domingo, 12 de abril de 2009

Ressurreição

A palavra Páscoa vem do hebraico Pessach e significa passagem. Para os cristãos, é o dia de celebrar a ressurreição de Cristo.
Curiosamente, foi num domingo de Páscoa, há 14 anos, que o Atlético renasceu. Após uma derrota vexatória para os coxas, por 5 a 1, com o clube falido, Mario Celso Petraglia decidiu mudar definitivamente os rumos do Furacão. E o resto da história todos já sabem.
A Páscoa é a data mais importante para todos os cristãos.
E tem também todo esse significado para nós, "católicos apostólicos atleticanos".
Quis o destino que justamente na Páscoa o Atlético renascesse.
Este domingo é um bom dia para refletir sobre a história do Furacão. E agradecer por tudo o que o clube é hoje, por seu patrimônio gigantesco e pelo respeito conquistado.
É uma pena que Petraglia não faça parte da equipe que comanda o clube hoje.
Bem que, nesta Páscoa, os atuais dirigentes poderiam chamá-lo para fumar o cachimbo da paz e reincorporá-lo ao clube.

6 comentários:

Claudio disse...

Creio que ele já tenha sido chamado pela atual diretoria para participar de assuntos específicos(copa, patrocinio, clube dos 13, transferencias, ente outros) ....mas infelizmente por picuinhas e ciumes se afastou. E como o MM falou o CAp ta de portas abertas a quem quer ajudar.O atlético é dos Atleticanos.

Cleverson disse...

Otimo texto Guerilheiro. A ausencia do Petraglia realmente a maior perda. Ele errou nos ultimos anos? Sim, mas ninguem fez tanto como ele pelo Atletico, ninguem transformou o CAP como ele transformou. E esses probleminhas internos, deveriam ser deixado de lado e os orgulhos tambem. Imaginem se o Petraglia voltasse e trabalhasse normalmente e humildemente com essa atual diretoria? Maravilha! E para aqueles que ja irao cornetear este comentario: qual pessoa fez mais do que ele? quem deu mais notoriedade e mais estrutura ao CAP do que ele? Podem falar o que quiserem, mas o cara fez! Errou.. sim, mas quem nao erra? Petraglia Eterno!

esou disse...

Endosso as palavras do Claudio e do Cleberson, Atleticanos de Primeira e especialmente ao Guerrilheiro pelo texto.
Parabéns

Osman disse...

Ótimo texto, mas um errinho histórico-religioso. A Páscoa, saída da prisão no Egito para a terra prometida, Israel,também é importante para nós, JUDEUS...não são todos "católicos apostólicos romanos"...na sinagoga os atleticanos são maioria, também..um abraço

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Falou Osman, o termo "católicos apostólicos atleticanos" é uma referência a uma antiga faixa da Fanáticos. Mas, é claro, a torcida do Furacão comporta todas as religiões. E somos maioria nas igrejas, nas sinagogas, nas mesquitas...

SRN!

christian disse...

o CAP têm que ser maior que tudo na biblia temos a passagem do velho para o novo testamento com o acontecimento do nascimento de Jesus o CAP tem seu novo testamento apartir de Petralia essa diretoria tem a obrigação de aproximar Petralia defeitos todos temos MÁS JAMAIS INGRATIDÃO obrigado Petralia por fazer do CAP uma instituição respeitada, Sr maluceli e geara é preciso fazer para poder comparar espero que deixem de falar e começem a trabalhar.