terça-feira, 14 de julho de 2009

Dia D para acertar a volta de Alex

Da Gazeta do Povo:

Alex Mineiro tem um clássico agendado no próximo domingo. Só ainda não sabe qual. Enquanto a diretoria rubro-negra sonha com a reestreia do ídolo no Atletiba, a cúpula gremista prevê sua escalação no Grenal. A definição ocorre hoje (terça) à noite, em Curitiba. O presidente Marcos Malucelli aproveitará a presença da delegação gremista na capital para o jogo de amanhã, com o Coritiba, para tentar sacramentar o retorno do ídolo.

Em uma reunião com o presidente gremista, Duda Kroeff, saberá o impacto exato na negociação da atuação do camisa 9 domingo, contra o Corinthians. Chamado às pressas para substituir o gripado Maxi Lopez, reabriu as portas no Olímpico ao marcar o primeiro gol na vitória por 3 a 0 e encerrar 133 dias de jejum sem balançar a rede. Exibição capaz de por em risco o esforço para reduzir a um terço a pedida gaúcha de R$ 750 mil pela liberação e o acerto salarial com o atacante.

“Havíamos acertado o valor, mas vamos ver como fica após a atuação dele”, afirmou Malucelli, que diz não ter mantido contato com Kroeff ontem.

Do lado gremista, há indícios de que a negociação será endurecida.

“Diante da insistência do Atlético, demos um valor para a negociação (na sexta-feira). Mas isso foi antes (do jogo de domingo). Para nós, está definitivamente descartado. Ele vai para Curitiba amanhã (hoje) para o jogo contra o Coritiba. E volta para Porto Alegre”, disse, no meio da tarde de ontem, o diretor de futebol do Grêmio, Luís Onofre Meira.

Ao mesmo tempo, o clima na Baixada era diferente. O diretor de futebol Ocimar Bolicenho confirmava que o clube estava perto de um acerto e que Alex Mineiro poderia ser uma atração a mais no Atletiba. No estádio onde reina como o segundo maior goleador (com 50 gols, atrás apenas de Kléber), o atacante teria a chance de enfim marcar contra o maior rival no fim de semana.

A aposta técnica para repatriá-lo exigiu uma manobra de caixa. Malucelli descartou a ajuda de um parceiro para bancar o negócio, o montante seria de levantado no próprio clube.

O empresário do atacante, Bruno Paiva, também assegurou serem boas as chances de o jogador voltar a vestir a camisa rubro-negra e de o anúncio oficial ser feito hoje. A intenção do Grêmio em manter o jogador o pegou de surpresa.

Outros negócios

Além de Alex Mineiro, o Atlético avalia a proposta do italiano Bologna pelo zagueiro Rafael Santos e deve se pronunciar até amanhã. Caso o negócio se concretize, o clube vai apostar em Carlão e Manoel, promovidos do time júnior.

Outro sondado na zaga seria Rhodolfo, que interessaria ao Dínamo de Kiev. Somente no caso da saída de um segundo defensor o Rubro-Negro buscaria algum jogador no mercado.

Quanto ao possível retorno de Claiton, Malucelli disse aguardar a abertura da janela no futebol japonês, em agosto.

“Antes disso eles não vão aceitar negociar”, explicou.

8 comentários:

JMK disse...

Meu conselho ao MM é de manter a oferta; se o Grêmio aceitar tudo bem, se não esqueça, que o Alex é nosso ídolo não há dúvida, mas pode sem problema ser só do passado pois, outros surgirão.

Anônimo disse...

Guerrilheiro,

Bloga aí este texto do Flávio Jacobsen pra galera...

http://www.atleticoparanaense.com/colunas/texto.php?lista_valor=480

Abração

Rafael Lemos

Anônimo disse...

Quanto ao Claiton o que ele quis dizer com: “Antes disso eles não vão aceitar negociar”???
O Claiton nem tem mais vínculo com esse clube do Japão...
Pelo menos é o que saiu na furacão.com: http://www.furacao.com/materia.php?cod=30068

Anônimo disse...

JMK, não concordo com você. O Alex Mineiro é um jogador diferenciado para sua posição. Atacantes técnicos e inteligentes, como ele, não são fáceis de encontrar no mercado. Acho que a diretoria deve fazer o maior esforço para contar novamente com o futebol do Alex.
Assisti o tape inteiro do último jogo do Grêmio ( contra Corinthians) e a atuação do Alex foi muito boa. Ele está em excelente forma física e técnica.

Paulo March

JMK disse...

Paulo March,
Eu concordo com você, cada jogador é único, não há outro igual. Ocorre que os caras que se julgam "donos do atleta", principalmente quando a torcida exige como no nosso caso, começam a exploração. Por isso não é bom a gente ficar endeusando o atleta que ainda não é nosso.
Clubes como CAP não deve agir como negociantes ambulantes (sacoleiros) nem ficar choramingando que não tem dinheiro.
Como torcedor quero o "meu" CAP saudável e crescendo sempre.
Tudo pelo Atlético!

Anônimo disse...

não venda rafael santos estragaria o esquema tatico do time e teriamos que por aquele s grosso do manoel e antonio carlos

Anônimo disse...

È muito dinheiro pra ele ficar seis meses e encerrar a carreira.

Gustavo GR disse...

Quem está falando que o Alex Mineiro nao vale a pena, nao conhece de futebol. Ele vale todo o esforço da nossa Diretoria SIM.

Tavam falando em Josiel, Rone, aquele idiota dos gambás... pois eu nao troco o Alex Mineiro pelos 3juntos. Pode juntar essas 3 merdas que nao dá nem a chuteira do Alex Mineiro.

O cara joga pro time, TOCA RAPIDO (coisa que o Rafael Moura NAO faz), marca a saida do adversario, tem qualidade de conclusao... enfim, concretizando a vinda do Alex, pode dar o boné ao Sr Rafael Moura... na boa.

SDS RN
GUSTAVO