sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Três propostas para a Arena

Da Máquina do Esporte:
Sede da Copa do Mundo de 2014 no Paraná, a Arena da Baixada, casa do Atlético Paranaense, está prestes a ser rebatizada. O clube estuda três propostas de naming right para o estádio e espera anunciar o nome da vencedora ainda neste ano.

Os nomes das concorrentes são mantidos em sigilo, assim como os valores que devem envolver o contrato. Pelo acordo com a Kyocera, encerrado em abril de 2008, o rubro-negro recebeu R$ 5 milhões por três anos para ceder, além da arena, o peito de sua camisa.

O futuro parceiro, no entanto, terá em mãos um projeto diferente da ex-patrocinadora do Atlético. "A Kyocera não usufruiu todos os benefícios da arena. Estamos tentando mostrar para as empresas todas as plataformas que podem ser exploradas ali. A principal mudança que estamos propondo é uma integração maior entre a empresa e o Atlético, coisa que não acontecia antes", afirma Henrique Gaede, diretor de marketing do Atlético Paranaense.

A Philco, atual detentora da cota máster do clube, não está descartada para o projeto do estádio, mas é vista como uma possibilidade distante. Em contrapartida, a manutenção da empresa na camisa atleticana já está sendo negociada.

"Estamos satisfeitos com o casamento das duas marcas, não apenas pelo aspecto financeiro. Até a composição da camisa ficou boa. Agora precisamos adequar as necessidades do nosso contrato com a Umbro para fecharmos. A Philco tem a prioridade para renovação e vamos respeitar isso. Se não houver acordo, aí vamos para o mercado", completa Gaede.

Segundo o executivo, a negociação pode ser fechada ainda no mês de setembro: "Queremos antecipar a temporada de 2010 e anunciar esses acordos em breve", diz o diretor de marketing.

Com os novos acordos, o clube espera que o próximo ano seja mais equilibrado financeiramente. Em entrevista à rádio "Band News", o presidente Marcos Malucelli disse que o Atlético irá encerrar 2009 com um déficit de R$ 16 milhões e não terá receita suficiente para cobrir as despesas previstas para a temporada.

A previsão, de acordo com o mandatário, é faturar R$ 13 milhões com cotas de televisão, R$ 12 milhões com plano de sócios, e R$ 7 milhões em patrocínios e marketing. Uma boa campanha na Copa Nissan Sul-Americana pode melhorar esse cenário.

"A participação na Sul-Americana ajuda muito, o próprio patrocinador prevê pagar bônus de acordo com a nossa evolução no torneio. Mas é difícil saber quanto vamos ganhar, depende da quantidade de jogos, é complicado. É importante ressaltar que não há dívida, só questões de fluxo de caixa a serem resolvidas, faz parte da mudança de gestão. Não temos desespero", conclui Henrique Gaede.

9 comentários:

Anônimo disse...

pelo jeito a turma jah pegou a estrada rumo ao litoral..

JMK disse...

É um alento confortante. Além do patrocinador naming right Que venham muitas e muitas propostas de parceria pois, em 4 anos têm que entrar cerca de 100 milhões de reais para a Copa. Curitiba, o Estado, o Brasil merecem!

Julio disse...

Espero ver um bom time em campo. Acredito muito no potencial da piazada que está subindo. Se trouxerem um zagueiro xerifão para ser titular, um atacante rápido de primeira linha (deixaram o Denis ir para o Urubú) o Clayton e o Alex Mineiro voltarem a forma e o Baier repetir ano que vem o que está jogando este ano, 2010 promete ser bem melhor.

Anônimo disse...

um passarinho me contou o provável patrocinador, vem coisa grande por ai. Empresa japonesa

Anônimo disse...

mudando um pouco de assunto, alguem mais viu isso?

"Flamengo oferece R$ 50 mil para jogadores quebrarem tabu na Arena"

http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/Brasileirao/Serie_A/0,,MUL1293169-9827,00.html

o pessoal está fazendo de tudo pra tentar vencer a gente aqui...
é agora que temos que ir pro estadio e incentivar cada vez mais esse time, pq sem essa torcida, esse time atual nao é nada.

Anônimo disse...

"bla bla bla bla ..."

afirma malucelli


nada nada nada faz o malucelli...

Anônimo disse...

O Andrade tá com medo até dos gandulas da Baixada e essa do flamerda ofercer R$50mil, lá os jogadores sabem que tem uma enorme diferença entre oferecer e pagar.

Anônimo disse...

Só espero que quem foi p/ a praia, tenha deixado o seu smart c/ um Atleticano.

Anônimo disse...

Só espero que o Furacão vença!!
SRN
Enéas