segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Com o pé direito

Meus amigos, estamos de volta.
E o Atlético começou 2010 com o pé direito, conquistando uma vitória na estréia da Copa São Paulo de Juniores.
Tá certo que foi contra um time árabe, com gol de pênalti aos 46 do segundo tempo, e com um zagueiro adversário defendendo a meta porque o goleiro havia sido expulso.
Mas foi uma vitória.
Como nem eu nem os colaboradores do blog assistiram à partida, então segue a análise que Claudio Couto e Eduardo Caballero fizeram para o Fórum Furacao.com sobre o Furacãozinho, comandado pelo técnico Pedrinho Maradona:
•••
Para mais uma Copa SP as expectativas esobre nossas promessas são grandes. Primeiro jogo dessa edição do maior torneio de categorias de base do Brasil foi logo contra um time totalmente desconhecido, o Al-Hilal da Arábia Saudita.
Debaixo de um sol muito forte, um calor de mais de 37º graus, a equipe do Furacãozinho no geral não fez uma boa estreia. Há de se ressaltar porém que o time ainda tem muito a amadurecer na competição, principalmente no espírito de equipe.
O Atlético começou o jogo melhor, com algumas boas jogadas pela lateral direita, ameaçando o goleiro árabe em algumas oportunidades. Com a bola trabalhada, o ataque atleticano saiu com vantagem em vários lances sobre a defesa adversária, porém isso não resultou em lances eficazes.
Além do pênalti perdido no primeiro tempo, a arbitragem deixou de marcar outro em um lance muito similar minutos antes, o que prejudicou o Atlético na partida, assim como a conivência em jogadas perigosas da equipe adversária, que não economizou nos carrinhos durante toda a partida.
Individualmente, a equipe atleticana continuou superior no segundo tempo, porém em vários lances em que as jogadas poderiam ser trabalhadas rapidamente, os jogadores atleticanos exageravam, dando sempre um toque ou um drible “à mais”.
Destaques da partida:

1 - Luciano – Goleiro –
se portou bem nas saídas de bola, muito alto, passou confiança para a zaga atleticana e ousadia por dar um drible desconcertante em um atacante árabe depois de uma bola mal recuada ainda no primeiro tempo.
2 - Edgar – lateral-direito -
muito rápido e com habilidade. Faltou mais confiança para chegar mais vezes à linha de fundo. Teve um bom primeiro tempo, mas no segundo ficou apagado.
3 - Diego Petri – zagueiro –
muito alto, bem postado na zaga, cobria bem os espaços. Ganhava muitas bolas de cabeça na área adversária, porém faltou pontaria. No mano-a-mano foi superior.
4 - Bruno Batista – zagueiro -
falhou algumas vezes na marcação, sendo lento na cobertura e lembrava o “zagueiro” Danilo em alguns momentos.
6 - Heracles – lateral-esquerdo –
primeiro tempo apagado, dando brechas para os adversários atacarem pelo seu lado, porém no segundo tempo melhorou, demonstrando mais calma. O lance que resultou o gol foi uma jogada iniciada por ele, onde roubou a bola no campo de defesa, ergueu a cabeça e fez um lançamento de 30 metros para Bruno Furlan sofrer o pênalti.
“Bruno’s” (29 - Pelissari/21 - Furlan) – meio/atacante –
tiveram atuações apagadas, com muitos erros de individualidade. Furlan mostrou méritos no gol. Tanto um,como o outro podem crescer na competição, já que têm potencial para isso.
10 - Harisson – meio-campista –
entrou no lugar de Lucas Sotero. Cometeu o mesmo erro de individualidade de outros jogadores, sendo que em um lance, criou uma situação de ataque adversária desnecessária para a zaga do Furacão.
9 - Dennis – atacante –
mostrou bons valores individuais e coletivo. Fazia bem o pivô no ataque atleticano, usando bem seu porte físico sobre os seus adversários no qual na maioria dos lances obtinha a vantagem. Dos pés dele saíram os melhores ataques rubro-negros.
Vale lembrar que o Atlético jogou contra um time aguerrido, que talvez nem tenha sentido o calor que fez na bela cidade de Paulínia-SP. A equipe rubro-negra possui potencial e tende a crescer durante a competição nos aspectos abordados, podendo incomodar assim como fez no ano anterior.
É de se destacar também que as críticas aqui feitas para alguns jogadores tem o intuito construtivo, incentivando o crescimento dos mesmos, já que torcemos e prezamos pelo bem do Atlético. Na quarta-feira esperamos estar presentes novamente para apoiar e presenciar essa evolução.

13 comentários:

JMK disse...

Vitória é sempre uma Vitória... e pela descrição o Furacãozinho enfrentou uma equipe muito viril.
Ótimo começo!

Julio disse...

Antes que os cornetas comecem a chorar por aqui lanço um dado. Este time que está lá é formado em sua maioria por jogadores de 17 e 16 anos. Um time que foi reconstruído para 2010 e 2011. Os Juniores do ano passado estarão treinando com os profissionais à partir de hoje no Caju.

Anônimo disse...

quebeleeza
um lateral direito

Aparecido jose disse...

A esperança é que surja bons valores nesta Copinha, bem mais que na anterior. Vamos lá Furacãozinho!!!!!!!

Tiago disse...

O engraçado é que li na gazeta e no globo.com que o jogo foi dominado pelo CAP mas que o gol só saiu ao final do jogo, porém o site futebolpr ( ???? ) relata que o jogo foi equilibrado, com uma pequena vantagem para os árabes, comentando inclusive de um lance que supostamente a arbitragem teria prejudicado o time árabe, não fazendo nenhum comentário sobre a violência praticada pelo time árabe e nem sobre o penalti não marcado pelo árbitro a favor do CAP. E isto que o site é para promover o futebol paranaense...imagine se não fosse.

Anônimo disse...

Anonimo das 11:45: vai jogar WE corneta, pia de predio!!

FARC disse...

Guerrilha... o diretoria das paquitas fez oque eu já tinha dito aqui nesse blog. Pegou o dinheiro do clube e apostou na timemania.
Com certeza foi 100 reias o que rendeu 50 mil apostas ficando apenas atrás do flamengo no ultimo concurso.
As paquitas não queriam correr o risco de ficar sem essa verba.
100 mil vai se pagar facilmente.
Nas deduções de impostos e dividas fiscais.
Ponto para eles, mas, SERÁ INADIMICIVEL PERDER UM ATLETIBA EM 2010!

Anônimo disse...

E o Wesley? alguem pode me dizer se
ele fica ou nao no CAP?
Pq toda essa enrolacao la em Santos?? Sera q essa diretoria de merda nao vai abrir a mao e comprar o cara?

Anônimo disse...

...será INADIMIssíVEL...

Tiago disse...

A diretoria do CAP tá esperando pra saber se o novo técnico do Santos irá utilizar, ou não, o futebol do Wesley.
Caso o Wesley não esteja nos planos do Santos p este ano, o CAP terá a preferência p um novo empréstimo. O problema é aguentar um monte de anônimos que escrevem aqui, mas que não se informam antes de ficar metendo o pau no time e na diretoria o tempo todo.

Anônimo disse...

Wesley Fora fica no Santos, confirmado!! parece que o ramom do vasco-inter... lateral esquerdo pode aparecer por aqui. Duvido!!!

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Santos quis ficar com Wesley. Já era. Pra mim, seria um bom reserva, versátil e tudo mais. Nada mais que isso.

Gustavo GR disse...

O Wesley, dentro da mediocridade e da carencia que foi o nosso elenco ano passado, se destacou por ser um joador voluntarioso e versatil. Porem, nao era peça chave do time. Mas era um piá bom de bola e que poderia ser util. Aposto que vai ser banco no santos.

Guerrilha, e o papo de que o Manoel estaria em negociaçao com o Palmeiras ??? Aí é pra foder hein ???