quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Seminário debate adequação da Baixada às normas da Fifa

Curitiba sedia hoje o evento “Desafios para sediar a Copa de 2014”, encontro promovido pelo Sindicato da Arquitetura e Engenharia (Sinaenco) que reunirá autoridades públicas, engenheiros, arquitetos, empresários e pessoas ligadas ao futebol estadual para a discussão de todos os aspectos de infraestrutura para a realização de um Mundial e que envolvam a mobilidade urbana – como transporte público, aeroportos, portos, rede hoteleira, entre outros.
O seminário já passou por Salvador, Belo Horizonte, Recife, São Paulo, Porto Alegre, Santa Catarina e Rio de Janeiro, e em todas as cidades a meta é traçar um planejamento de todos os obstáculos a serem superados pelas 12 cidades que serão escolhidas pela Fifa em 20 de março.
Já confirmaram presença o vice-governador do estado e presidente do Comitê Executivo para Assuntos da Copa, Orlando Pessuti, o prefeito Beto Richa e o presidente do Atlético, Marcos Malucelli, acompanhado do ex-presidente do clube Mário Celso Petraglia, além de outras autoridades.
Dentre vários painéis, que falarão principalmente de investimentos na cidade, infra-estrutura e mobilidade urbana, o que mais interessa aos atleticanos é o que tem como tema “A questão da Arena: adequação aos encargos da Fifa”, tema que será debatido a partir das 15 horas.
Falando em Baixada e em Copa, a Gazeta do Povo desta quinta destaca que, caso o Mundial seja mesmo confirmado para Curitiba, os prazos para implantação do metrô serão antecipado e parte do projeto estará pronco já em 2014. O trajeto prevê que o metrô passará pertinho da Arena, a cerca de 600 metros do estádio.

Um comentário:

Filipe disse...

que vergonha é oficial mesmo ja saiu ate no globo.com o curintia paranaense. que vergonha meu Deus do ceu, come que dexam um negocio desse.