terça-feira, 18 de agosto de 2009

Baixada: governo e prefeitura ajudarão na busca de um parceiro

Não há a menor hipótese da Copa não ser realizada na Baixada e o governo do estado e a prefeitura de Curitiba vão ajudar na procura por um parceiro privado para terminar a Baixada nos padrões da Fifa. A informação é do deputado Alexandre Curi, que participou da reunião desta tarde entre políticos e dirigentes do Atlético e acaba de dar uma entrevista ao Programa da Torcida, da rádio 91 Rock*.
Curi, que teve papel fundamental para que o governador Requião indicasse a Baixada como o estádio paranaense para a Copa, e não o Pinheirão do trio Gomyde-Onaireves-Gionédis, explicou que os governos estadual e municipal irão trabalhar conjuntamente na busca de um parceiro privado para o Atlético e disse que não vê dificuldades em se levantar R$ 90 milhões. "O estado do Paraná vai receber investimentos totais de R$ 5 bilhões por conta da Copa; o valor referente à conclusão da Arena é ínfimo perto deste montante", opinou.
Ele disse ainda que, quando ocorrerem as obras para a conclusão do segundo anel, o Atlético terá mesmo abrir mão de jogar na Baixada - e talvez por mais de um ano. O presidente do CAP, Marcos Malucelli, também teria pedido na reunião garantias de que o Atlético terá onde jogar neste período. Para Curi, não haverá problema em equipar outra praça esportiva para torná-la capaz de receber jogos do Furacão, mas também não descarta ideia de que o Couto Pereira seja solicitado. "A Fifa tem a prerrogativa de solicitar o estádio ao Coritiba", disse.
* O programa estreou ontem na Rádio Rock. Vai das 19 às 20 hs.

14 comentários:

Anônimo disse...

VAMOS PINTAR O COUTO PEREIRA COM AS CORES DO RUBRO-NEGRO.
KOCH

Anônimo disse...

O problema é que aquilo lá tá caindo, igual a Fonte Nova.
Enéas

Anônimo disse...

vamo derrubar o couto, e ser campeões mandando jogo lá no tremendão.
pracabá de vez com os coxa.

buenooo disse...

serio. o pinga mijo vai cair um dia. como foi na bahia. não é piada... eu não desejaria estar lá.

Itamar (japa) disse...

cara isso é real meu, me lembro q lá por 92 mais ou menos o estadio ja tinha sido interditado, porque podia cair...dai os carsa fizeram um remendo e escoraram lá e liberaram de novo..

mas uma hora cai aquela porra!!!

Anônimo disse...

Vou pagar minhas mensalidades em dia como sócio e assinar o paga pra ver, me falaram que o pinga mijo está caindo então fico em casa, estou certo ou errado?

thyago disse...

Na minha condição de sócio, exijo do clube adicionais de insalubridade e periculosidade, além de equipamentos de segurança como capacete e máscaras de oxigênio se for o caso do CAP mandar jogos naquela pocilga da rua Mauá. Que nossa diretoria pense muito bem antes de colocar a nossa vida e nossas famílias em um risco tão grande.

Gustavo GR disse...

Ontem estava passando de carro perto do pinga-mijo (de vidro fechado logico, pois o fedor é fortissimo) e vi um carro do Corpo de Bombeiros por lá... seria alguma vistoria ??? Sei nao... eu nao me arrisco ir naquilo...

SDS RN
GUSTAVO

Jane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jane disse...

Não pisarei lá nem morta!!!!
Me consola, porque é para um bom motivo. Agora quero ver alguém ter coragem de chamar a Arena padrão FIFA de "lego"

Como é bom ser Atleticana \o/
Saudações.

Anônimo disse...

Pode até ser no Esgouto Pereira, mas sério tem que limitar o número de atleticanos.. senão cai aquela merda..

JMK disse...

No Céu ou no Inferno
Aonde for
Teu escudo,minha honra, meu amor
Nascer, Viver
Mais que Torcer
Atleticano até morrer.

Eu irei!

Luiz Andrade disse...

A última vez que fui ao pinga mijo, foi em uma partida cujo mando era do time do joel malucelli, aquela malfadada em que o rodriguinho desrespeitou o manto sagrado.
Apesar do pequeno público (deixaram p/ nós apenas aquela parte dos visitantes) o estádio balançava que dava medo.
Não aconselho a pessoas saudáveis que queiram permanecer como tal que compareçam aquele antro.
Brincadeiras e rivalidade à parte a muito tempo venho afirmando que a qualquer momento vai acontecer uma tragédia lá. Só então as "otoridades" tomarão providências.
Que façam uma meia-sola no Pinheirão velho de guerra!

Anônimo disse...

Tomara que aquilo caia antes, tá prá lá de Fonte Nova...
Enéas