quarta-feira, 3 de junho de 2009

O gigante que veio da roça

Porte físico do jovem Manoel chamou a atenção do Imperador Adriano.
Da Gazeta do Povo:

Peso e altura: 82 kg, 1,79 m. Esta é a “carcaça” do zagueiro atleticano Manoel que impressionou até mesmo o Imperador Adriano. Durante a vitória dos cariocas sobre o Atlético, no Maracanã, o astro flamenguista assustou-se com o tamanho e a disposição do adversário que entrou na vaga de Raul (Manoel também atua como lateral-direito) aos 19 minutos da etapa final.

“Logo que eu entrei teve uma falta para nós e todo mundo se aproximou. Daí o Adriano chegou para mim e perguntou: ‘Quanto anos você tem?’ Eu respondi que tenho 19. Ele não acreditou e falou: ‘Com essa carcaça? Ah, não tem não’”, conta o orgulhoso prata da casa rubro-negro, estreante na equipe profissional na partida do Maraca, garantindo não haver risco de ser mais um gato no futebol.

A revelação ganhou destaque no vice-campeonato da Copa São Paulo, em janeiro. No entanto, o técnico Geninho só subiu o garoto para o elenco principal no início do Brasileiro. Como já havia atuado na lateral nos juniores, Manoel foi utilizado nessa função nos treinamentos. Agradou.

“Tem muita força física e qualidade para chegar à linha de fundo. Agora, quanto a tomar a posição, aí depende de alguém deixar”, afirma o treinador, que tem no também menino Raul (19 anos) seu titular da camisa 2. Os experientes Alberto e Nei estão no departamento médico.

A ideia de atuar na lateral nem de longe assusta Manoel. Para quem já teve de enfrentar muitas outras dificuldades na infância pobre, em Bacabal, no Maranhão, a adaptação dentro de campo é moleza.

Sem ter o alimento em casa sempre garantido, o agora jogador do Furacão se virava como podia. Trabalhava com os pais Odeziro e Antônia na roça. Para completar a renda da casa, onde ainda moram dois irmãos dele, fazia bicos em outras propriedades. Dureza que explica a excepcional condição física do atleta.

“Minha mãe sempre me deu muito peixe com farinha para eu ficar desse tamanho. É muito bom. Nas minhas férias sempre volto para pescar lá”, diz.

Apenas aos 12 anos de idade Manoel passou a pensar exclusivamente em futebol. Jogou em uma escolinha de sua cidade natal e depois transferiu-se para o Uniclinic, do Ceará, que mantinha parceira com o Atlético até o ano passado. Após uma rápida passagem pelo Nacional, de Rolândia, chegou ao CT do Caju com 15 anos.

“Nunca podia imaginar que iria estrear no profissional no Maracanã com tanta gente (71 mil pessoas). Mas estava trabalhando para isso”, comenta ele, desejando além de ganhar novas oportunidades no time, poder ajudar a família, que segue batalhando na dura vida no interior do Nordeste.

11 comentários:

Anônimo disse...

COLOCA O GURI NO LUGAR DO RODOLFO!!!!

Anônimo disse...

Sem duvidas
Ou no lugar do Rodolpho ou no Lugar do Antonio Carlos

Anônimo disse...

Parabéns Manoel! Boa Sorte em sua vida!
SRN
Gustavo

Anônimo disse...

ta certo esse peso e altura ? 80 kilos eu tenho e 1,77 e sou uma merdinha. porque gigante ?

christian disse...

divide ele em dois e coloca um no lugar do rodolfo outro no lugar antonio carlos.

Anônimo disse...

por que o negão tem só dezenove anos . o adriano e o ronaldo quando tinham dezoito eram uns rato. O manoel é filho do Marinho

Fran disse...

Seja muito bem vindo Manoel. E que você de alegrias e vitórias a Nação Rubro Negra. Muita sorte na vida guri!!

Ciro disse...

Na lateral? No unico lugar onde temos um craque - o Raul?
Porra Geninho, deixa de ser burro. Coloca ele na zaga, ou quem sabe de volante com o Valencia, porque a defesa esta uma peneira.

Anônimo disse...

ZAGA....

Poe ele na zaga tira ou Rodolfo ou Antonio Carlos pelo amor de Deus...

Sério mesmo eles tão de sacanagem véio... porra não tem uma bola que eles seguram bicho...

Manoel parabens por ter estreado no maraca foi por que vc mereceu

Abraços!!!

thyago disse...

AZUL MARINHO 2 O RETORNO

Anônimo disse...

Vc é melhor q o rodolfo