segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Decisão e batalha

Estádio dos Aflitos é marcado por confusões e maus-tratos aos times visitantes:
Atlético se prepara para uma batalha, mas não teme o inimigo.

Caros amigos atleticanos, esta será uma semana daquelas. Domingo o Furacão disputará a partida mais importante deste Brasileirão. Tá certo que, de um tempo para cá, mais precisamente desde a derrota em casa para o Fluminense, todo jogo é decisão. Mas este contra o Náutico representa ainda mais que uma final de campeonato: representa uma batalha.
Nas minhas contas, o Atlético pode decidir nesta partida sua permanência na Série A. E, pelos cálculos deste aprendiz de Oswald de Souza, um empate pode até ser um grande resultado se os coxas vencerem o Vasco. Mas como as paquitas costumam afinar na hora "H", é bom lutar por uma vitória e poder voltar a Curitiba já sossegado.
Não vai ser nada fácil.
Além do Timbu ter crescido de produção nas últimas rodadas, o estádio dos Aflitos conquistou a fama de ser um alçapão não apenas pela pressão da torcida, mas pelo péssimo tratamento dado aos times visitantes. Este ano já houve casos de agressões por parte da PM, gás no vestiário, o escambau.
A batalha tem ainda outros ingredientes. O técnico do Náutico é ninguém menos do que Bob Fernandes, aquele mesmo que esteve por aqui e largou o Atlético na porta da zona de rebaixamento. E ainda disse, sapiamente, que estava "roendo o osso" - num claro desrespeito aos jogadores que ele mesmo mandou a campo.
Mais recentemente o presidente do Timbu acusou o Atlético de tramar um conluio com o Vitória, quando os dois rubro-negros se enfrentaram na Baixada, apenas com o intuito de prejudicar o time pernambucano.
E, por fim, uma coincidência incrível: o personagem principal da primeira "Batalha dos Aflitos" que ganhou repercussão nacional, aquele famoso Náutico x Grêmio, foi justamente o goleiro Galatto, hoje um dos principais nomes do Furacão. Naquela ocasião, ele defendeu um pênalti que levou o tricolor gaúcho de volta à primeira divisão e manteve os pernambucanos na segundona.
Pois, caros irmãos rubro-negros, podem esperar: a palavra "batalha" será a mais ouvida por nós esta semana.
E que os jogadores vão com este espírito guerreiro para Pernambuco, acabem com a agonia e tragam na bagagem a vaga na série A de 2009.
Afinal, para o Atlético nada nunca foi fácil. Não é desta vez que seria diferente.

17 comentários:

Marcelo Mallol disse...

Guerrilheiro, vamos fazer uma campanha para lembrar os jogadores do nosso Furacão, o que o tal Bob Fernandes falava deles naquela época, ou seja, "ROENDO O OSSO", "COM ESTES JOGADORES O CAP NÃO VAI A LUGAR NENHUM", "FALTOU TESTOSTERONA" entre outras pérolas. Vamos lembrar outras coisas e enviar aos jogadores. O que acha ???? Um abraço.

Anônimo disse...

Concordo com o Marcelo, vamos afundar o time do Bob.

Fernanda disse...

Esse jogo contra o Náutico vai ser uma agonia... Complicadíssimo pq ao contrário de nós, eles sabem fazer gol...

Buenas Superior disse...

General Galatto fazendo a muralha, Bombardeiros Netinho e Alberto comandando o ataque aéreo, tanques Valencia, Chicão e Alan Bahia comendo o meio de campo! O resto é coração na ponta da chuteira e vamos detonar esse maldito Bob Esponja!

Anônimo disse...

forca furacao...
e com certeza vai ser a " nova " batalha dos aflitos, vale lembrar que o presidente do nautiCU disse que torceria para o CAP cair... reclamou disso e daquilo... vamos ter uma grande pressao naquela merda de estadio...

mas tenho fe que com esse time, ainda podemos buscar mais uns pontinhos e continuar invicto no final do campeonato...

abracos e srn
Nikolas P.

Anônimo disse...

Alem do Galatto que já pegou penalti e deixou o nauticuzinho na serie B, temos o Netinho que jogou lá e conhece cada buraco do campo.

Luiz Andrade disse...

Se eu bem me recordo, naquela famosa "Batalha dos Aflitos" o nauticu, perdeu p/ o gaymio, mesmo com 2 jogadores a mais...
O que eu temo mesmo é uma cariocada, com vistas a quebrar o Furacão para o jogo com o Flamengo. Não estranharei se o juiz distribuir um festival de cartões contra nossos atletas...

roderley disse...

Temos que jogar com inteligência e isso o Geninho sabe muito bem, somos grandes e vai prevalecer a nossa camisa na hora do vamos ver, cada jogada tem que ser disputada como se fosse a última do campeonato e não podemos entrar nas provocações antes e durante a partida.
Aquele chiqueiro já era para ter sido interditado pelos antecedentes e o CAP deveria de pedir uma garantia para a CBF porque depois não adianta reclamar de agressões ou coisa parecida.
Mas vamos lá trazer os pontos necessários para nossa garantia na primeira.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

FAVOR RETIRAR A POSTAGEM DAS 21;48 A PAQUITA ESTÁ COM TPM, ESTÁ FALANDO MERDA.

Anônimo disse...

Xou paquitas dos infernos. Vai comer as migalhas que o Vasco vai dar pra voceis no domingo, vai abrir as pernas pos cariocas, é só pra isto que vcs. prestam.

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

◘◘◘ PAQUITINHA DETECTED ◘◘◘

Anônimo disse...

Ingredientes para nos preocuparmos domingo não falta. A pressão vai ser total, a Diretoria, Comissão Técnica tem que blindar nossos pessoal, porque lá vai ser pedreira total, é o jogo da vida deles, todo tipo de confusão com certeza eles vão aprontar, temos que redobrar nossa vigilancia e torcer que a CBF não coloque um arbitro bundão tipo "Beltrame da vida" pra apitar esse jogo, porque vai ser espinheira e não adianta depois vir chorando, lamentando. Eles vão querer tirar proveito de tudo temos que tomar muito cuidado, não adianta querer entrar na deles e depois não termos atletas para enfrentar o urubu da gavea. Temos que ter cabeça no lugar pra na ultima rodada dentro de casa jogar nossa cartada certa.
Mas vamos lá furacão. Força, Coragem e muita raça.

buenooo disse...

um ingrediente vai ser o principal: nao perder gols.

como eu nao sei? o sr julio cesar esta foda e o cone eh o cone.

se a gente vencer vai ter porrada no final. certeza...

Coronel disse...

A cobra vai fumar nos aflitos. Mas como o CAP tem jogado muito melhor fora de casa eu fico confiante. Se jogássemos com esses caras aqui, ia ser uma retranca maldita mas jogando lá eles vem com tudo e isso é bom pra nós.

Anônimo disse...

Uma coisa pode ser boa, eles colocarem um juiz p/ ajudar o vaixxxco, pois p/ não cair o time carioca tem que passar o Figuera e o nauticuzinho.

buenooo disse...

putz... bem observado. nao seria surpreendente se penaltis acontecessem la a favor do atletico e aqui a favor do vaxco.