quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Neto quer mais uma chance

Da Gazeta do Povo:

Foi no dia 16 de agosto que o jovem goleiro Neto, de 20 anos, estreou com a camisa profissional do Atlético. O jogo era válido pela 19ª rodada, exatamente no fecho do primeiro turno do Brasileirão. Agora, 19 rodadas depois, contra o mesmo Barueri – na última rodada do campeonato - ele pode ter a grande chance de mostrar o suas credenciais para almejar a camisa 1 do Furacão na temporada 2010.

A chance de pode mostrar serviço veio na rodada do último fim de semana. Contra o Botafogo, no jogo que garantiu o Atlético na 1ª divisão no próximo ano, ele foi chamado às pressas durante a partida para substituir o titular Galatto, que se teve uma indisposição e precisou abandonar a meta atleticana.

Com personalidade, característica que ele mesmo destaca como sua principal qualidade, Neto assumiu a meta e manteve as redes do seu time intactas até o fim da partida. “Eu acredito que foi uma participação, dentro do que foi exigido pelas circunstâncias, muito boa e segura”, disse.

A indisposição estomacal que tirou Galatto do jogo contra o Botafogo não deve ser suficiente para dar uma nova chance ao jovem goleiro, mas a possível intenção de Lopes em testar opções já pensando em 2010 pode gerar nova oportunidade ao jovem goleiro. “Não posso afirmar que vou jogar. Minha vontade, é claro – como a de qualquer jogador – é estar em campo. Eu ficaria muito feliz em entrar e campo e ter uma sequência. Estou animado. Mas, caso não aconteça, estou sempre à disposição do professor Lopes e do grupo atleticano”, refletiu.

No Atlético desde os 13 anos (no infantil, em 2003), Neto percorreu todas as categorias de base até chegar ao time profissional, em maio deste ano. “Vim subindo devagar, passando por todas as categorias, e sendo campeão de quase todos os campeonatos que conquistamos”, revelou Neto, mineiro de Araxá, que mora em Rio Negrinho-SC desde os dois anos de idade.

Confiança de Lopes e troca de experiências foram fundamentais

Com contrato longo (vence só em 2014), Neto é só elogios ao “chefe” Antônio Lopes. Para ele, o aprendizado é unido. “Realmente é um aprendizado inédito para mim. Cheguei a trabalhar com o Geninho e também com o Waldemar Lemos, que é um excelente profissional. Mas meu primeiro jogo foi com o Lopes, um cara que me deu confiança. É experiente, tem títulos importantes com a seleção brasileira, ganhou Libertadores e outros campeonatos. Tento tirar muito proveito disso pra aprender”, revelou.

Não só a experiência do técnico foi “sugada” por Neto. Para ele, jogar ao lado de jogadores como Paulo Baier, Marcinho e Rhodolfo, que apesar de não ser tão experiente, tem vivência com a camisa atleticana, é um privilégio. “A gente sempre brinca que futebol é troca de informações. Nós que somos mais jovens procuramos ouvir os outros e prestar atenção no que eles falam e fazem em campo”.

Para Neto, o convívio com os companheiros de equipe também funciona muito bem para se amadurecer como atleta. “Galatto e o Vinícius, pro exemplo, já jogaram várias vezes no time de cima e procuro escutá-los”, afirmou, lembrando que o companheiro de função tem jogado muito bem. "Não fosse o Galatto, que é um grande goleiro, poderíamos ter nos complicado em vários jogos".

Confiante, Neto destacou as qualidades que o credenciam a brigar por uma vaga no time titular. “Destaco-me pela boa comunicação que tenho com meus companheiros, pela personalidade e segurança. As vezes isso supera a própria técnica”.

19 comentários:

Anônimo disse...

Esse é o nosso guapo pra 2010, vendam o galato pra ganhar uns trocados.

Anônimo disse...

Beeeeeeem melhor que o galatto

Anônimo disse...

Se derem mais oportunidade pro garoto.... não tem pra ninguém.

JMK disse...

Notei uma qualidade excepcional no jovem arqueiro, a de segurar a bola que normalmente os goleiros socam com os dois punhos.

Luiz Andrade disse...

O Galatto ainda está no Furacão? Ora por favor, somos gratos por 2008 "et al", mas chegou a hora em que uma mudança de ares será melhor para ambas as partes.

DINDO disse...

NETO EM 2010.

DINDO disse...

NETO EM 2010.

Fernanda disse...

Pareceu mesmo, mais seguro e confiante que o Galatto, que anda estranho... O Neto merece uma nova chance. Gostei dele.

Anônimo disse...

Neto em 2010?
Ainda prefiro continuar sendo titio, hehe.
Falando sério: quando deixarem este piá jogar não sai mais do time.
SRN
Titio Enéas

Anônimo disse...

Estranho esse rapaz meio tempo e já é ídolo, deve ter um super empresário... cada uma é pra caba mesmo

DINDO disse...

SUPER EMPRESÁRIO TEM O GALLATO, QUE TEVE SEUS DIAS DE GLÓRIA, PORÉM FALHA EMBAIXO DO GOL ÀS VEZES, E NAS SÁIDAS DO GOL FALHA INVARIAVELMENTE
E CONSEGUE JOGAR NO ATLÉTICO.
FORA GALLATO, MESMO CONTRA O TEU EMPRESÁRIO ACIMA.

Tatu disse...

Estamos muito bem servidos de goleiro (com os garotos é claro).
Neto titular e Santos reserva....
Não precisa contratar o Aranha e nem ninguém.
Emprestem o Galatto e o Vinicius e pronto final.

esou disse...

Eu acompanho a premissa de alguns deste Blog ou seja o nosso problema não é o Goleiro e sim do meio para frente, não tanto o meio que o Baier corrigiu, mas as laterais e a central, este não existe no nosso Furacão.

Felizmente temos ótimos goleiros, cada um com a sua qualificação, mas não vi o Neto falhar nos jogos que vi. Neto tem qualidades, principalmente agilidade e segurança, para ser um dos melhores arqueiros da atualidade. é uma grata revelação Atleticana e devemos usufruir de suas virtudes já para 2010.

O que está falho:
Não me convenço que seja deficiência de atletas, mas sim de orientação técnica, pois não temos nenhuma tabelinha, triangulação a não ser com o Baier que geralmente fica só no esboço e não pode finalizar pois não recebe a bola de volta.

Precisamos sim é de reservas à altura dos titulares e ensaiar muitos ataques; também é importante não cair na "linha burra" de impedimento.

Caio disse...

Caro editor do melhordoparana,

A Betsson está lançando seu portal de gambling agora totalmente em português brasileiro. A Betsson é uma empresa sueca de capital aberto, que atua na indústria dos jogos há mais de 40 anos.

Gostaríamos de divulgá-lo em seu site. Temos como discutir a sua afiliação?

A proposta de lucro é bem agressiva, você teria direito a 25% sobre o “net revenue”. O processo de comissionamento é totalmente automatizado e, portanto, sem riscos. Você terá grandes perspectivas de ganhos.

Como poderemos evoluir nesta parceria?

Atenciosamente,

Caio Maia
caio.playit@gmail.com

http://www.betsson.com/

Gustavo GR disse...

Neto titular. Galatto emprestado e Vinicius vendido. Neto faz com tranquilidade o que Galatto se caga todo para fazer, que é, sair do gol com segurança.

Ao contrario do Esou, eu acho que um de nossos maiores problemas é o goleiro SIM. Basta pegar a fita dos jogos que perdemos e empatamos e ver quantas falhas GROTESCAS Vinicius e Galatto cometeram. Cito duas falhas de memoria de cada um dos 2 granjeiros:

- CAP 2 x 3 nautico: Galatto falhou bizarramente ao tentar encaixar uma bola fraquinha numa cobrança de escanteio.

- CAP 2 x 2 palmeiras: Paulo Baier recua uma bola do meio de campo para o goleiro Vinicius. Este, ao inves de meter um bago na bola já de cara, resolve dar uma ''penteada no porco''. Obina, com toda sua ''mobilidade'' e com toda sua ''rapidez'', consegue bloquear o goleiro Vinicius e faz um dos gols mais bizarros que eu ja vi o CAP tomar na Baixada. Sem contar que o gol de empate, tambem foi falha do granjeiro chama-gol Vinicius.

Só nisso aí, já foram 5 pontos. Hoje estariamos com 52, e de velho, ja livres do rebaixmento.

Portanto, que deixem o Neto no gol como titular, pois me pareceu que o garoto tem qualidade. Logico que precisa jogar mais e provar muito ainda. Mas ja deu mostras de que tem mais qualidade que Galatto e Vinicius.

SDS RN
GUSTAVO

esou disse...

Caro GUSTAVO, respeito sua opinião, mas todos os goleiros uma hora falham, assim como os atacantes falham muito mais, perdem gols em baixo do pau, meia leva até a entrada da área, mas tem que recuar porque não aparece ninguém. Viu o Azevedo (e este é bom) desperdiçar um gol "imperdível" no último jogo por não ter atacante a quem passar? O Galatto fez duas belas saídas e não deixou entrar nenhuma bola.

O que mais me incomodou este ano foram a falta de chutes contra a meta adversária. Ataque funcionando o adversário se cuida mais atrás e não nos ataca, a exemplo de 2001 e 2005.

Concordo que o Galatto e Vinícius falharam em alguns lances, coisas que não vi Neto cometer, mas havemos de convir que eles também fizeram grandes defesas.

Uma observação: acho que a falha do lance contra Palmeiras foi do Galatto.

É minha opinião.

Tiago disse...

Edson Bastos e Lúcio FLávio já estariam acertados com o CAP. Será verdade? Esperemos alguns dias...

Anônimo disse...

lucio flavio seria otimo

Gustavo GR disse...

Esou, tambem acho que o maior defeito do CAP esse ano foi o ataque. Nos outros anos sempre tivemos ataques muito efetivos, com artilheiros do Campeonato.

Porem, alem disso, temos esse problema com a meta, que realmente nos tirou pontos preciosos. Voce diz que o Galatto fez duas saidas e evitou gols, mas ora, se ele nao fizer isso, quem vai fazer ? Ele fez o minimo.

Para encerrar a discussao, voce sente segurança vendo o Galatto no gol do CAP ? Eu nao sinto e acho que a grande maioria da torcida tambem nao sente, pois basta ver as manifestaçoes aqui no blog em prol do Neto, que jogou um jogo inteiro (contra o Barueri) e esse 2º tempo contra o Bota e já o preferido. Se todo bom time começa por um bom goleiro, precisamos de bons goleiros, pois Galatto e Vinicius de novo, nao da.

O amigo ali de cima disse Edson Bastos. Po, excelente goleiro. Bem melhor que o Galatto. Eu acho que o Galatto será emprestado ano que vem.

Obs.: no jogo contra o palmeiras era o Vinicius mesmo...

SDS RN
Gustavo