terça-feira, 19 de maio de 2009

Nova fase

Da Gazeta do Povo:
Todo azar que marcava a passagem do zagueiro Rafael Santos pelo Atlético começou a ser dissipado no domingo. Os dois gols do defensor no empate por 2 a 2, contra o São Paulo, no Morumbi, representam muito mais do que a volta por cima. Significam o fim de uma má fase que durava dois anos.

Logo que chegou ao CT do Caju, após ser titular na Libertadores de 2007, pelo Internacional, o jogador viu o técnico Vadão (que o havia indicado) ser demitido. Mesmo integrado ao elenco rubro-negro, não participou de nenhum jogo naquele ano.

Veio uma nova temporada e o ostracismo do então fechadíssimo CT atleticano continuou sendo a realidade do zagueiro. A rotina de nunca ir para as partidas só mudou na 31ª rodada do Brasileiro, contra o Cruzeiro, na Baixada. Na vitória do Furacão por 1 a 0 (25/10/08), os titulares da defesa estavam ausentes e Rafael Santos formou a dupla de zaga com Gustavo.

“Tive uma ótima atuação, mas machuquei o músculo adutor da coxa esquerda em dois lugares. Em cima e em baixo. Foi incrível. Ficar mais de um ano sem jogar e quando tive a chance me machucar”, disse ele, por telefone, enquanto curtia a folga de ontem com a esposa Alessandra e o filho Rafael Kevin (3 anos), em Campinas.

A boa forma só foi recuperada na pré-temporada antes do Estadual-09. Aos 24 anos, Rafael Santos agradece especialmente ao departamento de preparação física do Atlético o fato de não ter se machucado novamente.

“Eles (preparadores físicos) pegaram muito no meu pé para fortalecer a musculatura”, afirmou ele. “Quando cheguei ao clube, não estava bem. Acima do peso e cheio de problemas particulares. Agora é um outro momento que quero continuar”, contou.

Se for escalado para a partida contra o Náutico, domingo, na Arena, pela primeira vez em dois anos Rafael terá sido titular em duas rodadas seguidas. Sequência que não veio no Paranaense (participou só de dois jogos), mas nem de longe se transformou em mágoa com o técnico Geninho.

“Nunca larguei nos treinamentos. O Geninho é uma pessoa espetacular e sabia do meu potencial. Quando ele precisasse, sabia que eu estava ali”, contou.

A necessidade do treinador veio. Com o avanço de Chico para o meio de campo, finalmente o canhoto da defesa ganhou uma chance. Não vacilou.

“Nunca passou pela minha cabeça que faria dois gols contra o São Paulo”, admitiu. “O que queria era apenas jogar bem. A torcida pode esperar muita raça do Rafael. Nunca irão me ver andando em campo”, prometeu.

18 comentários:

christian disse...

Saudades da éra MCP tinhamos jogadores no atacado em compensação com a nova gestão estamos esvaziando as prateleiras más tudo indica que esta nova geração dará algum tempo de sustento aos profissionais.

Anônimo disse...

Lembro como fiquei abismado em saber que esse cara estava encostado no CT desde 2007 (Marcão foi pro Inter e ele veio pra cá) e tínhamos que aguentar o Danilo na zaga....

Não é porque fez os gols, mas ele é um zagueiro que sabe jogar. Um zagueiro que passa, não dá bicuda.

Se o Geninho não o manter no time será muita sacanagem.

Rico

Anônimo disse...

Geninho nao vai fazer uma dessa, ja esta manjado p/torcida, soh vai poder tirar o Rafael se ele estiver contundido, do contrario o bicho pega p/lado dele. Esta acertando o time devido a contusoes de outros, esse time eh o melhor e eh o que torcida estava cantando ha muito tempo.

Anônimo disse...

Sacanagem é se o tal Otacilio Neto vir para o Atlético.

Anônimo disse...

é de cara assim q o furacão precisa...que dê o sangue pelo time e diga que não vai andar em campo... força rafael..vc merce..sempre achei vc um bom zagueiro...bem melhor do que o fdp do rodolpho que tá uma merda ( já foi melhorzinho )...

Adeilton

Anônimo disse...

"A torcida pode esperar muita raça do Rafael. Nunca irão me ver andando em campo”, prometeu.

É DE JOGADORES ASSIM QUE O ATLÉTICO PRECISA. JOGADORES QUE DOEM O SANGUE, NÃO SOMENTE PELO DINHEIRO, MAS SIM PELO BEM DO FUTEBOL E DA TORCIDA.

Anônimo disse...

NO ANO PASSADO ELE JOGOU CONTRA O CRUZEIRO E FOI O MELHOR JOGADOR, DEPOIS O GENINHO ENCOSTOU ELE.

Fernanda disse...

Gostei da declaração dele...
Realmente ele foi o grande destaque no domingo, deve ser titular sem dúvida.

esou disse...

Vi aqui mesmo, alguns se assustando com a evolução do timinho dos suinos, até lamentando que nós não contratamos ninguém, já o adversário fez ótimo investimento trazendo o M Paraíba, além de invejar o técnico Renê!! Renê é um bom técnico, só pelo fato de ter trazido os mal-cheirosos de volta à elite. Daí a dizer que é melhor que o Geninho... vai ano luz de distância (estou desabafando o passado recente). O de lá não vai evoluir mais, a tendência é decair, o nosso Furacão só vai melhorando, a cada dia que passa. É consequência de capacidade técnica e psicológica, de quem?

buenooo disse...

esou, acho que os porcos fizeram certo trazendo o paraiba. o atletico tem que trazer alguem de igual custo e rendimento.

o plantel está terrível ainda. o geninho olha pro banco e mesmo vendo o time morrendo em campo não tem coragem de mudar porque sabe que vai ser pior.

o rafael santos vai ser a solução pra tirar o jairo do time. graças a deus.

Torcedor Coxa Branca - 100 anos disse...

Estou com saudades do Alan Bahia... Que HOMEM de verdade!!!

Anônimo disse...

CADE A PREPARAÇÃO FISICA DO FURACAO

esou disse...

Falou, Buenooo.
Concordo com você, avante da qualidade do Marcelinho Carioca quem não o quer?! Mas veja, por outro lado o cara está no chiqueirão da Glória para se mostrar aos árabes e eventualmente ser contratado por eles, basta um venha do exterior, imediatamente abandona os suínos.
Eu concordo com a filosofia do CAP, pois há prioridades no nosso Clube que obriga a "pedir compreensão" à Grande Torcida.
Como torcedor quero ficar alheio a esses detalhes e não quero nem imaginar que o Atlético afunde como o Paraná, Londrina, Grêmio Mgá, muito menos como os toicinhos...

esou disse...

Poxa vida!! Que Marcelinho Carioca é Marcelinho Paraíba.
Foi Mal......

Anônimo disse...

O Otacilio Neto é uma boa. E este Rafael santos não podia jogar porque ele não era do esquema do Petraglia como o Danilo, João Leonardo e outros merdas...

Luiz Andrade disse...

Eu não entendi se o christian está sendo irônico, ou se ele realmente achava bom que o Clube tivesse mais de 100 jogadores registrados, sendo que a maioria deles jamais tenha tido oportunidades...

Luiz Andrade disse...

Quanto a compração Geninho versus Carlos ops, Iris ops, Renên Simões, basta verificar que 0 1º foi campeão pelo legítimo Brasileirão (1ª divisão, Série A), enquanto que o outro pela segundona.

christian disse...

Fala Luiz Andrade,só para explicar na época do MCP acho que tinhamos jogadores muito mal aproveitados pela comissão tecnica como este Rafael bom zagueiro (o geninho não afastou depois do cruzeiro ele se machucou)Edno(nunca jogou na posição) assim como o Netinho ele voltou para o CAP pelas atuações no nautico acho que figuerense assim com tantos e tantos hoje não vejo a diretoria investir em jogadores semi-pronto que sustentou o CAP por tantos anos estamos botando na pratileira os juniores se não cuidar acaba.