terça-feira, 22 de setembro de 2009

Lopes pega 30 dias de gancho

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acaba de punir o técnico Antônio Lopes com uma suspensão de 30 dias por conta das acusações feitas contra o péssimo bandeirinha Altemir Hausmann, que atuou na partida contra o Flamengo. Lopes foi injustamente expulso após o intervalo por ter olhado (!!!) para o bandeira. Revoltado, chamou o assistente de "injusto e sem caráter" - declaração que resultou no gancho.

A confusão causada por Antonio Lopes na partida contra o Flamengo não acabou bem para o treinador. Julgado nesta terça-feira, dia 22 de setembro, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o técnico do Atlético/PR acabou suspenso por 30 dias após decisão unânime da Segunda Comissão Disciplinar. Porém, o clube se deu bem e livrou-se da punição da perda de mando de campo.
Em compensação, o Atlético foi absolvido pelo fato de um torcedor ter jogado uma revista no gramado. Fato, aliás, que não deveria nem ser objeto de um julgamento, convenhamos...

11 comentários:

Anônimo disse...

bem que ele podia aproveitar agora e se aposentar da lugar pros novos, de preferencia se aposente e leve o marcinho com vc.
fora lopes
fora lopes
fora lopes
fora lopes

Anônimo disse...

o Lopes ta meio gaga....
Tem que deixar o Leandro liuss cuidar do time, pq o Lopinho não dá!

Anônimo disse...

Tô "fazeno" uma tatoo do vélho no meu braço... queimou minha língua com os resultados que já mostrou, tem mais energia que um monte de banana por aí (leia-se GayFranco).
Que grande time não tem uma defesa sólida? Este é o primeiro pilar do trampo do velhinho. Semana passada estive em SP e RJ a trabalho pela Enéas Corporation, amanhã vou novamente, lá não se cogita o Atlético entre a turma do rebaixamento não e o trabalho sendo realizado está sendo percebido.
Titio Enéas

Anônimo disse...

E o filha da puta do bandeirinha que estava roubando contra o nosso CAP fica impune!!!!!

Fernanda disse...

Ah... Já esperava isso, depois deste momento infeliz do delegado... aquele barraco... que deu vergonha por ele... além do que, o STJD é a maior arma do futebol carioca... Não esperava nada diferente...

JMK disse...

É sinal de temor que o CAP desperta nos homens da CBF que deveriam estar em Brasília mas por "tradição" ficou no Rio. Para que? Para mostrar serviço aos cariocas e paulistanos, garantindo a mordomia.
Tentam de toda forma "pisotear" os times do Paraná (Estado).
Fazer o quê?

esou disse...

Enquanto as "autoridades" não deixarem o interesse escuso de lado e não direcionarem suas prerrogativas para o bem do futebol, a parcialidade e falsidade vão dominar este esporte.

Infinitamente Atleticano!

Anônimo disse...

Excelente, assim o Leandro assume o time de uma vez e estas substituições locas do veio acabam por 30 dias e quem sabe nos recuperamos melhor!

Fran disse...

O Lopes insistiu na teimosia. Comenta-se o nome do novo treinador para o CAP na mídia paranense: Lopinho. E agora? E agora!

Luiz Andrade disse...

Esse(a) Fran, na dúvida isso, é paquita.
Tem gente que coloca cada absurdo! A suspensão do Lopes é de permanecer no banco.
Quem vai continuar comandando o time é ele, através de um sistema de comunicação (rádio ou telefone).
Quem estiver no banco vai cumprir as determinações dele.
Entenderam ou têm que desenhar?
E outra, queriam quem de técnico? Eu prefiro um cara que teve o peito de assumir a fogueira, que um Cuca Zé Ruela, que afinou...

esou disse...

Não entendi porque você pensa assim, caro Luiz Andrade.
O próprio Lopes disse que quem vai estar comandando em Campo é o Júnior em caso de suspensão.
E, é corrente entre a galera que o Lopes Júnior é "fraco" pelo desempenho mostrado nos times de São Paulo. Comandar da arqubancada com walk talk não deve ser o mesmo que diretamente.