segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A primeira morte

Estava demorando, mas aconteceu:
O estudante de Direito João Henrique Mendes Xavier Vianna, de 21 anos, torcedor do Atlético-PR, morreu no fim da tarde desta segunda-feira, vítima de um atropelamento por um carro conduzido por um torcedor do Coritiba, após o Atletiba de domingo.
Vianna e outro torcedor do Atlético foram atingidos pelo carro na esquina das ruas Desembargador Westphalen e Engenheiros Rebouças, próximo à Arena. O Celta que atropelou os atleticanos era ocupado por cinco torcedores do Coritiba, que voltavam do Couto Pereira – os rubro-negros estavam na Baixada assistindo ao clássico em um telão.
Vianna foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador, onde permaneceu internado durante todo fim do domingo e a segunda-feira em estado grave. Segundo informações da família, ele teve morte cerebral decretada no fim da tarde e os médicos já autorizaram a doação de órgãos.
O condutor do Celta deixou o local do acidente e só foi parado algumas quadras depois, na esquina da Westphalen com a Nunes Machado, por um agente da Diretran a caminho do trabalho, que vinha logo atrás do carro no momento do acidente. O motorista foi levado à Delegacia de Delitos de Trânsito, onde está preso. Ele recusou-se a fazer o teste do bafômetro.
O outro torcedor atropelado quebrou uma perna. Ele teria sido levado ao Hospital Evangélico e liberado nesta segunda-feira. O hospital não confirma a informação.

11 comentários:

Filipe disse...

bando de marginais... por uma simples partida tiram a vida de pessoas... bando de filha da puta desgraçados... é isso que as paquitas são... por isso que n saio em dia de jogo desses vagabundos... só dá isso...sequestro de onibus, mortes.. aff.... mundo coxa branca... mundo mediocre.... pq n colocam essa notica amanhã na capa da tribuna, rpc e tals? imprensa filha da puta, vergonha do paraná

DINDO disse...

MEUS SENTIMENTOS AO ATLETICANO FALECIDO, VÍTIMA DE "ASSASSINOS" TRAVESTIDOS DE TORCEDORES.

TALVEZ A RUA SEJA A REINALDO MACHADO, POIS NUNES MACHADO WESTPHALEN SÃO PARALELAS.

Anônimo disse...

Lamentável!
Parece que esse coxa branca inconsequente queria acertar os atleticanos com o retrovisor do carro, mas errou "o alvo".
O que falar sobre um animal desses?

Felipe disse...

Amanha mesmo irei ao espaço socio furacão cancelar meu plano.

É palhaçada o que tá acontecendo.. Visitei as comunidades do Coritiba e do Atlético, e o que vi é que muitas pessoas julgam isso normal, que os cara que foram atropelados deviam estar jogando pedras no carro e que mereciam isso mesmo. Outro diz que tudo bem por que o cara é atleticano..

PORRA, que é isso? Nesse novembro vai fazer 2 anos que não vou a Arena com camiseta do Furacao, da Fanaticos ou mesmo roupas vermelhas, por que? Por que exatos dois anos atrás, depois de um jogo entre Atlético X Paraná, levei uma pedrada no meu carro, por nada, apenas pelo simples fato de estar com a camiseta rubro negra.

Não dá mais para mim, quem não tem filho, mulher ou mesmo netos, provavelmente não vá entender.. mas já passou dos limites tudo isso.

Abraço a você Guerrilheiro.

Julio disse...

Evito sair com camisa do nosso Furacão quando há o Atlepaquitas. Minha cunhada veio de SP no domingo. No caminho do aeroporto até minha casa vários ônibus vindo de São José estavam cheios de paquitas xingando e ameaçando as pessoas. Assisti o jogo com o volume desligado e sem rádio, óbvio, pois é horrível escutar esta imprensa xoxa nestes dias, mas sabia que o pior aconteceria. Como colocado aqui mesmo pelo Guerrilheiro, os xoxas tem permissão para atirar extintor de incêndio, cadeiras, bombas e matar, não foi a primeira morte, lembram da estação tubo onde a vítima era um torcedor dos verdes que estava voltando para casa do trabalho? E o que dizer do "dirigente" da torcida que foi pego com um revolver indo ao jogo?

Anônimo disse...

Meus sentimentos a familia dessejovem. Lamentável a morte desse torcedor de maneira tão imbecil, mas é lamentavel seja quem for ou para o time que torcer! Infelizmente a viol~encia toma conta de todos, pois não devemos esquecer que um torcedor do coxa foi assassinado por um atleticano na pç Rui Barbosa. Não somos vitimas, somos todos culpados !!!

Anônimo disse...

tem q fechar as sedes das torcidas e manda esses porcos td pra cadeia onde são os lugares deles...

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Aí que tá: nenhum dos envolvidos nessa morte era membro de torcida organizada. O problema é bem maior que isso.

Aparecido jose disse...

Enquanto os culpados não forem exemplarmente punidos e afastados definitivamente dos estadios ficaremos aqui lamentando por fatos ocorridos após os clássicos. Cabe ao Ministerio Público e responsáveis pelo futebol encontrar soluções capazes de solucionar os problemas existentes. Não podemos ficar aqui após a cada jogo lamentado as mesmas barbaridades de sempre.

Meus sentimentos a familia da vítima.
SRN

esou disse...

O que dizer num momento deste?
Adianta maldizer o clube antagonista?
Lógico que o autor do atropelamento deve ser punido, incluindo os outros ocupantes do veículo por omissão do caso. Mas, isto infelizmente não vai servir nem de exemplo para daqui por diante, pois estaremos apenas combatendo a consequência e não a origem.
Que tal, desengavetar a idéia de "carteirinha do torcedor" e viabilizar o seu uso? Quem perde é o futebol esporte.
É preciso além da punição educar a nova geração mostrando os verdadeiros valores de ser torcedor para extinguir o câncer desnvolvido nesta geração, mas como implantar se nós próprios vemos o adversário como um inimigo de "guerra"?

Ane disse...

Gostaria de deixar a torcida Atleticana informada que o torcedo JOAO HENRIQUE MENDES XAVIER VIANNA ainda se encontra em COMA