quinta-feira, 4 de junho de 2009

A única saída?

Do Lancenet:

A CBF realizará nessa quinta-feira, em sua sede no Rio de Janeiro, o sorteio dos mandos de campo das finais da Copa do Brasil entre Corinthians e Internacional. Os confrontos estão inicialmente marcados para os dias 17 de junho e 1º de julho. E o promotor público Paulo Castilho vai pedir à Confederação a realização das partidas com apenas a torcida do clube mandante. A decisão foi tomada devido à morte do torcedor corintiano na noite de ontem, momentos antes da partida entre Corinthians e Vasco, no Pacaembu.

– Vou defender essa tese hoje no sorteio de mandos de jogos da final. Não sou favorável a isso, mas devido ao ocorrido ontem [morte do torcedor], infelizmente essa é a posição da promotoria – explicou Castilho.

•••

  • E você, o que acha? Opine!

18 comentários:

Anônimo disse...

trocas a presença da torcida adversária por meia duzia de cervejas geladas?

Anônimo disse...

O cara estpa certo.

Anônimo disse...

Sou a favor dessa ideia

André disse...

Gosto do blog, mas já está ficando massante a associação de qualquer notícia lamentável no futebol brasileiro com a proibição da venda de bebida alcoolica. Quem le o Blog já sabe sua opinião Guerrilheiro, parte pra outra, desenrosca o disco....

Buenas Superior disse...

Difícil essa hein! Estatuto do torcedor deve esclarecer o assunto. Seria barrar alguém configurando discriminação por raça ou crença. O que por si só é crime. O buraco é mais em baixo do que um sim ou não.

Anônimo disse...

Gazeta confirma contratação de Paulo Baier

Anônimo disse...

Está no site oficial: Paulo Baier e um tal de Eduardo, atacante.

esou disse...

Infelizmente a torcida deturpada leva às medidas desta natureza e sempre quem perde somos nós mesmos.

Flávio Jacobsen disse...

Sigam o modelo inglês. Pronto.

Flávio Jacobsen disse...

Detalhe: na inglaterra, se eunão me engano muito, vende bebida.

Luiz Andrade disse...

Esta certo o Guerrilha. A proibição da ceva, é como o tal Estatuto do Desarmamento. Venderam como solução que num passe de mágica eliminaria o problema. Não deu certo, mas ninguém fala em reverter. Então têm sempre que cobrar. àgua mole em pedra dura...

DINDO disse...

AO ANDRÉ DAS 16:11, ASSIM COMO VC PODE DESENROSCAR DO BLOG TAMBÉM, TUDO É RELATIVO. TEM QUE ASSOCIAR SEMPRE A CERVEJA, QUEM GOSTA DE TOMAR REFRI QUE TOME, MAS QUE VOLTE A CERVEJA SIM. ENFIM O QUE INTERESSA MESMO É QUE O FAMOSÍSSIMO EDUARDO VEIO PARA O ATLÉTICO. ESTE CARA JOGA MUITO (DE SEGUNDA A DOMINGO). VIVA O GENINHO, VIVA O ANDRÉ E VIVA O REFRI, PONTO.

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Fala André, agradeço por sua opinião, porém neste post nem sequer falei na proibição da venda de cerveja. E então o blog vai continuar maçante, porque enquanto mantiverem esta proibição ridícula eu continuarei a associar cada episódio de violência no futebol brasileiro com o assunto.

E tenho dito!

Anônimo disse...

boa guerrilheiro... eu acho que a bera gelada é a culpada pela morte do gambá....ahsuahsasuuahsu...

liberem a bera....liberem a bera...

Adeilton

buenooo disse...

e vamo que vamo pra copa.
mostrando pro mundo extrema capacidade de lidar com problemas.

christian disse...

pô guerrilheiro tú deve ser um cachaçeiro de primeira só se preocupa em liberar cerveja compre um bar,em relação a pesquisa sou a favor de cada um no seu estadio assim não ha drestruição de patrimonio alheio.

Fernanda disse...

Haha... Acho que ano passado o Guerrilheiro publicou bem mais posts sobre a proibição da cerveja... Até achei que ele andava mais conformado...
Quanto às torcidas acho que tanto faz, em São Paulo é mais grave. Se o curintia perder, mesmo que estejam apenas entre eles, vão tocar o horror aos redores do Pacaembu...

Anônimo disse...

é lamentável...
os caras armaram a emboscada e no final um deles mesmo é que morre affff...

proibir a bera não resolve o problema, tá provado!

proibir a torcida adversária, também não vai resolver nada!

marginal tem em todo lugar, infelizmente... é o nosso antigo problema sócioeconômico que vai demorar muito ainda pra ser resolvido ou pelo menos amenizado...

e os dirigentes ainda dão ingresso pra esses malucos...