segunda-feira, 20 de julho de 2009

Na súmula

“Durante o intervalo da partida houve um tumulto nas arquibancadas onde dividiam-se as torcidas com cordão de isolamento composto por policiais e seguranças. Durante o tumulto foram arremessadas bombas por ambas as torcidas uma contra a outra”.
Foi desta forma que o árbitro que apitou o Atletiba, Wilson Luiz Seleme, relatou a troca de gentilezas entre imbecis de ambas as torcidas no intervalo do jogo. Àquela altura, a coxarada já havia arremessado umas 5 bombas. Se o jaguara que estava do lado de cá da trincheira não tivesse retribuído, provavelmente apenas os coxinhas espíritos-de-porco seriam denunciados. Burro demais.
Pior que ambos os clubes são reincidentes. O Atlético foi citado na súmula na partida contra o Corinthians e os coxas na partida contra o Inter pela Copa do Brasil.
Vale lembrar também que no Atletiba do Campeonato Paranaense na Baixada a coxarada arremessou pelo menos 10 bombas na torcida do Atlético, e nenhuma medida foi tomada, apesar dos atleticanos terem relatado o fato ao presidente e ao procurador-geral do TJD.
Mas, voltando à torcida do CAP.
Será que só com o Atlético perdendo mando de campo esse tipo de coisa vai acabar na Baixada?

11 comentários:

Sobre o Futebol Carioca disse...

eu vi, isso foi terrivel!

Esponja disse...

Não, cabeças de cavalo como esses não se preocupam com o que vai acontecer com o clube. Se preocupam com a "fama" que terão caso estourem a cabeça de algum rival. Não estão nem aí para o Atlético. Aliás nem sei se sabem ler. Sugiro fiscalização de todos nós torcedores. Só senta naquele local quem for dono da cadeira. Quem não for e ficar de pé só provocando que leve botinada. Esses caras não são inimigos dos coxas, são inimigos da própria torcida do Atlético. Temos que agir.

Ziquita disse...

Os bobos que ficam lá não devem nem saber cantar o hino e muito menos a escalação do time que entrou em campo ontem!
Nem notaram que com a entrada do Rafael Miranda passamos a ganhar mais o meio de campo e que só não ganhamos pq o Alex Mineiro não estava em campo.

Anônimo disse...

Divisória de vidro blindado muito alta, assim abafa o som (como é ridícula a tentativa de cantar the wall- cópia mal feita), se cair um toró ainda afora a porcada, hehe.

Anônimo disse...

Senhor Malucelli
Faça-nos um favor, verdadeiros torcedores atleticanos: coloca um monte de segurança no meio das duas torcidas e tira o safado que jogar bomba. Prisão e proibição para estes babacas que ficam se chingando na divisória, tudo piá de prédio metido a besta.
Obrigado por agir.

Rafael disse...

Sobre a "provavél" perda de mando de campo, segue abaixo o que diz o RGC(Regulamento Geral de Competição) da CBF:

Art. 60 - Nos casos em que um clube for apenado com perda de mando de
campo, caberá exclusivamente à DCO determinar o local onde a partida deverá
ser efetuada.
§ 1º - A cidade do estádio substituto deverá estar situada a uma distância
superior a 100 km daquela originalmente prevista para a partida, observados os
padrões rodoviários oficiais.
§ 2º - O estádio substituto poderá situar-se em outro estado, na inexistência
de alternativa aceitável no estado de origem, mediante análise e aprovação da
DCO.
§ 3° - A DCO somente executará a pena de perda de mando de campo, na
partida que venha a ocorrer após decorridos cinco dias úteis da decisão da Justiça
Desportiva que a impuser, tendo em vista os prazos necessários para as ações
logísticas relacionadas com a mudança do local do jogo, inclusive emissão e
venda de ingressos, considerando os prazos estabelecidos pela Lei nº 10.671, e
ainda considerando as necessidades de reservas de vôos e hospedagem das
delegações dos clubes envolvidos.

Acho que é bom, nós torcedores começarmos a planejar as provaveis tres viagens que faremos para assistir ao CAP...

Anônimo disse...

Foi ridículo. O jeito é pegar essa escória, de ambos os lados, trancar num container e mandar pra Bagdá. Todos.

Rico

Anônimo disse...

Olha é simples de coibir isso a diretoria ja provou que não faz nada, quem pode fazer? a torcida.

Como?

Da mesma forma que quando um animal jogou um copo plastico no gramado ano passado foi esmurrado por todos o camarada que jogar bomba a propria torcida fala e poe o cara pra fora!.

Ahh mas eu tenho medo o cara pode tar armado com bombas, por favor, se um resolver agir vai contagiar todo mundo que eu acredito ser a maioria que não quer ver o CAP sem mando.

A torcida pode sim, mudar essa historia!

Porque até onde eu sei se for identificado o marginal o clube não é penalizado.

SRN.

Ribeiro

Anônimo disse...

Nem com os dois times perdendo o mando de campo isto vai acabar. Os vândalos (para usar um termo "suave") não estão nem aí.

Anônimo disse...

Nem com os dois times perdendo o mando de campo isto vai acabar. Os vândalos (para usar um termo "suave") não estão nem aí.

Anônimo disse...

NO CASO DA PERDE DE MANDO, COMO FICAM OS SÓCIOS QUE PAGAM PARA ASSISTIR OS JOGOS NA BAIXADA? SERÁ QUE ESSA CORJA DE VÂNDALOS NOS DEVOLVERIAM O VALOR DO INGRESSO? ESSAS TORCIDAS (DES)ORGANIZADAS DEVERIAM SER BANIDAS DOS CAMPOS DE FUTEBOL! AS DIRETORIAS DEVERIAM TOMAR PROVIDÊNCIAS MAIS SÉRIAS E RADICAIS PARA GARANTIR A SEGURANÇA DOS VERDADEIROS TORCEDORES E DE SUAS FAMÍLIAS QUE COMPARECEM AOS JOGOS! É UMA LÁSTIMA!!