sábado, 26 de julho de 2008

Concentração de renda

Segundo o blog Um olhar crônico desportivo, os clubes assinaram este mês o contrato referente aos direitos de transmissão do Brasileirão pelas emissoras de sinal fechado e, principalmente, pelo pay-per-view. O acordo, fechado para o período 2009/2011, garante aos clubes R$ 120 milhões por ano, em média. Mas o que chama mais a atenção são as novidades discutidas e aprovadas, segundo o blog, para esse novo contrato: 1) Remuneração dos clubes de acordo com seu percentual de participação nas vendas de pacotes; 2) Transferência do valor que exceder ao mínimo para a cota de premiações do Campeonato.
Ou seja, se na TV aberta já existe uma diferença gritante e absurda na distribuição do dinheiro pago pelas emissoras, o mesmo tende a ocorrer agora com a TV a cabo. Segundo o blog, este era um desejo antigo dos "grandes" clubes e enfrentava obstáculos na própria Globosat, que alegava dificuldades técnicas para fazer a venda de pacotes por clubes. Neste ano, para contornar esse problema e fazer a divisão do bolo já em 2009, a empresa fará uma pesquisa junto aos assinantes para estabelecer o percentual de cada uma das torcidas na base de compradores do pay-per-view.
O que vai acontecer, então? O óbvio: times considerados médios como Atlético, Sport, Náutico, Figueirense, Vitória, Coritiba, Goiás, que possuem torcidas regionais, vão passar a receber ainda menos dinheiro do que os paulistas e cariocas - é óbvio que no estado de São Paulo deve estar a maior base de assinantes de TV a cabo e de pay-per-view, pois é o estado mais populoso e mais rico do país. Nem precisa fazer pesquisa.
Enquanto não distribuírem os recursos do negócio futebol de forma eqüânime, haverá sempre esse apartheid no futebol brasileiro, com os ditos grandes sempre levando mais grana - por mais calote que dêem na praça, por mais impostos que tenham deixado de pagar, por menos investimento que façam em estrutura - e os ditos times médios ou pequenos se apequenando cada vez mais, ganhando um campeonato aqui, outro ali, de forma esporádica, para no ano seguinte ser obrigado a vender todo o elenco novamente atrás de migalhas.
Critica-se muito a diretoria do Atlético por ver o futebol como um negócio. Mas não é o Atlético quem está impondo isso; é o mercado. E o mercado, no caso, é extremamente bondoso com Flamengos e Fluminenses da vida e extremamente duro conosco.
Por isso, cresce, cada vez mais, a importância da torcida. Hoje, não basta mais apenas torcer. Pelo jeito, no Brasil, a participação dos fãs será fundamental na divisão do bolo. Timemania, pay-per-view, planos de sócios, é preciso participar e ajudar da forma que for possível. A torcida do Atlético está dando um ótimo apoio, associando-se em massa ao clube. Mas dá pra ajudar ainda mais. Todo o apoio é necessário, independente da fase que o time está passando.
•••
A segunda novidade sobre distribuição de valores, de acordo com o desempenho dos times, já é mais interessante - e justa. Funciona assim: o valor excedente ao mínimo garantido por contrato (ou seja, novas aquisições de pay-per-view durante o período acordado), seria destinado a uma premiação no final do campeonato. E os prêmios não estarão limitados ao campeão e vice: cobrirão do 1º ao 16º colocados. Tal como na Fórmula 1, explica o Olhar crônico, o campeão terá uma boa diferença para o vice, e deste para o terceiro, diminuindo a diferença gradativamente à medida em que vai avançando rumo ao fim da fila. Estima-se que campeão de 2008 já deve abocanhar R$ 5 milhões.
Ou seja: vale à pena investir no futebol, em jogadores que dêem o resultado dentro de campo. O retorno virá no final.

9 comentários:

Anônimo disse...

E cadê a nossa ¨imprensa ¨, para defender os clubes do nosso estado ???

buenooo disse...

que imprensa?

Fernanda disse...

que imprensa??? pergunto a mesma coisa...

Rui disse...

Se esta nossa "imprensa" se manisfestar vai ser a favor do eixo.

E eu achando que mais ano menos ano seríamos naturalmente promovidos ao nível mínimo dos clubes fundadores dos 13, Bahia, bosta, flumerdense, mineiros e gayúchos...

Já agora, alguém sabe quando vai ser feita esta "pesquisa" e em que termos?

Rui disse...

Grassa?
Campeoa e campaeo?
Atleiticana?
Precizar?

Obrigaido Deus por nãn me terez feitio coxa, obrigaido peila tua grassa, hehehe

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

rui

o software antipaquita já tinha deletado a mensagem do porco

abs

Rui disse...

Beleza, apaga a minha, ja agora, hehehe.
Abrs

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

PAQUITA DETECTED!

Software spy antipigs and antipaquitas ◘