segunda-feira, 22 de junho de 2009

Mais um quebra-quebra

Da Gazeta do Povo:
Um torcedor do Atlético foi espancado no sábado (20) à noite por um grupo da torcida organizada Império Alviverde. O jovem de 17 anos só conseguiu se livrar da agressão por causa da intervenção de um policial do setor de operações veladas da Polícia Militar que estava de folga e por um acaso passava pelo local. Um dos torcedores que provocou a agressão, Wesley Risso Lacerda, 18 anos, foi preso em flagrante e encaminhado ao 12.º Distrito Policial. Lacerda responderá por lesão corporal, dano qualificado e crime contra o patrimônio.
De acordo com o policial, que não pode ter a sua identidade revelada, a confusão começou às 19h40 de sábado, quando um ônibus biarticulado da linha Santa Cândida – Capão Raso, ocupado por um grupo de torcedores atleticanos parou num semáforo no cruzamento da Avenida João Gualberto, com a Rua Mauá. O ônibus foi invadido por cerca de 50 integrantes da torcida organizada Império Alviverde. “O rapaz desmaiou e mesmo assim o grupo continuou a chutar e agredir. Nunca tinha visto uma situação assim. O ônibus estava cheio de crianças e idosos”, diz o policial.
O presidente da torcida organizada Império Alviverde, Luiz Fernando Corrêa, o Papagaio, defende que os responsáveis por atos de vandalismo e agressão têm de pagar pelos prejuízos causados. “Algumas pessoas ao invés de irem ao jogo torcer, acabam se envolvendo em confusão”, diz. O presidente da Império disse que não tem conhecimento da identidade dos agredidos e dos agressores. “Situações semelhantes têm ocorrido naquele trecho da João Gualberto quando tem jogo do Atlético. A polícia tem que fazer o serviço preventivo. O que temos orientado ao nosso grupo é que esses agressores têm de ser afastado do estádio”, afirma.
Já o vice-presidente da torcida “Os Fanáticos” diz desconhecer que fatos semelhantes têm ocorrido naquele local. “Muitas dessas confusões são eventos isolados envolvendo pessoas que nem sabemos se são integrantes ou não da torcida. É lamentável. Atos como esse só mancham nossa imagem”, diz.

30 comentários:

JMK disse...

Pois, parte da nossa torcida se moe de raiva do nosso Time mas, sem agressão física à torcida antagônica, eis mais uma demonstração de ignorância por parte dos porcos verdes, vulgo suinocoxas...Ainda alguns noticiários atribuem à nós o título de "a torcida mais violenta" do Estado.

Anônimo disse...

Qualquer torcida organizada é violenta. Acabem com as torcidas organizadsa e estarão acabando com boa parte da violência no futebol.
Os clubes é que devem ser organizados e não as torcidas. Futebol é para a família e as pessoas de bem e não para marginais travestidos de torcedores.

Anônimo disse...

auhaushuash acabe com as organizadas, pra vc ver o caos que vai ficar, quem vai controlar, olhe a babilônia que está o RS!

Amigo o problema é social, cultural, e não só de nós as organizadas, que culpa tenho eu, de um marginal usar a camisa da minha torcida e fazer atos ridiculos como o acima, quem tem que ser punido severamente é ele.

Salve aos humildes!
NÓS SOMOS A ULTRAS!

WilCap disse...

O fato é lamentável, é muita ignorância e covardia! Mas antes de atirar nos coxas devemos lembrar as agressões de torcedores dos fanáticos a uma familia de gremista que almoçava numa churrascaria antes do jogo atletico e gremio. Também O Sr Vereador Julio Caveira que incentiva a violência com suas musicas tais como "acabou a paz, isto aqui vai virar o inferno..." e tantas outras. Devemos deixar de ser hipócritas e reclamar da império se os fanáticos soltam bombas na própria arena e praticam a violência da mesma forma.

Anônimo disse...

Ao anônimo aí de cima(das 8:39) que tá defendendo o seu ( TORCIDA ORGANIZADA), é lógico que o problema é social, econômico, etc,etc,etc,porém as torcidas organizadas ajudam, e muito, na violência dos estádios. Você ouve
falar, por exemplo, em espancamentos, brigas e quebra-quebra de ônibus fora do contexto das torcidas organizadas??? Em qualquer confusão tem gente com camisa das organizadas. Este negócio de que vai virar babilônia porque não haverá mais controle, É BALELA, pois é impossível o controle de comportamento de alguns marginais que se associam às torcidas organizadas. Se a tua, e as demais torcidas organizadas não existissem, não haveria nenhum marginal com a camisa da sua torcida, NÃO É MESMO???

Anônimo disse...

Mas a violência existiria do mesmo jeito, olha pra SP o quanto tentam controlar e nada, até já extinguiram as TO e elas voltaram. Olha na europa, a violência continua do mesmo jeito, os Hooligans não deixaram de existir, veja o que aconteceu fora do estádio na final da copa dos campeões. No RS as principais organizadas praticamente acabaram,e todos os comandos delas foram migrados para as barras, e as brigas e a violência continuaram do mesmo jeito, recentemente um jovem foi morto por facistas infiltrados na geral, e olha só, até agora não acharam um suspeito.

Eu sou contra a extinção das organizadas, mas sou muito a favor de penalidades severas para quem pratica, o que estimula esse tipo de atitude é a impunidade da nossa leí.

Pense, estamos na nossa sede, derrepente lá no pinheirinho um grupo de torcedores espanca um grupo rival, que culpa tem a instituição (T.O ?), a punição cabe aos agressores e não a torcida nosso papel é fazer festa nos estádios.

Ixi essa conversa vai longe (...)

Anônimo disse...

São tudo uns piá de bostade 17 e 18 anos que não aguenta um tapa na cara. Na minha opinião pra frequentar estádio deveria estipular um idade mínima de 21 anos, abixo disso só acompanhado dos pais.

Anônimo disse...

O problema não é dentro do estádio, é na porcaria de terminal, canaletas ...

Coloca a RONE preta nervosa em cada terminal, e a rotam com fuzil nas canelas e nos possíveis lugares de ataque, o ocorrido de sabado é figurinha marcada já, pq não fica uma rone preta bem na estação maria clara, quero ver dai quem vai ser o machão...

SOMOS A ULTRAS!

JMK disse...

A proibição leva à marginalidade. Estas coisas de formar grupos está no sangue humano. Cabem aos líderes estabelecerem as normas.
Realmente há incitações condenáveis também nas nossas torcidas, mas o que entendo aqui é que estamos aprendendo a dizer NÃO à violência enquanto o outro lado...

Anônimo disse...

JMK, conforme eu coloquei acima, falta impunidade.

As coisas só vão mudar, quando tiver exemplos de pessoas que foram seriamente punidas, e outra cade a rotam e rone, nesses pontos criticos da cidade, não adinta colocar a guarda municipal, eles não impoem respeito algum.

Que nem esse pia da IAV que foi preso, o vulgo Giraia, tem que Carpir Grama, recapar asfalto, colocar ele pra trabalhar bem na hora que tiver jogo e cia.

Eu repudio cada vez mais esse tipo de atitude, pelas fotos que vi do pia no orkut, ele era um cara ativo na IAV, da bateria e tudo, ele deveria ser um exemplo para a piazada e não se envolver nisso.

Sinceramente, sera que essa piazada não ve, que alem de rivalidade tem outras vidas envolvidas nisso?

SRN
SOMOS A ULTRAS

JMK disse...

Entendi o que você disse Anônimo da Ultras.
Vocês estão abrindo espaço e tenho esperanças que somem união e bom senso para a Nação Rubro Negra que é sem dúvida a maior no Estado.
É um terror a gente encontrar com grupo de torcida contrária e somos reconhecidos como Atleticanos mas, acho que "vice-versa também é verdadeiro".
Por isso dêem ênfase contra a violência física e denunciar os maus torcedores identificados na organizada.

Anônimo disse...

Esses pias da IAV, só atacaram pq sabiam que naquele tubo, independente de ser jogo do CAP, não iriam ter problemas pois sabiam que sairiam impunes.

Agora pense, se esse tal de giraia realmente se foder, mas se foder legal mesmo, ter que trabalhar e Cia para a sociedade, vc acha q eles não iriam pensar duas vezes? Temos que fazer atitudes que atingem diretamente a eles e não a torcida, maioria deles não ta nem ai pra torcida, só vai em jogo por causa do fervo, e pra eles se acabar a organizada é do tipo: Foda-se

Anônimo disse...

A Torcida organizada tem que punir o associado que pratica a violencia. Tem que controlar quem são seus adeptos e vender camisa só para o seu associado

Anônimo disse...

Calma, galera!
Nosso grande governo (sempre atento a tudo) está providenciando a "carteirinha" de torcedor!
Recebeu a carteirinha, acabou o problema!

É a carteirinha maracujina: tomou, ficou calminho, calminho!

E viva o Brasil!-sil!-sil!

Rico

Luiz Andrade disse...

Acabar com as organizadas teria o mesmo efeito do Estatuto do Desarmamento (sobre o nº de homicídios), ou da proibição da venda de cerveja. Ou seja ZERO.
NÃO EXISTEM SOLUÇÕES MÁGICAS PARA PROBLEMAS COMPLEXOS, mesmo que se proibisse o futebol, as gangs iriam encontrar outros pretextos (provavelmente geográficos) para continuar com as guerras.

Luiz Andrade disse...

E quando falo em GANG, não me refiro as Organizadas, mas aqueles grupos de maloqueiros que saem junto para procurar confusão. Creio que a maioria nem seja sócio de torcida, usam as camisas como forma de identificação, pq é mais fácil que confeccionar um uniforme próprio, como fazem as congêneres norte-americanas.

Anônimo disse...

Pow eu sou atleticano, conheço o "GIRAIA" sou amigo dele desde piqueno sei como ele é. ele ta pagando o preço msmu, é bom pra ele aprender a tomar um poco de conciencia.. ele sempre foi assim meio problematico, nao ta nem ai pra nada, e ta poco se fudendo pros que criticam ele ..
ele era da bateria, fazia parte da academia la muay thay era Loco msmu, e seu maior prazer era roubar os atleticanos nos terminais, e até faze o que fez agora ...

apezar de eu ser amigo dele axo que eli devi ser punido dessa vez, e que seja uma boa puniçao pra que ele aprenda de uma vez por todas.

Ciro disse...

CADE A FANATICOS QUE NAO SE MANIFESTA CONTRA O A ARBITRAGEM?
COLOQUEM A FAIXA

JUIZ, PARE DE AJUDAR TIMES DE SP
NAO ROUBA MAIS O CAP

Ciro disse...

CADE A FANATICOS QUE NAO SE MANIFESTA CONTRA O A ARBITRAGEM?
COLOQUEM A FAIXA

JUIZ, PARE DE AJUDAR TIMES DE SP
NAO ROUBA MAIS O CAP

Xandis disse...

Quando eu tinha meus 18 19 anos isso ha uns 15 anos atrás e ia de ônibus aos jogos,presenciei várias tocaias mesmo em dias que os adversários verdes não jogavam. Principalmente na estação Maria Clara. Quem vem da região norte de ônibus deve sempre ficar atento, pois os caras esperam ou na ida, ou na volta.Isso é de anos. Quem desconhece isso como sempre é a polícia.

christian disse...

21 idade minima pra fazer parte de organizada, classico somente com torcida da casa, efetivo policial em dias de jogos, aproveitar este caso e dar uma punição exemplar.

Anônimo disse...

Desculpa aí, mas enquanto a gente ficar mais preocupado em xingar, "hey coxa, vai tomarnoku", vamos estar incitando a violência. Ou ainda, como disse alguém, que moral temos pra nos indignar se a nossa torcida sempre grita "isso aqui vai virar um inferno, seja no ponto, no terminal, tof vai descer o pau" ou a "galera atleticana da porrada a bangu"?

Anônimo disse...

Concordo totalmente com o anônimo das 16:33. Não adianta os líderes de torcida apenas ficarem controlando seus integrantes. Há de se acabar com estas ¨músicas¨ que só ficam fomentando a violência. Pra que cantar musiquinha pros coxas, se temos um dos mais lindos hinos que deve ser melhor utilzado em dias de jogos. Aliás, acredito que muitos destes marginais que causam estas barbaridades em dias de jogos não sabem cantar o hino de seu próprio time.

Paulo March

Anônimo disse...

Bons tempos em que venciamos os coxinhas em campo e nas ruas...

Luiz Andrade disse...

As músicas são indicío de culpa?
Eu sou fã de heavy-metal, filmes e livros de horror. Ou seja, adoro obras "artísticas" que tratam de barbárie (Evil has no Boundaries, como "canta" o Slayer). Nem por isso, sou psicopata.
Assim como a arte pode ser uma catarse para a violência, não vejo pq não possa ir a um estádio e cantar "ah, ah uh, uh, o adversário têm que morrer" e na saída esperar um camarada que estava na outra torcida para irmos tomar umas beras e discutir o jogo...
Quem não entende a separação entre esses momentos têm "pobrema", e não são fórmulas mágicas que os resolverão.

Michel disse...

Eu estava no tubo Constantino Marochi pouco depois do acontecido e ainda pude acompanhar a movimentação das viaturas e ambulancias, além do desespero de uma mulher que tinha saido do onibus depredado.

O que eu pensei na hora foi "tem que acabar com as organizadas". mas agora, pensando bem, acho que nao... na verdade, as torcidas organizadas tinham que sentar junto com os clubes, o poder público e a polícia e participarem DE FATO (não só no discurso) do combate a violência no futebol. caso contrario, as torcidas organizadas e seus lideres tinham, sim, que ser responsabilizados. por que? porque enquanto ficam só no discurso elas continuam servindo como espaço e como referencia para este tipo criminoso. mesmo nao organizando os crimes, elas funcionam como fachada e incentivo para organizacoes criminosas. afinal, todo mundo sabe que a briga é entre a Império, a Fanaticos, a Furia, ou seja, A BRIGA LEVA O NOME DAS TORCIDAS.

e concordo que a incitacao da violencia nas musicas e tudo mais deve ser banida! assim como aquelas manifestacoes racistas e ultra-nacionalistas que ja ocorreram inclusive dentro da arena.

JMK disse...

Eu já nasci Atleticano e não vou mudar; com ou sem música anti-coxa sempre disse não à violência física. Tenho amigos, parentes e colegas de várias times nem por isso deixamos de nos dar bem. Não me estresso por causa de gozações. Um dia tiram sarro de mim noutro eu tiro deles. No Estádio canto e grito tudo que tenho direito, xingo os adversário e a "mãe" do juiz, nunca xingo os jogadores do Furacão nem a diretoria. Vou ao Estádio para descarregar a tensão acumulada no dia a dia. Se vencermos ótimo, se perdermos não fico no desespero.
O CAP se recupera pois é eterno.

Gustavo GR disse...

Luiz Andrade foi perfeito em seu comentario. Tambem sou fã de SLAYER (o melhor Thrash de todos os tempos) e escuto muita musica agressiva (Cannibal Corpse, Napalm Death, Obituary..., faço Jiu-Jitsu, adoro Vale-Tudo, mas nao sou nenhum lunático que está afim de meter porrada em coxa-branca. Isso vai da indole de cada um e as torcidas nao podem ser diretamente resosabilizadas por isso. Quem fala mal da TOF é porque NUNCA foi na sede antes do jogo. Somente pessoas de BEM, Pais com seus filhos, Senhoras,... O Juliao fez questao de PROIBIR qualquer tipo de droga la dentro e tambem PROIBIU a saida de garrafas de dentro da sede. Estamos esquecendo que quem é pago para proteger o cidadao, nao está agindo, ou seja, a PM. O Comando de Policiamento da Capital precisa analisar melhor esses fatos e agir. Fichar esse bando de vagabundo e em dia de jogo, fazer com que essa corja se apresente a Delegacia, caso contrario, CANA. É assim que fazem na Inglaterra com os Hooligans.

Por falar em metal, segue o link da minha banda:

http://www.myspace.com/bandaterrorzone


SDS RN
GUSTAVO

Gará disse...

Clássico pra uma torcida só. Viaturas na Arena, quando é mando do Trouxa e no Abacate quando é mando do CAP pra evitar tocaias em ônibus e carros. E tem mais, a mesma merda que esses coxas fizeram nossos comandos ou nossas zonas também fazem. E o pior é que é só piá com muita cachaça que se andar sozinho e sem galera vira uma ovelhinha amendrontada.

buenooo disse...

o bizarro é acontecer sempre no mesmo lugar.