quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Para embalar

Da Gazeta do Povo:

Manter a tendência recente de jogar bem contra adversários da parte de cima da tabela de classificação é o desafio do Atlético ho­­je, diante do Grêmio, às 21 horas, na Arena.

O bom futebol apresentado na derrota para o Palmeiras e na vitória sobre o Corinthians reanimou o time de Antônio Lopes para entrar embalado na parte final do Brasileiro.

Bem diferente do que havia conseguido produzir na última vez em que atuou em casa (ga­­nhou por 1 a 0 do Sport, há 18 dias, mas sem agradar), o Furacão empolgou e voltou revigorado dos dois jogos em São Paulo.

Com espaço para contra-atacar pela ofensividade dos rivais, o Delegado conseguiu montar esquemas que surpreenderam.

Ótimo para quem carregava um enorme temor de se aproximar da zona de rebaixamento antes da série de quatro partidas que está na metade. Após o Tri­­color gaúcho, os atleticanos pe­­gam outro candidato à Liber­­ta­­dores, o Internacional, sábado, em Porto Alegre.

“A gente tem conseguido apresentar um bom futebol. Fo­­ram dois jogos fora e agora gostaríamos de manter essa sequência diante do nosso torcedor. Pre­­ci­­samos dessa afirmação”, comenta o capitão Paulo Baier.

Seis pontos acima da faixa da degola, ninguém ainda se diz tranquilo no CT do Caju. No en­­tan­­to, a meta de 11 vitórias para escapar da queda, traçada quando o Rubro-Negro estava na 18.ª colocação (antes de vencer o Fluminense em 2 de agosto), está cada vez mais próxima – faltam quatro.

“Temos de manter o mesmo espírito desses dois jogos. Quero a mesma aplicação e a mesma vontade e não só nessa partida, mas em todas até o fim do campeonato”, pede Lopes, muito sa­­tisfeito com o que viu diante de palmeirenses e conrintianos.

Frente ao Tricolor gaúcho, a aposta está mais uma vez em um sistema diferente do habitual. Se no Pacaembu (3 a 1 sobre o Ti­­mão), os laterais Nei e Márcio Azevedo fecharam junto aos za­­gueiros (Manoel e Rhodolfo) e li­­beraram o resto da equipe para atacar, dessa vez Lopes volta ao 3–5–2, mas sem nenhum ala ou lateral-direito de ofício.

O volante Rafael Miranda é quem fechará o setor. Afinal, Nei, Manoel (suspensos) e Rho­­dol­­fo (machucado) ficam de fo­­ra. Assim, a modificada defesa terá Éverton, Fransérgio e Chico. Apenas do meio para o ataque é que o Atlético terá a mesma formatação com Paulo Baier, Mar­­cinho, Wallyson e Wesley.

“Confio em quem está entrando. São bons jogadores que também fazem parte do grupo”, diz o Delegado.

* * * * *
Atlético - Galatto; Éverton, Fransérgio e Chico; Rafael Miranda, Valencia, Paulo Baier, Marcinho e Márcio Azevedo; Wesley e Wallyson. Técnico: Antônio Lopes.

Grêmio - Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Rafael Marques (Léo), Réver e Lúcio; Fábio Rochemback, Adilson, Tcheco e Souza; Jonas e Maxi López. Técnico: Paulo Autuori.

10 comentários:

Anônimo disse...

esta zaga tá meio bizarra. não gostei. porque não simplesmente Raul no lugar do nei, Everton no do manoel e o Rhodolfo que pare de frecura e jogue.hehe
brincadeira. Não sou corneta. O crazy professor deve saber o que está fazendo.

Zé dantas

Anônimo disse...

Atlético - Galatto; Raul, Rodolfho e Chico; Rafael Miranda, Valencia, Paulo Baier, Marcinho e Márcio Azevedo; Wesley e Wallyson. Técnico: Antônio Lopes.

Luiz disse...

A rê rê Gaucho da o cu e fala The!

Anônimo disse...

tche*

Aparecido jose disse...

Caramba a escalação dessa zaga me preocupa, esses caras nunca jogaram juntos, tomara que de certo, mas tenho medo. E cadê o Raul para a lateral?

Anônimo disse...

Raul ta fazendo doce, não quer renovar e não ta jogando lhufas...

Anônimo disse...

podiamos estar com 37 pontos agora,
nao vou cornetar, ja penso no jogo contra o inter, mas q a mistica da baixada nao eh a mesma isso eh certeza!

Pq o raul n joga mais?

Anônimo disse...

E por que o Raul jogaria??? Qual foi a partida que o Raul jogou bem???

Julio disse...

O Ronaldo é um baita zagueiro. Grande revelação. O jogo de ontem foi amarrado e concordo com o Delegado. Deixar Ronaldo estreando e Fransérgio, junto com Chico (os dois últimos não são zagueiros) sem proteção seria suicídio. Vale lembrar que o Grêmio não é o Paraná Clube nem o Asa de Arapiraca. O Souza e o Tcheco não fizeram nada ontem além de faltas que deveriam ser punidas com o vermelho.

Anônimo disse...

Ronaldo mandou ver, gostei do becão!
Enéas