terça-feira, 3 de junho de 2008

O eixo e a mídia, acima do bem e do mal

Aproveitando os 5 minutinhos de folga, volto ao Blog para palpitar sobre um tema que não tem a ver, pelo menos diretamente, com o nosso Furacão.
O assunto é o qüiproquó ocorrido na partida entre Náutico x Botafogo, domingo, nos Aflitos, e principalmente a forma como a “grande mídia” cobriu o fato.
Vi alguns programas sobre o assunto, a maioria deles na Globo ou no SporTV, e alguns blogs de blogueiros paulistas e cariocas - uns jornalistas, outros não. E não pude deixar de notar uma terrível inversão de valores na hora de analisar o ocorrido e apontar culpados (como deve ser bom fazer parte da mídia, é tão fácil acusar alguém assim, tão rapidamente, mesmo que vendo tudo de longe, de muito longe, mesmo que se inteirando do assunto apenas por intermédio de um VT editado...).
Pelo pouco que vi, pelos mesmos VTs editados, imputar ao Náutico ou à PM a responsabilidade é uma leviandade sem tamanho. Pouco se falou sobre as atitudes nada exemplares dos atletas botafoguenses. Toda a discussão desabou para cima da responsabilidade do clube e da polícia.
Mas eu não estou maluco. Eu vi, no mesmo VT editado que mostraram, jogadores do time carioca fazendo gestos obscenos para a torcida, inclusive o zagueiro André Luis – pivô de toda a confusão; além disso, o atleta ao ser expulso chutou uma garrafa de Gatorade em direção à torcida do Náutico e dirigiu-se ao banco de reservas – o que é proibido, qualquer jogador de várzea sabe disso –, de onde não queria sair nem por decreto; quando foi abordado pela PM, ele xingou uma policial.
Independente de André ser um jogador profissional, independente do episódio ter ocorrido dentro de um campo de futebol, ele não pode fazer isso; desacatou a autoridade e tinha motivos claros e óbvios para ser detido. Mas ele não se deu por vencido: começou a se debater, a brigar com os policiais, e contou com a ajuda de seus companheiros de time.
Vejam, não sou nenhum defensor da polícia militar, geralmente mal preparada para lidar com o grande público nas partidas de futebol. Mas nesse caso, o que se esperava que fizessem os policiais? Pode ter havido sim algum exagero, como mostram os VTs? Sim, pode. Mas se por acaso qualquer um de nós xingar um policial militar em qualquer local da cidade, não é óbvio que vai levar uns safanões e ser levado a se explicar na delegacia? Por que raios com um jogador de futebol seria diferente?
Os times do eixo, seus jogadores, dirigentes e atletas não podem se achar acima do bem e do mal; não podem pensar que fazem o que querem em qualquer lugar; não podem aviltar a torcida do time adversário em sua própria casa de forma vil, grosseira e antidesportiva, pensando que vai ficar tudo “por isso mesmo”.
O despreparo do policiamento deve ser questionado, sempre. Mas focar a discussão em cima disso no intuito de “aliviar” para o Botafogo é que não dá pra engolir.
Sinto-me enojado só de imaginar o que estaria acontecendo se o episódio tivesse ocorrido aqui na Baixada. O Atlético e sua torcida estriam sendo detonados novamente de forma massacrante.
Pelo menos a imprensa do Recife, toda ela, está fechada em defesa do Náutico; enquanto que se fosse aqui o Atlético e sua torcida estariam sendo crucificados por nossos próprios jornalistas, radialistas e picaretistas desportivos em geral.

•••

É por essas e outras que torço para que o Sport vença a final da Copa do Brasil contra o Corinthians e para que o Fluminense se estrepe na Libertadores.

19 comentários:

rudy disse...

To contigo guerrilheiro. A RPC deve estar bufando porque só teremos que pagar 10 mil pela não entrega do troféu aos coxas. Um amigo me disse que os verdinhos estão bufando lá no site deles com o Domingos Moro o qual chamam de advogado rubro negro.

Imagina mesmo se acontece um negocio desses com nois aki na Arena....meu Deus. Lembra o que jah fizeram com o caso da bala e do boleiro ator e ex jogador Cristian...?

Saudações

Juliano Ribas disse...

Falou tudo, guerrilheiro. Se fosse com a gente, tinha "jornalista" paranaense torcendo a favor do botafogo ne pendenga. Achei a atitude da polícia um pouco exagerada (principalmente na hora em que conduziram o atleta do BFR pelo meio da torcida do Nautico), mas nem por isso posso deixar de reconhecer o destempero e a ira gratuita do jogador do BFR. Mesmo assim, a imprensa de PE "fechou" com o náutico, assim como a própria torcida daquele clube. No Atlético, chegamos ao absurdo de ter gente atleticana contra o próprio clube em qualquer situação só porque não concorda com o time que vai a campo. Inversão de valores estúpida. Queria ver se o Atlético anunciasse um time com Durval, Igor, Luizinho Netto, Sandro Goiano, Leandro Machado, Dutra e outros, no iníco de temporada, pra ver se seria aceito pela "madrilenha" torcida do CAP. Está na hora de voltarmos as nossas raízes, de atleticanismo puro. Abraços e parabéns pelo texto. Juliano Ribas.

Anônimo disse...

Creio que TODA a imprensa de Recife está com o Náutico, não por regionalismo, mas pelo episódio apresentar-se de forma tão clara que personifica o óbvio ululante. E o interesse é com a verdade. Fatos. Como ocorreram.

Nossa imprensa, "imparcial" - faria link ao vivo nos programas de bola das noites e tardes pra bater palma pra louco dançar. Pessoal arrepiando, escovando e no telão, atrás, "nosso representante" sentado com cara de cú. Sem expressão, não tem voz, mas um gravador, que repete a mesma ladainha enlatada sempre e sempre. Mas claro, tudo isso pela "imparcialidade" daqui ser aceita pela "imparcialidade" de lá.


"INDEPENDENTE", hã?
SRNegras


RAKS

Adeilton disse...

Isso aí guerrilheiro, eu também vi estas mesmas imagens que você citou no texto e digo que todo o eixo Rio-São Paulo tem que se ferrar... assim com os gayúchos que se acham demais...
Na segunda-feira eu estava escutando os comentários da pequena rádio transamérica e ouvi quando eles anunciaram que o Atlético só iria pagar 10 mil pelo incidente da final do Paranaense contra os porcos, isso foi motivo para meterem o pau no Atlético. Toda a mídia paranaense está me envergonhando pois eles são enganadores de si mesmos poruqe querem a todo custo difamar o Furacão devido às atitudes de cobrança que o Petraglia está impondo pelas transmissões.
E hoje vou torcer para o Sport e também para o Boca-Juniors tirarem os timinhos do eixo fora dos campeonatos.
E tem mais uma, o Atlético luta sempre contra tudo e contra todos e mais, nós, fanáticos ou apenas atleticanos, precisamos nos unir, porque o Atlético nos une e a união nos fortalece.

Emanoel disse...

Concordo plenamente Guerrilheiro. A PM de Pernambuco foi até suavew com André Luis. Se fosse aqui na Bahia pode ter certeza que os cara não aliviavam, algemavam e levavam logo, sem delongas.

Guima disse...

Na minha opinião, houve erros dos 2 lados. O André Luiz estava totalmente errado, mas a polícia chegou querendo dar chave de braço, como se fosse bandido, sendo que o jogador estava saindo para o vestiário. Ele deve ser punido, sem dúvida nenhuma, mas não era para ser retirado daquele jeito. E pior, passar com um jogador no meio da torcida adversária, foi no mínimo uma medida arriscada.
Voltando ao futebol, sou Sport e Boca hoje.~To pouco me importanto se é time argentino, mas nunca vou trocer pro Flumerdense.

Anônimo disse...

VOCES DEVIAM SE PREOCUPAR MAIS COM O CAP. COM AS BESTEIRAS QUE O PETRALIA FAZ... E SE PREOCUPAR MENOS COM A IMPRENSA. POIS QUANDO A IMPRENSA SE CALAR O PETRALIA FECHA AS PORTAS DA ARENA PARA OS TORCEDORES. VOCES SÃO FANTOCHES DO PETRALIA. LEIAM A COLUNA DO MAFUZ NA TRIBUNA DE TERÇA FEIRA.

Luiz Andrade disse...

1) Eu vejo naqueles programas tipo "vídeos policiais" que as polícias de 1° mundo não aliviam não, qdo têm que imobilizar e algemar alguém.
2) No Brasil a PF muito elogiada por suas operações, tbm sempre algema os caras que são presos.
3) Se o jogador teve uma atitude contra a lei é marginal sim, e deve ser tratado como tal.
4) Depois do caso Dodô eu não duvido nada.
5) Fosse o Náutico que aprontasse uma dessas no Rio...
P. S. Fora do tópico, mas estou me divertindo em ver, que os mesmos que defenderam Héber, alegando que ele era FIFA, escalado rotineiramente p/ jogos importante etc, agora querem banir o Tardelli.

Anônimo disse...

Vá a merda anônimo verdinho.
Vai cuidar de tua fantasia de paquita.
Petraglia pode fazer besteira mas nunca foi condenado como o GG. Se não fosse o Petraglia, a imprensa nojenta já teria montado em cima do clube. A melhor coisa que ele fez foi acabar com a mamata da imprensa. Bando de incompetentes e parciais. Me dá nojo ver manchetes das paquitas mesmo quando há notícias mais importantes do Atlético e até da galinha azul.
Tem que botar na bunda das Gazetas e Tribunas da vida.
Quanto ao Mafuz, sempre foi meu cronista esportivo favorito, mesmo com todo o seu jeito fanático, mas ele tem pisado na bola e suas críticas não têm sido boas há tempos. Talvez ciúmes do Moro ou pela briguinha com Tio Pet.
As verdadeiras fontes do Atlético são o site oficial, a Furacão.com, o Blog do Guerrilheiro, o Pajé e o Mauro Singer. O resto...é resto.
Abraços
Carlos

Anônimo disse...

POIS É CARLOS VOCE DEVE SER FILHOTE DA DITADURA: GOSTA DE TUDO QUE É OFICIAL... EU GOSTO DE OUVIR, LER, E VER NOTICIAS PELA IMPRENSA DE VERDADE. MAS RESPEITO TUA SUBMISSÃO AO PETRALIA. EU NÃO TORÇO PARA ESTA DIRETORIA MEDIOCRE. TORÇO PELO FURACÃO. E VOU CONTINUAR LENDO, OUVINDO E VENDO. OS JORNALISTAS E RADIALISTAS DE VERDADE. VOCE FICA COM O SITE OFICIAL. DEPOIS QUE TODOS OS VEICULOS NOTICIARAM, VOCE FICA SABENDO NO SITE OFICIAL. PARABENS CARLOS

Fernanda disse...

Concordo Guerrilheiro! É realmente revoltante quando os detentores da verdade editada se utilizam de seus microfones para manipular a opinião pública. Infelizmente isto não ocorre somente no âmbito esportivo e o compromisso com a verdade há muito vem sendo deixado de lado neste país.
Quanto a esse jogador que se diz profissional, ele jamais poderia ter feito gestos obscenos para a torcida adversária que o recebe em casa para assistir a uma partida de futebol. Não contentando-se, ainda atira garrafa e banca o machão diante da PM? É um marginal, mas não tem importância pq ele é do "BOTA-FOGO" e ironicamente a verdade está do seu lado, quem quiser que a compre.

Anônimo disse...

ODEIO TIME ARGENTINO ODEIO TIMES DO EIXO....ENTAO PRA MIM QUE SE FODA SOU LDU NA FINAL ATÉ A MORTE....E SPORT CONCERTEZA VAI GANHAR TO TORCENDO FLW..

Anônimo disse...

Guerrilheiro, sempre acompanho seus comentários.

Mas desta vez, na minha opinião, vc viajou legal:

1º dentro de campo quem manda é o arbitro,

2º o atleta ir direto p o banco de reservas e não p o vestiário é um erro esportivo, passivel de ser punido no STJD.

3º o atleta nao desferiu socos, pontapés ou ameçou a integridade física dos componentes do espetaculo.

4º a PM não foi chamada pelo juíz.

5º A PM quis se aparecer, se fudeu pq o atleta é um demônio de forte.

6º a porta do vestiário fechada, essa nem vou comentar.

Por essa lista de acontecidos, o q deveria ter acontecido era o juíz ter relatado isso tudo na súmula, e depois o jogador ser julgado a rigor nas esferas esportivas, haja vista nao ter cometido nenhum tipo de crime.

Sem mais p o momento, agradeço sua atenção o querido Guerrilheiro.
(colocquei como anônimo p facilitar, sou o Jeferson S. Alexandre de Porto Alegre)

GUERRILHEIRO DA BAIXADA disse...

Valeu, Jeferson.

Mas o atleta saiu da esfera esportiva ao xingar uma policial. Faça o mesmo com um guarda aí da Brigada Militar pra ver o que te acontece! Por este ato, ele perdeu a razão que poderia ter no caso.

E, repito: a PM, em qualquer estado deste país, é mal preparada para lidar com este tipo de situação, ou com confrontos de torcidas.

Anônimo disse...

Com R$10.000,00 da para comprar uns 5 trofeus na Janjão e entregar pros "coxinhas" assim a gente se livra desse paranaense por um bom tempo!!!

Anônimo disse...

Caro Anônimo da letra maiúscula.
Não sou filho da ditadura, mas cresci aprendendo que minha opinião poderia dar cadeia. Levei porrada uma vez por estar com uma camiseta do Che Guevara. Vc não deve saber o que foi a ditadura e nem deve ter idade para ter visto os uniformes dos jogadores secando ao sol na velha Baixada. Nem deve ter ajudado a empurrar a Jabiraca quando pifava.
O que é imprensa de verdade no Brasil? Me diga o nome de um jornalista íntegro e imparcial.
Vc deve ser fã do Vinicius Caolho ou do Capitã Hidalgo...Deve ser leitor da Gazeta do coxa ou ouvinte da transamerda.
Eu peso bem as coisas que leio
Não sou submisso ao Petraglia e sim eternamente agradecido pelo Atlético de hoje. Quem como eu chorou lágrimas de sangue por ver o time patinar no Torneio da Morte sabe que o Atlético é outro hoje. Vc deve ser da nova geração Arena que não dá valor ao passado e só escuta jogo no seu caríssimo iPod.
Sou da época que a gente fazia vaquinha para ajudar jogador com salário atrasado e duvido que vcs da geração moleza ousassem aceitar contribuir com jogador. Hoje não é assim e por isso dou valor a esse Atlético. Somos profissionais e ponto.
Carlos

Anônimo disse...

CARLOS VOCE É SUBMISSO AO PETRALIA. VOCE ESCREVE O QUE ELE QUER.O QUE ELE MANDA. TENHO DINHEIRO PARA COMPRAR IPOD CARO SIM, PORQUE TRABALHEI PARA ISSO. ME LEMBRO SIM DA ARENA ANTIGA,FREQUENTEI O VELHO CALDEIRÃO. QUANTO A IMPRENSA TEM MUITA GENTE BOA SIM. O QUE VOCE FAZ? NO QUE TRABALHA? VOCE ACHA QUE TODOS DA TUA AREA SÃO BONS OU RUINS? TENHA OPINIÃO PROPIA CARLOS. E DEIXE DE SER RIDICULO. BONECÃO DO PETRALIA.

Anônimo disse...

Vou te ignorar Anônimo da letra maiúscula pois você deve ser daqueles filhinhos de papai da Getúlio Vargas.
Sou e serei fã do Petraglia até o fim da minha vida.
Ridícula é a tua infeliz mediocridade. Para ter tanto ódio assim vc deve ser um paquita enrustida. Respeite a opinião dos outros ou vá ler teu vinicius coelho.
Vc é um palhaço que se esconde em seu anonimato.
Mas democracia é isso aí. Deve se conviver com pessoas de bem e também com pessoas recalcadas pela vida.
Vá para o inferno, coxa!!!
Carlos

Luiz Andrade disse...

Mas por falar em imprensa, alguém viu ou ouviu jornalista nativo denunciando o péssimo Héber que meteu a mão no SPORT?
Não vão fazer abaixo assinado?
Não vão denunciar o Hebertaço, a Robertada ou a Lopice?