sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Boa nova

Os lojistas de estádios de futebol de Curitiba, juntamente com os clubes, terão uma reunião na próxima semana (provavelmente na quarta-feira) com o Ministério Público a fim de liberar a venda de cerveja nas praças desportivas da capital.
Já não era sem tempo.
Ontem, por exemplo, grupos de atleticanos e coxas se enfrentaram pela cidade, causando tumulto e quebra-quebra. E a confusão, é óbvio, não foi causada pela venda e consumo de cerveja no estádio.
Vândalo é vândalo, dentro ou fora do estádio, e tem que ser detido e punido. Independente de ter bebido ou não.
Além disso, chega a ser um acinte aos cidadãos curitibanos de bem ver que a venda de cerveja está sendo permitida em estádios do interior paranaense e também de outros estados, sem problema algum, e aqui os curitibanos que se paguem o pato. Na partida contra o Foz, um calor infernal na Baixada e a galera lá, de goela seca.
Bem, se tudo der certo e o MP admitir que esta é uma medida inócua e preconceituosa, a partir da quarta rodada já poderemos tomar uma gelada na Baixada.

4 comentários:

Geraaaaaldo disse...

Aleluia!

Anônimo disse...

FOI UMA ARAPUCA....AFINAL ERA JOGO DO CAP...O QUE OS PORKO TAVAM FAZENDO NO CABRAL?? ARAPUCA......FAZER O QUE A GALERA DA TOF SÓ SE DEFENDEU.....MAS NÃO FALAREI MAIS NADA QUEM EH SABE..BOKAO

Fernanda disse...

Nossa que calor que era aquele mo deusss...

Não vi quebra pau algum na saída da Arena, mas achei estranho mesmo, tinha uma viatura em cada esquina...

Mas concordo com a tentativa dos lojistas, um absurdo em tempos de crise manter estas proibições, nada a ver...as pessoas precisam trabalhar, vender, mas aí vem esses politicamente corretos que pensam apenas em ficar bonito na fita e ferram tudo.

Anônimo disse...

Desenrola a treta aí BOKAO