terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Pena máxima aos coxas: que sirva de exemplo

Os auditores da da 2ª Comissão Disciplinar do STJD puniram por unanimidade o Coritiba com a perda de 30 mandos de campo e multa de R$ 610 mil, devido aos distúrbios ocorridos após o jogo com o Fluminense, cujas cenas ganharam o mundo. Além disso, o ultrapassado estádio Couto Pereira será interditado até serem atendidas melhorias de segurança a serem determinadas pela CBF. Somente após cumprida esta parte da pena é que passa a valer a cassação de 30 mandos, válida para os jogos da Série B e da Copa do Brasil.

Os coxas ainda vão recorrer ao pleno do Tribunal, e normalmente nessa instância as penas são abrandadas. Mas, devido à comoção que o caso causou e à força das imagens registradas dentro do campo de jogo, com tamanha destruição da frágil estrutura do estádio, é muito provavel que mantenham a sentença próxima da pena máxima.

Que a severidade da punição sirva de exemplo às torcidas. Aos coxas, que costumeiramente tratam os visitantes debaixo de pedradas (como bem mostra este vídeo feito pela torcida do Fluminense), e eu já vi isso acontecer in loco; à polícia militar, que, como mostra o mesmo vídeo, fica assistindo passivamente até a situação quase ficar fora de controle; aos torcedores dos demais times e, isso sim que nos interessa, aos atleticanos.

É difícil educar todo um povo, e muitas vezes isso só acontece após algum tipo de punição. Foi a muito custo que pararam de arremessar copos ou papéis para o gramado da Baixada. Mesmo que a intenção não seja atingir ninguém. Hoje em dia, isso é um problema que não ocorre mais.

E não me venham com essa história de que o fosso do pinga-mijo é pequeno demais para evitar invasões, que é preciso cercá-lo com grades, arames, etc. O Atlético está provando que não é preciso nada disso. Deste a metade deste ano há um setor na Baixada em que não há sequer fosso fazendo a separação entre a arquibancada e o campo - apenas uma mureta de vidro.

É preciso, isso sim, dar conforto e segurança aos torcedores.

E tirar de circulação aqueles que na verdade não são torcedores porra nenhuma. Aquela turma de "zona", que chega fazendo arruaça e que muitas vezes nem entra no estádio, só quer ver o circo pegar fogo mesmo.

De qualquer maneira, a partir de agora é bom tomar cuidado redobrado. Com a vinda da Copa, a justiça desportiva certamente estará mais severa com episódios antidesportivos nos estádios. E quem paga o pato é o clube.

18 comentários:

JMK disse...

Havia detalhes que só no tribunal foram revelados. E que atuação fraca da defesa, heim? Os coxas perderam por hunanimidade, para variar, 4X0?
Que isto sirva de alerta para todas as torcidadas, pois não podemos dizer que a nossa é santinha. Sempre houve revide fácil de ser contida; aí seríamos o melhor, dos melhores.

Alexandre disse...

Espera-se que agora este estádio decadente seja reformado. Este incidente pode ter evitado uma tragédia. Um estadio caindo aos pedaços, cheio de ferragens expostas, infiltrações, pedras e paus espalhados, que treme todo quando usado, podia cair, podia matar muita gente. Vide o que ocorreu na Fonte Nova...Cabe as autoridades fiscalizar e aos Coxas aproveitar o gancho e tentar reformar de verdade o remendão....

Zé disse...

Sarros a parte, o estádio é mesmo uma porcaria.....feio, sujo, inseguro, nem os coxas merecem tamanho castigo..... ah...merecem sim......

Anônimo disse...

ATENÇÃO: fiquem alerta. Se o Atletiba do Paranaense for na Arena, a torcidinha melancia dos verdes porcos não deverá entrar por que eles com certeza vão querer aprontar no nosso estadio para sermos punidos também. Temos que tem muita sabedoria e não cair nas provocações deles. O ideal seria o Atletiba com uma torcida só.

Anônimo disse...

Os Coxas conseguem perder sempre: par ou ímpar, palitinho, zerinho ou um, etc... Deveriam abandonar aquele chiqueiro e deixar a chave na porta da Arena!!!

Anônimo disse...

A TOF também deve refletir, pois Atletibas na baixada, eles estão lá na divisão soltando bombas nos coxas. Qualquer deslize, vai sobrar pra nós também

Anônimo disse...

"Quem manda nesta cidade sou eu", "Se você não gostou, foda-se" e "Esquadrão anti-coxa". Frases que vemos o tempo todo nas camisas da TOF, que não revelam muita relação com o futebol, certo? E mais, as "organizadas", incluindo a "nossa", na minha opinião, além de aceitar, ultimamente tem atraído marginais. É uma "instituição" de portas abertas para todo tipo de vândalo, terrorista, criminoso. O estádio vira um caldeirão? Claro, pessoas de bem submissas a marginais. E reclame pra ver? As organizadas estão decretando o fim de um clube. Tomemos cuidado então.

esou disse...

Até à hora que a fumaça se dissipar muitas coisas mudarão.
Está certo que a figura do Diabo, da Caveira, os Cantos de "Guerra", assustam um pouco, mas não passam de folclore do futebol; já o vulto da Morte Verde, venceu a todos.

Desde a implantação do sócio Furacão, a nossa torcida passara a ser a mais ordeira do Paraná, basta não ir nas provocações do adversário.

È nosso dever como único representante Paranaense na Serie A do Brasileirão, mostrar ao Mundo que somos pela Paz.

Anônimo disse...

Uma coisa é verdade, como já foi dito por muitos outros aqui: TODAS as torcidas organizadas são violentas e incitam violência, notoriamente possuem muitos criminosos entre seus integrantes, bandidos se sentem seguros nessas torcidas por estarem em bando, podem cometer crimes com o aval e apoio de outros bandidos que estão ao seu lado. Pessoas de bem, que iam com suas famílias aos estádios não podem fazer mais isso por medo do que pode acontecer se essas "organizadas" resolverem começar um tumulto. É como o assaltantes na rua, nunca é um só, sempre agem em bando, como cão de guarda que fica mais feroz e valente se estiver em grupo. Tem que acabar isso, se cada um fosse ao estádio sozinho ou em pequenos grupos de famílias ou amigos, dificilmente aconteceriam crimes como este que vimos, que nem a polícia consegue conter. O futebol do Paraná é pobre e vai continuar sendo muito pobre enquanto quem tem dinheiro pra gastar, não for um maloqueiro, tiver medo de ir ao estádio, ou medo de comprar uma camisa oficial e sair na rua com ela, porque pode morrer se for visto por uma torcida organizada rival. Acabem com essa M. de torcidas organizadas e comecem a valorizar o torcedor "família" que tem dinheiro pra gastar no clube e que gosta do clube, não dá prejuízo, não quebra nada, nem suja o estádio. Parem de valorizar esses maloqueiros que só fazem número no estádio, compram produtos falsificados com a marca do clube e no fim dão é prejuízo, sujando, quebrando e espantando outros torcedores. Se acabassem com organizadas talvez eu voltasse a frequentar o caldeirão, comprar uma camisa oficial, colar um adesivo no meu carro.

Conan disse...

Fiquem atentos. Teremos torcedores rivais infiltrados em nosso estádio para tentar ferrar nosso clube. Escrevam isso. Fiquem atentos. Isso já ocorreu em tempos anteriores com copos plásiticos, balas enfim. Eu vou ficar de olho. Os vândalos de outros clubes querem nossa desgraça e até agora não engoliram a copa na Arena.

Anônimo disse...

Também acredito que corremos o risco de um torcedor de outro clube tentar nos prejudicar. Mas também devemos ficar de olho na malária dos fanátios

Anônimo disse...

Não é essa torcida que joga bombas nas torcidas adversárias? Não é essa que mira extintores de incêndio na torcida vizinha? Não é essa que promove arruaças em Florianópolis? E arrastão não sei onde? Não é essa que quebra o aeroporto?
E que os não-organizados verdinhos mesmo vendo isso não se defenderam, alíás, acharam bonito?

30 jogos é pouco. Deveriam pegar 60.

E o René Dotti pode se aposentar. Pois se passou por um vovô troxa.
_________________________
falei. profano.

Fran disse...

Foi punição máxima, nunca ocorrida antes no futebol. Fiquei perplexa ouvindo a transmissão. E agora os coxinhas acordaram e sentiram o peso da verdadeira punição. Os detalhes não deixaram por menos. Chooooraaaaa.
Para nós, Atleticanos, serviu como um - se pode dizer assim, 'exemplo'.

Anônimo disse...

Que viagem essa coisa de torcedores infiltrados vão tentar prejudicar o CAP, todos os que fizeram merda foram literalmente espancados pelos outros torcedores, tem que ser muito inconsequente pra tentar alguma coisa nesse sentido.

Anônimo disse...

O capiau, vc pelo jeito nunca conheceu nenhum louco né? Sorte sua. Eu já conheci neguinho que se meteu em torcida adversária e robou a faixa no meio de ATLETIBA portanto não é viagem nenhuma o que Conan escreveu. O mundo desses caras é diferente do nosso. Vivem disso, para isso e os fins justificam os meios para esses caras. É mais do que provável torcedor adversário infiltrado no nosso estádio pra fazer cagada. E é claro, o perigo maior é cuidarmos de nossos próprios vândalos. Mas fiquemos de olhos nos rivais. Isso não é viagem.

Thiago P disse...

e aquela vez que alguem (nao me lembro quem) teve a brilhante ideia de colocar a nossa torcida embaixo da deles???

lembro que até uma privada jogaram em nós....

Anônimo disse...

Caros Amigos Atleticanos,
Sinceramente não acredito que a punição com a pena máxima para as paquitas seja a mais justa. Usando um pouco da razão e deixando a emoção e a rivalidade de lado, acredito piamente que uma punição é merecida sim, não há dúvidas sobre isto. Se o mané do presidente deles afirmou que tinha conhecimento de risco de invasão, no mínimo ele foi incompetente de não avisar a PM e formar um cordão de isolamento na frente da império (quase vomitei só de escrever, ahahah) ou até no estádio todo, se fosse o caso.

Para mim, o ponto central desta questão não é a punição com pena máxima para nosso maior rival! O ponto é que estão usando isto para um time fora do EIXO! Independentemente de ser as paquitas, imaginem se isto tivesse acontecido conosco! Será que íamos nos safar tão facilmente? Não acho que a galera da TOF seja igual ou pior do que a império (shit!). Acredito inclusive que a TOF tem mais noção das coisas (vale aqui um recado para qq integrante da TOF que ler meu comentário, sobre reforçar perante seus associados da responsabilidade que eles têm!). Contudo, no calor da emoção, não dá para segurar qq pessoa menos "controlada", que dirá das paquitas.

Logo, na minha opinião, exatamente metade da pena que eles receberam era algo justo, mas não mais do que isto. Por outro lado, porque o Botafofo, através do seu jodagor Jóbson que foi pego no anti-doping com resquícios de cocaína, não recebe punição nenhuma?

Galera, sou anti-coxa, Atleticano Até Morrer, mas temos que ter consciência de onde somos e de onde moramos (Sul do Brasilzão) e o Eixo Rio-SP acha que manda nesta merda de futebol. Fico puto com isto (não pelas paquitas, quero que elas se explodam), mas indiretamente, podem ter certeza, o futebol Paranaense foi afetado e isto sim, nos diz respeito. Somos Atleticanos, mas também somos Paranaenses! Tá na hora de lembrarmos das nossas origens!

Anônimo disse...

se foderam otários