segunda-feira, 9 de junho de 2008

A missão de Azevedo e a volta do Kelly

Márcio Azevedo tem uma importante missão:
acabar com a maldição da camisa 6.
O lateral-esquerdo Márcio Azevedo, ex-Juventude e Fortaleza, apresentou-se hoje ao Furacão e, segundo a Furacao.com, amanhã já estará à disposição do técnico Roberto Fernandes para participar dos treinamentos com bola. Se for bem, pode aparecer como titular já na partida de sábado, contra a Portuguesa, em São Paulo. É o que deve ocorrer. Embora Piauí tenha se esforçado bastante contra o Goiás, nota-se que o time ainda “pende” para o lado direito, com as descidas do valente Nei. A entrada de Azevedo pode dar equilíbrio ao Atlético, e ao mesmo tempo resolver o problema da posição mais amaldiçoada no rubro-negro nos últimos anos. A torcida está rezando para que isso aconteça.
A outra notícia do dia sobre contratações vem do Paraná-Online: o meia Kelly pode definir nesta terça-feira o seu retorno para o Furacão. Segundo o site, o procurador do jogador, Luiz Gustavo Manhães, irá se reunir amanhã à noite com o presidente do Conselho Deliberativo, Mário Celso Petraglia, para definir a situação do meia. “No máximo na quarta-feira pela manhã já devemos ter uma posição do clube. Mas a tendência é que ocorra o acerto, já que o Atlético já demonstrou interesse no Kelly e o Roberto Fernandes (técnico) já falou que quer contar com ele”, afirmou.
Aos 33 anos, Kelly pode
voltar a jogar pelo Furacão.
O jogador está há dois meses utilizando a estrutura do CT do Caju para se recuperar de uma artroscopia no joelho. Segundo o procurador, o jogador está na parte final de recuperação física e estará à disposição do treinador Roberto Fernandes para o clássico contra o Coritiba, dia 29.
O velho Kelly, do saudoso Quadrado Mágico de 1999/2000, pode ser importante para pôr ordem na meiuca do Furacão, mesmo que de início seja uma opção a mais no banco. Pode se revezar na função de armador com Ferreira, que também sabe jogar mais adiantado.
Enfim, acho uma boa. E você?

5 comentários:

Anônimo disse...

Eu acho uma boa opção pois o Kelly viveu seus melhores momentos com a camisa rubro-negra. Mesmo no banco é um nome que conhecemos o valor.
Guerrilheiro: Clássico nãó é mais o ATLEtiba. Clássico é contra os bambis ou times grandes. Não acho legal vc chamar de clássico um jogo com um time que é insignificante.
Abs.
Carlos

Anônimo disse...

caaala boca.. vamo mete bucha nos porco
eh marcelo ramos, wally e ferrera na frente e kelly na meia.. fexo 4

Anônimo disse...

O dia que o CAP for campeão da libertadores, campeão do mundo. dai pode falar que é classico CAP x São Paulo. enquanto isso não acontece. Atletiba é o maior jogo para o nosso querido rubro negro.

Gibtrebor disse...

Uma Excelente a contratação!
Pois finalmente teremos opções de QUALIDADE!
Pra quem só tinha Netinho e Irênio....agora já temos + o Ferreira e agora o Kelly. Ae da pra almejar vôos mais altos no Brasileirão.

Anônimo disse...

O cara que fala que Furacão e Bambis não é clássico só pode ser bambi, porque comparar o Furacão com o coxinha é pra acabar!!!
E no Lance os caras ainda tem coragem de colocar o Coxo Pereira como o quarto melhor estádio do Brasil... é só pra eles mesmo... com uma pontuação próxima a da Arena que é o 1º claro!!!
Resumo matéria paga!!!