segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Petraglia, Malucelli, Geara e a imprensa

Coluna de Rafael Lemos, na Furacao.com:
Injustiça não se admite
Hoje, acordei com duas estrofes de “Consolo na Praia”, de Carlos Drummond de Andrade, martelando a minha cabeça:

“Algumas palavras duras,

em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humour?
A injustiça não se resolve.

À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros”.
Em época de Carnaval, melhor ter a cabeça martelada pelos fabulosos versos de Drummond do que ter de ouvir os sambas-enredo - quanta bobagem! - vindos da Marquês de “Só-puta-aí”, passarela por que desfilam toda sorte de biscates, bicheiros, transformistas, nulidades, dublês de atores e modelos, além de outras atrocidades deste País.

Duas estrofes e um verso em especial não para de latejar na minha mente: “A injustiça não se resolve!”. Maldição, não quero a companhia deste verso. Vou ler Guimarães Rosa e nada de o verso se dissipar: “A injustiça não se resolve!”. Resignado, ponho-me a escrever esta coluna, contrariando minha promessa de não escrever mais colunas sobre futebol.

(...)
“A injustiça não se resolve” – chego a este ponto da coluna com o verso a martelar na minha cabeça e me vem a imagem do Petraglia. Hoje, a moda é descer o sarrafo no Petraglia. Quem malha o Petraglia cai – direto - nos braços e nas graças da massa! Sucesso garantido. É chegar na coluna e mandar “Petraglia, seu tempo acabou, cara! Volte pra Inepar e deixe o futebol pra quem sabe das coisas!” – e escrito isso é correr pra consagração pública “Cara foda, foi lá e escreveu contra o Petraglia!”.

Eu bem que poderia fazer isso e minha vida seria toda aplausos, mas eu não faço isso porque não acho justo, não acho certo e porque não tenho medo de receber a pecha de vendido ou coisa do gênero (tenho a consciência limpa e uma porrada de contas que eu pago com o dinheiro que vem do meu trabalho, única e exclusivamente). A moda é espancar o Petraglia, mas não terão nessa jornada os meus golpes.

Desde que comecei a escrever colunas, há cinco anos, elogiei e critiquei nosso Atlético e seus dirigentes quando houve razões para o aplauso ou para a vaia. Fiz, faço e farei sempre isso pois essa é a função de um colunista.

Conheci o Petraglia e o Geara há dois meses e são pessoas que merecem todo o meu respeito, pela cordialidade, pela capacidade e pelo amor às coisas do Atlético. Ainda não conheço pessoalmente o Marcos Malucelli, mas espero ter em breve a oportunidade, talvez por intermédio do “menino” Geara, excepcional figura humana.

Torço pelo sucesso da Administração do Malucelli e do Geara, mas devo confessar meu desapontamento com o Marcos Malucelli em relação às críticas ao Presidente Petraglia. Dr. Marcos Malucelli foi aos jornais divulgar uma herança maldita de R$ 25 milhões, vinda da Administração do Petraglia, como se fosse uma dívida insolúvel e inexplicável. A notícia caiu como uma bomba e parecia que o Atlético era um time com os dois pés dentro do terreno da falência absoluta.

E quando a torcida já se preparava para ir à casa do Petraglia, empunhando as tochas que dariam início à fogueira na qual o Petraglia queimaria de cabeça pra baixo, vieram à tona as explicações, pormenorizadas, dos números da dívida e da forma de pagamento. “A coisa não era bem assim. Tem dívida, mas tem dinheiro para pagá-la!”, ou seja, não tem dívida, porra! Pura precipitação, alimento ideal para a imprensa vender seus jornais, sob o pretexto de informar a torcida sobre os fatos da vida do Clube Atlético Paranaense. “Me engana que eu gosto!”.

O Presidente Petraglia está longe de integrar o time de Santos do Catolicismo, até porque Santos, no mundo do futebol, só aquele da Vila Belmiro, mas está longe de ser o capeta que andam pintando por aí. Andam demonizando o Petraglia como se esses 3 últimos anos de fracassos dentro das 4 linhas fossem mais eloquentes do que o período de conquistas vivido por nós entre 1995 e 2005, dentro e fora dos gramados.

Amigos, o Fluminense – que não tem patrimônio e que não conquista nada há algum tempo – deve 270 milhões de reais e se os presidentes de Coritiba e Paraná Clube vierem a público falar de seus passivos, como fez o Malucelli, seus torcedores cairão duros vitimados pelas cifras de suas dívidas (aliás, fica sugerida a pauta para os jornais e para as rádios deste município).

Amigos, boa parte da dívida atleticana tem a ver com a construção da Arena, obra que cresce, dia-a-dia, diante dos nossos olhos. Obras não são dívidas, são investimentos. Outros tantos clubes prometeram Arenas para suas torcidas e elas não saíram das maquetes (Flamengo, Corinthians, Grêmio, Santos, etc.). Nossa Arena está lá, há 10 anos, crescendo e nos fazendo crescer. Aí querem nos convencer que o problema do Atlético é o Petraglia? Parem!

Daí vem um Airton Cordeiro, sistematicamente, meter a lenha no Petraglia sob o pretexto de defender a Instituição Clube Atlético Paranaense. Truco, amigos! Não entrem nessa! O Airton Cordeiro nunca topou o Atlético, nunca nos ajudou em nada, sempre desceu a ripa no Furacão e seu ódio contra nós só cresceu desde 1988.

Em 1988, o radialista era candidato a prefeito de Curitiba, mas foi atropelado pelo Jaime Lerner na campanha dos 12 dias (campanha do Coração Curitibano) e que teve o Petraglia como coordenador e principal articulador político.

Não pensem que o Airton odeia o Petraglia de morte porque ele é um presidente mandão, ele odeia por outras razões muito distantes do mundo da bola e muito conhecidas de quem frequenta o mundo da política paranaense. Mas o esperto radialista, ao descer a borduna em quem fez muito pelo Atlético, posa de santinho para a massa inocente e que acredita em santos no futebol. Não existem santos no futebol!

Amigos, espero em breve conhecer o Dr. Marcos Malucelli, ouvir suas teses e suas ações. Torço, sinceramente, para que tudo que ele planeja se transforme em realizações em prol do nosso Atlético. Sonho, e já disse isso ao “menino” Geara, em ver nosso Atlético unido, fechado em torno de seu crescimento. Mas movido pelo espírito de gratidão, justiça e amizade, não posso assistir calado à execração pública a que estão submetendo o Petraglia.

Nós, nesses últimos 15 anos, acostumamo-nos a ouvir dos co-irmãos: “Ah, se tivesse um Petraglia no coxa!”, “Ah, se o Petraglia fosse paranista!” e são sempre frases cheias de inveja e de cobiça. Só o atleticano, uma minoria é verdade, é que repete “Fora, Petraglia!”, sem perceber que está realizando, justamente, o sonho de nossos adversários que, não podendo ter em suas fileiras o Petraglia, querem, ao menos, vê-lo distante do Atlético, pois alijar o Atlético de seu maior dirigente é garantia de enfraquecimento.

Dr. Marcos Malucelli, “menino” Geara e Presidente Petraglia, coloquem-se acima das vaidades pessoais e acima do sensacionalismo barato da imprensa da aldeia. Eliminem eventuais diferenças, selem a paz e vamos em frente, pois o Atlético unido não tem adversários à altura, mas o Atlético fragmentado sempre foi nosso pior inimigo.

30 comentários:

Anônimo disse...

Só não entendo uma coisa... por mto tempo nós atleticanos clamávamos por transparência e qdo ela aparece tem uns que acham ruim, "roupa suja se lava em casa..."
Concordo com o MM pois estava na cara que iria acontecer outro VOLTA PETRAGLIA.
Obrigado Petraglia por tudo mas tá na hora de outros atleticanos também contribuirem para o clube já que com vc não tiveram essa oportunidade.

Anônimo disse...

Essa postura contra o Petraglia é geneticamente explicável , aqui em nossa Aldeia a grama do vizinho é sempre melhor do que a nossa, esse povo não sabe o que era o Atlético antes do Petraglia, só o tempo irá provar o grande erro que esta sendo cometido, e então os auto fagistas e criticos de plantão irão carregar eternamente nas sua costas o peso de serem responsáveis por apoiarem um caminho que destruiu o Atlético.
tudo culpa do povo da aldeia.

DINDO disse...

NÃO FALTOU NEHNUMA VÍRGULA, PROFESSOR!!!!

Anônimo disse...

Horrorosa a coluna, em todos os sentidos. Já começa mal, cheia de preconceito com o carnaval. "Só-puta-aí" foi de uma ignorância monstruosa. Simplesmente lamentável republicar essa coluna em um espaço que se pretende democrático.

Anônimo disse...

ahauahauahuahau

Eu achei do caralho!!!!!

Anônimo disse...

A melhor coluna jamais escrita na furacao.com

PArabéns.

Apontou para o nosso pseudo-jornalismo hipócrita.

Anônimo disse...

eu tambei achei uma grande verdade que nunca será aceita pela tchurminha seguidora do colunista chato(não o Rafael).
só darão valor quando voltarmos para o fundo do poço.

Sabine Klimt disse...

O Petraglia, an minha opiniao, nao e o unico responsavel pelo que o Atletico e hoje, mas e o maior deles assumindo uma grande participacao. Porem esta na hora de outros tb contribuirem para este crescimento. Ele poderia muito bem fazer parte disto, mas ele nao quer ser um mero coadjuvante infelizmente...espero que mude.
Quanto ao carnaval, tudo que eu quero e que acabe...eu moro do lado da Vai Vai!!!!

Anônimo disse...

Me chamo Adeilton. No meu ponto de vista, o Atlético não evoluiu durante esses últimos 15 anos devido somente ao interesse do Petraglia, mas tenho certeza de que se não fosse este, ninguém jamais teria tido a ousadia que este homem teve, em transformar o Furacão no que é hoje para sua torcida e para o estado. Sou grato por tudo que o Petraglia fez por nosso Rubro-Negro, é claro que falhas ouveram, mas quero crer que foram com boas intenções de procurar acertar. Ele não é santo, não pode acertar tudo, mas quando acertou, foi bem no alvo, e temos que ser gratos sempre e colocá-lo na linhagem de ídolos rubro-negros jamais esquecidos, tanto por sua arrogância como por sua competência, e, tenho certeza, que se unidos à maravilhosa futura gestão dos Srs. Malucelli e Geara, o Rubro-Negro só tende a crescer, pois, O Atlético nos Une e a União nos Fortalece.

Anônimo disse...

Petraglia foi o maior dirigente do futebol paranaense na minha opinião. Mas seu comportamento arrogante, fez manchar sua imagem...Fatos como um dia, em que, por um funcionário chegar atrasado a uma reunião, jogou a caneta na cara dele...Petraglia ja deu o que tinha que dar, acha que é dono do clube, com esse seu comportamento mesquinho, fazendo do Atletico um time odiado por todos, brigamdno com todo mundo...E um dia, ele tinha que sair, deixar que novas pessoas continuem o trabalho maravilhoso que ele fez, e o dia chegou...

Anônimo disse...

FERREIRA FORA, ELE FOI PRO DALLAS!

Anônimo disse...

e se foi o ferreira... mas todo mundo tava metendo o pau no colombiano... entao nao vai fazer falta ne...
BANDO DE CORNETERO

srn

Anônimo disse...

NÃO FALTOU NEHNUMA VÍRGULA, PROFESSOR!!!!(2)



João Guilherme 34 anos atleticano




por que não assinam?

Hélio Rubens Godoy disse...

A COLUNA FOI BEM ESCRITA, COMO É FREQUENTE COM O SR. RAFAEL LEMOS. CONCORDO COM TUDO O QUE FOI ESCRITO, QUERO SOMENTE COMENTAR O PROCESSO DE TRANSIÇÃO PELO QUAL O CLUBE ESTÁ PASSANDO.

A CRIAÇÃO DO PLANO DE SÓCIOS É O PARADIGMA DESTA TRANSIÇÃO. CREIO QUE A ASSOCIAÇÃO DOS ATLETICANOS AO CLUBE TEM O POTENCIAL PARA DAR DINAMISMO À GESTÃO ADMINISTRATIVA E TAMBÉM AO NOSSO FUTEBOL. NÃO QUERO ME ESTENDER, E SINTETIZANDO, CREIO QUE POR DIVERSOS FATORES O PLANO DE SÓCIOS PODE TRAZER MUITOS BENEFÍCOS AO CLUBE, AO TIME, AOS TORCEDORES, PRINCIPALMENTE POR AMPLIAR A DEMOCRACIA DENTRO DO CLUBE. ISTO CONTÉM SEUS BÔNUS, MAS TAMBÉM SEUS ÔNUS, QUE COM O TEMPO SERÃO ASSIMILADOS POR DIRIGENTES E TORCEDORES, FORTALECENDO A INSTITUIÇÃO ATLETICANA. PARADOXALMENTE, ESTA ABERTURA FOI PROMOVIDA NA GESTÃO DE MCP, QUE POSSUI COMO UMA DE SUAS CARACTERÍSTICAS MARCANTES A CENTRALIZAÇÃO DO PODER DECISÓRIO.

ACREDITO QUE O PLANO DE SÓCIOS SEJA O PRINCIPAL LEGADO DA PARTE FINAL DA GESTÃO DO PETRAGLIA A FRENTE DO ATLÉTICO. MAIS IMPORTANTE QUE A CONCLUSÃO DA ARENA E A INDICAÇÃO DA BAIXADA PARA A COPA DE 2014 E MUITOS OUTROS FEITOS QUE ESTÃO POR VIR. COISAS QUE EM MAIOR OU MENOR MEDIDA, ENCONTRAM AMPARO NA ASSOCIAÇÃO DOS ATLETICANOS AO CLUBE.

SRN

Anônimo disse...

Mais uma coluninha de um puxa saco mor do Coronel Petraglia. Aliás não entendo porque você reproduziu essa matéria preconceituosa e ridicula caro blogueiro guerrilheiro. Ela está lá na furacão .com e já é espaço demais pra ela. Com certeza o ciume bate forte pelo estado do Paraná não ter um carnaval descente e nem futebol suficiente para a conquista de titulos. Um ditador como o Petraglia tem que ser banido do Futebol assim como foi o Eurico Miranda. Acredito que as mudanças feitas no Atletico Paranaense foram pra melhor.

Carlos Eduardo
morador do Rio, torcedor do Flamengo e simpatizante do Atletico Paranaense atualmente trabalhando em Ponta Grossa.(Petrobrás)

Anônimo disse...

Petraglia é Deus.
Aqueles que não acreditarem podem arrumar o seu caminho para o inferno.
O que era o Atlético e o que este santo homem transformou não se compara.
Bem disse alguém aqui que o auto-fagismo paranaense não permite o triunfo dos bons.
Eterno Presidente Petraglia: Nós te saudamos e agradeceremos eternamente.
Carlos

Anônimo disse...

Petraglia é DEUS
Beto Richa é perfeito
e eu sou
inteligente, forte e bonitão

Anônimo disse...

Só eu acho estranho esse papo do Petráglia ser o responsável pela venda dos jogadores para o exterior? Em tempo, esse papo do AC e MCP eu tb já ouvi direto da boca do Petraglia (rolos da eleição do JL), mas até que ponto isso diminui os erros do josso dirigente em não permitir - por exemplo - que os coxinhas recebessem o troféu no nosso estádio? Ou em inúmeras outras demonstrações de arrogância? Afinal, se é possível melhorar, vamos melhorar. Por fim, o petragliano mor do furacao.com (o repetitivo barrinuevo), graças a deus parou de postar por um tempo.

Anônimo disse...

OS PRÓ PETRAGLIA SÃO OS MODERNINHO QUE TINHAM "NOJO" DO ATLETICO DE ANTIGAMENTE, TEM VERGONHA DO SEU PASSADO, QUE MESMO SOFRÍVEL, ERA FEITO POR TORCEDORES QUE AMAVAM O CLUBE, E NÃO POR DINHEIRO COMO A MAIORIA VE O CLUBE HOJE...PETRAGLIA FOI ÓTIMO, MAS ERROU DEMAIS ULTIMAMENTE, E QUANDO O ERRO SE TORNA REPETITIVO, VIRA BURRICE. ACORDA TORCIDA, EXISTE VIDE SEM ELE SIM!!!! VAMOS DAR FORÇA AO MALUCELLI NESSE MOMENTO...PETRAGLIA ALÉM DE ARROGANTE, É INDIVIDUALISTA, POIS ACHA QUE FEZ TUDO SOZINHO. ESQUECENDO DE FORNEAS, ADURS E ZIMMERMANS DA VIDA, QUE FORAM IMPORTANTES NESSA TRANSIÇÃO...

NELSON.

Anônimo disse...

A EQUELE BARRIONUEVO ERA NOJENTO DE RUIM, O PIOR COLUNISTA QUE EU JA VI ATÉ HOJE NO FURACAO.COM. ALÉM DE NÃO ENTENDER ABSOLUTAMENTE NADA DE FUTEBOL, ASSIM COMO A MAIORIA DOS PRÓ PETRAGLIA, E SUAS VISÕES MEGALOMANÍACAS E DINHEIRISTAS QUE FIZERAM DO ATLETICO UM CLUBE DERROTADO NOS ÚLTIMOS 3 ANOS...

NELSON.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

..
Não absolvo jamais aquele que se voltou contra a torcida. Jamais.

profano.

Alexandre disse...

Muito bem escrito, assino tudo embaixo.
Os que criticam a "era Petralia" devem ter começado a torcer pro Atlético em 1998, não pegaram os anos de Pinheirão, o penta do Paraná Clube, os anos sem título brasileiro ouvindo a ladainha dos verdes, afina, os anos e anos meia boca que tivemos (com exceção do time 82\83 que deixou saudades...)

NetSauro disse...

FALEM O QUE QUIZER... ESCREVAM O QUE QUIZER... SÓ COMENTO O QUE VI E O QUE VEJO PONTO FINAL

NÃO TEM OU TEVE NENHUM CIDADÃO BRASILEIRO QUE TENHA FEITO MAIS POR UM CLUBE QUE PETRAGLIA. TEM MUITO CLUBE COMEMORANDO A SAIDA DELE, ASSIM COMO A GLOBO TAMBÉM. FUI UM DOS QUE VI PETRAGLIA PEITAR A GLOBO, E DIZER QUE ELA NÃO PODIA TRASMITIR JOGOS DO ATLETICO POR QUE PAGAVA POUCO.

TA PRA NASCER OUTRO CARA COMO ESSE. TIO PET ESTA AFASTADO DO CAP, MAS CONTINUA LIGADO AO CLUBE. NA PRIMEIRA MIJADA DE PINICO DE QUALQUER UM ADVINHEM QUEM ESTARÁ LÁ PARA OUTRO PROJETO DE 15 OU 20 ANOS!!!

OBS: CANSEI DE CRITICAR A POLITICA DO TIO PET, MAS ISTO NÃO QUER DIZER QUE ELE NÃO SEJA MUITO, MAS MUITO BOM PARA O CAP.

PETRAGLIA ETERNO!!!

Anônimo disse...

isto tudo é teatro. o mm e o mcp estão tramando a volta do petraglia em 2012 para fechar a sua participação com a copa.
e nós idiotas ficamos aqui discutindo um monte de balelas.
somos otários...

Anônimo disse...

Senhor Rafael, Petraglia é aquele que te chamou de falácia, lembra?

Anônimo disse...

Senhor Rafael, Petraglia é aquele que te chamou de falácia, lembra?

Anônimo disse...

Senhor Rafael, Petraglia é aquele que te chamou de falácia, lembra?

Anônimo disse...

Estão polimizando demais !!! Vamos falar do atletico sem personificar a instituição.

Anônimo disse...

Só digo o seguinte: os viúvos do velho Atlético, aquele timinho de várzea que jogava no Pinheirão, podem torcer pro Paraná ou pro Coxa (esses clubes ainda continuam na pré-história do futebol)! O Petraglia inscreveu o Atlético na modernidade - tornou nosso estádio confortável, seguro para as famílias (para "os moderninho" que têm nojo daquela época sofrível em que assistir uma partida de futebol era quase como ir a um baile funk), nos deu um time competitivo, capaz de disputar campeonatos brasileiro e internacionais (quem sonharia com isso em 90?). Podem escrever aí: a Arena da Baixada ainda há de se chamar Estádio Mário Celso Petráglia. Precisamos de um homem forte no comando do Atlético, que seja arrogante mesmo, porque a arrogância de uma RPC, de uma Transamérica etc. só pode ser combatida com coragem e dureza - atributos que não faltam ao santo Petraglia, o maior atleticano da história de nosso clube.