terça-feira, 7 de abril de 2009

E os golos mais bizarros?

Em fevereiro, os amigos leitores do blog ajudaram a escolher os 10 golos mais bonitos da história do CAP. Mas, e quais foram os golos mais estranhos marcados pelo Furacão?
Desta vez, como não estou com os camaradas numa mesa de boteco, a lista inicial é bem menor. Mas me recordo de três prá lá de bizarros.
1
Manguinha
O primeiro deles foi marcado pelo atacante Manguinha, artilheiro do final dos anos 80, campeão estadual em 1988. A partida em questão ocorreu em 89, contra o Vitória, no Pinheirão. Torneio da Morte do Brasileirão - os seis últimos do campeonato jogaram entre si para decidir quem seriam os quatro rebaixados. Ataque do Furacão, bola alçada na área e o guarda-meta - chamava-se Robinson, segundo o Polaco - sai seguro do gol, interceptando o cruzamento e agarrando a pelota com firmeza. Dá aquelas duas tradicionais quicadas da bola no chão antes de chutá-la. Prepara o pontapé, solta a bomba e... pow, na nuca do Manguinha - que, já de costas, caminhava de volta em direção ao campo de defesa. A bola, caprichosa, encobriu o goleiro e morreu na rede do rubro-negro baiano. Pra vocês terem uma idéia, caros amigos, eu estava lá mas nem vi o lance - depois que o goleiro agarrou a bola e preparou o chutão, virei as costas e fui buscar uma bera (que naquela época acho que ainda era vendida em saquinhos plásticos com canudinho, outra bizarrice). Fui obrigado a conferir no Mesa Redonda.
A foto não está muito boa,
mas o Manguinha é esse aí
com a bolaa, na foto
do jogo do título em 88.
2
Nélio
Não se tratava de partida qualquer, era decisão de campeonato. E contra os coxas! O palco, novamente o Pinheirão. No ano de 1998. A primeira partida das três finais havia sido realizada no Couto Pereira, dias antes. O meia Nélio, recém-contratado do Flamengo, marcou o gol que garantiu um bom empate fora de casa. Domingo, no segundo jogo, ele voltaria a ser protagonista. Segundo tempo, partida empatada em 1 a 1. Escanteio para o Furacão. Nélio ajeita e o tiro sai fraco e rasteiro. Tipo da cobrança de córner que o torcedor quando vê já vai logo xingando o cobrador. Não é que a bola passa por todo mundo e entra no gol dos coxas sem tocar em ninguém? Foi o primeiro e último gol olímpico rasteiro da história do futebol mundial!!!
Em 1998, além de marcar dois
gols contra os coxas, Nélio mandou
a porcarada calar a boca.
3
Willian
Mas é impossível qualquer gol superar, em termos de bizarrice, um gol que não foi gol mas acabou sendo.
De década em década, chegamos a 2005, ano da última conquista de título estadual pelo Rubro-Negro. A partida era contra um time prá lá de esquisitão: o Império do Futebol, que acredito ter existido por apenas um campeonato. Desta vez, na Arena da Baixada. O Furacão ia perdendo a partida por 2 a 1, até que o meia Willian, aquele que jogou, jogou e nunca se firmou, mandou um forte chute... para fora! A bola nem chegou a furar a rede e entrar no gol, o que poderia ter enganado a arbitragem. Simplesmente balançou o cordão pelo lado de fora. A torcida e até próprio jogador, que deu um murro no gramado, já lamentavam mais uma chance perdida quando o árbitro José Francisco de Oliveira, o Cidão, achou que a bola tinha entrado e correu para o meio de campo, anotando o tento de empate do Furacão. Foi o gol menos comemorado de todos os 85 anos de história do CAP, pois ninguém entendeu nada! A manchete da Tribuna, no dia seguinte, em poucas palavras explicava o que tinha acontecido: "Atlético perdeu. Mas o juiz deu empate".
Willian lamentava o gol perdido.
E não é que o juiz deu gol?
  • E você, lembra de mais algum gol bizarro marcado pelo Furacão! Conte aqui!

36 comentários:

Anônimo disse...

Não me lembro o nome completo do "CRAQUE" ARAXÁ ,(nossa cada figurinha q apareceu no furacão)mas q ele ralou a cara pra fazer aquele gol de cabeça ao pé da trave contra os porquitos, isso nunca vou esquecer

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Marcelo Araxá? Desse golo eu não me lembro...

Anônimo disse...

infelizmente perdemos de 2 a 1

Anônimo disse...

Bom, ñ foi um gol ,mas resultou em um...

O jogo com o Goiás no ano passado, que o cara pegou a bola com a mão dentro da area achando q o juiz tinha parado o lance.

Penalti e gol.

Resultado CAP 5x0 Goiás



Bruno

DINDO disse...

CONCORDO COM O ANÔNIMO DAS 22:13
GOL DO MARCELO ARAXÁ, CHEGOU A ARRANCAR GRAMA, MAIS NÃO COM A CHUTEIRA E SIM COM O NARIZ,QUE NÃO ERA PEQUENO. NÃO FOI PEIXINHO NÃO A BOLA ESTAVA PARADA NA GRAMA. FOI NO "ALTO DE TANTOS PORCOS".

Anônimo disse...

Do DagoBAMBI, que assim que entrou em campo depois de uma substituição, recebeu um passe do jogador do Botafogo(se eu não me engano), atravessou o campo e marcou pro Trétis...

Anônimo disse...

Porra, Guerrilheiro... dois vacilos. Primeiro que a fera da foto não é o Manguinha, mas sim o Oliveira. Procure melhor que o Manguinha está nessa foto aí de 88.

E depois a ausência do GOLAÇO do Marcelo Araxá, o GOL DA RAÇA, em um Atletiba que perdemos pros Coxas. Ele veio se estabacando e acabou caindo de frente pra bola, próximo da linha. Não teve dúvidas e deu um "coice" de cabeça pro fundo da rede.

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Ih, é verdade. O Manguinha estava ao lado do Oliveira. Já corrigi.

Sobre o gol do Araxá, eu não vi, portanto não me lembro. Por isso pedi pro pessoal citar outros gols bizarros aqui nos comments!

Abs!

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Aliás, bom seria se houvesse vídeos de todos esses golos aê...

Anônimo disse...

Gol bizarro foi do Clébão num atlétiba, chute de fora da área na gaveta, quando a torcida tinha acabado de vaiar ele pq ele tava procurando o cordão de ouro dele..

opsAOPSAOpospOPSOAPopaos

Anônimo disse...

Não pode faltar o gol do Luinho Neto, na final de 98.

Luisinh bate o penal, Régis defende no canto direito, a bola volta alta e forte em seu pé ESQUERDO e ele emenda um sem pulo na gaveta direita. hahahahaha... os coxas queriam se matar....

Anônimo disse...

Ah, guerrilheiro, já ia esquecendo: tem o famoso gol de juiz no Pinheirão, contra o Botafogo, se não me engano. O Roberto Cavalo (não tenho certeza tb se foi ele) chutou do meio d rua, a bola bateu no juiz na aentrada da área e tirou totalmente o goleiro do lance.

Elton Lima disse...

Guerrilheiro, tem aquele gol no atletiba que o jogador do CAP cobra o lateral e só os jogadores do coxa cabeceiam a bola. Se não me engano, são 4 cabeçadas pra tentar tirar a bola e acabam fazendo o gol contra. Não me recordo o ano e nem o resultado do jogo. Foi um "golo" bizarro...rs

PFC disse...

Guerrilheiro,o gol do Araxá foi eleito o GOL do FANTÀSTICO. Me lembro na rádio narraram o GOL com sendo de bicicleta invertida.

Anônimo disse...

O gol do Marcelo Araxá é realmente incomparável. Lembro que na época foi apelidado de "gol minhoca", em virtude do inusitado movimento corporal do "artilheiro".

Anônimo disse...

Marcelo araxá, cabeceando uma bola rasteira no Atletiba. A noite, no fantastico, a Globo tva fazendo uma esperiencia. Tinha um povo e umas celebridades numas cadeiras comentando os assuntos ( voce é afavor disso ou daquilo)O povo apertava um botãozinho ao lado no braço da cadeira.Na hora dos gols esse povo também votou. E deu Araxá disparado. O reporter foi entrevistar uma das celeridaDES E e falou com Betty Faria - QUE EXplcou a razão de votar no Araxá e tal. nada foi mais bizarro.

Anônimo disse...

Teve um foda também. Contra, do Zé Roberto Wright.
Atlético e Flu no pinheirão, a noite. Brasileiro 93. O leomar chuta torto de fora da area. A pelota desvia no Zé Roberto Wrong e mata o goleiro Ricardo Pinto.
1 X 0 pro Atletico paranaense.

polaco

Anônimo disse...

Sem esquecer do Assis, encobrindo o Rafael do meio de campo no Couto Pereira. o coxa fez um gol e o Rafael foi fazer uma média com a galera, bater no peito aquelas coisas. O atlético deu a saida , o Assis viu que ele tava fora do gol e bateu . Porra, ninguém lembra desse? foi em 88

a globo tem o arquivo de tudo isto, mas como o Gil Rocha é uma besta elenunca vai enasar em fazer um programa, soltar na internet...

Anônimo disse...

O gol do capitão, sem ângulo, na linha de fundo e por cobertura, numa quarta à noite, no chiqueirão, as redes eram amarelas e não me lembro contra quem e nem quando, sei que faz muuuito tempo.
Esse gol foi louco.
____________________
profano

Anônimo disse...

EU me lembro desse gol do Assis porem não considero uma bizarrice e sim um golaço quase no meio de campo , estava lá no chiqueirão e o jogo terminou em 1 a 1

Anônimo disse...

En termos de bizarrice o Mesa Redonda é que é o ó. Nesse gol do Nélio a bola passa no meio das pernas daquele Reginaldo Araujo que o mesa escolhera como caque do campeonato.

Anônimo disse...

O jogo mai bizarro foi Atlético e seleção da Ucrania , numa sexta-feira de carnaval na Baixada. Os ucraino gritavam "Ucrania, Ucrania " e a nossa galera respondia "picanha, picanha".
O ultimo gol foi bizarrisssimo, acho que foi do oseas depois de um grande jogada do NIK,
lembram do NIK?

Anônimo disse...

teve um penalti. naquele campeonato que ia pros penalti. O Oliveira bateu, o goleiro pegou a bota bateu no morrinho, fez o back spin e voltou pro gol. Contra aquele goleiro loiro do Goiás, no gol de entrada do Pinheirão.

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

ELTON,

Esse gol foi o do Berg na final de 90. Realmente, bizarro.

Hehe, quantas histórias hein pessoal?

Esse Furacão é demais.

Anônimo disse...

Esse gol citado pelo Elton deve ter sido pizarro mesmo. Quatro cabecearam e ainda acabaram fazendo gol contra?..heheheheheheh

Mylla disse...

Gol do Berg, sem dúvida!

Anônimo disse...

Todos os gols do Chico neste campeonato

Caue disse...

Tem o gol do Kléber contra o Bahia em 2001...6 a 3..totalmente sem ângulo e de canhota...além de todos os gols de Pedro Oldoni..hehehehe..o gol do Araxá foi na meta dos fundos do Pinga Mijo..tem um jogo contra o Juventude em 2005 que estávamos perdendo por 2 a 1 na Arena quando o zagueirão do time de Caxias foi atrasar a bola, encobriu o goleiro e deu um presente pro Ferreira...

Anônimo disse...

gol de penalti ano passado no brasileirão contra o goias o gol não foi bizarro mas o penalti hehehe

Anônimo disse...

Inauguração da Velha Baixada. Gol de bunda de Ricardo Blumenau no final do jogo contra o Mengo. Como você esqueceu deste Guerrilheiro?

Anônimo disse...

Ah, por falar em gol de pênalti, teve aquela cobrança bizarra do Fernandinho, contra os bambis, quando ele escorregou e a bola bateu em seus dois pés, antes de entrar. Brasileirão 2003, se não me engano.

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Gol de bunda do Blumenau, bem lembrado!

Anônimo disse...

Estava no Pinheirão no gol do Manguinha, acho que terminou 5x0. Ao contrário de vc, vi o gol e ficou marcado na minha memória. Foi o gol mais bizarro que vi dentro de um estádio!!!

Anônimo disse...

Alguém lembra do gol do Vanin na inauguração da Arena?
Ali estava a mostra de quem manda no caldeirão, hehehehe.

Mylla disse...

Guerrilheiro, recebeu as fotos que te mandei do Manguinha?

Márcia Magalhães disse...

Mas o gol do Vanin na inauguração não foi bizarro foi um cruzamento haha! Não lembro desse do Araxá mas fiquei curiosa. O do Nélio eu estava lá... a bola passou entre a trave e a perna de um jogador das paquitas, hahaha muito bom!