domingo, 31 de maio de 2009

Adeus, Feiticeiro

Morreu na tarde de hoje, em Curitiba, Hélio Alves, o "Feiticeiro", campeão estadual com o Atlético, como supervisor, em campeão estadual em 1982, 83 e 85.
Além de grande conhecedor do futebol, ficou famoso também por a suas crenças e incursões pelo campo dos despachos em terreiros e orações aos guias espirituais. Episódios curiosos não faltam em sua carreira, e foram imortalizados por Carneiro Neto no livro O Feiticeiro do Futebol - A trajetória de Hélio Alves, lançado em 2007.
Esteja onde estiver, acenda um charuto pro Furacão que ele está precisando, Feiticeiro!

4 comentários:

Anônimo disse...

OH! feiticeiro faz um feitiço pro time melhorar.

Anônimo disse...

O maior ícone esportivo do futebol paranaense!
Não só o Atlético, mas sim o FUTEBOL PARANAENSE AGRADE A VOCÊ HÈLIO ALVES!!!
OBRIGADO

JMK disse...

O saudoso Jofre Cabral também morreu durante o jogo em que o Furacão enfrentava o Londrina e estava ganhando de 1 X 0, mas após a sua morte o nosso Time perdeu por 2 X 1. E foi o marco inicial do agigantamento do CAP.
Mesmo placar no dia do falecimento do Grande Hélio Alves. Rezarei para que Deus o tenha ao seu lado e que seja também o despertar do Colosso que existe neste Clube Atlético Paranaense.

Binho disse...

Saravá Hélio Alves