sábado, 5 de setembro de 2009

Memória atleticana

Mais duas fotos históricas do acervo de José Cação Ribeiro Júnior. Fantástica a segunda imagem, com o Atlético todo de branco entrando em campo para jogar em Ponta Grossa, com as palmeiras ao fundo. Destaque para as belas camisas negras dos goleiros, com o "ATLÉTICO" destacado em letras maiúsculas. Clique para ampliar:

10 de abril de 1949
Amistoso, inauguração do Estádio Horácio Klabin, em Telêmaco Borba
Atlético 3x3 Corinthians
Em pé: Valdir, Nilo, Caju, Valdomiro, Joaquim e Sanguinetti
Agachados: Valdir, Rui, Neno, Cireno e Jackson


15 de novembro de 1949
Atlético 5x2 Guarani, em Ponta Grossa
Entrando em campo: Cireno, Guará, Neno, Valdir, Jackson, Caju, Délcio, Vilanueva, sem identificação, Valdomiro, Laio e Ivan.

8 comentários:

Anônimo disse...

Meu furacão!!!!!!!!

Anônimo disse...

Guerrilha: ingressos esgotados para o jogo de hoje... estará o santuário lotado? Arrisco dizer que não... Então, em vez da soluçao burra e fácil de jogar a conta para a torcida, não poderíamos ter um sistema que permita a confirmação antecipada do uso das cadeiras e consequentemente a venda das não utilizadas? Um sistema desse e o plano a sessentão, demonstrando que queremos sim ajudar o clube e que a diretoria está sim buscando o melhor para o clube e seu maior patrimônio, que é a torcida - receita básica do sucesso para um clube como o nosso que não tem as benécies do eixo, da Globo, etc...
Titio Enéas, cansado de burrice - estão jogando fora uns 200 a 300 mil por jogo.

Anônimo disse...

Ressuscitem algum desses atacantes aí, a vaga no ataque está aberta.

Anônimo disse...

Como que um time de morto pode ganhar de outro time morto(JOGO DE HOJE CAP X URUBU).

Anônimo disse...

No primeiro tempo o nei deu uma arrancada pela esquerda e o matcinho cachaceiro ao invés de se deslocar, se escondeu atras do zagueiro, o nei ficou puto da vida.

Anônimo disse...

Juntem o raul, o marcinho, o walisson e alex mineiro põe num saco e joga num poço morto, é uma pena que se perderá o saco.

Anônimo disse...

É Gerrilha é melhor mesmo falar da "Memoria" do CAP, é muito legal, porque da realidade tá dificil. Juntando o jogo de quarta e o de hoje foi sofrivel. Nosso ataque é enoperante e não temos peça pra repor. O nosso consolo são os debaixo da tabela, que não conseguem ganhar, senão...

esou disse...

Ziquita para o Manoel e Macalé para o bandeirinha que "deu" chambinha para o Delegado.
Menção honrosa para atitude do Lopes.