quarta-feira, 15 de abril de 2009

Frase do dia

O que precisar ser desapropriado, será
Do assessor de Relações Institucionais do município de Curitiba, Luiz de Carvalho, em entrevista à Gazeta do Povo, comentando a necessidade de desapropriação de terrenos nos arredores da Baixada para permitir a conclusão do estádio nos padrões Fifa com vistas à Copa de 2014.

13 comentários:

Anônimo disse...

vai mexer em vespeiro... quero ver como vai ser...

Anônimo disse...

bom ver que o governo esta interessado em ajudar o CAP... nada mais justo, pois a midia que vai vir junto com a escolha e todas as melhorias ao redor da Arena, serao um bem para a cidade, estado, e principalmente para a nacao RUBRO-NEGRA!!!

Anônimo disse...

Um outro assunto: A solução pra lateral esquerda: Alex Sandro!!! o piá acabo d voltar da seleção sub-18 e até marcou gol e era titular!!!!

Ciro disse...

Acho excelente esta declaração. Os proprietários das casas que ocupam a quadra do antigo colégio querem muito mais do que o terreno vale. O CAP já fez uma oferta excelente apra a compra do terreno, mas a cobiça falou mais alto. A prefeitura tem autoridade para desapropriar qualquer área, e agora os proprietários vão se arrepender de quererem ganhar tanto dinheiro nas costas dos outros. A desapropriação paga muito menos do que o terreno vale e não há com recorrer...

Anônimo disse...

Ciro, acho que numa desapropriação paga-se paga o preço de mercado, de acordo com avaliação de especialista imobiliário independente.

Anônimo disse...

E que não me venham com essa de que "o poder publico não pode desapropriar um terreno para uso de um clube privado" porque os parasitas estão utilizando de graça há décadas um terreno público que pertence à União.

buenooo disse...

mesmo que seja com o preço do mercado, com certeza tem gente que vai se arrepender de ter sido escrota...

esou disse...

É, infelizmente é o que acontece no Brasil, a Prefeitura define o valor venal para cobrança de imposto. O proprietário chia, esperneia e alega que a seu imóvel não vale tanto. Na hora do vamos castrar o boi... Alegam: "Não vendo nem morto, por essa quantia ridícula". Já houve caso no Plilarzinho um excelente projeto de redistribuição viária construindo terminal de ônibus no bairro. Havia apenas uns 10 imóveis que teriam que ser desapropriadas. Quando a Prefeitura foi despropriar: Adivinhem...
E pensar que existem leis amparando necessidade comunitária, outorgando ao Paço Municipal poderes de desapropriar.

Diego disse...

Quanto a essa história de cobiça dos moradores da quadra, que eu saiba a história é outra, meu colega de trabalho é vizinho quase que de muro com a Baixada, na Buenos Aires, e o único contato que o Atlético fez com ele foi a cerca de um ano e meio atrás, nenhum valor foi citado na conversa que eles tiveram, e na ocasião o Atlético havia falado que precisava concluir a hipotética negociação em menos de um mês, depois disso nunca mais voltaram pra falar com ele, nem pra passar alguma proposta de valor. Não sei o que foi conversado com outros vizinhos, mas eu não imagino que tenham falado uma coisa diferente pra cada um.

Anônimo disse...

Ciro, lógico que o desapropriado pode recorrer............
Não fale besteiras meu amigo.
Mas, de fato, a prefeitura paga de acordo com várias avaliações, contudo, se a pessoa se sentir prejudicada é CLARO que poderá ir socorrer-se no judiciário.....
SRN
Gustavo

Anônimo disse...

QUEM MANDA NESTA CIDADE SOU EU!!!!
Gritado em maiúsculas para todo mundo ouvir e respeitar!!

Anônimo disse...

Sabe o que achei interessante?
Notei isso quando o projeto foi divulgado anteriormente: o prédio frontal, onde fica a academia é arredondado, mas no novo desenho (belíssimo, aliás) é reto.

Para construir desta forma,ao menos uma parte do terreno daquele conjunto bege - entre o Santuário e a Getúlio - também deverá ser desapropriado.

Alguém mais reparou nisso? Ou eu tô louco?

FORÇA, FURACÃO! FALTAM 3 JOGOS!

O ATLÉTICO NOS UNE
A UNIÃO NOS FORTALECE!

Rico

Anônimo disse...

Os prédios da esquina "de cima" são propriedade do Exército Brasileiro, então galera, é nosso pois a copa também é brasileira. Deverá rolar algum tipo de permuta com o Exército por parte da Prefeitura e nós pelo ouvi falar, pagaremos a prefeitura com a desapropriação do Pinheirão, visto os milhões que a Federeca nos deve, processo julgado em todas as instâncias, mas não honrado pela FPF. Aí Pateta da Federeca: não vale cadeia p/ vc?