terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Aprovaram o embuste

Antes de viajar para os Estados Unidos, o prefeito Beto Richa deixou um presentinho de grego para os torcedores de Curitiba. Ele sancionou ontem a medonha lei municipal, de autoria de três vereadores "experts" no assunto, que exige a identificação de torcedores no ato da compra do ingresso.
A partir de abril, quando a lei entra em vigor, prepare-se para se encarar filas ainda maiores do que já enfrenta habitualmente para entrar num estádio de futebol.
Tudo porque, como eu já disse aqui no blog, a busca dos políticos oportunistas por holofotes não tem limites. E, como sempre acontece logo após alguma tragédia no futebol, aproveitando-se da confusão na partida entre Coritiba e Fluminense três vereadores de Curitiba inventaram esta uma medida supimpa do cadastramento.
A ideia do cadastro, por si só, não é de todo estapafúrdia; faz até certo sentido, pois facilita todavida na hora de procurar posteriormente por algum envolvido em confusão.
Mas a forma como as coisas são aprovadas por aqui, a toque de caixa, sem discussão alguma com a sociedade, sem se observar previamente qual é o cenário real, sem a apresentação de algum único estudo que traga dados importantes, sem porcaria nenhuma... isso sim, torna a ideia estapafúrdia.
O projeto dos vereadores Juliano Borghetti, Roberto Aciolli e Tico Kuzma prevê que os torcedores serão cadastrados no ato da compra dos ingressos, mediante a apresentação de um documento oficial de identidade e a informação de seu respectivo endereço. Não será permitida a venda de ingressos a pessoas que não forem cadastradas. Os torcedores integrantes de Torcidas Organizadas serão cadastrados mediante documento oficial de identidade, comprovante de endereço, certidão de antecedentes criminais e biometria.
Pela lei, os estádios de futebol terão que ter monitoramento por imagem das catracas e instalação de equipamentos de gravação fotográfica do rosto, a fim de identificar os torcedores e relacioná-los com o ingresso adquirido. As informações gravadas deverão ser preservadas pelo prazo de 30 (trinta) dias , a fim de instruírem eventual inquérito policial, administrativo ou ação judicial.
O problema principal, repito, está no que a lei não prevê:
1)
Num clube como o Atlético, 90% dos lugares no estádio são exclusivos dos sócios, que já são cadastrados previamente pelo clube e inclusive têm cadeira própria na Baixada, com nome escrito e tudo o mais. Esses torcedores também terão que ser cadastrados novamente a cada partida? Se a resposta é sim, então vos digo: essa lei é idiota.
2)
Como vão identificar, na hora da venda do ingresso, ali na bilheteria, no sufoco, com 500 negos na fila pra comprar uma entrada, se o cidadão é de torcida organizada, pra pedir a ele uma pá de documentos, até atestado de antecedentes criminais? Perguntando gentilmente "por favor senhor, o senhor é sócio de alguma torcida organizada?". Ou todo mundo que estiver vestindo uma camisa da organizada (tenho uma velha de guerra da Fanáticos que gosto de usar vez em quando) vai ser fichado como sócio de torcida, mesmo sem sê-lo? Bizarro. Qualquer que seja a resposta, vos digo: essa lei é idiota.
3)
Se um parente ou colega que mora em outro estado quiser vir assistir a um jogo e pedir que eu compre ingresso pra ele, como faço para cadastrá-lo, sem ter sua identidade e comprovante de endereço aqui? Poderei comprar, apenas informando o nome da pessoa, endereço e o número do RG? Se sim, essa lei é uma falácia, porque posso inventar um monte de nomes e RGs; se não, essa lei também é idiota, porque agora é que nenhum torcedor de outra cidade poderá vir mesmo a um jogo dos times daqui. Por exemplo. Tenho uma amiga que levou no final do ano passado dois amigos norte-americanos, que estavam de férias por aqui, assistir a um jogo na Baixada. Se esta lei idiota estivesse em vigor, os gringos não poderiam ir ao estádio. Nenhum deles trouxe a conta de luz na mochila...
4)
A lei vale apenas para curitibanos ou vale também para as torcidas de outros estados que vêm aos nossos estádios? Deve valer, não é? Então me digam: como acompanhar a venda de ingressos que o Corinthians solicita pra vender lá em São Paulo diretamente para os Gaviões? Ou pra torcida do Palmeiras? Ou para os gaúchos? E como identificá-los aqui? E os que forem de organizadas, trarão na mala seus atestados de antecedentes criminais? Bullshit!
5)
A lei diz que os estádios terão de ter monitoramento por imagem das catracas e instalar equipamentos de gravação fotográfica do rosto, a fim de identificar os torcedores e relacioná-los com o ingresso adquirido. Pombas, quanto tempo vai levar pra fotografar todo mundo que passar pelas catracas? Num jogo para 30 mil pessoas, por exemplo? Que leve um minuto para cada torcedor: são 30 mil minutos! 5oo horas! Isso sendo otimista. Digamos que haja 50 catracas no estádio. São 10 horas pra entrar todo mundo. A conta não fecha. Fizeram algum estudo nesse sentido? Imagine num jogo de domingo às 16 horas. Sendo que todo mundo almoça com a família pelo menos até as 14 horas; 14h30; 15 talvez. Hoje já é uma confusão pra entrar no estádio todos ao mesmo tempo, calcule com registro fotográfico e comparação com o endereço e o escambau. Ou então numa daquelas partidas às 19h30. Sendo que 99% das pessoas saem do trabalho às 18 horas. No que é que isso vai dar? Em merda, é claro.
Engraçado. Se estamos falando no bem-estar e na segurança do torcedor, porque é que político algum jamais se manifestou contra as partidas que começam às 21h50 e terminam por volta de meia-noite, quando quase não há mais transporte público disponível e os torcedores que em sua maioria trabalham cedo no dia seguinte ficam mais facilmente à mercê de assaltos? Sobre isso, nenhum político abre a boca.
O combate à violência nos estádios é assunto sério e que precisa realmente de medidas que efetivamente diminuam conflitos. E não de embustes, como já foi a proibição da venda de cerveja.
E é o que parece ser esse projeto de três vereadores que juntos não devem ter pisado mais do que meia dúzia de vezes num um estádio de futebol. Burocratas provincianos e aproveitadores que querem burocratizar também o nosso futeba.

35 comentários:

esou disse...

Sugiro aos senhores Edis Curitibanos juntamente com as "disposições legais" ora outorgadas assumirem toda a técnica e recursos financeiros para execução dessas identificações equipando e mobilizando a Secretaria de Segurança Pública. Afinal cabe a ela a função de policiamento, identificação e proteção a interesses da população.

Estão se esquecendo que o futebol é a paixão maior da população brasileira e não se corrige a violência e tumulto criando violência e tumulto legais.

O fogo não se combate com fogo e sim com esfriamento. A violência tem que ser combatida com:

Educação e Paz, senhores vereadores!

Edison disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edison disse...

Boa! Só ai na tua revolta temos uma série de motivos para o ajuízamento de uma ação de incontitucionalidade da Lei Aprovada! Parabéns! Faço minhas as suas palavras! Abraço!

Anônimo disse...

Eu tenho duas cadeiras no meu nome e as empresas que tem cadeiras, os camarotes que levam em sua maioria convidados e os ingressos que são sorteados em promoções de radios, sera que esses "energumenos" pensaram nisso ???????

Anônimo disse...

essa lei é uma piada!

Anônimo disse...

Perfeito, Guerrilha! PERFEITO!

Acho que valeria acrescentar essa lembrança do "anônimo das 11:38" no texto também.

Essa Lei tem que cair antes de abril. Não é possível. Esse País tá virando um funk-piada do proibidão!
Brasil il il il.

henrique disse...

O Estatuto do Torcedor fala em 20 mil espectadores. A nova Lei Municipal, 15 mil, será que vai atravessar o samba do Estatuto?

Quem vai pagar a conta da instalação de um sistema operacional com eficiência para 30 mil pessoas, no caso da Baixada?

Chamarão todos os Sócios para recadastramento com foto?

1. nem me lembro da última confusão que houve na Baixada (sempre uma desavença ou outra de forma isolada);

2. logicamente muitos não assistem no local onde têm cadeira;

3. as brigas ocorrem fora do estádio.

Fora os motivos que o Guerrilheiro enumerou. Isso aí não vai servir pra nada.

Anônimo disse...

Outro problema:

Como fica o sócio que empresta/leva amigos nas cadeiras que possui?

Ou então aquele que comprou cadeira pra esposa e filhos, mas tudo em seu nome?

Anônimo disse...

Que coisa absurda essa lei municipaleca.
Como que o Beto Bunda Richa aprova uma coisa dessa, sem nem estudar o projeto?

Que beleza, prefeito! Ótimo trabalho!

Diogo disse...

Cara me desculpa mas, com todo respeito, suas considerações estão equivocadas.
Olha com mais cuidado e vai notar...

Anônimo disse...

Tico Kusma estará na CBN daqui a pouco. Mandem perguntas pra http://twitter.com/RobertaCanetti

Cartol@da disse...

Acredito que o que motivou a esses 3 doutores em futebol apresentarem essa leí ridicula, foi a falta de trabalho e do que fazer e principalmente a vontade de aparecer. Esse projetinho é completamente equivocado, no minimo não foi levantada nenhuma das REAIS hipoteses de uma partida de futebol, ninguem precisa ser um genio em arquibancada para imaginar filas, confusões, falsificações e cia.

Acho que é o poder público ta mais uma vez tacando no cú da iniciativa privada problemas como violência e segurança. É muito facil fazer o clube de futebol gastar rios de dinheiro com mais funcionarios, cameras e cia do que reconhecer que o problema é a falta de POLICIAIS CAPACITADOS, falta de viaturas em terminais em dias de jogos e cia. Mas isso jamais irão fazer né, pois dai quem tem que gastar é o estado.

No meu ver nós já vamos aos estádios para se distrair, ninguem ta afim de filas, burocracia e cia, tudo isso já vivenciamos no nosso dia dia.
E ainda fazem essa palhaçada pra foder nosso divertimento.

Anônimo disse...

O que esperar de um vereador que se candidatou ao Big Brother Brasil? Sim, é verdade, Tico Kuzma fez isso.

Anônimo disse...

Por isso que eu digo: pra vc ser um político basta ser idiota ou melhor ter Q.I. igual a 50, aí vc vai ser um político que vai fazer estas leis.

Anônimo disse...

Quando politico sem ter oque fazer e quer se aparecer acaba metendo o focinho onde não deve.

Lamentável!!!!!!!

Anônimo disse...

Um idiota fazendo uma merda dessa sozinho até que é aceitável agora três.... aí é PRAKABÁ.

Anônimo disse...

Tem que arranjar TRÊS VASSOURAS pra esse imbecis varrerem a praia. Enquanto eles se ocuparem com isso não farão mais CAGADA.

E nunca é demais lembrar... TUDO QUE PINTA DE NOVO, PINTA NO RABO DO POVO.

Ou seja, se meia dúzia de idiotas faz confusão nos estádios, vamos pôr todo mundo pra tirar foto e levar comprovante de residência pra comprar ingresso.

PUTA QUE PARIU... É INACREDITÁVEL.

Anônimo disse...

Ouvi a entrevista do Tico BBB Kuzma na CBN e fiquei com vergonha.

Os caras não sabem nem fazer cagada direito. O postulante à casa mais espiada do Brasil estava completamente perdido. Não sabia direito o que falar.

Disse que os clubes terão de fornecer um cartão de identificação pros torcedores. Ok, e o cartão do Sócio Furacão? Faz o que? Joga na privada? Ou podemos enfiar na bunda de certas pessoas?

Depois o esquema da licitação. Os clubes gastam uma grana violenta com esse sistema idiota e depois acaba saindo a grana do governo.

Bom, pra eles não tem problema nenhuma, afinal, certamente alguém vai meter a mão nessa verba e o preju fica com os clubes.

Sério... QUE NOJEIRA.

Anônimo disse...

Caro Guerrilheiro e pessoal...

Não percam analisando isso. Qualquer idiota sabe que é uma lei RIDÍCULA (o problema é que nossos políticos não são idiotas quaisquer).

A única reação eficiente seria ir pra frente da Câmara e ATIRAR MERDA HUMANA NESSA GENTE.

Anônimo disse...

Então vcs aprenderam que nas próximas eleições devem votar em politicos competentes e não nisso aí que vcs estão vendo.

Renato disse...

A culpa é do pão com bife.
Os bandidos continuarão a fazer baderna fora dos estádios e pessoas de bem que se encaixam no relato acima como é que ficarão e a conta vai ser paga pelos vereadores?
Cambada de políticos imbecis.

Bruno disse...

BRASIL-SIL-SILLLLLL!!!

Candidato à Presidência disse...

Enquanto falamos do nosso Presidente do CAP, nos bastidores da Câmara Municipal rolam idéias mirabolantes!
Por que tem sempre que se cobrar do lado mais fraco? Lembrem-se senhores vereadores que a nossa fraqueza é individual isoladamente; coletivamente somos muito mais poderosos do que "sonha sua vã fisosofia" demagógica.
"Meus nobres", faço aqui uma sugestão: Já que se julgam os donos dos mandamentos, há uma solução mais fácil e eficiente do que estão impondo. Basta recadrastrar toda a população brasileira e apôr na carteira de identidade todas as informações; estes dados estarão contidos num num chip digital e nos dias de jogos máquinas da segurança publica identificaria cada cidadão ingressante de forma eficiente e barata.
estamos na era NANO, minha gente, coisa deste gênero pode ser feita com facilidade, bastando um chip.
Para que que o Brasil lhes destina 20% de sua receita aos senhores que só legislam em causa própria? O nano-chip reduziria drasticamente todas a contravenções até mesmo os seus demandos e seria atualizado todo ano ou quando necessário.

Mue Povo!
Elejam-me Presidente da República que se não me assassinarem, prometo reduzir em 90% toda essa barbúrdia anti social e bandidagem em apenas 2 mandatos!

Anônimo disse...

Quanto mais vejo as ações dos homens, mais e mais admiro meu cão...

Deus que nos de luz para aguentar estas besteiras...

ATLÉTICO ATÉ A MORTE!!!

Vinicius Ribeiro disse...

Lei ridícula. No meu entendimento, sua análise está perfeita. Abraços!

Anônimo disse...

Então voces viram que esta é a competencia dos nossos politicos, será que os assessores destes caras tambem são merdas, pra não verem que esta lei é uma bosta!!!!

Diogo disse...

Para elaborar essa lei não é preciso entender de futebol - para isso servem os comentaristas -, mas sim de organização e justiça. Ao menos em teoria, a lei veio com fins sociais, para garantir organização e segurança nos jogos.

O Atlético é um caso à parte, afinal, normalmente a nossa torcida é apenas de sócios, já se sabendo quem entra na Arena. Entretanto, é preciso pensar nos outros times da capital também.

Quanto às dúvidas, sugiro que entrem no site do vereador, e perguntem a ele. Só recomendo bom-senso nas perguntas, afinal, li algumas risíveis...

Anônimo disse...

Estes tres vereadores são uns figuraço, são os genios da DA VEREANÇA rsrsrsrsrsr

Anônimo disse...

Eu gostaria de sabe da opinião desses vereadores sobre o projeto de "Lei dos fichas sujas"... É muito + barato, causaria muito menos transtornos.

Anônimo disse...

E é este playboyzinho, filhinho de papai político, que querem investir como Governador do Estado. O Betinho Richa devia é ir cuidar de seu esporte favorito, o automobilismo.
A aprovação de leis como esta é uma amostra grátis do que seria um governo administrado por este palhaço.

Carrick disse...

Como diria o agora saudoso dalborga: "Tudo que vem de novo, vem pro rabo do povo"

Anônimo disse...

Que tal os "nobres vereadores" também exigirem dos parceiros e consigo mesmos, nas informações, cadastros, transparências, prestação de contas, etc., quando estiverem tratando do dinheiro público??? Isso não né, pois quando se trata de política, tudo é nebuloso!!! FALA SÉRIO!!!

Unk disse...

Sou paranista e concordo plenamente contigo, amigo.

Estou divulgando o nome desses três paspalhos para todo mundo que eu posso da todas as maneiras possíveis.

Chega de projeto estúpido, chega de trabalho mal-feito, exigimos trabalho de verdade!

Um abraço e sorte ao seu Atlético.

Anônimo disse...

Jailson...
Meus amigos, é uma vergonha o q esses vereadores estão querendo aprovar,velho, é o mesmo q meter fogo no sofá e largar a mulher p/ toda galera de ricardos.... vergonha..pagamos altos salários p/ esse bando de come&dorme p/aprovarem leis q vão atrapalhar o povo curitibano..vergonha....

Anônimo disse...

Concordo plenamente, é simplesmente uma idéia de 3 patetas que só devem assistir jogos na TV a cabo. Isso é tão rediculo!!! agora por causa de babacas verdes temos que pagar vai a merda! Acho que politico não tem que se meter em futebol, por que não vai olhar pra saúde pública e pra educação?
Sei que essa merde dessa lei não vai ajudar em nada!!
SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS!!!!!!