quarta-feira, 11 de março de 2009

2ª fase: Atlético propõe nova tabela

A mais recente pendenga jurídica envolvendo o Campeonato Paranaense 2009 pode ter fim nesta quinta-feira, às 14h. É quando a Futpar se reúne na sede do J. Malucelli, em Curitiba, com todos os clubes vinculados à entidade, mais Coritiba (o traíra que abandonou a liga) e Federação Paranaense de Futebol, para tratar do polêmico artigo 9.º do regulamento, o qual gerou uma ação do Atlético junto ao STJD.
Segundo os veículos de comunicação, o Furacão já acena com uma possibilidade de acordo. Segundo o presidente Marcos Malucelli, o clube retirará a ação do STJD desde que enfrente em casa os melhores colocados na 1.ª fase.
“Nós aceitamos um acordo, desde que o campeão da primeira fase jogue quatro partidas em casa: contra 2.º, 3.º, 4.º e 5.º lugares. E fora contra 6.º, 7.º e 8.º. Assim, o 2.º jogaria em casa contra o 3.º, 4.º, 5. º e 6.º, e fora contra 1.º, 7.º e 8.º, e assim por diante”, propõe o presidente rubro-negro.
Se a proposta for aceita, o Atlético promete retirar a ação no STJD. Mas avisa: “Essa é a nossa proposição agora. Se o caso for a julgamento e ganharmos, não abriremos mão de nada”, ressalta Malucelli.
A ação atleticana não entrou na pauta do STJD esta semana. A expectativa é que o caso seja julgado na quinta-feira da semana que vem (dia 19). Porém, o julgamento pode ficar para 26 de março, um dia após o fim da 1.ª fase do estadual.
Mesmo com um acordo entre os clubes, ou se o STJD ratificar o entendimento da FPF, o caso pode parar na Justiça comum. Afinal, qualquer cidadão poderá invocar o artigo 9.º do Estatuto do Torcedor, que veta mudanças de regulamento com competição em andamento.
Modesta opinião deste Guerrilheiro: o artigo é claro como água da bica e nenhum acordo deveria ser proposto, mesmo que conserte um pouco a ridícula tabela anunciada pela FPF. A malfadada Federação que aprenda a elaborar seus regulamentos de maneira decente. E dê algumas aulinhas de texto para os gênios que passam para o papel o que foi acordado entre os clubes, porque parece que não conseguem se expressar muito bem. Pelo menos a desculpa esfarrapada deles é esta: não houve má-fé, "apenas" ignorância na hora de redigir o regulamento... Santa paciência, Hélio Cury!
* Com informações da Gazeta do Povo Online e Paraná-Online.
  • E você, concorda com essa nova tabela proposta pelo Atlético? Dê o seu pitaco!

10 comentários:

DINDO disse...

EU CONCORDO, PORQUE PODEMOS VER O ATLETIBA NA ARENA E NÃO NO PINGA MIJO, ONDE NÃO VOU NEM POR DECRETO.
APESAR DE EU TER SIDO UMA DAS 67.391 QUE FIZERAM O RECORDE DO "MONUMENTAL". (FURACÃO/FLAMENGO)
E NUNCAAAAAA MAISSSSS SERÁÁÁÁ BATIDOOOO. E ATIREI UM PAU...

João Luiz disse...

SE MUDAREM VOU SER O PRIMEIRO A ENTRAR NA JUSTIÇA COMUM.

AFINAL FIZERAM ESSA TABELA ESDRUCHULA PRA AJUDAR AS PAQUITAS NO ANO DO SEMTERNADA, COMO O TIME DELES E RIDICULO MUDARAM TUDO.

Marcio disse...

De qualquer forma, todas as propostas são interessante, inclusive a da possibilidade de entrarmos na Justiça Comum e melar esse campeonatinho sem vergonha...

Anônimo disse...

eu acho que eu sou meio louco mesmo. mas eu gostei da proposta. no futebol o altruismo, a desportividade , a inteligencia acabam sendo recompensadas. O supermando não faz sentido nenhum afinal.
A proposta do nosso presa é uma daquelas demonstrações de grandeza que lembraremos pelos seculos e seculos. e tem mais aquela: pros caras é pegar ou largar... o negócio é ganhar em campo com grandeza

polaco

Anônimo disse...

As regras não podem ser mudadas no meio do campeonato. Deve valer o supermando.

Anônimo disse...

Porrada nessa federeção vergonhosa, da a taça duma vez pras paquitas ja que querenm beneficia-las de qualquer forma. Por favor gente é ridiculo aceitar qualquer acorde, quer dzer então que o time que se preparou, batalhou, se esforçou, trabalhou pra chegar em primeiro pra ter direito aos beneficios no final das contas acaba sendo prejudicado. Pare em que lugar do mundo que uma federação séria faria isso.

VERGONHA, é apenas esse meu sentimento por essa federação, tomara que ela não meta o bedelho em nenhum assunto da Copa em Curitiba, pq se for pra dar esse tipo de ideia que fique calada.

Mas uma coisa que nos conforta Atleticanos é que mesmo com a virada de mesa dessa federaçãozinha, vamos ser campeos em cima das paquitinhas, com a nova loira oxigenada e tudo...

SRN

Anônimo disse...

A proposta do CAP é interessante, mas e o artigo do estatuto do torcedor que diz que uma vez definida a fórmula para o campeonato não pode ser mudada no prazo minimo de dois anos? Os clubes também tem culpa por assinar um contrato com erros. A pergunta é: será que os departamentos jurídicos leram e não informaram os responsavéis ou nem os departamentos leram? 50% de erro para a FPF e 50% para os clubes.

Anônimo disse...

MINHA PERGUNTA É...(ALGUEM ME RESPONDA, POR FAVOR, Mesmo havendo um acordo entre os clubes (proposta do Marcos Malucelli) qualquer torcedor poderá mesmo assim ingressar na justiça fazendo valer o artigo 9ª do Estatuto do Torcedor? Quero dizer o seguinte: eu, como torcedor, NÃO CONCORDO COM NENHUM ACORDO. "Não se pode mudar um regulamento numa competição em andamento e ponto final. Eu poderia requer o cumprimento deste artigo, apesar do acordo entre os clubes?

Anônimo disse...

Ninguém questionou ainda o prejuízo financeiro do CAP em aceitar mudança de regra agora.
Seu MM irá pagar os 300mil líquidos dos três jogos decisivos a menos em casa, de seu próprio bolso?
Se estiver sobrando grana manda um pouco para cá, ou então guarda para reforçar o plantel para o brasileiro, chora de um lado e quer dar uma de altruísta por outro?
Vamos melhorar a coerência entre discurso e ações, futebol é coisa séria...
Quero continuar sendo visto como antipático, risadinha não ganha jogo e nem título!!

Anônimo disse...

LEI É LEI E DEVE SER CUMPRIDA, SE NÃO VIRA CASA DA MÃE JOANA, CADA FAZ O QUE QUER.