na temporada passada. Todavia, há uma expectativa que a estampa da Hypermarcas ou da Hipercard estampem as camisas rubro-negras em breve.

“Estamos trabalhando nestas negociações desde a metade do ano passado. Vivemos o momento final, finalizando os detalhes. O próprio mercado de marketing está aquecido, 2010 será um ano melhor não só para o Atlético. É um ano de Copa do Mundo, depois só se falará da Copa de 2014, no Brasil, e o conceito de patrocínio esportivo está amadurecendo junto às empresas”, disse o coordenador de marketing do Furacão, Nelson Fanaya Filho. A única certeza até o momento é que os valores do patrocínio deste ano serão melhores, podendo oscilar entre 30% a 40% de acréscimo nesta receita.

O Atlético trabalha com as mesmas referências dos mercados gaúcho e mineiro nesta busca por patrocínio. Se os uniformes deverão ter o patrocinador master até o fim de janeiro, outros poderão chegar até o final do primeiro semestre. A área das mangas seguirá com a HDI Seguros por mais um ano, com possibilidade de renovação para 2011. Restaria ainda a área na lateral dos calções e dos ombros, a qual também está em negociação com as quatro empresas que querem a estampa maior das camisas.

“Ainda não fechamos por conta dos valores, que ainda não alcançaram o que queremos. Temos um patrimônio, uma organização e uma história de conquistas que nos permite falar em um determinado valor, mas estamos negociando. As camisas nós queremos fechar até o fim de janeiro no máximo. Mas outras formas de receita também estão sendo negociadas, embora não existam datas definidas”, explicou o gerente de marketing, Roberto Karam. Se os uniformes terão novidades, a Ambev segue parceira em campanhas pontuais, dentro e fora da Arena da Baixada.

Naming rights também em andamento

Falando no Joaquim Américo, o estádio também segue sendo alvo de negociações em torno do naming rights, vago desde a saída da Kyocera. Todavia, antes da praça atleticana é o CT do Caju que pode receber um novo nome antes de maio, quando lá a seleção brasileira inicia a preparação para a Copa da África do Sul. Este fato singular valorizou o centro de treinamento, também visto com bons olhos pela diretoria no âmbito financeiro, diante da possível entrada de recursos.

“Esperamos mesmo um patrocínio para o CT antes da Arena, mas há um trabalho nas duas frentes”, comentou Karam. “O trabalho é para fechar os negócios no menor tempo possível. Essas propriedade do clube estão bem encaminhadas para gerarem rendas ao clube, é algo que os times tendem a explorar mais, o conceito de naming rights ainda é novo no Brasil. As empresas estão tendo consciência de que não estão patrocinando apenas um estádio, mas sim um equipamento de uma cidade. No caso da Arena as dúvidas envolvendo a conclusão estão atrapalhando, porém teremos boas novas. No CT tudo tende a ser definido bem antes de maio, para que possamos organizar tudo da melhor maneira. São negociações lentas, não é fácil”, complementou Fanaya.

Além das marcas Hipercard, Hypermarcas e Philco, os dirigentes garantem estar em negociação com outras empresas, nacionais e multinacionais. Boa parte destas negociações, a situação financeira do Atlético e as perspectivas futuras deverão ser abordadas pelo presidente Marcos Malucelli em coletiva na próxima semana. O otimismo também está ajudando o clube a resistir diante de investidas do futebol brasileiro e do exterior sobre alguns atletas do elenco.

15 comentários:

Marcelo disse...

Galera Rubro Negra, parece que o Galato foi emprestado, tomara que esta noticia seja verdadeira....uma chance para o Neto...

Tiago disse...

Será que os anônimos pessimistas de plantão e críticos da administração do MM, comentarão esta notícia ? Serão capazes de elogiarem um pouco as pessoas que hoje administram o CAP e são tão atleticanas como nós ? Fico feliz com esta notícia, pois ela vem em benefício do CAP. MM e Petraglias passam, mas o nosso Atlético é eterno.

Anônimo disse...

E oque todos queremos, mas em se tratando de MM fico com um pé na frente outro atras, pois até agora quase nada realizou do que andou falando, prefiro esperar...

Anônimo disse...

Eu so acredito vendo...falar bla bla bla é facil. Tem que chegar e anunciar o patrocinador quando já estiver fechado e não especulações que só geram expectativas frustradas.
Ate agora não vi nada do MM. Muito fraquinho.

Anônimo disse...

Karan é um falastrão que só sabe assistir jogo de dentro do campo. Até agora só falou e nada fez! Só vou acreditar quanto o contrato estiver assinado, se um dia isso acontecer...

Anônimo disse...

CONCORDO COM OS DEMAIS. SÓ ACREDITO QUANDO ESTIVER FECHADO O NEGÓCIO. ESSES FALASTRÕES NÃO MERECEM MAIS NOSSA CONFIANÇA. NÃO CONSIGO ACREDITAR QUE APENAS A 2 ANOS DA COPA DAS CONFEDERAÇÒES NÃO TEMOS AINDA UM PLANO DEFINIDO E FECHADO PARA A BAIXADA E SUA REESTRUTURAÇÃO, INCLUSIVE COM NAMING RIGHTS....PRA MIM ISSO CHEIRA A INCOMPETÊNCIA!

Cirillo disse...

OK, mas se for confirmada esta notícia quero ver os anônimos aí de cima postarem aqui dizendo que estavam errados em duvidar. Combinado??? Até parece que o pessoal torce contra, só p depois vir aqui e dizer : tá vendo como eu tinha razão ??? E isto tudo em detrimento de um futuro mais promissor ao nosso querido Atlético.

Anônimo disse...

Todos queremos o bem pelo nosso Furacão inclusive um presidente competente. Olha a nossa grandeza, merecemos algo melhor que MM e OB.

Anônimo disse...

O negócio é não torcer contra, mas esperar que o MM faça alguma coisa para engrandecer o nosso furacão vai ser deficil de acontecer!

Anônimo disse...

Querido Tiago
Feliz em ouvir que estão trabalhando nisto...
Feliz em perceber que perceberam que chega de ouvir o blá-blá-blá do MM, ninguém crê no cara...
MAS ainda vivo de resultado, quero ver para crer e depois gostar ou não.
Enéas, meio xarope hoje também, hehe

Anônimo disse...

Explicando o sentido do "xarope": parece que trabalham no sentido de dar uma resposta ao que se cobra "no dia", sem que as ações façam parte de um cronograma...
Pelo menos é o que parece as vezes, devo estar errado, mas não me convenço muito disto.
Titio Enéas, torcendo que dê certo, sempre!

Anônimo disse...

pelo jeito o time deste ano está ficando BEM MELHOR q o do começo do ano passado.....pensem nisso cornetas

Anônimo disse...

Para as viuvas do malú, o cara faz tanto cagada que nós temos que esperar a Copa do Brasil pra ver se o que ele fez é bom, porque o campeonato paranaense não serve como parametro.

Anônimo disse...

Moro em SP desde 2008, e sempre que posso retornar a saudosa Curitiba visito a Arena ou vou aos jogos. Em 2009 compareci ao jantar dos 85 anos, vi o infeliz Atletiba de 4 x 2, e estive no jantar das torcidas. E acompanho tudo que posso do Furacão, principalmente por este completo site. Fico chateado em ver tanta gente torcendo contra o próprio Atletico, seja falando do mal Dr. Mario Petraglia e outros ex-dirigentes, e principalmente dos atuais diretores que tanto se dedicam. Cada um teve seu tempo, erros e acertos. Acho que as críticas que tem cunho visivelmente político deveriam ficar para as eleições.
Segue outro texto
Edilson Groibert - São Paulo / Capital

Anônimo disse...

Logo que o Dr. Marcos assumiu, trouxe de volta muitos atleticanos de primeira linha que estavam fora, como Enio Fornea, Thiele, Geninho, Karan,Fanaya, Riva, Lopes e outros.Procurei saber deles através de outros conselheiros e diretores. Tive boas informações sobre o que já fizeram antes, em outros anos, e no ano passado atuaram bem, mesmo em condição precária. Muito não apareceu, mas sei que tiveram que assumir muitos problemas e corrigir para depois trabalharem melhor este ano, pelo Clube. Até onde sei a ambev foi um bom contrato e outros não foram ainda definidos por causa de valores abaixo da pedida.
Mas tenho certeza que teremos um bom 2010 em patrocínios e principalmente no time. Espero que voces apoiem por ai, de verdade. Aqui em SP`estamos apoiando até o time junior.
Edilson Groibert - São Paulo / Capital