quinta-feira, 9 de abril de 2009

Nos jornais: patrocínio e reforço na mira

O Atlético está em negociação adiantada com uma empresa nacional, de grande porte, para ser a sua nova patrocinadora master (a que fica com a marca estampada na frente da camisa do clube). O espaço mais nobre do uniforme atleticano está vago desde o fim do contrato com a Kyocera, em março do ano passado.

Na terça-feira, o presidente Marcos Malucelli e o diretor de Marketing Henrique Gaede estiveram em São Paulo em um encontro com representantes da possível nova parceira. No entanto, não existe previsão para o fechamento do acordo.

“Estamos atrás de um patrocínio para a camisa”, admite Malucelli, descartando a proximidade de uma definição. “Essas reuniões não são definitivas, são preparatórias para outras”, avisa.

Atualmente, o Furacão conta apenas com o patrocínio da seguradora HDI, nas mangas da camisa (contrato até o fim de 2009). Novos investimentos são considerados importantes para suprir parte dos R$ 17 milhões de déficit (entre receitas e despesas) revelados pela diretoria em fevereiro.

“O patrocínio é importante, mas problema de clube de futebol só se resolve mesmo com venda de jogador”, pondera o presidente.

Antes mesmo do patrocínio master, a cúpula atleticana pode anunciar um acordo para os calções do clube, com as meias Lupo.

Reforços

A diretoria do Atlético aprovou o atacante uruguaio Sebastian Balsas, do Racing Montevideu. No entanto, se for contratado, o centroavante só virá em agosto. A primeira janela para registros de jogadores que estão no exterior fechou ontem. Do Campeonato Paranaense, o Rubro-Negro observa quatro jogadores, sendo que Jucilei, do J. Malucelli, está descartado. “Não traremos nenhum volante”, avisa o presidente.

•••

Do Jornal do Estado:
O Atlético pode contratar o meia Jucilei, do J.Malucelli. O jogador, de 21 anos e 1,85 m de altura, é o principal destaque do clube-empresa no Campeonato Paranaense. O Corinthians tinha prioridade na negociação, por ser parceiro do Jotinha, mas o Atlético conseguiu ganhar a preferência.
Caso a transferência seja concretizada, Jucilei não poderá defender o Atlético no Paranaense e na Copa do Brasil, pois já atuou pelo J.Malucelli nessas duas competições. Portanto, seria um reforço para o Campeonato Brasileiro.
O clube paranaense também pode contratar o atacante Neto Berola, do Itabuna. O jogador, de 20 anos, é artilheiro do campeonato baiano. Um clube da Ucrânia e o Bahia também disputam o atacante.

8 comentários:

Bruno disse...

Qual seria a empresa?
Alguém sabe?

Anônimo disse...

jucilei e berola

DINDO disse...

SÓ ME RESTA DIZER QUE, NO BRASILEIRÃO VAMOS COMER PELAS "BEROLA". GOOOD.

Anônimo disse...

A empresa é a nestlé que pretende patrocinar pelo menos dois clubes grandes brasileiros. Conta muito a favor do furacão a escolha da arena como sub sede da copa do mundo.

Anônimo disse...

Patrocinio no calção não, por favor, prefiro pagar R$10,00 a mais na mensalidade do que aquele treco escrito no caRção.

Filipe disse...

hahaha isso mesmo patrocinio no calção nao , AQUELE ESCRITO EM BRANCO LUPO!!! puta muito feio

esou disse...

É só FIFA anunciar que a Copa virá também para cá, os patrocinadores irão se acotovelar...

Giuliano/SP disse...

ó, a grobo "quando" transmite não adora dar aqueles closes nas pernas do jogador, em camera lenta, voando grama pra tudo qué lado? E a Lupo faz meia! então bota o nome dos cara na meia!!! no máximo!!!! agora, no calção é coisa de União S.João, Portuguesa, Paraná... esse tipo de timinho!!!